quarta-feira, 12 de março de 2014

Oh, a ironia...


Problemas de coluna. É esta a "indisponibilidade física devidamente comprovada" de Olegário Benquerença que levou à chamada de Pedro Proença para o clássico entre Sporting e FC Porto, no domingo. Quem o diz é José Gomes, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol.
in record.pt

A sério, isto até dá vontade de rir. Por vezes a realidade encarrega-se de mostrar aos argumentistas e escritores de ficção que tudo é possível. O presidente da APAF a dizer que um árbitro tem problemas de coluna... é caso para perguntar porque precisou de tanto tempo para se aperceber disso. Que preciosidade!

4 comentários :

  1. Caro Mestre, prolemas de coluna devem ter quase todos. O difícil é encontrar um de espinha direita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, secretário... os árbitros precisam de dobrar muito a espinha para conseguirem chegar à 1ª categoria...

      Eliminar
  2. Pronto. Está explicado o porquê de terem feito uma nomeação tão antecipada. Verdadeiro golpe de teatro. Se o homem tava lesionado porque é que o nomearam? Chamem-lhe problemas de coluna, se calhar o pintinho não gostou da nomeação e lá teve de mandar alguém à associação entregar a mensagem (que isto dos telefones já não se pode confiar, dizem que estão sob escuta...).

    Agora apanhamos o melhor arbitro do mundo, arbitro do agrado dos lá de cima. Ou isto foi cozinhado ou então houve uma serie de coincidências bastante agradáveis para os corruptos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lopes, das duas uma: ou o Olegário recusou-se porque não se está para chatear à beira da reforma, ou foi alguém lá de cima que manifestou o seu desagrado (porque o Olegário expulsou-lhes o Carlos Eduardo no jogo para a taça da liga em Alvalade).

      Não faz sentido nenhum ser por lesão, ninguém acredita que o CA não estivesse a par do estado físico do árbitro.

      Eliminar