domingo, 8 de junho de 2014

Capas que não fizeram história, nº 38: Dediquem-se à pesca

                                                                                                                                          
Parece haver uma profunda crise na relação entre Porto e Benfica com os jornais que sempre lhes foram mais próximos.

O mês de maio começou com o Porto a dar uma bordoada pública no jornal O Jogo, devido a um alegado interesse do clube azul e branco no jogador Ali Ghazal. O clube de Pinto da Costa não foi de modas, acusando o jornal de estar a mentir de forma a servir certos interesses que, infelizmente, não foram especificados.

Na última semana foi a vez de Benfica e A Bola protagonizarem não uma, mas duas situações semelhantes. Primeiro, devido a uma capa do jornal de Vítor Serpa que indicava o interesse dos encarnados em Van Wolfswinkel. Depois, graças a outra capa que dizia que o alemão Kramer era alvo do Benfica. Em ambas as ocasiões, o clube emitiu um comunicado a desmentir a notícia.

Perante estas prontas reações, parece que o Benfica está a recomendar ao jornal A Bola que se dedique antes à pesca, ou então que cumpra uma outra função que se enquadre melhor na estratégia de comunicação do clube:
  • Apresentação de reforços --> Benfica TV
  • Entrevistas com presidente --> RTP
  • Ventoinha para espalhar tramp.... perdão, cocó --> Correio da Manhã
  • Exclusivos do centro de estágio do Seixal e lançamento de jovens na equipa principal --> Record
  • Assuntos de finanças e pedidos de investigação à CMVM --> JQM e PSG
  • Louvores e encómios ao grande líder --> CM TV
  • Teorias da conspiração sobre a vida dos rivais --> SIC Notícias
  • Social (vulgo imprensa cor-de-rosa) --> A Bola

É que nisto do fenómeno socialite do futebol, não há na comunicação social portuguesa quem tenha tanto talento como A Bola. Lembro-me, por exemplo, de várias capas com Tamara Gorro, seja com declarações públicas de amor ou simplesmente fotografias mais ousadas para lavar os olhos do público masculino, mas também de outras sobre a mudança de visual dos jogadores encarnados. Como esta:

Dezembro de 2003

Simão volta a surpreender com nova imagem. É este tipo de notícias que Serpa, Delgado e Guerra devem começar a perseguir. Eduardo Barroso, Miguel Sousa Tavares e Fernando Seara que se cuidem. Qualquer dia serão substituídos por Cláudio Ramos, José Castelo Branco e Lili Caneças.

(obrigado pela capa, @pedrobrandao)

13 comentários :

  1. A julgar pelas semelhanças pensava que essa capa era já para anunciar o ingresso de Castelo Branco como novo jornalista desse pasquim.

    http://avidaeumpalco.com/2008/11/07/primeiro-lbum-de-jos-castelo-branco-j-est-venda/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, para quando um dueto entre José Castelo Branco e o Adepto Possuído (que também lançou um disco editado pelo Benfica)? A cultura portuguesa agradecia. :)

      Eliminar
  2. Olha mais um que teve de sair do Sporting para ganhar títulos!
    O Adrien também já percebeu o mesmo, por isso é que está preocupado por ainda ter 3 anos de contrato com o Sporting, são 3 anos de penúria e indigência desportiva.
    "Indiferente às movimentações do mercado, Adrien Silva não desvia o foco do Sporting. “Durante dois ou três meses o mercado está aberto, mas a realidade é que eu tenho mais três anos [de contrato] e é isso que me preocupa mais."
    (http://record.pt/887566)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olha uma sevilhana...8 de junho de 2014 às 15:14

      "e é isso que me preocupa mais".
      adoro quando os enkornados não percebem u corno do que lêem.
      ó anónimo lã-peãozinho, é essa e a do William estar mortinho para ir para o Sevilha Limpa Boifica (o ultimo delirio do DN, que deve andar a distribuir pó do orelhas aos estagiários de jornalismo da av. da liberdade), depois do melhor 6 da actualidade em Portugal ter mandado o clube das papoilas à merda, aos 14 anos.
      mééééé!!!!

      Eliminar
    2. Saiu do sporting para ganhar titulos???Foda-se estes gajos do clube da lã de vidro andam todos fodidos da cartola.
      O simao saiu do sporting pq era um paneleiro e uma pega,mas daquelas mesmo de merda,saiu do sporting pq queria ganhar mais pastel,teve uma carreira miseravel quando eu ate achava que ele tinha capacidades,no entanto tronou-se uma prostituta e como qualquer rameira que se preze nao podia morrer sem vestir a palhaçada que é a vossa camisola.

      Eliminar
    3. Se as coisas correrem bem o Adrien ainda há-de ganhar muito no Sporting.

      Eliminar
  3. Ganhou títulos como o caraças bem tem sido uma hegemonia mais um título do boifica que o Sporting em 20 anos.

    O João Pinto também teve de vir para o Sporting para ganhar títulos ah mas esse foi justo.

    Ja o título do simulao foi o do estorilgate!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por aqueles lados existe tanto vento que ate mandaram melhor que la tinham embora.
      Ainda falam eles da epoca do sporting o ano passado.
      Os anos do vale e azevedo e comp. lda foram anos do melhor que ja vi no futebol.

      Eliminar
    2. Vamos ver se os tempos do Vale e Azevedo não voltam para aqueles lados... há coisas que só se descobrem quando há mudanças de dinastias...

      Eliminar
  4. Esté cheio de ganhar títulos !...Foi uma vez campeão no Fifica quando para se ganhar títulos se podia jogar no Algarve !...de resto também teve de sair do Fifica para vencer a Liga Europa pois eles são os eternos humilhados das finais !...hahahahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais um que passou ao lado de uma grande carreira graças a escolhas de carreira bem duvidosas, King Lion... Um abraço.

      Eliminar
  5. Relembro aqui 2 grandes êxitos em homenagem ao Simão:
    - O pai da Mariana?
    http://www.youtube.com/watch?v=WoSpjcatfKk
    - Simão no SexyHot
    http://www.youtube.com/watch?v=DKA6qkgfMPs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Migas, não merece outra coisa. O Sporting nunca lhe fez nada que justificasse a falta de respeito que teve para com o clube. Um abraço.

      Eliminar