terça-feira, 6 de maio de 2014

O novo treinador do Porto

                                                                                                                                                     
Pinto da Costa apresentou há pouco Lopetegui como o treinador do Porto para a próxima época. Não o conheço, mas olhando para a sua carreira não será certamente uma escolha consensual, e dificilmente entusiasmará os adeptos portistas.


Lopetegui não tem experiência como treinador de clubes da primeira liga. Treinou o Rayo Vallecano em 2003, quando o clube estava na segunda liga, tendo sido despedido ao fim de dez jogos. Seguiu-se um interregno de vários anos, em que Lopetegui se dedicou ao comentário desportivo. Retomou a carreira em 2008, onde esteve uma época no Real Madrid B. Daí passou para as camadas jovens da seleção espanhola, onde finalmente conheceu algum sucesso.

Como jogador (Lopetegui era guarda-redes) esteve 3 anos no Real Madrid e outros 3 no Barcelona, mas poucas vezes jogou. Tem portanto alguma experiência de balneário de clubes que jogam sempre para ganhar.

Olhando para o passado do novo treinador, parece-me que a sua contratação revela que o Porto está a planear uma época de investimento reduzido e sem perspetivas de sucesso imediato. Um contrato de 3 anos (Pinto da Costa normalmente contrata treinadores por 2 anos) de um treinador especialista em camadas jovens significa que o Porto irá privilegiar o desenvolvimento de jogadores -- se da equipa B ou da América do Sul logo se verá. 

No fundo, o Porto deverá tentar regressar à fórmula que tão bons resultados deu ao longo dos últimos dez anos, mas existe uma diferença: desta vez, esses novos jogadores não irão encontrar no Porto um balneário forte, composto por atletas de grande experiência e com muitos títulos conquistados. O Porto está vendedor, é previsível que Jackson e Fernando saiam, sobrando apenas Helton, Quaresma (?), e Varela para transmitirem uma cultura vencedora aos seus colegas mais novos.

Sem colocar em causa a sua competência (até porque, repito, não conheço nada do seu trabalho), à primeira vista contratar Lopetegui na prática não será muito diferente do que contratar Rui Jorge. Tirem-se os títulos nas seleções jovens espanholas que Lopetegui conquistou (que convenhamos, é uma quase inevitabilidade perante o domínio espanhol no futebol mundial), e teremos duas pessoas com um percurso profissional muito idêntico. O que se diria se o Porto contratasse Rui Jorge? Coisa boa não seria, mas pelo menos Rui Jorge teria a vantagem de conhecer de ginjeira o futebol português e o próprio Porto.

Uma palavra final para o timing da apresentação do treinador: não faria mais sentido que tivessem esperado mais cinco dias para o fazerem depois da época acabar?

17 comentários :

  1. Carissimo Mestre,

    Súm reparo quanto ao que refere no último parágrafo... Então qual é o último jogo dos corruptos, ainda por cima no antro da corrupção... é contra a galinhagem, que irá lá com as 2ªs linhas, mas isto servirá de aviso ao balneário para que não sejam envergonhados... Será que, como diz o ditado, não há duas sem três...

    Saudações Genuinamente Leoninas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nisto concordo, a apresentação hoje serve de aviso aos jogadores, que o novo treinador vai estar muito atento ao que fizerem no jogo com o benfica.


      de resto, a minha duvida é a mesma: será que o porto vai começar a ter juízo , reduzir o investimento e começar a apostar na formação, ou em jogadores mais baratos, na tentativa de voltar a criar uma equipa, visto esta estar em fim de ciclo.

      Eliminar
    2. YaZalde, também pensei nisso, mas não me parece suficientemente importante. O que significa ganharem um jogo ao Benfica, que estará a jogar com suplentes, com a classificação totalmente definida?

      Ao fazer a apresentação hoje, estão a faltar ao respeito ao treinador que ainda tem que orientar os treinos, escolher a equipa e definir a tática para o jogo que falta. Pelo menos é assim que eu vejo a situação.

      Um abraço.

      Eliminar
    3. Riga, parece-me um sinal que de facto o Porto vai reduzir o investimento. Não estou a ver o Porto a encaixar os milhões que normalmente precisa para ter as contas equilibradas. Jackson pode valer muito dinheiro, mas Fernando sairá por valores relativamente baixos, e grande percentagem do passe de Mangala não pertence ao Porto.

      Um abraço.

