segunda-feira, 5 de maio de 2014

Os jogos do Boavista na Benfica TV

in noticias-do-futebol.com

Primeiro, a ironia: ver o Benfica, clube que se auto-apregoa como paladino da luta pela verdade desportiva, a negoceiar um acordo com João Loureiro, um dirigente com o passado que todos conhecemos. Para além de ter sido um dos principais implicados no Apito Dourado, ainda tem o bónus de ter enterrado financeiramente o clube, abandonando-o à sua sorte quando foi evidente que não existiam soluções fáceis, e só voltou à presidência quando começou a cheirar o regresso do clube à primeira liga.

Depois, a questão ética: será que não é discutível que um canal detido por um clube possa comprar os direitos televisivos de outro clube que participa na mesma competição? Não haverá algum tipo de conflito de interesses numa operação dessas? Ainda por cima colocando sobre a mesa a possibilidade de emprestar vários jogadores a esse clube como parte do negócio?

Se o Benfica comprar os direitos televisivos do Boavista, isso significará que a principal fonte de receitas do clube do Bessa dependerá exclusivamente de um outro clube que participa na mesma competição. Não poupemos nas palavras: o Boavista ficará financeiramente dependente do Benfica. Para além disso, se o Benfica emprestar vários jogadores ao Boavista, já sabemos que só poderão participar em 32 dos 34 jogos da época -- mesmo que os regulamentos permitam que joguem os 34.

Só sou eu que vejo questões éticas graves numa operação destas?

44 comentários :

  1. eu se fosse ao Boavista, depois de ter visto o que aconteceu aos jogos do farense, não aceitava. é que por exemplo se alguém quisesse ver os jogos do farense, na melhor das hipóteses consegue vê-los as 2 ou 3 da manha( a fazer fé na programação)

    se é para isso não compensa ,e não acredito que os sócios do Boavista se deixem vender dessa maneira.

    quanto a historia dos jogadores é apenas a mesma estratégia que tentaram utilizar com o académico viseu.

    e concordo não sei até que ponto não exisitiriam conflitos de interesse ao deter os direitos e a principal fonte de receitas de um adversário do mesmo campeonato............pelo menos ético não era de certeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Riga, suponho que sendo futebol de 1ª liga, que a Benfica TV arranje forma de transmitir em direto (ainda mais tendo agora dois canais). Mas não sabia que os jogos do Farense são empurrados para horários impróprios, o que é muito interessante: se não tencionavam transmitir os jogos, por que motivo os compraram?

      Não sei que história é essa do Ac. Viseu. O que se passou?

      Um abraço.

      Eliminar
    2. segundo a programação do canal os jogos do farense têm passendo as tantas da madrugada, ou de manhanzinha cedo, mas sempre em formato repetição, nunca em directo.

      certo têm 2 canais, mas um deles tem sido utilizado para os jogos dos campeonatos estrangeiros

      o que aconteceu com o académico de viseu, foi que o benfica a época passada tentou comprar os direitos dos 3 clubes que subiram de divisão( chaves, viseu e farense), uns(chaves) nem quiseram falar no assunto, o farense assinou e o viseu esteve quase a assinar , mas quando lhes disseram que o pagamento seria em jogadores, mandaram-nos passear

      Eliminar
    3. Riga, tem provas/conhecimento do que está a dizer ou é só mais uma atoarda de internet sem qualquer substância?

      Eliminar
    4. o próprio académico de viseu na altura falou sobre isso e é publico que o benfica tentou aproveitar que as equipas que subiram de divisão não tinham ainda contrato com a Olivedesportos , para tentar ficar com eles( e provavelmente arrisco dizer que vá voltar a tentar explorar isso outra vez esta época)

      quanto a historia da programação é questão de ir consultar a mesma

      Eliminar
    5. Estive agora a procurar notícias sobre o assunto e de facto falou-se nisso. Na altura não me apercebi.

      Eliminar
    6. E concordo que este ano voltarão a tentar fazer o mesmo com os recém-promovidos.

      Eliminar
  2. O novo sistema em todo o seu esplendor.
    A FIFA e a UEFA deviam intervir. Isto é obviamente um atropelo à verdade desportiva, isto é um clube a assumir que é dependente de outro que compete na mesma competição.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiago, mesmo transmitindo apenas os próprios jogos já havia questões éticas relevantes, mas quando passam a transmitir jogos de jogos de clubes concorrentes estamos a entrar num nível completamente diferente. Concordo que se trata de uma questão que no mínimo devia ser avaliada pelas entidades competentes, seja a Liga, FPF, UEFA, ou FIFA. Um abraço.

