sexta-feira, 6 de junho de 2014

Desta vez é para levar a sério

Vieira desencanta mais €30M                                                                                                 
Ao longo do mês de janeiro, saíram nos jornais várias notícias que me deixaram genuinamente divertido. Era Vieira que rejeitava vender Rodrigo e só aceitava cedê-lo por €30M, era Vieira que recusava €12M por André Gomes, tentando esticar as negociações até ao €15M.

Ri-me com gosto, porque o meu lado racional dizia-me que se tratavam de vendas impossíveis. Rodrigo estava na altura a jogar em muito bom nível após um início de época pouco conseguido, mas €30M parecia-me claramente um exagero. Quanto a André Gomes, que ao final da 16ª jornada acumulava uma impressionante utilização de 2 minutos no campeonato, pareceu-me simplesmente uma piada do 1º de abril.

Chegou o final do mês e a verdade é que essas duas notícias se concretizaram precisamente pelos valores anunciados.

É por isso que hoje já não me ri ao ver esta notícia de O Jogo:


O facto de ser uma notícia de O Jogo, e não do Record, faz-me ficar um pouco de pé atrás sobre a sua veracidade. Mas desta já não me dá vontade de rir.

Note-se, no entanto, que de um ponto de vista racional estas vendas também não fazem qualquer sentido. Gente com 30 milhões para investir certamente que conseguirão aplicar melhor o dinheiro do que em três incógnitas que em conjunto não fizeram mais que um punhado de jogos a doer.

Percebo que Vieira queira vendê-los: recebe um encaixe fantástico que lhe permitirá manter um dos titulares durante mais um ano. Mas não consigo perceber a posição de quem quer comprar jogadores que aos 20 anos têm pouquíssima experiência de futebol de 1ª divisão.

Vamos assumir que estão a ser valorizados por €10M cada. Do ponto de vista de investimento, faz sentido comprar Bernardo Silva para o pôr a rodar e valorizar, para depois vender com lucro. Mas adquirir o passe por valores desta dimensão? €5M pelo jogador já seria um valor considerável atendendo à sua idade / experiência. Pode vir a ser muito bom jogador, mas não é certamente um génio -- os génios aos 20 anos são obrigatoriamente titulares em equipas de alto nível. E quanto a Cancelo e Cavaleiro, nem por metade desses €5M os quereria.

Valores desta ordem só se pagam ou por jogadores feitos ou por jovens que já se começaram a destacar nas ligas principais dos países de origem, e a quem se prevê um futuro de altíssimo nível. Claramente não é o caso de nenhum destes jovens.

Mais uma vez, racionalmente, só consigo encarar este tipo de transações como empréstimos encapotados, em que as contrapartidas do negócio não se limitam à simples transferência dos passes dos jogadores.

41 comentários :

  1. larguemos as novelas do jogo, por favor

    ResponderEliminar
  2. É a loucura!

    Para além da questão de empréstimos encapotados, com cláusulas e contrapartidas desconhecidas não será uma maneira de aumentar artificialmente o activo?

    Não tenho a certeza, mas já ouvi dizer que os jogadores de formação que assinam contratos profissionais têm uma avaliação de zero ou perto disso. Ora se os avaliarem em 30M€ (10 cada um) e venderem % dos passes, para além do possível empréstimo encapotado, aumentam o activo. Será possível esquemas destes?

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sar, a avaliação "teórica" de um jogador não tem repercussão contabilística. Podem dizer que podem vender os jogadores por €100M, mas isso não afeta as contas do clube.

      O valor contabilístico de um jogador (que faz parte do ativos intangíveis) é igual ao valor pago pelo seu passe + prémios de assinatura. Todos os meses, esse valor vai sendo amortizado, ou seja, ao longo do contrato do jogador o ativo vai-se desvalorizando de forma a que valha 0 quando o contrato terminar.

      Tratando-se de jogadores da formação, o seu valor contabilístico é quase nulo.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Obrigado pelo esclarecimento MdC.

      Só uma pequena dúvida que ainda me assola. No caso do slb vender 50% do passe destes jogadores por 15M€ e os mantiver no plantel, não terá de actualizar o valor contabilístico deles de acordo com esse valor e consequentemente o activo intangível?

