terça-feira, 8 de outubro de 2013

Liga de segunda

Guimarães e Marítimo fecharam ontem a sétima jornada. O Guimarães não pode contar com o até agora totalista Paulo Oliveira, e o Marítimo teve que jogar sem o seu guarda-redes titular José Sá. Ambos os jogadores foram convocados para os sub-21 e tiveram que se apresentar no estágio durante o dia.

É inadmissível que uma coisa destas aconteça. Não havendo nenhum impedimento legal para que este jogo pudesse ser no Domingo às 20h15 (72 horas após o jogo do Guimarães em Lyon), sendo conhecido antecipadamente que esta é uma semana reservada para jogos de seleções, como é possível que a Liga tenha permitido que se marcasse este jogo para a segunda-feira?

Quem ganhou com isto? O Guimarães, que conseguiu 24 horas adicionais de descanso, apesar de Rui Vitória não se mostrar muito satisfeito com o agendamento já que perdeu 3 defesas para as seleções (apesar de Paulo Oliveira ser a única baixa de peso, já que Josué jogou apenas 7 minutos no campeonato e João Amorim ainda não jogou) e a SportTV, que teve o seu jogo da praxe de segunda-feira.

Quem ficou a perder com este agendamento foram o público que deixou de ir ao estádio pelo péssimo horário do jogo, o Marítimo, Paulo Oliveira, José Sá, e a verdade desportiva. Coisa pouca.

Sem comentários :

Enviar um comentário