terça-feira, 29 de abril de 2014

O futuro de Candeias

O que levou o Benfica a contratá-lo?                                                                                         
Parece que o Benfica contratou Candeias a custo zero. Confesso que é uma contratação que não compreendo do ponto de vista desportivo. O Benfica tem opções de altíssimo nível para aquelas posições (Gaitan, Markovic, Sálvio, Sulejmani, Ivan Cavaleiro), jogadores sob contrato a rodar noutras paragens (Pizzi, Ola John, Urreta), e ainda uma série de jovens promessas que precisam de oportunidades para se afirmar.

É certo que poderão ser vendidos alguns jogadores, mas alguém acredita que o Benfica, campeão nacional, que apostará mais uma vez forte na Liga dos Campeões, verá em Candeias a solução para cobrir eventuais saídas? E a contratação do jogador não pode ser encarada como uma aposta de futuro, pois já tem 26 anos.

Mais incompreensível fica quando vemos Vieira a falar num Benfica made in Benfica, e nas promessas feitas em como os jovens da formação terão oportunidade para demonstrar a sua qualidade na equipa principal. 

Cá para mim é outro que será emprestado. Do ponto de vista financeiro acabará por ser uma jogada de baixo risco. Os custos da contratação limitam-se ao prémio de assinatura, e os salários provavelmente serão suportados quase na totalidade pelo clube que o receber.

Assim, parece-me que para o ano veremos Candeias de volta ao Nacional, onde poderá continuar a exibir o bom nível desta época, suficiente para causar dissabores contra os grandes numa tarde ou noite inspirada. Quem sabe se não voltará a retirar pontos ao Porto (a quem marcou na vitória por 2-1) e ao Sporting? 

Mas não pensem que se trata de uma contratação irrefletida. Pelo contrário, parece-me que faz parte de uma estratégia bem definida. É que contra o Benfica nunca mais o veremos jogar. Vieira já deve ter percebido que dá jeito ter pelo menos um Miguel Rosa no maior número possível de equipas da I Liga.

19 comentários :

  1. É mais um Miguel Rosa e não só, palpita-me que as vendas do André Gomes e Rodrigo começaram a ser pagas.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que não, Green Lantern. Candeias é agenciado pela empresa que colocou Ghilas, Ricardo e Herrera no Porto. Penso que o Jorge Mendes não está envolvido nesta contratação. Não é com tostões que se compensam milhões... :) Um abraço.

      Eliminar
  2. Candeias era mais um jogador que brincava muito nas selecções jovens, por isso, apesar de ser um bom jogador nunca conseguiu afirmar-se nos tripas, sendo sucessivamente emprestado a outros clubes.

    Depois de ter acabado o ciclo das selecções jovens, eis que Candeias, esteve apenas concentrado no seu clube, conseguindo valorizar-se e obtendo um bom contrato com os galináceos.

    Este é mais um exemplo/argumento que se enquadra na minha teoria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demorou a valorizar-se, Superleão. O rapaz já tem 26 anos.

      Eliminar
    2. É óbvio, porque até aos 21 ou mesmo até aos 23, os jogadores brincam muito nas selecções, depois como só resta a selecção principal deixam de brincar nas selecções concentrando-se na sua equipa e assim sendo têm mais chances de se valorizar.

      Eliminar
  3. Boa tarde!

    A propósito do post de ontem com as declarações do Manuel Machado, ainda há muita gente que diz que apesar de não haver falta do Slimani no golo (o que já pode ser considerado um progresso), há uma falta do Montero instantes antes por empurrão a um jogador do nacional.
    Gosto pouco de mentiras, mais ainda quando são repetidas até à exaustão com o intuito de se tornarem "verdades".
    Vejam o seguinte video e a partir dos 7m40s digam lá onde é que há falta do Montero:

    http://www.youtube.com/watch?v=_PYzyd5xpL8

    Na minha opinião devemos sempre assumir os lances em que somos beneficiados, mas também temos que desmascarar as mentiras que são ditas para nos prejudicar.

    Peço desculpa pelo off-topic mas ontem já não tive tempo de ir à procura deste video para comentar o post em questão.

    SL,
    Marco Gonçalves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marco, estou perfeitamente de acordo. Montero coloca os braços nas costas do adversário mas não o impede de disputar o lance. Estas imagens do "Nós vamos à bola" estão excelentes, dá para perceber que é um contacto perfeitamente insignificante. Um abraço.

      Eliminar
  4. Mais uma contratação para emprestar. O Orelhas não sabe fazer mais nada que copiar as técnicas e tretas do seu grande ex amigo Pinto da Costa,,,compra ...empresta...e nunca mais jogam contra o Benfica ..mais uma medida muito honesta que visa aumentar a verdade desportiva no nosso campeonato. Lá para os lados da barraca de Carnide, vale tudo...mas mesmo tudo. Agora até a moda (atrasada) do laser veio (atrasada ) para ficar...é um clube de atrasados, com técnicas sujas e pouco claras. e o lugar cativo para o Jesus quando é expulso??é longe do banco...práí 2 metros ??? E a liga a ver.. e nada fazer....ciganada não fazia melhor ( e não tenho nada contra eles eheh)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, isto é Pinto da Costa vintage. Vieira mostra que aprendeu bem com o seu mestre. Um abraço.