      Eliminar
  3. Eu também tenho essas mesmas dúvidas e subscrevo a larga maioria do post do mestre.

    Acho é que ao escrever isto: "o Benfica, clube que se auto-apregoa como paladino da luta pela verdade desportiva, a negoceiar um acordo com João Loureiro, um dirigente com o passado que todos conhecemos" está a misturar temas.

    O actual presidente do SCP tem sido um defensor de mudanças no futebol e de um clima novo. Se um dia destes o virmos a negociar algo com este Loureiro, com o Rui Alves ou com o Eduardo Simões da Académica também teremos um post deste tipo?

    Mas o mais importante do post é mesmo a questão ética de termos um clube da mesma Liga (que não era o caso do Farense) com os direitos vendidos a uma Tv de outro clube. E aí, estou 100% com as mesmas dúvidas do Mestre. Sem tirar nem por.

    Bem haja,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, creio que são situações diferentes. João Loureiro esteve no centro do Apito Dourado, uma rede de corrupção e tráfico de influências relacionado com futebol. José Eduardo Simões foi condenado por corrupção no âmbito da sua atividade na Câmara Municipal.

      Apesar de se tratarem também de sujeitos pouco desejáveis, parece-me mais grave o que João Loureiro fez, do ponto de vista da verdade desportiva. Se começarmos a olhar para o que fizeram os dirigentes fora do futebol, nem Luís Filipe Vieira escapava, pois sempre esteve envolvido em questões judiciais desde os seus tempos da Obriverca. Ainda recentemente o Estado assumiu uma dívida de €17M do BPN que teve origem numa alegada fraude de Vieira e de um sócio seu.

      Para mim, João Loureiro não tem lugar no futebol português. E neste caso, o Benfica está a preparar-se para ser o seu principal financiador, que lhe vai por o pão e o queijo na mesa, o que é completamente diferente de uma negociação no âmbito da Liga.

      Um abraço.

      Eliminar
  4. mestre, o tema dos empréstimos em Portugal é tratado com uma ligeireza e uma hipocrisia que incomoda. Fingir que o tema não existe e que os jogadores se lesionam na véspera dos jogos com a casa mãe é bem mais reflexo da mesquinhice nacional do que do clube A ou B.

    Há dias, na antevisão de um jogo da Liga Inglesa (Everton-City) recebi uma newsletter em que vinha este parágrafo:"Roberto Martinez is set for a midfield reshuffle ahead of Everton’s crucial home clash with Manchester City. The Toffees boss is without the services of on-loan Gareth Barry, who cannot play against his parent club, and could hand Ross Barkley or Leon Osman a more withdrawn role alongside James McCarthy in the double-pivot".


    Impedir alguém de jogar com a casa mãe não seria novidade. Convinha é que isso fosse definido com clareza e que o número de empréstimos (quer por clube, quer no total da Liga) fosse definido.
    Estamos à beira de um defeso. Há anos que isso devia ter sido tratado...


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, caro anónimo. Um limite de jogadores emprestados, por clube, e por total, faz todo o sentido.

      Eliminar
  5. Poder-se-á argumentar que a falta de ética começou, desde logo, pela decisão de transmitir os jogos em casa da equipa principal no canal do clube, uma situação, creio eu, inédita em canais de clubes de futebol.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo inédita, e é daquelas coisas que foi apenas por uma questão de ego, porque se fosse por outra coisa, qualquer clube de top europeu já o tinha feito e ninguém faz, porque sabe que é uma burrice e que se perde em termos de audiência e publicidade

      Eliminar
    2. Acho que do ponto de vista estratégico, a Benfica TV é uma aposta ganha pelo golpe que infligiu à SportTV. Não me parece que do ponto de vista financeiro seja compensador, mesmo num ano destes em que o Benfica está a ter uma época de enorme sucesso.

      Mas há outro risco: imaginem que o Benfica tem uma época ao nível do Porto deste ano. Muito provavelmente as assinaturas cairiam a pique, o que poderia causar um efeito de bola de neve perigoso.

