terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Capas que não fizeram história, nº 1: O bom Pranjic

Julho de 2012

Era tão bom a lateral esquerdo, a médio centro e a médio esquerdo, que não surpreendeu o salário milionário que a direção de Godinho Lopes lhe aceitou pagar.

Na realidade, os sportinguistas só ficaram descansados com Pranjic a partir do momento em que deixou de ser convocado. Mesmo quando Pranjic estava no banco de suplentes era uma aflição, não fosse Insúa lesionar-se e obrigar o treinador a fazer entrar o croata para a posição de lateral esquerdo.

Matic foi vendido €25M abaixo da cláusula de rescisão. Pranjic, que tinha uma cláusula de rescisão de €15M, acabou por sair €15,5M abaixo desse valor, visto que o Sporting lhe teve de pagar para deixar de pertencer ao clube.

O rodapé da capa também mereceria algumas considerações, mas já estou suficientemente deprimido só de voltar a pensar em Pranjic e Godinho Lopes.

14 comentários :

  1. Se bem me lembro, este não chegou a coincidir com o Joãozinho, pois foi despachado para o Celta ainda antes dele cá chegar. Não terá sido assim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem apanhado King_lion, fui verificar e não se chegaram a cruzar. Já corrigi. Um abraço.

      Eliminar
  2. A SIC acabou de dar, no Jornal da Noite, uma reportagem sobre o Jorge Cadete (acho que também vão dar sobre o Veloso e Fernando Mendes), pelo facto de este, hoje, estar na miséria, viver na casa dos pais e tentar obter o Rendimento Social de Inserção.
    A peça abriu e fechou (juntamente com muitas imagens ao longo da mesma) com imagens de Cadete a marcar golos pelo Benfica.
    Este foi, claramente, o ponto alto da carreira deste excelente avançado...
    Vá lá, não colocaram os seus festejos com o auto-golo do Beto, num Sporting vs SLB.

    ps: estou a ser injusto. Também deram golos pelo Celtic e mostraram-no a treinar pelo Sporting.

    É mais uma coincidência da Comunicação Social.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, não vi a reportagem toda. Quando comecei a ver já estavam a falar da altura em que foi para o Celtic. Se tiver oportunidade hei-de vê-la com mais atenção, até porque pelo pouco que vi fiquei suficientemente chocado com a forma que se destroem vidas que tinha tudo para não passarem por necessidades. Também não vi o final. Mas não sei porquê, não me surpreende essa escolha das imagens... :)

      Eliminar
  3. É pena que os paineleiros que representam o Sporting, nomeadamente nessa estacão, sejam incapazes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. HY, sim, é verdade. Acho que o ROC se anda a esforçar, mas as coisas não lhe saem bem. Vou fazer um post sobre isso ainda esta semana. Um abraço.

      Eliminar
  4. Ainda ontem se viu quem manda no programa "O Dia Seguinte". Viu-se também a azia com a presença do Sporting representado ao mais alto na condecoração a CR, pelo lampião fanático e pelo péssimo pivô do programa pg, quase sempre em sintonia com o lampião. Se calhar não é por acaso que estão tão próximos nos seus lugares, também estão próximos no que pensam!...A Sic infelizmente tornou-se, em minha opinião, a benfica tv infomação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, o Rui Gomes da Silva e o Guilherme Aguiar espumam de raiva sempre que vêm o Cristiano Ronaldo associado ao Sporting. Só não concordo consigo em relação ao Paulo Garcia -- acho que ele faz bem o seu trabalho, que é manter o RGS feliz, porque é o chamariz do programa, e por isso tem aquela postura quase servil. O que não invalida a outra coisa que diz: a SIC sempre amou o Benfica por causa das audiências. Quando Sporting e Benfica estiveram na fase de grupos da Liga Europa, a SIC optou por transmitir 5 jogos do Benfica e apenas 1 do Sporting, na última jornada, quando já estava tudo decidido. Um abraço.

      Eliminar
    2. E o mais engraçado é que esta ligação umbilical entre a SIC e o SLB já vem de longe e foi logo "topada" (e denunciada) pelos nossos.

      http://www.youtube.com/watch?v=efgEIF8AHFU

      Eliminar
  5. O Pranjic, de facto, é bom jogador. Um grande médio ofensivo no Holanda, um razoável "wing-back" esquerdo no Bayern, com 47 internacionalizações por uma selecção muito bem servida de médios. No Sporting do Godinho e do Sá Pinto e + 6 al não jogou nada, mas penso que isso não o (des)qualifica como jogador. O coitado não sabia era onde se vinha meter. SL. JPT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JPT, não há dúvidas que um jogador que tenha passado o tempo que Pranjic passou no Bayern tem que ter alguma qualidade, e também é verdade que a época anterior foi um péssimo indicador para se avaliar se um jogador é bom tal o caos em que o clube vivia.

      No entanto, também é verdade que no meio do caos houve jogadores que tiveram um bom desempenho (muitos que subiram da equipa B, mas também Van Wolfswinkel, Capel, Insúa, por exemplo) mesmo atendendo ao estado do clube. Acho que Pranjic teve oportunidades suficientes para mostrar o seu valor, mas nunca justificou os minutos que lhe deram. Não sei se por falta de condições ou por falta de vontade, mas o que é facto é que ficou muito longe do que prometia ao princípio.

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar
  6. Também não percebo o que é que a qualidade do Pranjic tem a ver com a sua passagem pelo Sporting. Dele e de muitos outros, é pena que alguns sportinguistas nunca tenham percebido muito bem o que se passou. E quem veio depois também não ajudou nada como é habitual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, não percebo o que quer dizer com isso. Importa-se de explicar melhor? Obrigado e um abraço.

      Eliminar