quinta-feira, 10 de abril de 2014

A onda vermelha

O mito das grandes molduras humanas nos jogos do #Benfica                                                                     
Vivemos um período em que o termo onda vermelha entrou no léxico diário dos benfiquistas e de grande parte da comunicação social (eu sei, é redundante), utilizando essa expressão para se referirem às grandes molduras humanas que seguem o Benfica para todo lado, seja na Luz, seja nos estádios espalhados pelo país onde os encarnados jogam.

No blogue Tasca do Cherba, um dos tasqueiros (Férenc Meszaros) fez um brilhante post demonstrando que essa onda, afinal, não é assim tão imponente quanto nos querem fazer vender. Comparando as assistências fora dos grandes (apenas relativas aos campos onde Sporting, Benfica, e Porto já jogaram), demonstrou inequivocamente que é o Sporting que tem levado mais gente ao estádio. É evidente que com esta mudança de campo de Arouca para Aveiro, será inevitável que o Benfica passe a ser o clube com maiores assistências nas visitas aos adversários.

De qualquer forma é de assinalar que um clube que afirma ter 6 milhões de adeptos não consiga levar muito mais adeptos por esse país fora do que o Sporting, começando apenas a equilibrar as contas quando passou a ter a vitória no campeonato praticamente assegurada, mesmo tendo acesso a bilhetes genericamente mais baratos.

E isso, como é evidente, mostra que falamos de uma onda vermelha que só aparece quando as vitórias estão pouco menos que garantidas. É mais ou menos a mesma coisa que um grupo de 30 amigos combinar uma festa numa casa alugada, mas só 4 ou 5 é que aparecem umas horas antes para tratar dos preparativos, enquanto que os restantes só chegam quando estiver tudo prontinho para comer, beber e desfrutar.

De qualquer forma, aproveitando a onda tasqueira, gostaria também de dar o meu contributo para a discussão, desta vez olhando apenas para os jogos que os grandes fizeram em casa. Fiz uma tabela com todas as assistências dos grandes, e preenchi a verde as 15 melhores assistências (em % de capacidade preenchida) e a vermelho as 15 piores assistências.

Fui pela percentagem de capacidade preenchida e não pela assistência absoluta, porque é uma forma mais adequada de comparar a proporcionalidade da massa adepta de cada clube que marca presença no estádio. E o que obtemos é isto:

Fonte: Liga de Clubes

* Se me provarem que a assistência real no Benfica - Belenenses foi mesmo de 31635 espetadores, comprometo-me a doar parte do meu córtex cerebral para fins de investigação cientifica, pois isso significaria que tenho graves problemas de perceção cognitiva (não me parece que tenham estado mais que 20000 pessoas nesse jogo)

Como podemos ver, mesmo nos jogos em casa, a onda vermelha só apareceu definitivamente a partir do momento em que o Benfica já tinha 5 pontos de avanço sobre o Sporting e 9 sobre o Porto. Antes disso, o panorama não era particularmente fabuloso. Note-se que a capacidade do Estádio da Luz é superior ao de Alvalade em 15.000 pessoas (65.000 contra 50.000), ou seja, a diferença proporcional é bastante inferior à diferença de adeptos que a existência de 6 milhões de benfiquistas implicaria (se fosse verdade).

Sobre o Porto, fica mais que óbvio que grande parte dos seus adeptos perdem rapidamente a vontade de ir ao estádio quando o campeonato não lhes é oferecido num bonito embrulho com um laço vistoso. Somos Porto.

24 comentários :

  1. Pois é!!!

    Um clube grande é grande nas vitórias e nas derrotas. Por isso morte do Sporting foi manifestamente exagera.

    O Benfica e o Porto atraem os adeptos da festa. Quando não há festa não há apoio é tão simples quanto isto.

    O maior patrimonio do SCP são os seus adeptos. Têm um espirito britanico de apoio ao clube nas derrotas e nas vitórias.

    Há um facto muito importante que referes no texto, os bilhetes para os adeptos visitantes do SCP são sempre mais caros do que para os congeneres do Porto e Benfica. No entanto consegue melhores assistências.

    Claramente o abono de familia dos pequenos é o Sporting. Para o ano com mais experiência e competência em Maio teremos a esperada alegria.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Green Lantern, o Sporting sempre foi assim. Estivemos quase 20 anos sem ganhar campeonatos, mas sempre conseguimos colocar nos estádios uma massa adepta considerável que não entra em euforias ou depressões em função dos bons ou maus resultados. Não se queimam cachecóis nem cartões de sócio neste clube. Um abraço.

      Eliminar
    2. Seria bom trazerem uma tabela de preços dos jogos fora dos 3 grandes para verificar se isso é mesmo verdade!!

      Eliminar
    3. Houve vários casos desses este ano. Se alguém me disser onde posso ver preços de jogos passados, terei todo o gosto em fazer esse apanhado.

      Eliminar
  2. Mestre, eu também acho que as assistências na Luz e no Dragão são aldrabadas quando a assistência real é fraca. Ainda agora contra a Académica não estavam os 29 mil espectadores no Dragão que os andrades declararam. Pela panorâmica, deveriam estar pouco mais de 20 mil. E na Luz vários foram os jogos na primeira volta com assistências reais na casa dos 20 mil. Só depois do Benfica-Sporting para o campeonato, em especial desde o Benfica-Estoril, é que eles começaram a ter mais de meia-casa de assistência. Fair weather fans...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, no Dragão houve vários jogos em que olhando para as bancadas pareciam muito menos pessoas do que o anunciado. É claro que quem muda os 2 dígitos da direita da assistência em função do marcador do 1º golo, não terá problemas em mudar os outros 3 a bem das aparências...

