sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Balanço das arbitragens: 11ª jornada

Académica 1-0 Porto (João Capela)
1' - Ivanildo cai na área, o árbitro não assinala nada - decisão errada, Josué bate com o pé na tornozelo do adversário, ficou um penalty por assinalar
78' - Marinho entra com os pitons à canela de Fernando, o árbitro mostra cartão amarelo - decisão errada, é uma falta perigosíssima, Marinho devia ter sido expulso
83' - Jackson cai na área, o árbitro assinala penalty - decisão errada, há contacto mas não existe nenhuma falta
=: os erros cometidos acabaram por não influenciar o resultado

Sporting 4-0 Paços de Ferreira (Jorge Ferreira)
71' - Montero cabeceia para a baliza, mas a bola bate na mão de Filipe Anunciação e o árbitro marca penalty - decisão correta, o penalty é indiscutível
71' - Na sequência da falta que dá o penalty, o árbitro expulsa Filipe Anunciação - decisão errada, nem o jogador estava em cima da linha (estava fora da pequena área), e muito provavelmente o guarda-redes teria defendido o remate
85' - Na sequência de um cruzamento, a bola bate na mão de Rojo dentro da área, após bater-lhe na coxa, o árbitro não assinalou penalty - decisão correta, o jogador não tinha hipótese de evitar que a bola lhe batesse na mão, e não estava a usar o braço para aumentar a área que o seu corpo cobre
=: o erro cometido não teve influência no resultado pois o resultado estava feito

Rio Ave 1-3 Benfica (Bruno Paixão)
69' - Wakaso trava Fejsa em falta e vê o segundo amarelo - decisão correta, o jogador do Rio Ave corta uma possível jogada de contra-ataque sem ter qualquer intenção de jogar a bola
=: não existiram erros críticos com influência no resultado; não considero um lance crítico a falta (mal assinalada) que está na origem do livre do 1-2 de Lima (livres e cantos há-os em grande quantidade durante um jogo e a percentagem dos que acabam em golo é pequena)
Resumo da jornada


Acumulado da época



Classificação



Jogos com arbitragens com influência no resultado


Sem comentários :

Enviar um comentário