sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Bruno Prata, o destemido

Hoje apeteceu-me escrever um pequeno conto.

--- Bruno Prata, o destemido ---

Era uma vez um apresentador de programas desportivos chamado Manuel Fernandes Silva e um comentador chamado Bruno Prata. Juntos, faziam às terças-feiras um programa chamado "Grande Área".

Num frio dia de outono, no intervalo de um programa, os dois colegas falavam sobre os temas que iriam ser abordados na segunda parte.

MFS: Vamos começar a segunda parte a falar da morte do Mandela, ok?
BP: Então e quando falamos do Porto?
MFS: É logo a seguir. Primeiro lançamos o jogo de Madrid e depois falamos da vitória sobre o Braga. Depois falamos do Setúbal e do Couceiro. A seguir temos 20 minutos para falar do Sporting e acabamos com a pancadaria que houve no Brasil.
BP: Vais passar o vídeo da auditoria de gestão?
MFS: Sim, começamos o segmento do Sporting com isso.
BP: Viste o gajo a falar? Aquilo não é um presidente, é um chefe de claque.
MFS: Eheheh, pois é. É pá, já imaginaste como ficava o Bruno de Carvalho se ouvisse a chamarem-lhe uma coisa dessas? Ia ficar todo f***do! Bruno, podias ser gajo para repetir isso em direto! Isso é que era!
BP: Estás a desafiar-me, Manel?
MFS: Estou!
BP: Então está bem, vais ver se não digo!

--- FIM DO CONTO ---

Não sei se este diálogo terá acontecido na realidade. É muito provável que não. Mas gostaria de saber que conversa em off entre os dois terá provocado isto:

(desculpem a qualidade do som, que está muito baixo)

A piadola de Bruno Prata deve ter tido sucesso nos restantes elementos que estavam a fazer o programa, porque pouco depois achou pertinente complementá-la com esta tirada adicional:


Bruno Prata pode dizer aquilo que bem entender em off, e é livre de criticar o presidente do Sporting publicamente. Mas existem formas bem menos desrespeitosas de o fazer. Aliás, gostaria de saber se Bruno Prata teria coragem para criticar Pinto da Costa ou Luís Filipe Vieira num registo semelhante.

Bruno, pá, és gajo para dizer uma graçola do mesmo género sobre o Pinto da Costa no próximo programa? Isso é que era!

A imagem do momento em que MFS congratula Bruno Prata por ter superado o desafio

6 comentários :

  1. Um catedrático da bola este bruno prata!
    E já que entramos na grande área, estas declarações se fossem a respeito do porto valiam já um penalti contra o rio ave!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno, se estas declarações fossem em relação ao presidente do Porto, no mínimo valiam umas bolachadas ao Bruno Prata quando ele voltasse a pôr os pés no Dragão. :)

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar
  2. É um programa que deixei de ver por não lhe reconhecer qualidade. Gostaria até de saber da audiência do programa que presumo baixíssima. Das pessoas com quem falo de futebol ninguém vê este programa. Como comentador bp é medíocre, o que é pena para o programa e para quem o vê. Um comentador de TV (ainda para mais pública) chamar líder de claque ao presidente do Sporting Clube de Portugal é ofensivo, deveria merecer um protesto do Sporting e deveria ter consequências! Será que a direcção do Sporting sabe deste episódio? E o presidente da RTP. O curioso é que acho os programas desportivos da RTP os mais hostis ao Sporting. E, salvo o erro, são emitidos a Norte do rio Tejo, é apenas uma curiosidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, concordo consigo. O Sporting deveria exigir um pedido de desculpas. Nada contra o papel de líder de claque, mas a boca tinha o objetivo de menorizar o presidente do Sporting. E o facto de Bruno Prata referir o desafio feito por Manuel Fernandes Silva mostra que isto não foi uma coisa que tenha sido dita espontaneamente. Foi planeado, e teve tempo para ponderar se deveria ou não chamar "chefe de claque" a Bruno de Carvalho. E optou conscientemente por fazê-lo.

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar
  3. Este BP é um bobbi ou um tareco, lembro me de ver o programa no início de época e ele ridicularizou completamente o Montero, dizendo que o SCP tinha mais uma vez falhado etc...depois das 1as jornadas em que ele marcou golos continuava com a mesma opinião porque eram adversários fracos! Ele sim é fraco de personalidade e pouco percebe de bola, tb deixei de ver esse programa e de ouvir esse pet do pdc. continua mestre gosto muito do teu espaço abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, não me lembro do que o Bruno Prata terá dito sobre o Montero, mas coisa boa não foi certamente -- porque sentiu-se na obrigação de reconhecer o seu erro de avaliação neste programa. Mas é um ponto interessante que levantaste, as conclusões precipitadas que muitos comentadores fizeram no princípio da época. Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar