sexta-feira, 1 de novembro de 2013

O caminho Marítimo para a maturidade

Não partilho das opiniões mais pessimistas sobre a derrota do Sporting com o Porto. Ao contrário do que muitos disseram, não me parece que o Porto tenha ganho de forma tão clara. Não me parece que o Porto tenha resolvido o jogo quando quis. Não me parece que o Porto tenha sido assim tão superior ao Sporting.

Há uma coisa que tenho que admitir: individualmente, o Porto tem melhores jogadores. E se calhar foi por aí que a balança se desequilibrou.

Maurício cometeu um penalty desnecessário. Num momento crucial para o Porto, Danilo surge sozinho numa zona invulgar e marca com uma bomba de pé esquerdo, e terá justificado pela primeira vez os €18M + comissões que o Porto pagou por ele. Cédric devia ter acompanhado Lucho no 3º golo do Porto. Adrien não devia ter falhado o passe que deu origem ao contra-ataque do Porto. Wilson nunca conseguiu gerar desequilíbrios. Faltou se calhar alguma classe individual e maturidade.

Tudo isso é verdade. Mas também é verdade que até ao lance do 3-1 o Porto nunca foi claramente melhor com o Sporting. Aliás, o Sporting dispôs das melhores oportunidades até esse momento. O Sporting demonstrou personalidade perante a adversidade e capacidade para lutar pelo resultado até se ter visto (injustamente) a perder por 2.

É fundamental que amanhã os jogadores saibam reagir da melhor forma à derrota. Leonardo Jardim já anunciou que vão haver mexidas. Maurício está lesionado e deve entrar Dier. Fala-se também na entrada de Jefferson, Vítor e Capel. Independentemente de quem entre em campo, espero que o Sporting entre com uma enorme determinação e crença nas suas capacidades. Afinal, é também sinal de maturidade ultrapassar momentos menos positivos. Aprender com eles e seguir em frente.

Também espero que os sócios e adeptos do Sporting compareçam em força no jogo de amanhã e apoiem incondicionalmente estes jogadores e equipa técnica, do 1º ao último minuto. Devemos ter consciência que uma derrota não deita abaixo nenhum dos objetivos para esta época. Entrar em cada jogo para ganhar não significa que se ganhe sempre. Significa que há consciência da qualidade do plantel, vontade de evoluir todos os dias, e a preocupação de honrar a camisola do Sporting como não víamos há vários anos. Passa por nós darmos o sinal à equipa que, apesar da derrota da última jornada, continuamos a acreditar neles e no rumo que está a ser seguido.

Sem comentários :

Enviar um comentário