      Eliminar
  6. Mestre,

    então... o país está em festa. A Troika vai bazar de forma "limpa", a maré vermelha está em alta, há golos portugueses no Colombo, o Mundial está à porta com o campeão a levar, pelo menos, 3 jogadores e até se está disposto a perdoar o Platini e a levantar o boicote à final da Champions se o Markovic for despenalizado.
    Por favor, não estrague o momento com teorias da conspiração. O Boavista sempre foi um fiel parceiro do SLB (JVP, Nelo, Tavares, Isaias, Sanchez, Nuno Gomes, Petit, Manuel José, etc). Até jogos para as competições europeias do SLB foram disputados no Bessa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, realmente, que falta de sensibilidade da minha parte... :)

      Só 3 jogadores na seleção? Isso significa que o Paulo Lopes e o Steven Vitória não vão ser convocados? :)

      Eliminar
    2. Complicado.
      O Steven esteve muito mal no Dragão, embora tenha sido a sua expulsão a dar origem a um bom jogo defensivo do Benfica. Bem, vendo tudo novamente, ele foi o motor dessa vitória do Benfica. Afinal esteve bem, ao ser expulso... Mas tem o Ricardo Costa (dizem que faz todos os lugares na defesa. Mal, mas faz), o Neto (quem lhe disse que era jogador de futebol enganou-o, embora o Bento seja aquele que está mais enganado) e o proscrito Rolando (mais conhecido como Peks ou o Abdoulaye do Inter de Milão, tal é a sua dificuldade em relacionar-se com uma bola e com o movimento de corrida).

      O Lopes que vai é outro. Se tem defendido o penalty de ontem... (que grande Carnaval.. 33 na testa, madeixas vermelhas, golo português, penalty contra o SLB na Luz, penalty feito pelo Maxi assinaldo, enfim, um dia diferente).

      Amorim (ou Gomes), Almeida e Ivan (as minhas apostas para as férias no Brasil)

      Eliminar
    3. Agora falando a sério: Amorim, sem dúvida. Almeida, quase de certeza (o sonho da polivalência). Gomes, talvez (vamos ver se Jorge Mendes tem ou não influência nas convocatórias). Ivan, não brinquem comigo...

      Eliminar
  7. Não o vi preocupado quando a SPORCO TV esteve 30 anos a ser o FMI do Futebol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão giro quando alguém responde a uma questão de falta de ética tentando desviar-se do assunto. Oh anónimo, isto significa que para ti não há falta de ética, é?

      Eliminar
    2. São questões diferentes, caro anónimo. Já escrevi várias vezes sobre a minha preocupação do papel de Joaquim Oliveira do futebol em Portugal. Inclusivamente dei os devidos créditos (antes de o campeonato começar) à decisão do Benfica em não renovar com a SportTV, por ter sido um grande golpe no poder da Olivedesportos.

      Mas isso não deve impedir que se discutam as questões éticas que referi.

      Eliminar
  8. "Só sou eu que vejo questões éticas graves numa operação destas?"

    Éticas são claríssimas. Deviam era já ser também legais, ao abrigo de um regulamento claro e que impedisse tais esquemas.

    A luta benfasTV--sportTV é, no fundo, uma luta slb--fcp. O SLB apostou as fichas todas em deitar abaixo a sportTV e fazer ruir pela base o impéria nortenho. Está tudo errado. O SLB não devia poder estabelecer estas negociatas. A sporTV não devia ter a relação promíscua que tem com o FCP.

    Abraço,
    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, Miguel. Felizmente que neste momento o poder de Joaquim Oliveira é inferior na Controlinveste devido à reestruturação que o grupo fez devido às dívidas que têm. De qualquer forma essa promiscuidade ainda existe e ainda estará para durar. Um abraço.

      Eliminar
    2. "A sporTV não devia ter a relação promíscua que tem com o FCP."

      Miguel, qual é a relação promíscua que a Sportv tem com o FCP?

      Eliminar
  9. As questões éticas são pertinentes , mas sempre existiram, não é de agora, e de momento o Benfica limita-se a tentar aproveitar vazio legal. Ainda assim, nada está decidido, confirmado, etc , mera pasquinada. Agora, também não temos de pedir desculpa por a Benfica TV ter sido até agora um sucesso evidente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concerteza que o Benfica irá fazer sempre aquilo que os regulamentos lhes permitirem. A estratégia que o Benfica tem para a Benfica TV é clara e não se compadece com grandes considerações éticas.

