domingo, 8 de dezembro de 2013

Um caso perdido

João Capela. Não há forma de impedir que apite mais jogos? Já nem vou falar no Benfica - Sporting do ano passado para não me estarem a acusar de falar em causa própria.

Exemplo #1: (Braga - Estoril) Capela erra ao assinalar penalty por falta de Baiano sobre Evandro; no entanto, a falta é fora da área.

Vídeo do lance

Exemplo #2: (Braga - Estoril) Capela erra ao assinalar penalty e mostrar o vermelho direto a Yohan Tavares; a falta é fora da área, e Eder estava numa posição completamente lateral, pelo que apenas se justificava o amarelo.

Vídeo do lance

Exemplo #3: (Académica - Porto) Capela erra ao assinalar penalty sobre Jackson. Há contacto dentro da área, mas falta só houve na cabeça do árbitro.

Vídeo do lance

No Académica - Porto, Capela cometeu outros dois erros graves (um penalty não assinalado a favor da Académica por falta de Josué, e perdoou uma expulsão a um jogador da Académica por falta sobre Fernando), mas nem entro por aí porque são erros que qualquer árbitro está sujeito a cometer.

Mas inventar uma falta inexistente a cinco minutos do fim, e falhar na avaliação por duas vezes de faltas cometidas ainda longe da área no mesmo jogo, é muita incompetência concentrada num homem só.

Sem comentários :

Enviar um comentário