quinta-feira, 5 de junho de 2014

As palavras de Bruno de Carvalho a três tempos

                                                                                                                             
Quando ouvi as declarações que Bruno de Carvalho proferiu ontem, a minha primeira reação foi de diversão. Gostei particularmente da frase "temos duas nádegas que se enfrentam uma à outra dizendo 'estou aqui e sou melhor do que tu'" -- achei a metáfora bastante engraçada e adequada perante as figuras a que o presidente se referia.

Numa segunda fase, lembrei-me que tinha sido o presidente do meu clube a dizer tais palavras. Não que as expressões "ânus", "vento mal cheiroso" ou "trampa" possam ser consideradas vernáculo da pior espécie, mas foi uma conversa demasiado gráfica e rasteira que não fica bem ao principal representante de uma instituição como o Sporting. Bruno de Carvalho representa os todos os sportinguistas, e certamente que uma grande parte não se revê nesta forma de comunicar. Eu, pessoalmente, não me sinto chocado nem ofendido, mas penso que Bruno de Carvalho devia evitar este tipo de expressões.

Finalmente, passando a questão da forma sobra a questão do conteúdo. E o que Bruno de Carvalho disse tem toda a razão de ser. Infelizmente, ao ter falado como falou, o presidente desviou a atenção do essencial (o conteúdo) para o acessório (a forma). E o essencial, a meu ver, foram estas palavras sobre as eleições da Liga:
"Alguns clubes sentaram-se e, sem fazer a mínima ideia de quem são os candidatos, definiram apoios. O sistema democrático é as pessoas apresentarem-se e não por antecipação criarem-se condicionalismos de apoio. Isso tem-se passado."

E é isso que critico: com o estilo que empregou, Bruno de Carvalho conseguiu chamar a atenção de toda a comunicação social (menos o Maisfutebol, que é demasiado fino para estas coisas) para as suas palavras, mas a discussão vai girar durante dias à volta do acessório. Bruno de Carvalho, sendo presidente do Sporting, não precisa de colorir a rosa ou a castanho as suas palavras para que tenham eco na comunicação social.

Entretanto, alguns clubes continuarão a sentar-se a definir apoios, não em função dos programas e das ideias que têm para melhorar o futebol português, mas em função dos interesses instalados, e poucas serão as pessoas na comunicação social que se lembrarão de falar ou escrever sobre isso.

44 comentários :

  1. diga-se, que também ainda ninguém de bom senso percebeu quais são as grandes ideias de BC , excepto o natural e óbvio ter mais quota de poder , para ver com ajuda do Basta se conseguem inventar ainda mais penaltys para o Adrien.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, em relação às ideias de BdC e do Sporting para o futebol português, espero que estas sejam suficientes para já:

      Propostas do Sporting: parte 1

      Propostas do Sporting: parte 2

      Propostas do Sporting: parte 3

      Propostas do Sporting: parte 4

      Eliminar
    2. Caro Mestre de Cerimónias,não responda a anónimos,não perca tempo com essa gente "trampiona" ! Viva o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL...de Portugal,ouviram seus anónimos trampioes !

      Eliminar
    3. Efebe63, não me importo de responder. Se os adeptos de outros clubes argumentam com razão, não tenho problemas em reconhecê-lo (mesmo que implique admitir erros meus). Já aconteceu várias vezes, aprendo também com benfiquistas e portistas que me esclarecem de situações das quais não estou certo. Se argumentam sem razão, é com todo o gosto que apresento a verdade dos factos. :) Um abraço.

      Eliminar
  2. Já as de vieira e pinto da costa são claras: querem ser ambos pintos da costa. Um tem tido sucesso nisso, o outro tem tentado ocupar o lugar do mentor, cavalgando em nome da verdade desportiva... que é apenas um nome para "aquela verdade" em que o benfica é o porto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, Miguel. Os dois juntos têm uma carreira de mais de 50 anos no dirigismo em Portugal, e não há memória de um contributo que seja para a melhoria do futebol português. Um abraço.

      Eliminar
    2. da parte do porto tem contribuido com trofeus internacionais ajudando assim a valorizar o campeonato portugues! ja os 2 circos da 2ª circular é o que se tem visto.....

      Eliminar
    3. Caro anónimo, os troféus internacionais do Porto são de facto prestigiantes para o futebol português, mas em termos de funcionamento interno o nosso futebol é uma vergonha... Um abraço.

      Eliminar
  3. Bom, uma mão cheia de nada , tirando algumas coisas no ponto 1. A dos dois juntos vindo da malta da equipa B e do 17 anos de roquetismo é para rir.

