quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Digam lá "Somos Porto!"

Por vezes critico neste espaço os portistas por seguirem acefalamente uma liderança corrupta, mas tenho que lhes dar a mão à palmatória: mesmo estando a equipa a praticar um futebol pobre e mesmo estando a 4 pontos da liderança, os sócios e adeptos do Porto estão sempre mobilizados em torno da equipa e presentes em massa no seu estádio a apoiá-los.

É assim que se mede a grandeza destes adeptos do clube azul e branco, estão sempre lá mesmo quando os tempos são muito difíceis. Na realidade, talvez "quando os tempos são muito difíceis" seja uma expressão que não se aplique propriamente ao Porto, afinal ainda estão não estão afastados de nenhuma das 4 competições em que estão presentes. Talvez seja mais correto usar a expressão "quando os tempos não estão muito propícios à conquista de títulos de mão beijada".

Melhor que quaisquer palavras que eu possa escrever, os números das assistências no Dragão desde que o Porto perdeu a liderança do campeonato são esclarecedores.

Jackson e Quaresma andam a marcar muitos golos

São adeptos de um clube de futebol? Ou são adeptos que gostam de aparecer para festejar? Dá vontade de pensar como será quando ficarem uns anitos sem ganharem nada. Vamos a ver o que será do "Somos Porto!" nessa altura.

47 comentários :

  1. Passará a "Somos Morto!"

    Ou então será como diz o Herculano que "já nem vai muito ao futebol".
    Talvez aí comecem a ler, instruir-se, para tentarem perceber o que se passou e o porquê de nunca terem ganho o respeito dos adversários.

    (também com as vitórias que têm na barriga, nos últimos 30 anos, bem podem passar décadas de jejum; aliás, dava para eu ser do Sporting, umas10 vidas inteiras, que dificilmente igualaria tamanho palmarés; claro que não invejo a forma como o obteram, até me dá repulsa)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, estive a ver as assistências de todos os jogos das competições nacionais do Sporting no ano passado (na pior época desportiva da história) e só por cinco vezes tivemos menos que 25.000 pessoas no estádio. Dessas cinco, apenas duas ficaram abaixo dos 20.000.

      Eliminar
    2. Mas olha que neste último jogo em Alvalade com a Olhanense também não tiveram lá 29 mil pessoas... E esse foi o nº revelado.

      Mas aquilo no Dragão anda mesmo às moscas (o que não admira)

      Eliminar
    3. Sim, é verdade. Eu apontaria para cerca de 25.000 pessoas.

      Eliminar
    4. Porque é que dizes que não estiveram lá 29 mil pessoas?

      Eliminar
    5. Falando por mim, e comparando com os outros jogos, pareceram menos pessoas. É claro que isto é uma visão a olhómetro e sem ter noção de qual a composição da minha bancada, mas fiquei surpreendido quando anunciaram quase 30.000 pessoas.

      Da mesma forma que fiquei surpreendido quando anunciaram que com o Arouca estavam apenas 29600 pessoas -- olhando para o estádio na altura estava a apostar à volta das 35000.

      Eliminar
  2. OLHA A CABEÇA, OLHA A CABEÇA, OLHA A CABEÇA DO LAMPIAO.....CONTINUA A INCHAR, CONTINUA A INCHAR!!!!

    ResponderEliminar
  3. E ainda por cima esses números são aldrabados. Olha para os 2 últimos digitos e vai ver o número do jogador que marcou o primeiro golo nesse jogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiago, para mim é esclarecedor quanto ao valor que aquela gente dá à verdade. Tudo é manipulável, até as coisas mais insignificantes.

      Eliminar
  4. Voltamos ao mesmo, o FCPORTO mesmo com baixas assistências continua com as melhores demonstrações financeiras entre os 3 grandes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luís Miguel, é verdade. No exercício passado tiveram €20M de lucro, apesar de terem tido vendas na ordem dos €120M só em Hulk, Moutinho, James e Alvaro Pereira. Boa sorte para o próximo ano.

      Eliminar
    2. Assim de memória Hulk ficou umas 4 temporadas, Moutinho, James e Álvaro Pereira 3 salvo erro.

