quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Capas que não fizeram história, nº 13: O mestre da tática

Grandes jogos precisam de treinadores à altura das exigências. Treinadores que são capazes de surpreender os adversários, anulando os seus pontos fortes com soluções inovadoras.

Veja-se Mourinho, que voltou a ser idolatrado após o banho tático que deu a Pellegrini na fantástica vitória no terreno do Manchester City.

É este o destino dos predestinados, e tenho confiança que no Benfica - Sporting de domingo o melhor treinador a trabalhar em Portugal irá aparecer de novo no seu total esplendor. 

Não, não estou a falar de Leonardo Jardim. Estou a falar deste homem:



Jesus, tem cuidado com o defesa-esquerdo que vais utilizar contra o Sporting. O Cédric anda a jogar muito, e é sempre bem apoiado pelo Wilson Eduardo e pelo André Martins. Também precisas de ter cuidado com as torres do Sporting. Dier, Maurício e Rojo são muito fortes no jogo aéreo, pelo que Luisão, Garay e Fejsa podem não ser suficientes.

Cá para mim aquele flanco esquerdo da tua defesa precisa de um Jardel ou de um Steven Vitória. Ainda por cima o Siqueira só sabe ver amarelos estúpidos e o Sílvio está sempre a lesionar-se.

Já agora, puxa o Markovic para extremo esquerdo para aproveitares as subidas do Cédric no contragolpe. O Gaitan pode ficar no banco.

Pensa nisso, ok? Se decidires experimentar e se resultar, não precisas de me agradecer. Podes ficar com os louros todinhos para ti!

2 comentários :

  1. Não acredito que o Sporting consiga pontuar na Luz, não esquecer que o City não contava com Fernandinho, Aguero e Nasri, neste caso é o Sporting que não conta com William Carvalho, o que fará toda a diferença com certeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Barack, eu acho que um empate seria um excelente resultado para o Sporting, também me parece que o Benfica é claramente favorito. Vou escrever sobre isso amanhã.

      Um abraço.

      Eliminar