sexta-feira, 20 de junho de 2014

Braga A?

                                                                                                                                           
Achei muito estranho quando foi noticiado que o Porto iria receber por empréstimo um jovem de 19 anos do Atlético de Madrid, aparentemente sem opção de compra estabelecida.

A última década do Porto tem sido marcada por uma política de compra de jogadores jovens para desenvolver e valorizar, com o objetivo final de realizar mais-valias consideráveis após alguns anos de aproveitamento desportivo. Tem sido essa a principal fonte de receitas do clube, que mesmo assim se revela muitas vezes insuficiente para cobrir o profundo desequilíbrio orçamental que é conhecido.

Como é evidente, não encaixa nesta estratégia a chegada de um promissor jovem de 19 anos (mas que ainda não é um jogador feito), provavelmente no período de um ano e sem quaisquer perspetivas de realização de mais-valias financeiras que compensem o tempo que será investido nele.

Mas eis que entretanto se sabe isto:

in rr.pt

Quem sai mais a ganhar com este negócio? Será que compensará desportivamente ao Porto aquilo que nunca irão concretizar financeiramente? 

Depois de escolher o treinador, agora Mendes coloca um jogador que detém parcialmente. Será que quer transformar o Porto num Braga A?

Depois de fazer o milagre de Espírito Santo em Valência, de estar envolvido em transferências estranhíssimas do Benfica e de trazer jovens que valem milhões para o Braga, eis que aparentemente o Porto começa a parecer mais um clube a dançar ao som da música do poderoso empresário.

Ainda é cedo para perceber se a estratégia desportiva do Porto irá mudar em relação ao que tem sido hábito. Apesar de ter definido a questão do treinador muito cedo, o Porto tem andado pouco mexido no que toca a contratações. Os jogadores confirmados até ao momento tratam-se sobretudo de operações realizadas a custo zero (com exceção de Evandro). É normal (e prudente) que o Porto esteja na expetativa para perceber que vendas vão realizar com Jackson, Mangala e Fernando, para saber quanto poderá gastar em contratações. Mas entretanto já não falta muito para a pré-época arrancar.

3 comentários :

  1. aguardem pelas novidades que estao previstas para os proximos dias...desportivamente, a vinda do oliver compensa sempre ja que é um jovem de muito valor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que venham trutas maiores, mas a vinda de Óliver não deixa de ser estranha... :)

      Eliminar
  2. O Mendes está em todas....e em todo o lado. Só falta ele criar uma fábrica de valores na arbitragem !!!! Nem sei com a UEFA e a FIFA permitem uma tal conspurcação dos valores do desporto. Qualquer dia uma equipa ganha e fica a duvida :
    Será que o Mendes teve influencia no resultado ???
    É que começam a ser tantos os interesses em jogo do menino, que é impossível não haver suspeitas.
    Ele é socio de clubes, ele é socio de fundos, ele é socio de empresas de promoção de eventos desportivos, ele é agente de jogadores, ele é agente de treinadores...só falta ser agente de árbitros :-).
    Conclusão : não acredito em bruxas, mas que as há.....
    O futebol cheira mal..

    ResponderEliminar