      O Porto ainda precisa de vender é um facto, mas tem várias alternativas para vender e suplentes à altura.

      Que tal Jackson, Fernando e Mangala por 100 milhões de euros com substitutos como Ghilas, Herrera, e Abdoulaye?

      Eliminar
    3. aguardemos pelas vendas fabulosas que os viscondes falidos vao fazer no final da epoca...ah ah ah!!! de todos os grandes jogadores que formaram so o ronaldo e o nani é que deram dinheiro que se veja...todos os outros ou foram comidos (como o moutinho que em 3 epocas ganhou mais no dragao do que todos os anos nos calimeros) ou venderam por preços que sao de ir as lagrimas! e ainda dao palpites sobre as vendas que o grande porto faz! nao se apurem para a liga dos capeoes na proxima epoca e entao é que vai ser de rir!!!

      Eliminar
    4. Luís Miguel, não coloco em causa que as vendas foram boas. As vendas foram ótimas! Ainda por cima de jogadores que valeram inúmeros títulos ao Porto.

      O que me parece discutível é que o Porto necessite de receitas extraordinárias na ordem dos €100M para não dar prejuízo.

      Não me parece que consigam vender Jackson, Fernando e Mangala por €100M. Poderão conseguir um bom encaixe com Jackson. Mangala talvez dê uma receita decente, se deixar de fazer as asneiras que têm feito. O Fernando nunca renderá muito dinheiro.

      Eliminar
    5. Caro anónimo, o Sporting reduziu o orçamento para níveis em que não precisa de se apurar para a LC para ficar com contas anuais equilibradas. Será que o Porto pode dizer o mesmo?

      Eliminar
    6. "O que me parece discutível é que o Porto necessite de receitas extraordinárias na ordem dos €100M para não dar prejuízo."

      Discutível porquê? Acaso, ainda agora, o Chelsea não teve que vender Mata e De Bruyne por €45M e €17M? Será que têm lucro? E o Man City que vendeu o Tevez será que tem lucro?

      Será que o Real Madrid não teve que vender o Ozil? Será que tem lucro?
      E o PSG não vendeu o Sakho? Será que tem lucro?

      "Não me parece que consigam vender Jackson, Fernando e Mangala por €100M"
      Acrescenta aí as vendas dos argentinos.

      Eliminar
    7. Comparar o Porto ao Chelsea e o Man City... enfim, dá para tudo, não sabia que o Porto era propriedade dum magnata russo ou árabe. Comparar o Porto ao Real Madrid então, é de chorar.
      Quanto aos 100 milhões, como diz o teu presidente, na prática são milhões da treta. 60 ou 70% ficam nos fundos (vai lá ver de quantos fundos o teu presidente é sócio) e mais 10 a 15% ficam em comissões.
      Agora, dinheiro vivo, o que entra no clube é pouquinho. O mesmo para as vendas milionárias do Benfica e do Sporting caso venda, por exemplo, o William ou o Adrien ou outro que tenha 40 ou 50% do passe alienado.

      Eliminar
    8. Tiago ficaste chateado por eu comprar o Porto com o Chelsea, City, Real Madrid ou PSG e não ter mencionado a Benfica e o Sporting?

      Quanto ao dinheiro vivo, tens a demonstração de fluxos de caixa para analisares.

      Eliminar
    9. Não fiquei chateado com nada, tu é que pareces não compreender que não faz sentido comparar o Porto com clubes detidos por magnatas russos e árabes ou com clubes com a capacidade de geração de receitas do Real Madrid.

      Eliminar
    10. Tiago

      O Porto ganhou a Champions em 2003/2004 e, de lá para cá, desses 4 que citei só o Chelsea ganhou uma Champions, ou seja, tanto como o Porto. Nem o Real Madrid, nem o City nem o PSG ganharam a Champions desde 2003/2004.

      E olha que geram receitas de milhões.

      E obviamente nem a Benfica nem o Sporting que o melhor que conseguiram foi chegar à final da taça UEFA/ Liga Europa mas isso o Braga também conseguiu.

