sábado, 26 de outubro de 2013

A imaturidade, por Joel Neto

No passado critiquei (aqui e aqui) as crónicas em sentido único que Joel Neto faz no jornal O Jogo. Pois bem, na quarta-feira escreveu uma que foge à regra e que faz justiça ao sentimento que a maior parte dos sportinguistas têm quando ouvem João Moutinho a fazer declarações de amor eterno ao Porto, ignorando o clube que o formou e que foi a sua casa durante uma enorme parte da sua vida.

Aqui fica, com a devida vénia.







Sem comentários :

Enviar um comentário