terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Bronca com Matic

O jornal O Jogo escolheu para a capa da edição de domingo, dia do Benfica - Porto, o seguinte tema:


Nessa manhã, ao olhar para a capa, o que deduzi foi o seguinte: Matic queria sair para o Chelsea, mas Vieira recusou a proposta do clube inglês e, ao saber disso, Matic recusou-se a jogar contra o Porto por estarem a mantê-lo no clube contra a sua vontade.

Efetivamente isto seria uma bronca.

Pouco tempo depois, sou surpreendido pela presença do diretor do jornal O Jogo, José Manuel Ribeiro, no Jornal das 12 da RTP Informação, onde ia falar sobre o jogo que se iniciaria poucas horas depois. A conversa começou exatamente sobre a bronca com Matic.


Junte-se a esta explicação o seguinte texto no site do jornal que está ligado à notícia de capa.

Publicado no site ojogo.pt às 3h da madrugada de domingo

É caso para dizer que quem fez a capa do jornal se esqueceu de mencionar que a renitência de Matic em jogar tinha a ver com a possibilidade de se lesionar e estragar uma transferência que já estaria quase acordada entre as três partes -- se assim não fosse, o clube nunca o autorizaria a viajar para Londres. O facto de um jogador prestes a ser transferido não ser utilizado para não colocar em risco o negócio não é nada de novo. E sendo assim, parece-me longe de ser uma bronca, mesmo que Vieira preferisse que o jogador fosse utilizado contra o Porto.

É certo que uma pessoa não se pode limitar à capa para saber tudo o que interessa sobre uma determinada história, mas creio que estaremos todos de acordo que os jornais utilizam a primeira página de forma a passar a mensagem que querem emitir da forma mais eficaz possível. E a mensagem que O Jogo quis passar era bem mais perturbadora para o adversário do Porto do que a história completa demonstra.

Em vez de falarem num negócio quase fechado quiseram adocicar a história com um conflito entre jogador e clube, que não só não jogaria uma partida importante como se desvalorizaria automaticamente.

Fica sempre bem quando os jornais querem ter um papel bem ativo num jogo de futebol.

Já agora: "Clássico às 16h00: pequenos revoltam-se e mercado desconfia.". A Sport TV que enfie os seus horários indecentes num determinado sítio onde o sol não brilha. Fez muito bem o Benfica em marcar o jogo para um horário que devia ser a regra, e não a exceção.

2 comentários :

  1. Mestre, li hoje que foi o próprio Matic que pediu para sair. Então como é que um jogador pede para sair do maior clube do mundo, que tem 14 milhões de adeptos. Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. F. Pais, também li essas declarações. É a lei da vida dos clubes portugueses, que têm que se reduzir à sua insignificância no panorama europeu. Incluindo clubes com 14 milhões de adeptos em todo o mundo... :) Um abraço.

      Eliminar