    Quanto ao resto, convém lembrar que o Futebol é de longe o sector em Portugal que quer ao nível de clubes, selecções, jogadores e treinadores melhor compara em todos os critérios internacionais e que bom a guerra aos empresários no contexto exportador/ vendedor é de um lirismo impagável

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas novas oportunidades podes sempre melhorar as tuas capacidades cognitivas . Não hesites!!! ainda está a tempo.....apesar do ditado "burro velho não aprende A LER "...isso nem sempre é verdade.... Força.....todos te apoiamos ! É muito importante aumentar o nível e as competências dos portugueses.

      Eliminar
    2. Desculpe a minha ignorância, mas explique-me em que aspectos a má gestão do nosso clube dos últimos anos é que está relacionado com assuntos como:
      4. Redefinição do Papel do Empresário.
      5. Definição do papel dos fundos;
      6. Profissionalização da arbitragem;
      7. Ajuste fiscal e equidade fiscal;
      8. Regularização das apostas on-line;
      9. Definição de regras claras quanto a responsabilidades no espectáculo do futebol;
      10. Transparência na gestão do futebol.

      É que assim de repente....não estou nem a ver.....

      É muito fácil assobiar para o lado, mas quando a intenção é pôr as mãos à obra, são poucos os que se chegam à frente.....

      Eliminar
  4. 4- Redefinição começa por Re , logo é retórica e conversa de encher , além disso não cabe á mosca definir o papel do elefante , é triste mas é a verdade
    5- bom , o mesmo na prática , e de qualquer modo creio que são objectivos comuns dos clubes , mas os fundos dos jogadores vão sempre quere um bocado de equity , a alternativa seria divida que já dão a juros agiotas , sendo na pratica equity
    6- já aconteceu, conversa da treta , vão deixar de gamar se ganharem ordenado, é isso?
    7 - acho que está tudo de acordo, experimente explicar á Doctora Merkel
    8- o mesmo
    9 - cuidado com os incêndios ou com os Movimentos Basta nesse capitulo
    10- Projecto roquette, sad , versão 23

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, então assumindo que estas propostas do Sporting não servem para nada, tem alguma ideia nova para pôr em cima da mesa? Ou acha que está tudo bem e não há nada a mudar?

      Eliminar
    2. Convém não mexer, que interessa ao Benfica e ao Porto. Afinal são quem tem lucrado mais com o actual estado do lodaçal (MERDA MESMO ) em que se encontra o futebol português.
      PS: Desculpem as "maiúsculas", mas anda por aí quem não consegue...ou não quer ....ou não lhe interessa perceber.
      A F

      Eliminar
    3. A F, pode usar as maiúsculas à vontade. E não há problema em escrever MERDA. Se fosse TRAMPA ou ÂNUS é que seria muito grave, arriscava-se inclusivamente a levar um "desce" do Luís Sobral... :)

      Eliminar
    4. Lá estão vocês a assobiar para o lado......nunca ouviu a expressão 'Quem não tem nada para dizer mais vale ficar calado'?!

      Eliminar
  5. poupe-me ao rasgar de camisa declamatório, sugiro que da próxima vez que houver um apito , ajudem

    eu só acredito no Benfica a ir jogando melhor passo a passo, na Benfica TV , etc para derrotar Império do Mal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como assim? O Sporting tem que fazer o papel dos tribunais? Dias da Cunha foi um dos principais opositores ao sistema, e foi precisamente nessa altura que explodiu o apito dourado.

      Eliminar
    2. Que me lembre ....já houve dois : O Dourado e o Vermelho.....
      http://www.youtube.com/watch?v=kgB1SNWwRCI
      http://www.dailymotion.com/video/x154fmw_luis-filipe-vieira-e-o-apito-dourado-faz-se-tudo-na-mesma-mas-agora-nao-e-ao-telefone-e-nos-hoteis_sport
      http://www.youtube.com/watch?v=-ZsRZFh4GO0

      Eliminar
    3. Apito dourado é aquele em que o Vieira aparece a escolher um árbitro (João Ferreira) para apitar um jogo do Benfica?

      Reescrever a história é uma situação pródiga lá para os lados da Luz, só é pena que existam coisas como o YouTube para vermos a verdadeira actuação dos paladinos da verdade...

      Eliminar
  6. Mestre, acho que apesar de a intenção ser boa, ou seja, de chamar a atenção para o processo lamentável de como decorre a eleição para a Liga (basta atentar nas notícias, na parafernália de candidatos, negociatas, ausência de propostas, e protagonistas miseráveis que se perpetuam) os termos que o Bruno de Carvalho usou foram de mau gosto e isso desfez a eficácia da mensagem. Já não é a primeira vez que a mensagem não sai bem e por isso é algo a rever.

