terça-feira, 6 de maio de 2014

34 and counting

No passado dia 20 de abril, dia de Páscoa, o Benfica recebeu e venceu o Olhanense por 2-0, conquistando o 33º campeonato da sua história. No final do jogo, montou-se no centro do relvado a estrutura onde o plantel se juntou para ver o capitão Luisão erguer o troféu conquistado. Seguiu-se um cortejo de autocarro até ao Marquês de Pombal, onde milhares de benfiquistas festejaram até de madrugada.

20 de abril de 2014

No domingo passado, dia 4 de maio, o Benfica recebeu e empatou com o Setúbal por 1-1, conquistando o 34º campeonato da sua história. No final do jogo, montou-se no centro do relvado a estrutura onde o plantel se juntou para ver o capitão Luisão erguer o troféu conquistado. Estranhamente, não se repetiu o cortejo e viveu-se uma noite calma junto à estátua do Marquês.


4 de maio de 2014

Já se falava numa mudança de ciclo no futebol português com a transferência da hegemonia portista para o Estádio da Luz. No entanto, nunca pensei que fosse uma mudança assim tão radical: nem mesmo nos melhores anos de Pinto da Costa o Porto alguma conseguiu ganhar mais do que um campeonato por ano.

4 comentários :

  1. Visto na próxima época todos os jogos do Benfica, para a Liga, vão-se realizar na Luz (a Liga e o Manha já aprovaram, pois assim os clubes podem obter mais receitas do que aquelas que teriam nos seus minúsculos estádios com capacidade para 5, 10, 15, 30 ou 50 mil pessoas), este palco será sempre montado no final dos jogos para se celebrar o título de 2013/14. O palco só será retirado quando se conhecer o campeão de 2014/15. Caso seja o Benfica, o palco mantém-se, mudando só o ano.

    Vou já abrir um negócio de confetes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, isso é um negócio que nesta altura deve dar muito dinheiro... bem visto. :)

      Eliminar
  2. Um pouco forçado este post mestre. O que aconteceu na Luz, acontece regularmente em qualquer local. Por não serem muitos (infelizmente) recordo-me, por exemplo, que em 1994 o SLB se sagrou campeão fora (no velho 1º de Maio) e nem por isso deixou de haver festa e consagração nas jornadas seguintes.

    Bem haja,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, era uma piada sobre o facto de terem festejado duas vezes em casa. Nem sequer estou a fazer alguma crítica.

      Parece-me natural que quando se conquista um campeonato fora de casa, que se faça a entrega do troféu no jogo seguinte em casa, mas não foi este o caso. Em conversa com alguns amigos benfiquistas, eles próprios não entenderam o objetivo de se ter montado novamente o palco para repetirem algo que já lá tinha sido feito antes.

      Como disse, foi uma piada... nos dias que correm há tão pouco com que gozar com o Benfica que nos temos que agarrar a estas pequeninas coisas. :)

      Um abraço.

      Eliminar