      Eliminar
    11. Luís Miguel, o PSG, o City e o Chelsea têm donos bilionários que podem injetar quando quiserem o dinheiro que for preciso sob a forma de patrocínios das suas empresas. O Real Madrid é um monstro que recebe milhões em bilheteira, direitos de TV e publicidade, e que não baseia o seu modelo de negócio em receitas extraordinárias de venda de jogadores.

      São realidades completamente diferentes do que se passa em Portugal.

      Eliminar
    12. Mestre de Cerimónias

      Tudo tem um limite e o Abrahamovic já chegou ao limite de injectar dinheiro, por isso, aos poucos, a estratégia do Chelsea tem mudado mas de qualquer maneira Abrahamovic já está há quase 15 anos no Chelsea.

      Os donos do City e do PSG estão praticamente a estrear-se nestas andanças do futebol, por isso, têm de investir muito mais do que Abrahamovic investiu, pelo menos em termos comparativos.

      O Porto sad talvez precise de reforçar o seu capital social e pelo menos o Porto clube vai gerando algum lucro que pode ser efectuado para um eventual futuro aumento de capital. Será que a Benfica clube e o Sporting clube geram lucro?

      O modelo de negócio do Porto, apesar da relevância das receitas extraordinárias, não é tão diferente do modelo de negócio dos outros.

      O Real Madrid, Chelsea, City e PSG (estes últimos 3 com injecções de capital) tiveram que investir brutalmente na formação para assegurar jogadores de qualidade da cantera, para isso, fazem exactamente o mesmo que o Porto faz.

      Destes que citei, o Real Madrid é o mais similar ao Porto, pois investe em contratações deixando vários jogadores da formação em stand-by, aproveitando para os vender quando estes não sobem ao plantel principal.

      Se o Porto tem de vender os craques, o Real Madrid também tem que os vender e algumas vezes com prejuízo, Kaká por exemplo.

      Saíram Ozil e Kaká mas o Real já tinha assegurado Modric e como adormeceu em arranjar um segundo teve de pagar bem caro Isco.

      Os milhões da bilheteira, publicidade, tv e merchandising são apenas proporcionais em relação ao número de habitantes do respectivos países e seu poder de compra: Portugal tem 10 milhões de habitantes, Espanha 40 milhões, França uns 60 milhões e Inglaterra outros 60 ou 70 milhões de habitantes.

      Mas a questão principal continua a mesma, será que os clubes que citei dão lucro?

      Eliminar
    13. Claro que o modelo de negócio é diferente. Não podemos comparar as receitas televisivas, publicitárias, merchandising e de bilheteira dos mercados inglês, francês e espanhol em relação ao nosso. Os grandes clubes desses países não compram para vender, compram sempre os melhores.

      Nenhum clube foi feito para dar lucro. Quem os compra quer credibilização, exposição pública e portas abertas para que os outros negócios possam prosperar -- ver o caso de Luís Filipe Vieira.

      Os clubes portugueses recebem cerca de €20M em direitos televisivos, e o resto são migalhas. O vencedor da liga inglesa deve receber mais de €120M. Nisto aqui os clubes portugueses até nem estão mal, considerando a diferença de audiências televisivas. O problema está no resto.

      Se não são as mais-valias dos jogadores, aliadas a uma gestão responsável, os clubes entram num buraco. O Sporting não teve nem mais-valias nem gestão responsável durante alguns anos, e vimos no que se tornou.

      Eliminar
    14. O Real Madrid comprou Ozil por €18M e vendeu-o por €50M.

      Também forma jogadores que depois os vende como Javi Garcia, Negredo entre outros.

      O Chelsea comprou Mata por €26.7M e vendeu-o por €45M.

      Essa do nenhum clube foi feito para dar lucro está a levar Benfica e Sporting ao colapso. O Glasgow Rangers já se foi, a antiga Fiorentina também, por cá Salgueiros, Farense, Odivelas, Académico de Viseu, Campomaiorense e outros também desapareceram salvo erro.

      LFV não comprou a Benfica clube, foi ganhando eleições e hoje em dia são poucos os eventuais concorrentes à Presidência da Benfica por restrição regulamentar o que o deverá a eternizar-se no poder, o que eu tenho achado maravilhoso.