      Em primeiro lugar a crítica vai para quem deveria regular estas situações e não o faz.

      Um abraço.

      Eliminar
  10. "Só sou eu que vejo questões éticas graves numa operação destas?"

    Ninguém é dono da ética.

    O que interessa são as questões legais, direi mesmo mais, ser ético é não infringir as leis, até podes contorná-las mas não as deves infringir.

    Quanto ao assunto em si próprio, seria muito bom para a Boavista que a Benfica TV pagasse mais que a Olivedesportos, além disso, seria mais um cavadela na situação financeira da Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sendo tu adepto do fcp, é normal que não saibas o que é ética.

      Eliminar
    2. Estás equivocado, eu tenho a minha ética, que pode não ser a dos outros, ou seja, ninguém é dono da ética.

      O que para mim pode ser ético, para ti, pode não ser e vice-versa.


      Eliminar
    3. Luís Miguel, dei a minha opinião. Se não concordares com ela estás no teu direito.

      Eliminar
  11. "O que interessa são as questões legais, direi mesmo mais, ser ético é não infringir as leis, até podes contorná-las mas não as deves infringir."

    Chico-espertismo much?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Irrelevante, não sou eu que faço as leis (muitas vezes imbecis), mas não as infrinjo.

      Eliminar
  12. Até parece que é anormal ficar com os direitos televisivos oferencendo jogadores em troca.
    Não foi assim que o Benfica garantiu a contratação de Futre? Perguntem à RTP.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, é verdade... um verdadeiro serviço público de televisão... :)

      Eliminar
  13. O Cantinho goleou neste post. :)
    Também gostei da ética ali do Luis Miguel, ao nível das personagens do RAP... Mas então oh Luis Miguel , o que é que os seus pais lhe andaram a ensinar?

    ResponderEliminar
  14. Eu não digo que o Orelhas só aprendeu com o Pinto da Costa a fazer merdas honestas ???
    E andam eles por aí a apontar o dedo ao apito dourado ...quando andam a cozinhar para futuro as condições mais desonestas e sujas no campeonato ? O Orelhas mais os restantes mafiosos são piores que a corja do FCP....basta ouvir o dia seguinte para termos a confirmação através das "verdades" que dão jeito ao Gomes da Silva....e a federação e a liga nada fazem.
    A F.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A F, a escola de Vieira é a mesma de PdC... por isso o que vier daí não me surpreenderá. Um abraço.

      Eliminar
  15. E na tentativa de comprar um árbitro por parte de um dirigente do teu clube, também vês problemas éticos? E na omissão dos passivos durante anos e anos, enquanto se vangloriavam com os passivos dos outros? E na destruição de uma bancada da Luz por energúmenos do teu clube? (A propósito: já pagaram os prejuízos, ou ainda estão a dever?).
    Quando tiveres a tua TV (o que é que se passa, não há cheta para pagar aos jornalistas?) veremos a isenção de que serão capazes, vocês, que são gente séria como não há outra no mundo e arrabaldes.
    A inveja é tanta que até os cega! Cotejar 33/25/5 com a miséria franciscana de títulos que vocês registam, é muita abóbora para digerir, não é, vossa senhoria? Temos pena!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NauBenfica, infelizmente todos os clubes estão sujeitos a ter gente sem princípios nas suas direções. O Benfica não é exceção neste departamento. Quanto a Paulo Pereira Cristóvão, não se tratou de um caso de suborno, mas sim de uma tentativa de incriminação. Não é desculpa para nada, mas não é a mesma coisa. E passado um mês, a verdade é que esse indivíduo já tinha sido afastado da direção do Sporting.

      Podemos falar nas falcatruas que o seu presidente vai cometendo, com um historial de processos de burla bastante consideráveis, aparecendo em escutas do apito dourado a escolher árbitros, dizendo que é mais importante ter gente nas instâncias de poder do que contratações de jogadores.

      Quanto às questões éticas que referi no post, esclareça-me uma coisa: existem ou não?

      Eliminar
  16. O Boavista é como Portugal e Espanha - está com olho do cigano - o cigano é PC

    ResponderEliminar
  17. "Só sou eu que vejo questões éticas graves numa operação destas?"

    O rapaz é mesmo ceguinho de todo, já não vai com 4 diopetrias

    ResponderEliminar