segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Não me sinto representado por Jorge Gabriel

Jorge Gabriel tem direito à sua opinião e a expressá-la livremente. Mas está no Trio d' Ataque a representar os adeptos do Sporting e, no mínimo, seria bom que procurasse compreender o ponto de vista da esmagadora maioria dos sportinguistas. Definitivamente, eu não me revejo nas declarações que podem ver nos dois vídeos que se seguem, retirados do programa de ontem da RTP Informação.



Sobre as palavras de Jorge Gabriel, gostaria de deixar duas notas.

O Sporting não tem sido nestes últimos anos tão acarinhado pelas arbitragens quanto os outros dois grandes? Como diriam os americanos, now that's an understatement. Usar a expressão "carinho" numa situação dessas é tão apropriado quanto fazê-lo sobre as boas-vindas que recebem novos reclusos de aspeto limpinho nos chuveiros de uma prisão de alta segurança.

A segunda nota é para registar que Jorge Gabriel parece não ter percebido que o protesto no início do jogo de ontem não foi contra as arbitragens. Foi contra a corrupção. São coisas diferentes, apesar de infelizmente estarem interligadas pelos motivos que sabemos. De qualquer forma, fica-lhe muito mal resumir o protesto de dezenas de milhares de sportinguistas a um encolher de ombros, acompanhado da lacónica frase "pouco ou nada vão modificar o status quo do futebol português".

É verdade que qualquer manifestação deste tipo dificilmente terá algum efeito prático. Mas na realidade, poucas manifestações têm. A maior parte delas tem o objetivo de procurar despertar consciências, de fazer ver a outros que há pessoas que estão descontentes com o estado das coisas.

Mas suspeito que Jorge Gabriel saiba disso, porque há pouco mais de um ano não teve problemas em participar ativamente nisto:

in jn.pt

Revolta, indignação, tristeza. Afinal Jorge Gabriel também é capaz de sentir esse tipo de emoções. Mas é pena que tenha dificuldade em sentir a revolta, indignação e tristeza dos sportinguistas que representa (pelo menos em teoria) no Trio d' Ataque.

Este senhor definitivamente não me representa.

32 comentários :

  1. Mestre de cerimónias,

    Discordo.

    Estes programas são programas de opinião e os paineleiros estão lá para dar a SUA DELES e não a dos outros. Até porque, como diria o outro, sobre pões e pães há muitas opiniães. Por isso representam-se a eles mesmos. Umas vezes coincide com o sentimento da maioria outras vezes não, outras nem por isso.

    Termino dizendo que se dá demasiada importância a estes programas que de futebol até têm muito pouco ou quase nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leão de Alvalade, nesse caso deviam deixar de os apresentar como o sportinguista Jorge Gabriel, o benfiquista João Gobern, e por aí fora. Estes programas vendem os participantes como adeptos que estão a representar o seu clube.

      E é um facto que existem muitos representantes neste tipo de programas que não são independentes, cuja opinião não é mais do que uma extensão das posições oficiais dos respetivos clubes. Não me admiraria que alguns deles recebessem instruções de dirigentes dos clubes para passarem uma determinada mensagem.

      Concordo que se dá demasiada importância a programas como este, mas a verdade é que são espaços de onde saem muitas narrativas convenientes que acabam por ser fontes de pressão para muitos dos intervenientes no universo futebolístico. Como tal, não devem ser ignorados.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Mestre de Cerímónias,

      Eles são sportinguistas e apresentam-se como tal. Mas representam-se apenas a eles mesmos porque a sua contribuição para o programa é a opinião. Ora esta varia de pessoa para pessoa. De outra forma, e se pretendesse saber o que pensa a maioria dos adeptos de um determinado clube seria mais válido realizar uma sondagem.

      Concordo que muitas vezes estes programas são o tal veiculo de narrativas convenientes mas tal só sucede porque muita gente os vê neles fala, dando-lhe um eco totalmente imerecido em função da sua qualidade. Não pretendo com isto dar nenhuma lição até porque várias vezes já me vi cometer esse erro.

      É um pouco como muito do lixo que nos salta do televisor pela sala dentro. Muita gente o classifica como tal mas muita a gente o vê e enquanto assim for as TV´s vou continuar a preferi-los a outros porque vendem.

      Sintetizando não me sinto representado por ninguém em nenhum programa deste ou de outro género, por maior ou menor que seja a empatia que possa ter com este ou aquele comentador. Porque se se trata de um programa de opinião só representa quem a dá.

      Eliminar
    3. Leão de Alvalade, compreendo e respeito essa visão, apesar de não estar de acordo com a parte de cada um se representar a si próprio.

      Por exemplo, na minha opinião Miguel Guedes e Rui Gomes da Silva (que são os mais competentes) têm uma mensagem para passar que vão para além dos seus pontos de vista pessoais.

      Mas há alguma coisa em que estou de acordo. Tratam-se de programas de entretenimento de fraca qualidade, em geral. Entretenimento com agenda, talvez seja a melhor forma de os classificar.

      Um abraço.

