sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Os melhores momentos da pré-época: Pinto da Costa e o novo troféu

Alguns dos melhores momentos da pré-época já praticamente pertencem à pré-história, mas queria escrever sobre eles. Na altura em que aconteceram ainda não tinha o blog, ou ainda estava a tentar perceber como isto funciona. Perdoem-me o atraso e o repisar em assuntos que já deviam estar fechados. Ou talvez não.


Para golfe é um troféu bonito” – foi assim que PdC resumiu, com a fineza e sentido de humor que todos lhe reconhecemos, o design do novo troféu da Supertaça. Se há alguém com legitimidade para fazer esta crítica, essa pessoa será precisamente o presidente portista, já que a maior parte dos troféus desta competição devem estar guardados na cristaleira de sua casa.

No entanto, nem Fernando Gomes nem Nuno Duarte Martins, o designer do troféu, se devem sentir muito melindrados com esta crítica. PdC é um homem de uma geração que aprecia mais um bonito napron no cimo da televisão e a imagem de Nossa Senhora de Fátima pendurada na parede.

Fernanda queria uma televisão LED nova para a sala e Jorge Nuno fez-lhe a vontade


No entanto, PdC devia manter uma mente mais aberta no que toca às suas preferências de decoração. Afinal, não são apenas Buonaseras que lhe fazem visitas ao domicílio.

Buonasera lamenta-se por ter ficado em penúltimo na classificação dos cangalheiros e pede a Vito que use a sua influência para reformular os critérios de pontuação com retroatividade

PdC não se pode esquecer de tornar a casa mais acolhedora para os seus amigos que gostam de se vestir de amarelo ou azul celeste e pôr gel no cabelo. Esses sujeitos, ao entrarem na sala de PdC, devem sentir-se a entrar nas casas de seus falecidos avós, aprofundando a depressão em que já estão devido aos problemas que vão apresentar ao padrinho. Talvez Augusto Duarte possa confirmar aquilo que digo.

Sem comentários :

Enviar um comentário