    Mas isso faz parte do processo de crescimento e evolução do Bruno de Carvalho enquanto dirigente, e igualmente enquanto pessoa, há medida que lida com esta realidade que é o futebol, o qual se deve recordar que tem de ter um registo comunicacional concordante com cada ocasião, porque isso faz parte da civilidade, não é sinónimo de hipocrisia. Para se ser frontal não se tem de ser grosseiro.

    É certo que em blogues e em fóruns o que ele disse nunca será criticado e nós (pelo menos eu) nunca alinharemos junto dos que atacam o presidente por causa dos termos que ele usou, porque bem mais graves são as acções do sistema contra o Sporting. Mas não deixo de achar ele tem de ter um estilo comunicacional mais, não diria urbano, mas ardiloso, mesmo que igualmente contundente, para que não o desqualifiquem por causa da linguagem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só para dar um exemplo, a peça da RTP sobre o que disse o Bruno de Carvalho nos Açores, termina com o jornalista da RTP Porto (obviamente um portista) a dizer "sem comentários". É suposto mesmo um jornalista não comentar as notícias, mas o propósito daquele aparte no final foi elevar o Pinto da Costa (cuja afirmação de não comentar as afirmações do Bruno de Carvalho foi justaposta no final da peça sobre Bruno de Carvalho) e desqualificar o presidente do Sporting. É por causa deste tipo de manipulações de imagem que o presidente do Sporting tem de ser muito mais inteligente na gestão da sua imagem, que também é a do Sporting, porque disso depende também o seu desempenho enquanto dirigente desportivo. Não se pode pôr a jeito para estes tarefeiros o desqualificarem!

      Eliminar
    2. Caro anónimo, concordo completamente com o que escreveu.

      Faço este tipo de comentário desejando que Bruno de Carvalho vá evoluindo nas vertentes que tem a melhorar. Não é a primeira vez que utiliza uma forma menos adequada de comunicação, que acaba por desviar a atenção do público do que é essencial para o que é acessório -- e todos sabemos que na nossa comunicação social já existe demasiada gente com má vontade relativamente a Bruno de Carvalho, prontos a dar ênfase ao que menos interessa discutir. Cabe ao presidente saber aperfeiçoar a eficácia da transmissão das suas ideias.

      Não nos podemos esquecer, no entanto, que estamos a falar de um presidente jovem que no ano e pouco de mandato tem feito um trabalho notável, contra hordas de dirigentes com décadas de experiência no lodo em que se transformou o futebol português. Se Bruno de Carvalho conseguir aperfeiçoar as suas lacunas, o Sporting só terá a ganhar com isso.

      Um abraço.

      Eliminar
    3. Claro, por isso é que não alinho nada nas críticas dos Camarotes e quejandos. Essa gente não tem nada a oferecer ao Sporting a não ser cinismo e má fé. Que fiquem bem longe de Alvalade, é o que desejo. Não tenho saudades nenhumas dos "doutores", por muita bojarda que o BdC mande de vez em quando.

      Eliminar
    4. Li algures que Ana Lourenço fez na SIC Notícias um comentário em como Bruno de Carvalho não tem lugar no futebol português. Comentário exagerado, obviamente, mas fomos nós que demos as munições para este fuzilamento.

      Eliminar
    5. Sim, ela disse que ele já não tinha espaço no futebol português.

      Eu confesso que cada vez que me lembro das afirmações do Bruno de Carvalho me dá vontade de rir, porque parece uma anedota do Herman. Mas o presidente do Sporting, a fazer uma analogia sobre o futebol português, tem de usar outras palavras que não cú, peido e cagalhão, mesmo que em linguagem de dicionário.

      E agora tenho de mudar de assunto e pensar noutra coisa, porque senão ainda me escangalho a rir, e não é "office friendly"... ;)

      Eliminar
    6. Prá Ana Lourenço o BdC ficou mal na fotografia por dizer verdades.... paciência .
      A verdade sempre foi dura de se ouvir...e as mentiras são sempre mais doces.
      Coisas de mulheres !!!! e nem devia comentar coisas de futebol. Quem será que lhe pediu tal coisa ???

      Eliminar
    7. Fiquei com curiosidade por saber o âmbito do comentário. Foi na sequência do fim da reportagem, ou foi em conversa com alguém?