      Eliminar
  2. O Gabriel é um incapaz e mal preparado.

    Não corrigiu o Miguel Guedes Blind Zero por na semana passada dizer que o jogo foi corrigido o atraso de 3 minutos para 45 segundos ao intervalo, MENTIRA.

    E o Miguel Guedes (traz tudo cirurgicamente estudado) ontem quase no fim mandou a boca que o Sporting e o Benfica atrasaram jogos na Taça da Liga e foram multados.
    É preciso corrigir para: não foi na última jornada quando os jogos têm que começar à mesma hora, foram atrasos apenas sobre a hora prevista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Peyroteo, o Miguel Guedes faz de facto o seu papel de forma muito competente, e é necessário duas pessoas melhor informadas que o João Gobern e o Jorge Gabriel para lhe fazerem as devidas correções. No Grandes Adeptos a coisa fia mais fino, quer o Telmo Correia quer o Jaime Mourão Ferreira vão muito melhor preparados.

      Eliminar
    2. Mestre, Hoje mesmo, o Jaime Mourão Ferreira meteu o tripeiro no se lugar como já o fizera na semana passada.
      Este sim, o único sportinguistas que nos representa em condições nos inúmeros programas deste tipo.

      Sobre Jorge Gabriel consigo, é triste, mas consigo às vezes ver o gordo do João Gobern defender melhor o Sporting que aquela espécie de comentador...

      Eliminar
    3. Sim, o Miguel Guedes vive para aquilo.
      Prepara à vírgula.
      Reparem que tem alturas que lhe deve apetecer berrar e espernear e faz um esforço para falar devagar e claro o que tem decorado de casa.
      Não me digam que não.

      O Jaime. O que disse o Jaime? :)

      Eliminar
    4. José, sim é verdade, já aconteceu ter que ser o Gobern a defender o Sporting, o que é inacreditável. Ainda não ouvi o programa, mas fico com curiosidade. Um abraço.

      Eliminar
  3. Está a RTP interessada em ter um BOM LEÃO no programa?

    O FCP está representado de forma absolutamente Profissional, ainda por cima com um tipo de adepto diferente do habitual, com ar sofisticado e de artísta.
    Muito bem preparado, apesar de muito político.
    Só diz o que quer.

    Claro que de uma arrogância e vaidades incríveis.
    Não sei como este Homem conseguirá viver se o seu FCP, atravessar por exemplo um período de 10 anos sem ganhar nada.~
    Como ele tem 40 anos, estou convencido que lhe vai acontecer e penso que se dedicará à música, se bem que está bem colocado, para pelos (acima de 50 anos) ser um dos possíveis presidentes do clube.

    Já Jorge Gabriel, pouco mais é do que um Goucha que em vez de gostar de cozinha gosta de desporto e que não é roto vá.

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem, tinha-te como um tipo saudavel e inteligente... :)

    Eu, tirando o Paulo Andrade, não me sinto representado por nenhum desses pa(i)neleiros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)

      Ouve o Grandes Adeptos da Antena 1 (às segundas-feiras, 19h, ou pelo RTP Play - Link AQUI) e vais descobrir o melhor representante do Sporting.

      Atenção que não posso falar sobre o Paulo Andrade, quando ele estava no Dia Seguinte não acompanhava o programa. Sei que ele agora está na CM TV mas nunca vi esse programa.

      Eliminar
    2. A questão é que a "visibilidade" é 1% em relação à TV amigo!

      Eliminar
  5. Eu não vou há bola com o Jorge Gabriel desde que o vi defender no programa que achava muito bem que os treinadores fossem obrigados a ter o curso de treinador (lá está, quando lhe interessa...).

    Essencialmente, o argumento dele equiparava os treinadores a médicos e engenheiros que são regulamentados.

    Podemos ter opiniões diferentes sobre isto, mas um gajo que é apresentador de televisão não pode pensar assim, porque caso contrário eu pergunto qual é o curso que ele fez para ser apresentador de televisão e qual é o organismo que regulamenta os apresentadores de televisão.

    E já agora, qual foi o curso e organismo que regulamenta os actores, que ele também é ?

    A juntar a isto o facto de estar mal preparado, ser teatral a falar (eu não gosto) e conceder opiniões para se fazer mostar muito imparcial (o encolher de ombros) é uma das razões que eu deixei de ver o programa.

    Um abraço e continua a escrever que este blog já se tornou um leitura obrigatória.

    Mário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mário, ou um qualquer diploma em como sabe patinar no gelo, agora que o Jorge Gabriel também participa no "Quebra Nozes no Gelo". É um homem muito versátil e modesto. Há uns meses disse que sentia que também teve o seu papel na subida do Arouca à 1ª divisão.

      Atirou-se com unhas e dentes ao Bruno de Carvalho por ter feito uma piada sobre a idade do Pinto da Costa (que era direcionada apenas ao presidente do Porto, e não aos idosos em geral), provavelmente para não comprometer a venda da sua obra "O Livro dos Avós" -- lá está, mais ocupação em part-time do Jorge Gabriel.