      Eliminar
    2. que historia e essa de altercao de digitos? nunca ouvi falar, queres contar?
      joao

      Eliminar
    3. João, nos jogos no Dragão, se o Porto marcar na primeira parte a assistência "oficial" acaba sempre nos dois dígitos da camisola do marcador do primeiro golo. Se reparares, a maior parte das assistências acaba em 09 (Jackson), 07 (Quaresma) ou 17 (Varela). Já fazem isto há vários anos.

      Eliminar
    4. Portanto, as assistencias reais na Luz e no dragão são aldrabadas, em alvalade é tudo real, tá certo...

      Eliminar
    5. As do Dragão, objetivamente são. Pode ser só por unidades, mas são. Em relação às do Benfica não sei, mas no Benfica - Belenenses é impossível que tenham lá estado 31.000 pessoas. No Sporting também houve dois jogos em que as assistências me pareciam erradas: na 1ª jornada pareciam mais que 29.000, com o Olhanense pareciam menos que 29.000.

      Eliminar
  3. Era bom que existisse alguém isento que pudesse fazer essa contabilidade, iriamos ter grandes surpresas, esse clubes vivem a conta de mentiras sobre mentiras é o seu ADN.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Guto, infelizmente a Comunicação Social está mais interessada em surfar a tal onda vermelha. No que depender deles será um tsunami, que tentarão prolongar até à exaustão.

      Eliminar
  4. OFF-TOPIC

    A vitória e a consequente passagem do Atlético de Madrid às meias finais da Champions League, assim como a liderança da Liga Espanhola é mais um argumento que se enquadra na minha teoria, pois o Atlético de Madrid joga com vários jogadores que raramente brincam nas selecções como Juanfran, Miranda, Filipe Luís, Gabi, Garcia, Adrian, Diego e mesmo aqueles que não vão lá mesmo como o Tiago.

    ResponderEliminar
  5. Caro Mestre,

    Tinha pensado fazer essa análise: comparar as assistência (apenas fora) com a evolução da classificação. Poupaste-me a maçada. Está excelente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Férenc, foi uma simples extensão da análise que fizeste. Não me teria ocorrido fazê-lo se não tivesse lido o que escreveste na Tasca. Tenho que te dar os parabéns, é um post que estilhaça em grande estilo um dos maiores mitos que se vai enraizando na opinião pública. Um abraço!

      Eliminar
  6. Não. Pelas receitas de bilheteira é que depois se pode fazer uma estimativa sobre se o número de espectadores declarado foi inflacionado ou não. Se as receitas baixarem mas a média de espectadores se tiver mantido ou não tiver descido na mesma proporção é porque houve marosca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, creio que não é possível tirar conclusões da assistência real em função das receitas. Existem os bilhetes de época que acabam por não permitir fazer esse tipo de análises. Depois também existem os jogos das competições europeias e taças, que são variáveis. No relatório e contas os clubes costumam apresentar todas as receitas de bilheteira numa única rubrica, pelo que é complicado tirar-se alguma conclusão a partir daí. Um abraço.

      Eliminar
  7. Claro que o benfica e o porto tem boas assistencias,no entanto pelos os numeros apresentados na comunicação social acho que estao desfazados da realidade como é obvio.
    Mas de uma coisa tenho a certeza as dos sporting na sao aldrabadas e se foram e para numeros inferiores sao estimativas elaboradas pela comunicação social,disso nao tenho duvidas.
    Mas há uma coisa muito importante o sporting ate podiam ser so 5 mil,esses 5 mil fazem mais que 60 mil no pre fabricado da luz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, estes números são oficiais e entregues pelos clubes à Liga. No caso do Sporting, só não fui a um jogo e parece-me que na generalidade os números são credíveis. Que me lembre, só na 1ª jornada, parecia haver mais que 29.000 no jogo com o Arouca, e com o Olhanenses pareciam menos que os 29.000 anunciados.

      Agora, quer Porto quer Benfica têm apresentado casas que parecem ter muito menos gente do que os números oficiais indicam. Um abraço.

      Eliminar
    2. Agora a sério... alguma vez foste ao estádio da Luz para teres uma ideia do numero de adeptos que estão lá? No estádio de Alvalade podes ter essa percepção, só não entendo como podes ter essas certezas em relação aos outros estádios.

      Eliminar
    3. Em Alvalade normalmente acerto, mais 3000 menos 3000. Como é evidente, não posso dizer o mesmo na Luz.

      No entanto, meia casa implica que por cada cadeira vazia esteja outra ocupada. Nas fotos que mostrei nesse post não era claramente o caso em 3 das 4 bancadas. A não ser que uma delas estivesse a abarrotar, com malta sentada nas escadas e penduradas nos varandins, não esteve meia-casa nesse jogo. Por isso não preciso de conhecer o Estádio da Luz assim tão bem para chegar a essa conclusão.

      Eliminar
    4. Já agora, viste as fotos do jogo que coloquei no post?

      Eliminar
  8. Que grande lol este post...

    ResponderEliminar
  9. Eu acho engraçado e que os post´s sao lol's mas vcs andam aqui a comentar,isso é que acho graça,isso é que é um granda LOL.
    Nao sei,é que eu falo por mim,nao ando em blog's do benfica.

    ResponderEliminar