quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Foi revelado o mistério de Fernando

A questão da não renovação de contrato de Fernando era um tema que me fazia muita confusão. Não é normal o Porto continuar a utilizar jogadores que se recusam a renovar contrato.

Quem não dança ao ritmo da estrutura do Porto, normalmente é forçado a sair da pista. Por exemplo, foi o que aconteceu com Rolando quando recusou ser transferido para o QPR, ou com Atsu quando recusou renovar com o Porto. Ambos foram afastados do plantel principal.

No entanto, Fernando continuou a ser utilizado à entrada do seu último ano de contrato. Neste momento o jogador até já pode assinar com outro clube, mas as águas mantiveram-se estranhamente calmas.

Só hoje, ao ver a capa do jornal O Jogo, finalmente tudo passou a fazer sentido.


O empresário de Fernando chama-se António Araújo. O mesmo António Araújo que ficou célebre nas escutas do apito dourado por andar a pedir bilhetes para um jogo a Fernando Gomes (agora presidente da FPF) para três deusas queridas e meiguinhas. Foi daí que apareceu a alcunha do Fernando das faturas.

O mesmo António Araújo que servia de intermediário entre Pinto da Costa e deteminados árbitros, e que inclusivamente levou Augusto Duarte a casa do presidente do Porto na véspera de um jogo.

Quando foi formalmente acusado no caso apito dourado, as medidas de coação aplicadas a António Araújo foram:

  • Termo de identidade e residência
  • Caução de €100.000
  • Proibição de frequentar o Estádio do Dragão ou qualquer casa de alterne onde se pratique prostituição (estou a transcrever, esta conjugação de palavras não é da minha responsabilidade)
  • Proibição de se ausentar do país
  • Proibição de contactar Pinto da Costa, Augusto Duarte, Jacinto Paixão, José Chilrito, Manuel Quadrado, Pinto de Sousa, Francisco Costa
  • Proibição de contactar quaisquer outros árbitros de futebol, dirigentes do FC Porto e SAD do FC Porto, bem como mulheres que se dediquem à atividade de alterne e de prostituição


Apesar de tudo isto, é evidente que se trata de uma pessoa de bem, senão não teria sido ilibado em tribunal.

in publico.pt

A história de António Araújo, dono da agência de jogadores onSoccer International (que também representa Marcelo Boeck), está tão ligada ao Porto e a Pinto da Costa, que seria impossível que a renovação de Fernando não fosse o único desfecho possível.

Fica assim tudo explicadinho, menos um mistério por resolver.

9 comentários :

  1. António Araújo é também o empresário de Rafa, jogador que queria vir para o Sporting mas que acabou no braga, quiçá em trânsito para o dragão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, secretário. Se a vontade do empresário conta para alguma coisa, pode ter sido mais um fator que o levou a escolher o Braga. Como me custa ver o nome do Marcelo associado a esta personagem...

      Eliminar
  2. Não te esqueças que haverá aí uma "promessa" de convocatória para o Mundial, na selecção portuguesa. Foi mais um dos argumentos que convenceu Fernando (que só estava numa posição óptima de escolher um Grande clube e ordenado).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, a presença num mundial, ainda por cima no Brasil, será certamente aliciante para qualquer jogador. E todos sabemos como Pinto da Costa tem um historial de conseguir incluir ou excluir jogadores das convocatórias. Deve ter dito ao Fernando que se conseguiu meter lá o Josué e o Licá, consegue meter qualquer jogador. :)

      Eliminar
  3. Que Arujo é 1 gajo com fortes ligações aos corruptos não há duvidas mas também me parece que esta historia de Fernando ainda não acabou, não tenho duvidas que se ele renovar é porque as propostas milionárias deixaram de existir (provavelmente devido a época menos conseguida do brasileiro) porque a vontade de sair era obvia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ace-XXI, eu estou mais inclinado para achar que é uma história terminada. Pelo que rezam as crónicas, o Fernando até está a jogar bem, e a custo zero há muito clube italiano, espanhol ou inglês que certamente gostaria de o contratar.

      E nestas coisas O Jogo costuma estar bem informado.

      Se tivesse que apostar o meu dinheiro no desfecho desta novela, diria que o Fernando renova com uma cláusula baixa só para o Porto molhar o bico e salvar a face, e sai no fim do ano.

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar
  4. Será que ficou por que lhe foi assegurado que se ficasse seria convocado para o Mundial por Portugal? Será que PB SEMPRE disse que não aprovava "nacionalizados" na selecção, vai ter que engolir sapos? É que quando o assunto mete certas personagens tudo é possível. É só aguardar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, e trata-se da mesma seleção que deixou Moutinho de fora do mundial de 2010 para ajudar interesses de 3ºs a contratá-lo um mês depois. Para aquela malta tudo é possível, sem dúvida.

      Eliminar
  5. É mentira dizer que Araújo era usado como intermediário entre Pinto da Costa e árbitros. António Araújo levou Augusto Duarte a casa de Pinto da Costa porque as escutas provam que Augusto Duarte e António Araújo são amigos. Muito amigos. Tratam se como tal nas escutas. Nunca contactou com outro árbitro como intermediário fosse para o que fosse. E no caso da fruta, como comprovou Luís lameira, foi ele que deu aos árbitros o número de Araújo pk estes queriam favores sexuais e não conheciam a noite do Porto. Araújo é conhecido por essas festas no mundo do futebol.

    ResponderEliminar