      É pena que com tanta atividade paralela sobre pouco tempo para se informar do dia-a-dia do clube.

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar
  6. Eu não vou há bola nem à bola.

    Mário

    ResponderEliminar
  7. Algum sportinguista se revê em JG? Sem qualidade no comentário, pouco poder de argumentação, enfim uma nulidade. Consegue cometer a "proeza" de ser pior que ROC!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, acho que o Jorge Gabriel se não tivesse tantos problemas em ferir suscetibilidades de portistas e benfiquistas até poderia ser um bom representante. Mas ao preferir ser politicamente correto e satisfazendo-se com a explicação de que as coisas más que acontecem são fruto do acaso, acaba por automaticamente partir em desvantagem contra os seus opositores, que não têm problemas desses.

      O Miguel Guedes diz sempre que não gosta de falar de arbitragens, mas basta haver um jogo em que o Porto possa ter um bocadinho de razão de queixa, que atira-se logo furiosamente contra o árbitro.

      Eliminar
  8. O jorge gabriel e um pseudo adepto. E daqueles que quando nao mama deseja tudo de mal ao Sporting. E um palerma autentico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uncle P, parece-me que JG tem as suas prioridades públicas, e o Sporting está longe de ser a primeira. Um abraço.

      Eliminar
  9. Era nisto que estava a falar quando no outro dia foi postado aqui algo semelhante sobre os comentadores dos clubes grandes na televisao.
    É neste tipo de representação,o comentadores do sporting deixam muito a desejar,este entao é uma completa nulidade,é que para alem de nao defender o sporting ainda por cima nao faz o trabalho de casa,como e que pode haver alguem que comente a vida do clube se nem sabe direito as iniciativas do mesmo.
    Sr jorge gabriel va dar banho ao cao,toda a gente tem a sua opniao??? Eu eu tenho a minha es e sempre seras um palhaço,es daqueles que andavas á procura de tacho so pq tinha um curszeco de treinador mas o sporting nao estava para ai virado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente, é tão grave o encolher de ombros que desvaloriza uma iniciativa que uniu muitos sportinguistas como o facto de nem conhecer exatamente o motivo que levou as pessoas a virarem costas. Um abraço.

      Eliminar
  10. Sugestão:
    Se a RTP tem o Miguel Guedes no programa da Rádio e no da TV (em dois programas), porque raio o Jaime não faz o mesmo: Rádio e TV e sai o Gabrielito?

    Interessa um boi manso é?

    leiam:
    http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_clubeconselholeonino_160813_115304.asp

    Ai o Judas ressabiado!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente sugestão. Assino por baixo.

      Em relação ao comunicado, já não me lembrava disso. Vou utilizá-lo num post ainda sobre o Jorge Gabriel, que vai sair daqui a pouco.

      Obrigado e um abraço.

      Eliminar
  11. Eu também não me sinto representado pelo Bruno de Carvalho. Há solução?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode sempre contestá-lo e explicar os motivos que o levam a não se sentir representado. E já agora apresentar alternativas. Um abraço.

      Eliminar
    2. Evidente que qualquer um é livre de não se sentir representado.

      Mas no caso do Bruno de Carvalho, este venceu as eleições (e não foi à primeira como sabemos).

      Já o Jorge Gabriel está a "representar" o Sporting num programa de TV.
      Entrou para lá.
      Não está minimamente à altura dos outros colegas de programa.
      Que ele seja manso ainda é uma coisa.
      Que os outros digam mentiras e ele não os corrija, não!

      O Jaime na Rádio meteu o Miguel Guedes nos eixos.
      Que figurinha, a insistir no acerto para 45 segundos ao intervalo?????????

      O Jaime disse o óbvio e que todos viram: MENTIRA

      Quando o jogo em Penafiel acabou: 93'
      o do Porto ainda estava no minuto 89, antes dos 90'.

      E esta heim?

      Eliminar
    3. Peyroteo, hoje foi a vez do Miguel Sousa Tavares no jornal A Bola aparecer com a conversa dos 45 segundos de atraso na 2ª parte. É preciso ter lata...

      Eliminar
    4. Essa malta não viu a TVI.
      Fizeram contas ao segundo para 1ª e 2ª parte.
      Com horas de começo ao segundo e tudo.

      Aumentou na 2ª parte até!

      Eliminar
  12. Como GLORIOSO BENFIQUISTA que sou, acho k terem o jorge gabriel no mesmo programa onde esta o miguel guedes é DESPERDICIO, pois o jorge gabriel defende o porto corrupto como poucos, qual poncio monteiro qual que?!?

    com o jorge gabriel a "dar a sua opiniao" so o sporitng perde...
    nao é k se ganhe alguma coisa neste tipo de programas, mas acreditem as opinioes moldam se e ele o jorge gabriel é a imagem perfeita daquilo a k o GLORIOSOS BENFIQUISTAS apelidam de DRAGARTO...

    É triste o sporting merece mais!

    Saudaçoes Gloriosas a todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes parece que o Jorge Gabriel quer o lugar do Miguel Guedes, sim... :)

      Um abraço.

      Eliminar