quinta-feira, 22 de maio de 2014

O futebol português no seu esplendor

Arouca volta a casa                                                                                                                  
in rr.pt

17 comentários :

  1. Vamos ver quando se voltam a chatear com a câmara, ou seja, vamos ver em que jornada calha o Arouca-benfica.

    ResponderEliminar
  2. "Jorge Mendes, compra 50% do passe do Rafa". Sem comentários.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. F. Pais, o Mendes devia estar insatisfeito por ter poucos jogadores na seleção... Um abraço.

      Eliminar
  3. LOL Mas havia dúvidas, Mestre? Arranjaram um "desaguisado" com a Câmara como pretexto para fazerem o frete ao beifica e agora já não é preciso. Na próxima época se calhar "zangam-se" outra vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tinha quaisquer dúvidas, caro anónimo. Esta notícia fecha completamente as teorias daqueles que diziam que o Arouca tinha um motivo válido para fazer a mudança de campo... Um abraço.

      Eliminar
  4. Ainda assim pagam quase o mesmo do que os corruptos pelo centro de treinos do Olival à Câmara de Gaia...

    Sempre ouvi dizer que se comia mais barato no Norte, e é verdade...

    Sempre ouvi dizer que os salários no Norte eram mais baixos, e é verdade...

    Agora não sabia que a tabela de pagamentos de clubes de futebol às câmaras no Norte estava tabelado... Parece que é 500 € por mês...

    Triste paíszinho...

    ResponderEliminar
  5. Fico mais descansado (e o Beira-Mar também, que tinha de moldar o seu calendário ao do Benfica, desculpem, Arouca).

    Este retorno à casa-mãe só vai prejudicar o Arouca, pois perde enormes receitas. Nos últimos 2 jogos da Liga em casa, teve um total de 30500 espectadores. Em 2 jogos em bem bom. Agora voltará aos 500 por jogo. Não merecia este castigo. Vão ter de cortar em algumas despesas. É certo, pelo menos, que na semana antes do Sporting lá ir vão dispensar o tratador da relva e aproveitar para plantar os legumes que colocam na sopa do bar do clube e na cantina da Câmara.

    Olha, é pedir ajuda ao Manha, que foi dos poucos "jornalistas" que entendeu a mudança para Aveiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem lembrado. Nunca vi ninguém que defendesse o Arouca como ele.

      Eliminar
  6. Os temas invocados pelo Arouca com a CMA vêm desde janeiro. Ou seja, o Mestre defende a teoria de que foi tudo orquestrado uns 4 meses antes para receber dali a umas 10 jornadas o SLB?

    E para disfarçar receberam lá o Gil Vicente também?

    É essa a teoria só para eu ter a certeza daquilo que se discute aqui de tão inverosímil me parece.

    Poss estar equivocado mas isto envolveu cartas enviadas pela LPFP ao Arouca, queixas crime em tribunal do Arouca à CMA e vice-versa.

    Sem me ofenderem como infelizmente é apanágio de alguns comentadores por aqui (que não o mestre) que me epermitam pelo menos o direito de achar esta teoria extremamente falacciosa.
    Não acredito mesmo nela e, pelo amor da verdade, não me comparem isto com o caso do Estoril em 2005.

    Bem haja,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, os problemas com a CMA vinham desde novembro de 2013, mas a decisão de fazer o jogo em Aveiro foi tomada duas semanas antes do jogo.

      O único motivo que levou o Arouca a mudar de campo foi a receita extraordinária que 30.000 benfiquistas iriam proporcionar. Como isso seria um atentado à verdade desportiva, aproveitaram a história de estarem de costas voltadas para a câmara, para parecer que tinham um motivo legítimo para a mudança de recinto. O jogo com o Gil Vicente não aquecia nem arrefecia...

      Vemos agora pela rapidez com que chegaram a acordo que afinal não estavam com posições assim tão extremadas.

      A situação do Estoril - Benfica só é mais escandalosa porque a diferença pontual entre os 2 primeiros era inferior. Do ponto de vista de princípios, parece-me exatamente a mesma coisa.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Mestre, não se pode comparar porque em Aveiro (ao contrário do Algarve) o árbitro não usou umas chuteiras do Benfica (imagine, nem chuteiras levou para um jogo de futebol. Vá lá, levou o apito), nem foi expulso um jogador do Arouca, até aí disciplinado, que esteve a semana toda a ouvir que ia para o Benfica (ao contrário do Rui Duarte, que jogava no Estoril).

      Eliminar
    3. http://www.fcarouca.eu/noticia-comunicado-296.html

      O Arouca fez publicar no seu site uma explicação sobre o tema bem como o conjunto de documentos trocados com as devidas entidades num provesso que se arrastou durante mais de 4 meses e que culminou com a deliberação da Câmara de Arouca datada de 05/03/2014 em intentar acção judicial contra o F. C.Arouca “para proceder à entrega das instalações do estádio municipal” e fazer publicar a noticia com destaque no Jornal de noticias de 06/03/2014

      Provavelmente a vossa teoria da conspiração faz sentido.
      Eu não acredito nela neste caso.
      Nem sequer me parece nada óbvio.

      Certamente haverá sempre um fanático de um Carlos Xavier a ver um par de botas a faltar em cada árbitro deste mundo.
      Mas, repito, a situação aqui parece-me totalmente diferente.

      Bem haja,


      Eliminar
  7. A arbitragem no jogo Estoril-Benfica, foi tão escandalosa, todos nós vimos, que o Carlos Xavier, para não vomitar, auto se expulsou. O sr. Figueiredo na altura presidente do Estoril, disse o seguinte: "Assim, os adeptos do Benfica no sul, podiam ir ver o seu clube". Veja-se a preocupação do presidente do Estoril. A Verdade Desportiva, já vem de longe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. F. Pais, com um presidente daqueles, não haveria o Estoril de descer de divisão. Que vergonha...

      Eliminar