      O verdadeiro problema está na vontade e coragem dos dirigentes em adequar as despesas às receitas, ou seja, gastar aquilo que se tem e ainda gerar algum lucro.

      Eliminar
    15. A meu ver, o modelo de negócio do Real Madrid vive da aposta em nomes sonantes que contribuem para aumentar o valor da marca, conseguindo um retorno significativo em merchandising e venda de direitos televisivos para todo o mundo. Comprando tantos jogadores é natural que tenha que vender, e aí seriam parvos se não tentassem maximizar essas vendas.

      Mas no deve e no haver de transferências, parece-me que o Real (tal como o Chelsea) tem um balanço claramente negativo (o resultado positivo do Chelsea no mercado de inverno foi uma exceção à regra).

      Quanto a LFV, queria dar o exemplo como a liderança de um clube pode facilitar os negócios noutras áreas. LFV pode não ter comprado o Benfica, mas com os estatutos que mudou é quase como se fosse dono. :)

      Eliminar
  5. Não será antes: "o fc porto, mesmo com vendas milionárias todos os anos, continua a apresentar consecutivamente resultados financeiros muito negativos" ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resultados financeiros muito negativos? É normal numa empresa que tem financiamento bancário e por obrigações de vários milhões de euros, mas de qualquer maneira é preferível pagar juros a entidades que nos financiam e refinanciam do que pagar impostos ao Estado.

      Eliminar
    2. Pois é, o melhor é mesmo não pagar impostos. Aliás, o melhor é roubar dinheiro aos contribuintes para poder pagar uma renda de 500€/mês pelo centro de estágio.

      Eliminar
    3. Infelizmente os 500€/mês foram só no 1º ano mas como ficou na memória de todos ainda hoje repetem essa tanga. O Porto ficou com a fama mas não ficamos com o proveito.

      Quanto ao meu anterior comentário, o que eu quero dizer é que os custos financeiros (juros) são dedutíveis no apuramento do imposto, ou seja, quanto mais juros se paga menos imposto se paga.

      Eliminar
    4. Essa do 1º ano é obviamente mentira. Mas como é só mais uma entre tantas, já ninguém liga.

      Eliminar
    5. porque sera que ninguem do sporting ou do benfica respondeu ao comunicado do porto a questionar porque é que nao publicavam as contas de todo o universo dos clubes? nao tinham que responder é verdade mas a comnicação social sempre pronta a atcar o porto neste caso nem uma palavra... e a CMVM tb nao tem nada a dizer? felizmente sou novo e vou assistir a saida do vieira do benfica e AI é que vamos todos rir a grande!!!!tenhamos paciencia..aguardemos com vitorias enquanto os caes vao ladrando umas tangas para os otarios da 2ª circular.

      Eliminar
    6. O Sporting sempre publicou as suas contas consolidadas. O porto é que decidiu atirar com essa para o ar para borregos como tu irem na conversa.
      O que querias que o Sporting respondesse a isso? Com um "Feito" ou um "Já está" ?

      Eliminar
    7. Luís Miguel, se não pagam €500 / mês pela renda do centro de estágio, então quanto é que pagam? Gostava de saber.

      Eliminar
    8. Caro anónimo, concordo que quando o Vieira sair se vão descobrir as carecas das contas do Benfica que vão sendo mascaradas com vendas fictícias de Robertos, Rodrigos e Andrés Gomes. O Sporting passou pelo mesmo aquando da mudança de direção.

      Também me parece legítimo pensar que o mesmo vai acontecer quando a dinastia de Pinto da Costa, Antero Henrique, Adelino Caldeira e Reinaldo Teles sair de cena, ou não?

      Eliminar
    9. Não sei quanto é que o Porto sad paga de renda no centro de estágio mas sei que é o Porto sad quem paga todos os encargos com o centro de estágio, ou seja, a manutenção é feita pelo Porto.

      Os 500 euros mensais foi uma vantagem competitiva que a Câmara de Gaia proporcionou ao Porto de modo a que fosse escolhido essa autarquia em detrimento de outras autarquias que também efectuaram propostas ao Porto como a Câmara de Gondomar e a Câmara da Maia. Se o acordo foi feito é porque serviu as partes envolvidas e o Porto está nesse centro de estágio à volta de uma década.