      SL

      Eliminar
    3. Sar, sim, se o Benfica vender parte do passe tem que atualizar o valor dos ativos intangíveis. Uma venda desse tipo teria o seguinte efeito nas contas do clube:

      (vamos supor a venda é de €6M por 60% do passe e que se trata de um jogador que tem atualmente o valor contabilístico de €1M)

      --> Ativos intangíveis: retira-se dos ativos o valor de 0,6M (60% do valor contabilistíco do jogador, passando a valer para o clube apenas 0,4M)
      --> Entrada em depósitos bancários (o valor pago no imediato) / saldo de clientes (o valor a pagar no futuro, se for em prestações) --> 6M
      --> Proveitos --> 6M
      --> Mais-valia --> 5,4M (porque é preciso retirar os 0,6M do ativo, que são considerados custos para o exercício em que a venda é feita)

      Um abraço.

      Eliminar
  3. é tudo esquemas , menos a transparência única do Homem Trampa , o rei dos comunicados e agora pelos vistos da matemática.
    Posto isto, sim há esquemas como em tudo, na Bola , neste momento em todo o lado contabilidade já ao nível da Banca , só excel

    ResponderEliminar
  4. e sim o benfica não precisa de dinheiro, apenas se vai desfazer para um fundo dos 3 melhores jogadores da formação porque lhe apetece.

    dos 3, o único que acredito que possa chegar aos 10 milhões é o bernardo silva, os outros 2 diria que o cavaleiro valeria para ai 2/3 disso e o cancelo com muita boa vontade metade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Riga, acho que ninguém vale €10M quando ainda não fez jogos num campeonato competitivo. Quanto as outros, concordo. Um abraço.

      Eliminar
    2. Riga, o Cavaleiro e o Cancelo nem a fazer o pino e com um lacinho estão entre os 3 melhores jogadores da formação do SLB. Entenda-se aqui por "mais promissores".

      O Bernardo é outra loiça.

      Cumprimentos,

      Eliminar
  5. já WC só por 80 , enfim , o jogador tuga por incrivel que pareça vale guita ou estão esquecidos do que faz parecer as vossas contas equilibradas ( iiori, Bruma) , não fora isso e o vosso passivo neste exercicio teria ainda crescido mais do que cresceu OUTRA VEZ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, Ilori e Bruma foram muito bem vendidos atendendo ao facto de terem o contrato a acabar, mas tratavam-se de jogadores que eram titulares no Sporting. E Bruma tinha acabado de fazer um mundial sub-20 fantástico.

      Eliminar
    2. Mestre, eu até endendo o seu post e faz-me alguma confusão este potencial negócio( que não está minimamente confirmado), mas o anónimo das 12:56 tem alguma razão. Toda e qualquer transferência do SLB é colocada em causa.

      O Ilori foi vendido por 7.5milhões depois de uns 10 jogos e ninguém questionou que seria aldrabice. Estava em anunciada pré-ruptura com o clube e mesmo assim valeu uma pequena fortuna.
      Quanto ao Bruma, admito que se trata de um jogador com um potencial mais acentuado, e que beneficia do carimbo da escola de Alcochete que lhe aumenta o brilho. Mas 10milhões em fim de contrato e em situação de total ruptura com o clube?

      Se isso fosse no SLB não acha que haveria mil e uma teorias sobre a máquina de lavar E os malandros dos esquemas e empresários?

      Bem haja,

      Eliminar
    3. Ilori tinha mais dois anos de contrato e Bruma mais um. Foram vendidos a clubes de futebol (Liverpool e Galatasaray) e não a fundos obscuros de Singapura.

      Eliminar
    4. Caro anónimo, na minha opinião quer Ilori quer Bruma tinham uma visibilidade que nada tinha a ver com André Gomes, ou qualquer um dos três jovens de que se fala hoje. Foi um valor surpreendentemente alto, é certo, mas Ilori (como disse e bem o Sar) tinha 2 anos de contrato pela frente, e Bruma vinha de um mundial em que só não foi o melhor marcador porque Portugal foi eliminado prematuramente.

      Se Bruma tivesse ficado no Sporting e a evoluir como vinha evoluindo (e sem lesões) provavelmente hoje estaria no mundial e valeria bem mais que esses €10M.

      Outro exemplo: Witsel foi vendido por €40M e não contesto essa venda. É muito bom jogador, mas foi sobre-valorizado. Mas admito, uma excelente venda do Benfica. É mais nesse tipo de transações que encaixo a venda do Bruma (com as devidas proporções, evidentemente).

      Um abraço.

      Eliminar
  6. foram muito bem vendidos, sem duvida , mas tem a noção dos VALORES ? eram titulares do 7º classificado ? titulares em 10 jogos no máximo , lamento, mas deve-se á cotação do jogador tuga , ao hype do novo qualquer coisa , essencialmente graças ao Sporting e Academia diga-se.

