segunda-feira, 24 de março de 2014

Como perder uma boa oportunidade para ficar calado

Eládio Paramés, ontem, no Contragolpe.


12 comentários :

  1. Ontem não vi o programa.
    Por favor, diz-me que o Pedro Sousa gozou com este esgoto inflamado.

    E o "Mano Sousa" também não ajudou ao responder "Não".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que me tenha apercebido o Pedro Sousa não disse nada. O Sousa Martins corrigiu a tempo o engano, e o próprio Paramés começou a contornar a questão.

      Nem sempre gostei do estilo do Sousa Martins, mas neste momento acho que é o melhor apresentador neste tipo de programas. Parece-me isento e correto com todas as equipas. Quem me dera ver Paulo Garcia ou Hugo Gilberto a terem um comportamento semelhante.

      Eliminar
    2. Sim, também concordo. Daí este ser o único programa em que consigo olhar. Só me referi a este momento preciso.

      Eliminar
    3. Já na segunda, no Prolongamento, o Sousa Martins fez o seu trabalho de forma competente. O Eduardo Barroso disse que o Proença tinha ditado a vitória do Guimarães ao assinalar aquele penálti inexistente. O Manuel Serrão diz categoricamente que não foi decisivo porque o Porto ganhou por 2-0 (devia estar a confundir com o jogo da Taça de Portugal). Passados alguns minutos o Sousa Martins corrigiu o erro do Manuel Serrão, dizendo que Eduardo Barroso tinha razão.

      Eliminar
  2. Ainda não percebi bem o que é que este pateta do Paramés faz naquele programa. Para além de uma evidente dificuldade de expressão, anda geralmente mal informado. É um mistério a sua presença ali.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, suponho que seja por ter contactos no mundo da bola. Por exemplo, ainda ontem disse quem eram os jogadores que AVB quer levar para o Real, há uns tempos disse que o Porto tinha salários em atraso. Mas realmente costuma andar mal informado em relação ao que se vai passando durante a semana.

      Eliminar
  3. O contragolpe não consigo ver. Este homem enerva-me.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marisa, não aprecio muito o estilo do Eládio Paramés, mas quem eu realmente neste momento não suporto é o Rui Pedro Braz. Esse sim, mete-me nervos, pela forma ultra-arrogante com que fala.

      Eliminar
    2. Entre um e outro venha o diabo e escolha. Até não desgosto do Sousa Martins, talvez pelas boas recordações do saudoso Domingo Desportivo.

      Eliminar
    3. Eu gosto bastante do Sousa Martins. É equilibrado e faz muito bem o trabalho de moderador neste tipo de programas.

      Eliminar
  4. Não consigo ver o programa devido ao fanático lampião Rui Brás. O Paramés também não percebo o que faz no programa a não ser corrigir, por vezes, o RB. O RB nunca antes o tinha visto, ouvido ou lido a falar ou escrever sobre futebol. Como é que vai logo aparecer num programa daqueles em horário nobre? Não percebo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Rui Pedro Braz tem uma carreira muito ligada ao Benfica, onde já trabalhou e sobre quem já escreveu vários livros. Deve ter sido o Luís Sobral a convidá-lo, o que ajuda a explicar muita coisa.

      Também tenho um post sobre ele, agendado para a manhã de terça-feira. É muito mau...

      Eliminar