domingo, 18 de maio de 2014

Apoio internacional aos barbudos de Vila do Conde

Como na última semana aprendemos que quem está contra o Benfica ou é anti-patriota, ou invejoso, ou as duas coisas em simultâneo, não me vou atrever a expressar o meu apoio ao Rio Ave para o jogo de logo no Jamor.

Já ontem, quando o Atlético Madrid se sagrou campeão, fui até ao limite das minhas capacidades para não ficar satisfeito pelo sucesso de Tiago. Não queria cometer o mesmo erro que cometi quando fiquei muito satisfeito por Carriço ter conquistado a Liga Europa.

Sabendo que existirão 10 milhões de portugueses a torcer pelo Benfica, algumas atores de Hollywood tentam despertar consciências e juntaram-se numa campanha de apoio aos barbudos de Vila do Conde que logo entrarão em campo no Jamor. Haja alguém que torça por eles...

Usem o contra-ataque! Vai ser uma arma mortífera contra os lamps.

O segredo para a vitória é simples: mandar o Sálvio, o Enzo e o Markovic para o serviço de urgência antes dos 20 minutos de jogo

Força Rio Ave, dêem cabo desses miseráveis

Caxineiros, menos que 300 a 0 é derrota

Malta de verde e branco, cuidado com as golpadas do Xistra

Atenção vilacondenses, em campo serão vocês contra 12 macacos, não 11 #somostodosmacacos

Rapazes do Rio Ave, aproveitem que os gajos ainda estão de ressaca da derrota com o Sevilha

Atenção às bolas paradas e às duas torres do Benfica que se fartam de marcar golos
Homens de ferro de Vila do Conde, hoje é para ganhar

É entrar a todo o gás! Não esperem por outubro para dar caça aos vermelhos

Se jogarem como 11 Hulks em campo os gajos borram-se todos

Rio Ave: causar a ruptura total dos ligamentos dos extremos dos gajos e o jogo é vosso! Benfica: maybe your best course would be to... tread lightly.

8 comentários :

  1. Pois aqui fica mais um apoio (de um barbudo pois então...)...

    Se há coisas que não consigo ser é hipócrita e por isso mentiria (embora sabendo ser uma tarefa quase impossível...diria mesmo uma tarefa xistrada...), se não dissesse que gotaria muito, mas mesmo muito que o Rio Ave ganhasse...

    Força Rio Ave... o "Max barbudo" está contigo...!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maximino, hoje somos todos barbudos! Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar
  2. Mais uma derrota....mais uma frustração...mais um fracasso...mais uma infelicidade...mais uma tristeza...mais uma decepção...mais um infortúnio...mais uma desventura...mais um falhanço...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas como diria a Scarlet O' Hara, amanhã é outro dia.

      Eliminar
    2. Ah! Esse clássico que continua em projecção em algumas salas deste país...E todas as ilusões o vento levou...

      Eliminar
  3. Com ou sem barba, o Nuno Espírito Santo anda há quase 1 mês a preparar estes 2 jogos (TdP e TdL) com o SLB. Roda jogadores, dá descanso à equipa base, estuda o SLB.Já deve saber mais da equipa que o JJ.

    E em 180 minutos levou um score de 3-0.
    Com alguma injustiça na 2ª parte de hoje, é justo salientar isso, mas ainda assim, a bem da verdade, deve dizer-se que o SLB vinha de 120'' em alto ritmo na 4ª feira.

    Em Agosto terá mais uma oportunidade na Supertaça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, mesmo tendo essa vantagem do seu lado, Nuno Espírito Santo tinha uma tarefa quase impossível pela frente: a diferença de valor dos jogadores e a diferença de experiência em jogos deste nível é muito complicada de anular -- mesmo considerando que os jogadores do Benfica já possam ter estado em campo com alguma descompressão.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Sem dúvida mestre. Mais que descompressão acho que a 2ª parte do SLB ontem mostoru que a equipa está a pedir férias com urgência.

      Mas não gostei do discurso do Nuno Espírito Santo. O Rio Ave merecia o prolongamento, fez por isso, mas foi a mesma equipa que nos primeiros 45'' serviu de espectadora. Devia eram ter entrado com vontade e provavelmente hoje outro galo cantaria.

      Mas se até o isentíssimo "O Jogo" diz que houve uma goelada de oportunidades, quem sou eu para duvidar do exagero de tais discursos.

      Bem haja,

      Eliminar