      Eliminar
  5. É urgente passar a haver alguma regulamentação no que toca a contratações. Isto é mais uma forma de distorcer a competição. Estas tramóias metem nojo e são sintoma de falta de grandeza. E diria o mesmo se fosse o Sporting a fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe, mas em que é que a contratação de Candeias a leva a concluir isso nesta fase?

      Se o clube de que é adepta contratasse este jogador diria o mesmo?

      O Candeias não é alguém de quem se possa dizer inequivocamente que não tem lugar num plantel de um grande. Admito que haja quem discorde mas é a minha opinião.

      Que regulação sugere?

      Eliminar
    2. Marisa, concordo que deveria haver regulamentação sobre isso. Não era complicado. Bastaria estabelecer um limite de jogadores sob contrato e impedir a partilha de passes com outros clubes ou fundos.

      Caro anónimo, o Candeias merece no mínimo a chance de mostrar o que vale num grande, mas acha mesmo que o vai fazer parte do plantel do Benfica para o ano? Basta olhar para as contratações deste ano que acabaram por não fazer parte do plantel principal: Mitrovic, Fariña, Pizzi, Rojas, Funes Mori, e Lisandro Lopez. Como é que se compatibiliza neste Benfica um jogador que dificilmente fará mais que meia-dúzia de jogos e a filosofia Benfica made in Benfica? Há aqui alguma coisa que não bate certo...

      Eliminar
    3. E já agora, concordo com a Marisa que o açambarcamento de jogadores que serão colocados a rodar noutros clubes da mesma divisão provoca uma distorção da justiça da competição. Se o Belenenses pode usar o Miguel Rosa contra Sporting e Porto, mas não contra o Benfica, e se o Guimarães pode usar o Abdoulaye contra Sporting e Benfica, mas não contra o Porto, acho que é indiscutível que há beneficiados e lesados nesta forma de gerir jogadores, não concorda?

      Eliminar
    4. Eu concordo com o argumento. Mas imagino o que terão dito e pensado de contratações feitas pelo SLB como as de Lima, Rodrigo ou Fejsa. Ou recuando um pouco a de Javi Garcia.
      Todos eles foram jogadores sobre os quais residiam (fundamentadas) dúvidas.

      Concordo que exista um limite de jogadores sob contrato. Isso faz-me todo o sentido.
      Mas acho que compete a cada clube avaliar os jogadores que lhe interessam.

      Vendo de outra forma. A Marisa pensa o mesmo das contratações de Vítor, Heldon ou (admitindo-as no plano teórico dado que já foram noticiadas algumas vezes) as de Sami e Danilo Pereira?

      Eliminar
    5. Na minha opinião os exemplos que deu foram diferentes. Lima, Rodrigo, Fejsa e Javi García foram jogadores que custaram ao Benfica entre €4M a €5M. O montante investido em cada um é suficientemente alto para levar a crer que se trata de uma aposta séria, se não para o imediato, pelo menos para daí a 1 ou 2 anos no máximo (como foi o caso de Rodrigo).

      Candeias tem 26 anos. Se não fizer parte do plantel do Benfica na próxima época (o que todos concordamos que poderá muito bem acontecer) dificilmente será alguma vez aposta. Por isso é que acho que será colocado a rodar noutras equipas. Financeiramente não será um peso grande, mas desportivamente dá benefícios indiretos ao Benfica.

      Quanto ao Sporting, não há margem financeira para comprar jogadores de 1ª divisão que não sejam para integrar o plantel principal. O caso de Cissé acabou por ser uma exceção por se ter pensado que o jogador estaria noutro nível. Vítor e Heldon foram apostas para reforçar o plantel principal mas que infelizmente não trouxeram os resultados esperados. Assim como se se confirmar o interesse em Sami e Danilo (gostava muito de ver Danilo no Sporting), será claramente com o pensamento de os integrar no plantel principal.

      Um abraço.

      Eliminar
    6. Por azelhice comentei no sitio errado, cá vai outra vez,

      Então mas eu pensava que o Sporting estava falido e não podia contratar jogadores fora do campeonato nacional e era obrigado a apostar na formação por não ter dinheiro nem para mandar cantar um ceguinho etc etc. Agora já estamos a comparar o plantel e poderio financeiro do Sporting e do Benfica?

      Neste momento a distorção da competição pelos clubes com maior poder financeiro (e “politico”) é um problema que afecta a generalidade das ligas. Basta ver o que se passa na alemanha, com o Bayern a dar cabo do da competição. Têm que haver regras para limitar o número de contratados e sanções para quem quebre as regras de compra/venda e empréstimos (reais e imaginários) de jogadores, a nível nacional e europeu.

      Eliminar
    7. A minha repúdia por estas situações - refiro-me a espalharem jogadores emprestados pelas equipas pequenas e depois impedir a sua utilização quando lhes dá jeito - é independente do clube em causa. Seja o Benfica, o Sporting ou o Cascalheira, é indecente recorrer a estes subterfúgios para ganhar vantagem. Repito, mesmo que seja o Sporting . Agora, sem dúvida que podemos estar enganados e Candeias ser uma contratação “genuína” para o plantel do Benfica. O futebol é propício a teorias da conspiração.

      O Sporting, não só não se pode dar ao luxo de contratar jogadores só para atrapalhar outros clubes (passatempo favorito do FCP), como tem que se contentar em arriscar nos Samis e Danilos (e Vitores e Heldons) da vida.

      Cumprimentos

      Eliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar