quinta-feira, 3 de abril de 2014

Isto é o futebol português no seu melhor

Mesmo para os padrões do futebol português, este mês de abril consegue estar a ser particularmente nojento. E ainda só vamos no dia 3.

Dia 1:
  • Liga anuncia o regresso do Boavista à I Liga na próxima época
  • Liga anuncia o alargamento da I Liga para 18 clubes, baixando ainda mais o nível de competitividade, e alterando a meio da competição as suas regras - afinal só o último classificado descerá de forma direta de divisão
Dia 2:
  • Quaresma multado em €77 depois das lamentáveis cenas que protagonizou no domingo
  • CJ delibera que o atraso do Porto "foi intencional mas não teve a intenção de causar danos a terceiros"
  • O presidente da Liga diz que a incorporação do Boavista na I Liga é uma decisão história (em jeito de auto-elogio)
  • O Arouca decide, após quatro meses de cuidada ponderação, mudar de estádio; por coincidência, a decisão vem mesmo a tempo de permitir que o Benfica jogue em campo neutro com um relvado decente perante 30.000 adeptos seus, em vez de jogar num batatal onde só caberiam 3.000 adeptos visitantes



21 comentários :

  1. não foi a meio do jogo, já se sabia desde a decisão favorável ao Boavista que isso ia acontecer( alias desde o inicio da época que se tinha falado nisso) e sempre se disse que a existência da liguilha estaria dependente de o Boavista conseguir reunir os pressupostos financeiros.. se não o conseguisse fazer ficava tudo sem efeito, e alias os clubes aprovaram a incorporação do Boavista e a eventual existência da liguilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Riga, não estou de acordo. As regras devem ser claras e imutáveis a partir do momento em que a prova se inicia. Não faz sentido que as regras fiquem dependentes de suposições sobre o que poderá ou não acontecer durante o decorrer da prova. Um abraço.

      Eliminar
    2. mas s eo Boavista tinha de ser incorporado na primeira liga, como é que se fazia? ficava-se com 17 equipas?

      Eliminar
    3. A questão não é simples, de facto. Eventualmente definir que na próxima época seguinte desceriam 3 em vez de 2, subiam 2 + o Boavista. É claro que aí o Boavista teria que esperar mais um ano -- e não sei até que ponto isso é legal.

      Eliminar
    4. lá está acho que tinha de ser incorporação imediata, não se podia esperar um ano

      Eliminar
    5. Infelizmente a questão é que o Mário Figueiredo QUER mesmo aumentar o nº de clubes. Se não fosse isso poderiam dizer que na próxima época só descem 4 e sobem 2, para depois voltar a 16 clubes. 17 clubes também seria uma hipótese (descendo 3 e subindo 2), mas ficavam as jornadas todas coxas, o que não faria sentido.

      Eliminar
  2. O regresso do Boavista é algo que se deva comemorar ???? então não ficou provado que eles compravam tudo o que pudesse influenciar os resultados ??? ah estou a esquecer me.....foi provado....mas passou de prazo. Justiça à portuguesa!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, é por esta e por outras que acho que o Sporting não deve defender Mário Figueiredo. Simplesmente não merece. Um abraço.

      Eliminar
  3. Ainda cabe aí, perfeitamente, a decisão do presidente (!) do Marítimo despedir o seu central titular (em 21 dos 25 jogos da liga) por ter cometido grande penalidade em dois jogos seguidos. JPT SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JPT, essa também é surreal... mas gostava de saber quais os motivos reais, de certeza que não foi apenas por ter cometido dois penáltis em dois jogos seguidos. Há certamente mais alguma coisa que não foi tornado público.

      Eliminar
  4. ainda vou a tempo ???? já é de Janeiro, mas continua actual ::::"Boavista pode calcular indemnização em 37,5 milhões de euros" EM CAUSA O PROCESSO APITO FINAL ; Ou seja 7,5 MILHOES de indeminização por época em que não esteve na 1ª Liga.: depois fica a faltar a indeminização ao Loureiro Júnior por ofensas ao seu bom ???? nome.???....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O curioso nisto tudo é que o Boavista volta por prescrição do processo, ou seja, simplesmente por ter sido dada como nula a reunião em que se puniu o Boavista com a descida de divisão. Esta justiça é realmente uma anedota.

      Eliminar
  5. CJ delibera que o atraso do Porto "foi intencional mas não teve a intenção de causar danos a terceiros". Ao estado que isto chegou... foi intencional mas não teve a intenção... isto é uma antítese! É poético... a dor que destina sem doer, o fogo que não queima! Acho incrivel como é que o CJ consegue decidir que foi um atraso intencional e depois consegue classificar que não houve intenção de causar dano a terceiros! Então, a pergunta impõe-se: qual foi a intenção? Dar tempo até que as "cheerleaders" acabassem a actuação? Deixar que todos os tripeiros saissem do wc para vir ver o jogo? O PC estava ainda acordar do sono de beleza? O Fernando estava a acabar de tomar a bomba?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, são uns poetas... fico com curiosidade em ler o acórdão, no entanto.

      Eliminar
  6. E nós alimentamos este lixo, indo à bola, comprando Sporttv, indo aos sites dos jornais, comprando jornais, vendo programas de paineleiros, alimentando blogs, etc.

    Somos uns porcos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, eu sinto-me como se me tivessem despejado uns contentores de lixo em cima.

      Eliminar
  7. Esses acontecimentos só podiam ser duas coisas:
    - um episódio do Benny Hill,
    - O futebol português.

    Infelizmente é a segunda...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno, mas ficava muito bem se mostrassem a imagem acelerada do senhor do CJ a anunciar a decisão, com o Yakety Sax no fundo... :)

      Eliminar
  8. Relativamente ao facto de o boavista regressar ao 1º escalao do futebol portugues é defacto um retroçedo tremando no nosso futebol,começo a achar que será dificil fazer alguma coisa pelo nosso futebol,tal é o elevado nivel de corrupção.
    Depois,e quanto á questao do quaresma leva-me a sustentar ainda mais o que escrevi acima,é inqualificavel aquilo que se passou no jogo do nacional vs porto,parece que estava a reviver uma cena do anos 80 quando o porto e os seus jogadores faziam este tipo de cenas ás claras,e ainda fiquei mais convencido quando lhe dao 77 euros de multa.
    Surreal!!!!

    ResponderEliminar
  9. A cena do Quaresma fez me reviver épocas obscuras (mais ainda!) do nosso futebol.
    Lembra me as perseguições do Paulinho Santos ao JVP, com os árbitros a assistir...aquilo é que era !!!! Só faltava facas e unhas grandes para arrancar olhos !!!!!
    Até que chegou o nosso Justiceiro eheh e reformamos o Paulinho Santos......ver aqui :
    http://www.youtube.com/watch?v=-8BI0wbvUqU

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que grande vídeo. Não gosto de violência, mas não há dúvida que o sujeito em causa não merecia menos que aquilo.

      Eliminar