      Eliminar
  2. A escolha de Lopetegui causou-me a mesma reacção tida aquando da apresentação de Vercauteren: «hein?». Sem dúvida uma aposta de risco...
    Sempre pensei que a escolha de PC poderia recair em Carlos Queiroz, um treinador do seu agrado, e que certamente estará de saída da selecção do Irão após o Mundial...
    Tenho dúvidas se esta contratação significa uma época de investimento reduzido e sem perspetivas de sucesso imediato. Os adeptos do Porto não estão habituados a isso (muito pelo contrário), e este final de época deplorável vai estar bem presente no arranque da próxima. Às primeiras falhas, Lopetegui será mais um a conhecer a sensação de ficar embarricado num autocarro e ter petardos e very lights a sobrevoarem... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francisco, também fiquei com a mesma sensação quando contratámos o Vercauteren. Uma espécie de "onde é que se foram lembrar disto?" misturado com um afundar de esperança que as coisas melhorassem. Vai ser importante para Lopetegui que arranque bem a temporada, caso contrário os fantasmas desta época surgirão novamente.

      Quanto ao investimento, vamos ver. Acho que o Porto vai contratar muitos jogadores, mas de valor relativamente reduzido (não acredito que façam mais compras milionárias como Danilo, Alex Sandro, Herrera, Reyes, ou mesmo Quintero).

      Um abraço.

      Eliminar
  3. A minha reacção foi também a mesma aquando da vinda do Vercauteren: "Oi?"
    O timming é claramente por não ter sido possivel manter o segredo mais cinco dias. Nisso a Radio Marca estragou a surpresa ao PdC. Se assim foi, algo vai muito mal para aqueles lados onde as fontes estão demasiadamente rotas.
    PdC está a dar um tiro no escuro! Até ao inicio da temporada vai ter muito tempo para transformar Lopetegui num Del Neri.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Liga dos Mancos, resta saber quem deu com a língua nos dentes... :)

      Era bom que corresse tão bem como com Del Neri.

      Um abraço.

      Eliminar
  4. Acho muito arriscado um treinador estrangeiro sem curriculum.

    Será um regresso ao passado de aposta em valores do campeonato por parte do porto.

    Embora ache que os clubes pequenos já vendem caro ao FC Porto, atente-se ao caso Guillas.

    Mas o campeonato português é muito especifico e não sei um estrageiro vai perceber isso, ainda se fosse um Bielsa era de apostar.

    Concordo com o mestre era preferivel contratar o Rui Jorge.

    Então não conseguiram convencer o Leonardo Jardim????? Eh eh eh

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. do antro do antero6 de maio de 2014 às 17:31

      agora só há guita para comprar "pategos"!
      ó bulhão, olhó patego!

      Eliminar
    2. Green Lantern, concordo. A especificidade do campeonato português torna muito complicada a adaptação de estrangeiros. Com o Adriaanse ainda funcionou, mas as invenções dele podiam ter corrido mal. Antes disso temos que recuar aos tempos do Robson para encontrar um caso de sucesso -- e mesmo nesse caso já tinha feito o estágio no Sporting. :(

      Quanto ao LJ no Porto, será tema para um pequeno post amanhã. :)

      Um abraço.

      Eliminar
  5. Segundo PdC escolheu este lolpategui porque "a liga espanhola é a melhor do mundo, com 3 finalistas nas competições europeias este ano".
    Interessante que este argumento sirva para justificar a terceira escolha de um treinador que nunca treinou uma equipa da primeira liga espanhola.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todo o cão e gato pelo mundo fora sabe que a verdadeira razão da contratação do espanholito é porque ele é agenciado pelo Jorge Mendes, tal como o Paulo Fonseca. Não ouviste o Pintinho a falar em conversas "empresário do treinador" na apresentação do dito cujo, e que ele nem sequer pensou em mais nenhum? O gajo não percebe nada de bola e como já não liga aos conselhos do Antero (o único que percebe da coisa na estrutura) decidiu falar com o seu empresário favorito que lhe impingiu a sua nova coqueluche.

      Eliminar
    2. Creio que o Lopetegui mencionou o Antero na sua apresentação. De qualquer forma, o Porto sempre gostou do risco na hora de escolher treinadores e este não é diferente. Vamos ver no que dá...

      Eliminar
  6. A versão mais comprida: https://www.youtube.com/watch?v=Emn6R2_Qls4&feature=youtu.be

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. do antro do antero7 de maio de 2014 às 12:50

      já censuraram esse video no youtubas.

      mas este também não é mau...
      https://www.youtube.com/watch?v=hqhbWMo-2uM

      Eliminar
    2. Palpita-me que esse vídeo vai passar a ser usado sempre que o Porto perder um jogo... :)

      Eliminar