      Se hoje se fala em Seixal, Alcochete ou Gaia todos os dias na comunicação social deve-se exclusivamente aos 3 grandes.

      A propósito, se o Porto paga renda pelo centro de estágio, quanto pagam os outros, ou será mesmo que pagam? Bem, pelo menos pode-se deduzir que os terrenos do centro do estágio não pertencem ao Porto. E os outros 2?

      Eliminar
    10. Se fosse um valor de renda justo o Porto faria questão de nos informar.

      O que ganham o Seixal, Alcochete e Gaia com a presença dos centros de estágio? Enfim, suponho que existam alguns bares nas redondezas que vendam umas sandes aos jornalistas que têm que passar o dia à porta. De resto não vejo que Gaia alguma vez recuperará os €16M que investiu, seja de forma direta seja de forma indireta.

      Eliminar
    11. mestre de cerimonias, convencam se de uma coisa....podem criticar, insultar etc... o pinto da costa mas nao tenham a esperança que a sucessão e o caminho do clube ainda nao esteja tracado....esta e ha muito tempo! no dia em que ele abdicar ou morrer (que eu acredito que so ai vai sair da presidencia o que para mim é fantastico) tudo ja estara encaminhado no sentido de toda a estrutura se manter e caminhar sem o nosso grande lider! podem dizer que isso nao é democracia...nao interessa nada! depois de enormes feitos do meu presidente, talvez o maior desses todos vai ser quando ele sair, deixar tudo organizado e o clube continuar a ganhar! sim pode ate nao ganhar com tanta frequencia mas NUNCA MAIS o porto volta a ser o clube que era a 35 anos atras! e isso é o que verdadeiramente doi aos nossos adversarios! reparem que diziam que o porto so ganhava porque o presidente estava no banco e metia medo aos arbitros..deixou de ir para o banco e continuamos a ganhar..que o porto so ganhava porque as nomeações dos arbitros era controlada pelo porto.durante algum tempo houve sorteio dos arbitros e o porto continuou a ganhar.diversas vezes foi dito que o ciclo tinha acabado e a resposta a isso tem sido epocas memoraveis em que a ultima foi em 2011 que como sabe ganhamos tudo.nao sei a sua idade mas alguma vez viu o seu clube a ganhar tudo????ah ah ah!!! quanto ha dinastia de pinto da costa, antero e adelino..concordo, infelizmente a do pinto da costa estara a terminar mas adelino e caldeira estao ai para durar! iludam se com ataques constantes ao porto e nao olham para dentro no sentido de traçar um rumo que por este andar teremos que acrescentar outro andar ao nosso fantastico museu para acomodar devidamente os nossos trofeus enquanto os outros falam!

      Eliminar
    12. "Se fosse um valor de renda justo o Porto faria questão de nos informar."

      Obviamente essa opinião deve reflectir-se sobre os outros 2 grandes.

      Valor justo é o que foi acordado entre senhorio e o inquilino. Se o Porto estiver insatisfeito deve procurar outra solução. Se a Câmara de Gaia estiver insatisfeita deve indemnizar o Porto e afastar o Porto do centro de estágios mas sempre gostaria de saber como é que seria rentabilizado aquele espaço e se a Câmara estaria disposta a suportar os encargos relativos à manutenção do centro de estágio.

      A realidade indicia-nos que ambos estão satisfeitos com o acordo que foi obtido.

      Eliminar
    13. Caro anónimo, eu não tenho dúvidas que Pinto da Costa deixará a questão da sucessão bem definida quando se retirar. Aquelas cartas que escreveu aquando do seu internamento há uns meses deveriam ser nesse sentido, nomeadamente uma que foi escrita a Sardoeira Pinto.

      O que tenho muitas dúvidas é que o sucessor (seja Antero Henrique, Adelino Caldeira, Alexandre Pinto da Costa, ou outro) tenham as capacidades de Pinto da Costa. Eu posso contestar os métodos utilizados por Pinto da Costa, mas não coloco em causa que é um homem extremamente inteligente, carismático, e que coloca os interesses do clube (dentro da sua conceção do que é legítimo ou não fazer para atingir os seus objetivos) em primeiro lugar.