      Eliminar
    8. Foi em conversa com o David Borges, que foi lá comentar a lesão do Ronaldo no Jornal da 9. Depois passaram para o tema das declarações do BdC e ela fez esse comentário antes de passar a palavra ao Borges, que disse que o estilo tinha sido deselegante, entre outras coisas.

      Eliminar
    9. OK, obrigado. Quer dizer que nem sequer estavam no meio de uma conversa. Deve ser o chamado jornalismo de opinião. :) Um abraço.

      Eliminar
  7. enfim comparar o telefonema do Vieira com PC é no mínimo desonesto , mas enfim, creio que se esqueceu do Bófia depositador , o Cristovão ganda maluco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, concordo que o passado de Pinto da Costa e de Vieira não são comparáveis. Pinto da Costa devia estar atrás de barras pelos anos de corrupção e tráfico de influências que cometeu.

      O problema para mim é que Vieira é farinha do mesmo pão. Se puder controlar o poder do futebol português para seu usufruto, não hesitará em fazê-lo (como o próprio já reconheceu, os campeonatos não se ganham só dentro das 4 linhas). A forma como conviveu com Pinto da Costa durante anos deixam-me com enormes reservas em relação à sua honestidade. Um abraço.

      Eliminar
    2. Quanto a PPC, vou colocar a minha cassete: "Paulo Pereira Cristóvão foi corrido do Sporting em menos de um mês. Pinto da Costa e Vieira foram reeleitos várias vezes."

      Eliminar
  8. sim, é um facto , PC meteu a coisa a um nível tão alto que pensar que se ganha só nas 4 linhas é lírico, pacientemente vejo que conseguiu entender. Não é que me agrade , é o que é

    ResponderEliminar
  9. OFF-TOPIC

    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=481925

    Jorge Santos garantido por quatro épocas

    O Sporting contratou por quatro temporadas o extremo direito português Jorge Santos (ex-Padroense), mais conhecido como a gazela.

    Jorge Santos, de 21 anos, já realizou com sucesso os habituais testes médicos pelo Sporting.

    Esta transferência foi intermediada pelo empresário Nélson Almeida.

    -----------------------------
    -----------------------------

    Jorge Santos é mais um jogador que não brinca nas selecções que se valoriza.


    P.S - Esta transferência foi intermediada por um empresário (esta serve de comentário para este post)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Superleão, Bruno de Carvalho não é contra a existência de empresários neste tipo de negócios. Falou apenas no caso dos menores, e no facto de os empresários possuírem partes do passe dos jogadores que representam -- que geram conflitos de interesse.

      Também no passado se insurgiu contra o facto de os empresários receberem comissões dos clubes compradores e vendedores. Faz sentido que sejam apenas os vendedores a pagar.

      Um abraço.

      Eliminar
  10. Do que o NOSSO Presidente se foi lembrar de dizer... O garoto tá mesmo a "chamar os cús pelo nome"...

    A propósito dessa parte tão importante da NOSSA anatomia, deixo aqui algo sobre o tema:

    “Pouco tempo depois de o Senhor Deus criar o homem do pó da terra e insuflar-lhe pelas narinas o sopro da vida, transformando-o num ser vivo, todos os órgãos do corpo recém-criado queriam ser o chefe. E os argumentos que cada um deles apresentou para assumir a chefia foram os mais diversos.
    O cérebro dizia com a arrogância própria dos cérebros: “Eu penso por todos vocês. Eu sou a inteligência. Eu controlo tudo por meio das ações dos meus neurônios. Então, se alguém aqui tem que ser chefe, esse alguém sou eu.”
    “Nós é que devemos assumir a chefia, pois somos nós que transportamos todo o corpo aos mais diversos lugares. Ainda que o cérebro queira ir a algum lugar, se nós não quisermos levá-lo então o corpo não vai a lugar algum” falaram as pernas em coro recusando o falacioso argumento da cinzenta massa.
    E as mãos: “Isso é pura bobagem. Nós executamos todo o trabalho e é com ele que ganhamos dinheiro para o corpo sobreviver. É com esse dinheiro que todo o resto do corpo se mantém. Nós vamos ser o chefe.”
    “Onde não há sangue não há vida. Quem manda o sangue a todas as partes do corpo sou eu. Portanto, eu devo ser o escolhido”. Foi o que o coração falou tentando deixar de lado toda a emoção do momento.
    A certa altura, ninguém entendia mais o que os outros falavam, pois todos falavam ao mesmo tempo, até a própria boca. Os pulmões ficaram arquejantes. Os olhos, irritados. O fígado e os rins reclamavam e, até mesmo, os intestinos se manifestaram provocando um grande mal-estar.
    De repente, fez-se um inexplicável silêncio e ouviu-se uma voz muito grave e solene:
    - Quem vai ser o chefe sou eu.
    Quem falava isso era o Olho do Cu. E todos deram uma sonora gargalhada. Afinal de contas, ele nunca havia sido levado a sério. Nunca nada fizera por merecer qualquer atenção, a não ser alguns ruídos ininteligíveis e fedorentos. E merda, muita merda. Mas o Olho do Cu insistiu:
    - Quem vai ser o chefe sou eu. Querem ver?
    E mais não disse. Nem fez. Fechou-se em si mesmo, ou em copas como dizem alguns, numa imagem bem apropriada. Enfim, deixou de funcionar.
    Em poucos dias, o cérebro não mais conseguia raciocinar direito. Não pensava mais quase nada e o controle, de que ele tanto se orgulhava, quase sucumbiu. Os olhos ficaram embaçados. As pernas não mais se punham em pé e as mãos pendiam flácidas sob braços enfraquecidos. As batidas do coração ficaram imperceptíveis de tão débeis. Os pulmões estavam nas últimas. Todos sobreviviam com dificuldade. O corpo estava à beira da falência total: a morte.
    Sem alternativa, todos os órgãos concordaram em reunir-se ao final do expediente. A essa altura, você, inteligente e perspicaz leitor já deve ter imaginado qual o desfecho da reunião. Isso mesmo: o Olho do Cu foi designado, aclamado e aceito por todos como Chefe.
    A partir dai, as coisas começaram a se normalizar. Cada uma das partes do corpo fazia o seu trabalho enquanto o Olho do Cu a tudo observava, organizava e dirigia. Mas, principalmente, fazia o que dele se esperava: merda, muita e muita merda tal como convém a qualquer chefe digno dessa função.
    É comum essas fábulas terminarem com uma Moral da História. Para não destoar do padrão, ai vai a grande mensagem:
    Não é necessário ser um cérebro nem ter uma grande inteligência para ser o Chefe. Um simples Cu, que passa todo o tempo a fazer merda, pode muito bem ser o Chefe.
    E se, neste momento, você estiver em seu trabalho, em sua repartição dê uma olhada de soslaio para o seu chefe e veja se isso não é a pura verdade.”


    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. YaZalde, ainda não mencionaste os furos que a minha teoria tem.

      Eliminar
    2. São tantos, mas tantos que nem vale pena ir por aí...

      Vai vender esse "peixe podre" para o teu clube, os corruptos do norte, vai, vai e não voltes!!!

      Eliminar
    3. És um tipo cheio de argumentos.

      ----------------------------------------------------------
      ----------------------------------------------------------

      http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=481918

      Djavan assina por quatro épocas


      O Benfica chegou a acordo com o lateral esquerdo brasileiro Djavan (ex-Académica), que irá assinar por quatro temporadas.

      Djavan, de 26 anos, irá nos próximos dias viajar até Portugal para fazer os habituais testes médicos e formalizar o acordo, numa transferência orientada pelo empresário Nélson Almeida.

      A Académica, clube que o jogador representou na última época, por empréstimo do Corinthians Alagoano, terá direito a 20 por cento do valor da transferência.

      -------------------------
      -------------------------

      Djavan é mais um jogador que não brinca nas selecções que se valoriza.

      Este é mais um argumento que se enquadra na minha teoria.

      Eliminar
    4. Ahahah!

      Em relação a toda esta indignação e pudor com as palavras de BdC não resisto a pôr aqui este poema que alguém citou no forumSCP.

      CIVILIDADE


      não tussa madame
      reprima a tosse


      não espirre madame
      reprima o espirro


      não soluce madame
      reprima o soluço


      não cante madame
      reprima o canto


      não arrote madame
      reprima o arroto


      não cague madame
      reprima a merda


      e quando estourar
      que seja devagarinho
      e sem incomodar, ok madame?


      ok, monsieur.



      ALBERTO PIMENTA
      Ascensão de Dez Gostos à Boca
      (1977)

      SL

      Eliminar
  11. Artista, como fazes para passares os programas que vês para o PC e depois fazeres o upload no youtube?
    A única hipótese é gravar em DVD directo da TV e depois editar no PC e colocar no youtube? Elucida-me sff.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comprei um programa (por cerca de €40) chamado Moviavi Screen Capture Studio 5 que faz vídeos capturando imagens no PC. A fonte dos vídeos obtenho-as de onde consigo: ou do Youtube, ou dos sites que têm os programas online (como a RTP ou TVI) ou do Meo Go (que nos deixa ver as imagens de todos os canais nas últimas duas horas).

      Eliminar