      O que tenho sérias dúvidas é que exista alguém na linha de sucessão que se aproxime sequer das qualidades que Pinto da Costa tem. E também tenho sérias dúvidas que a estrutura do Porto se una para todo o sempre em torno do sucessor escolhido por Pinto da Costa aos primeiros sinais de fracasso.

      Quanto ao Porto voltar ao que era há 35 anos, é evidente que isso não vai acontecer, mas acho inevitável que perca a hegemonia que tem tido nas últimas décadas.

      Um abraço.

      Eliminar
    14. Desculpe, Luís Miguel, mas não concordo consigo. O Sporting é dono do seu centro de estágios, e suportou os custos da sua construção. Não há rendas a pagar. Do Benfica não falo porque não sei.

      Concordaria que o valor justo é o que é acordado entre senhorio e o inquilino, se o senhorio não fosse uma entidade pública liderada por um dos autarcas mais despesistas do país, capaz de endividar a câmara a troco de votos. Enquanto contribuinte acho este acordo um escândalo.

      A Câmara de Gaia não pode afastar o Porto porque existe um contrato para 50 anos.

      Eliminar
    15. Mestre de Cerimónias

      E agora vais dizer que o preço por metro quadrado do centro de estágio do Sporting foi pago ao valor de mercado da altura, quando Alcochete, Montijo e seus arredores cresciam rapidamente por causa do efeito da ponte Vasco da Gama.

      Ah, pois é, o preço de venda foi simbólico mas é como eu digo, comprador e vendedor chegaram a acordo e ficaram satisfeitos.

      Por isso mesmo mencionei que tinha que indemnizar o Porto.

      Eliminar
    16. Não faço ideia, Luís Miguel. Não sei se os terrenos já eram do Sporting, se houve permuta, se houve um processo de compra com um valor simbólico, se os terrenos eram privados ou públicos.

      Eliminar
    17. Portista anónimo: tu não acreditas mesmo nisso pois não?
      Que depois do Pinto da Costa sair vai ser tudo igual.

      O Sporting faz mais de 30 anos que anda afastado dos títulos, tendo ali apenas 2 campeonatos em 3 anos (onde houve sorteio dos árbitros) e mesmo assim consegue ter mais espectadores no estádio do que o Porto?
      E mais: hoje em dia sem Salgueiros e sem Boavista na cidade, só com o Porto em futebol a sério.

      Eliminar
  6. Penso que já tinha dito aqui noutra ocasião que a grandeza do FCP se ia medir em tempos de crise...sem estarem propriamente em crise, fica registado a grandeza dessa "naçon".

    Bem me lembro de termos ficado a 16 pontos do FCP há 3 anos e termos uma melhor assistência média que os campeões.

    Já agora, aproveito para felicitar o blog por, tal como já tinha previsto, se tornar uma referência blogosférica desportiva. Não tenho comentado muito, mas passo sempre por cá.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há quanto tempo, Whiplash! :)

      E se para os portistas o facto de estarem em 2º a 4 pontos do 1º é crise, só mostra o quão mal habituados estão.

      Quando estiverem uns anos sem ganhar nada, com más notícias a sucederem-se todas as semanas, aí sim, será uma crise a valer e terão oportunidade de mostrar de que cepa são feitos.

      Um abraço.

      Eliminar
  7. Nem seriam necessários os últimos 13 anos do Sporting, bastavam os últimos 4 anos e esse clube regional acabava... Mas é que podem ter a certeza! Da última vez que não foi "cão peão", o porto teve nas duas últimas jornadas 19 mil e 16 mil espectadores!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Karl, nem no ano passado, que foi a tragédia que sabemos, apresentámos tantos jogos abaixo das 25.000 pessoas.

      A média do Sporting do ano passado só não é superior porque nos primeiros jogos o Porto parecia arrancar para outra temporada de sucesso e conseguiu assistências de 41000 (Marítimo), 36000 (Gil Vicente), 32000 (Guimarães) e 48000 (Sporting). Com o Nacional a coisa já começava a não estar tão promissora (depois do empate com o Belenenses e dos desaires europeus) e já só estiveram 26000.

      Eliminar