    ResponderEliminar
  7. Mestre, falando na salganhada da Liga, há uma coisa que me intriga. Já toda a gente percebe que o cerne da questão são os direitos televisivos e que os pequenos clubes querem mais dinheiro, enquanto agora parece que há uma aliança entre o porco e o beifica. Só que esta aliança não evidencia força, mas sim fraqueza.

    O beifica quer descalçar a bota da beifica TV e desistir do projecto de acabar com a Sport TV, porque para além dos custos com a beifica TV, ainda há a questão do que receberia da Olivedesportos sem os custos que tem com a TV, que deve dar prejuízo. O buraco não deve ser pequeno. A Olivedesportos como sabemos está mal. Portanto é uma aliança entre dois aflitos, a tentar abocanhar um bolo cada vez mais pequeno, que são as receitas do futebol português.

    Cada vez há menos marcas de prestígio a querer associar-se ao futebol nacional e isso é que é preocupante. Estas cenas da liga que são sete cães a um osso.

    O que é que vale mesmo o futebol português? Ontem via uma reportagem da BBC que foi cobrir o derby do Rio de Janeiro entre o Flamengo e o Fluminense e o repórter estava incrédulo porque num país fanático pelo futebol, estavam apenas 10 mil pessoas no Maracanã a assistir a uma das mais importantes partidas do Brasileirão. Mas isto é a regra. As assistências no Brasil são geralmente fracas porque, apesar dos milhões de adeptos, o poder de compra é baixo e a população não tem dinheiro para ir regularmente ao futebol. Acho que cá também se passa muito assim e por isso não há comparação com a realidade da Inglaterra e da Alemanha, em que o PIB per capita é o triplo do nosso, para além dos adeptos serem mais militantes.

    Há quantos anos os não há transmissões em canal aberto de jogos do campeonato? As TVs generalistas não querem pagar o que o Olivedesportos pede, porque perdiam dinheiro se o fizessem pois se calhar as audiências e as receitas de publicidade não seriam suficientes para cobrir o investimento. Isto é sinal que o futebol é um produto que perdeu valor. Mesmos a transmissão das Taças já está a ser relegada para o cabo, que foi o que a TVI fez esta época, transmitindo jogos da Taça da Liga na TVI24 para não perder audiência na TV terrestre. É absurdo. A única coisa que parece continuar em alta são as competições europeias. Isto é muito mau...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "descalçar a bota da beifica TV e desistir do projecto de acabar com a Sport TV"

      ??!!!

      A internet permite isto. Qualquer conspirativo tem o seu speaker's corner...

      Eliminar
    2. A sérioooooo? E tu, o que fazes aqui, na internet?

      Eliminar
    3. Caro anónimo, vejo a candidatura de Fernando Seara e Rui Alves, e ambos defendem a centralização dos direitos televisivos, que seria uma machadada de morte no modelo atual da Benfica TV.

      Confesso que não percebo a posição do Benfica: apoiam Seara ou não?

      Estou convencido que a Benfica TV é:

      1. Um golpe tremendo no poder de Joaquim Oliveira
      2. Financeiramente compensador em relação ao anterior contrato com a Sport TV
      3. Nunca compensará a melhor oferta da Sport TV (dos €22M / ano)
      4. É mais um fator de incerteza das receitas do Benfica, que torna o clube altamente dependente dos resultados desportivos -- se o Benfica ficar afastado do título cedo, as receitas da Benfica TV cairão significativamente

      Como tal, não sei qual é o pensamento de Vieira. Agora que sabe o que valem os direitos de transmissão do Benfica nas suas mãos, tentará negociar com a Sport TV um novo contrato com posição negocial vantajosa que tem atualmente? Ou é um projeto para continuar pelas suas implicações de equilíbrio de poder?

      É um tema muito interessante, mas que neste momento não consigo avaliar de nenhuma forma. Vamos ver como para as modas nas eleições da Liga, para tentarmos perceber o que pode ser o futuro.

      Um abraço.

      Eliminar
  8. enfim, como quiserem, o de nille is not just a river in Egypt , aliás nem há gajos vindos de transferências do Benfica em tudo o que é equipa topo

    ResponderEliminar
  9. O Sar tem razão. O Activo é afectado e de que maneira.
    A venda faz-se por contrapartida das verbas que entram (Caixa) e das que ficam por receber (Realizável) e em Resultados, pela diferença entre o valor contabilístoco dos actiuvos e do valor da venda.
    Para além disso, o empresário (quem será?) recebe a parte correspondente à comissão do negócio a que acresce, sobretudo, a parte (que não deve ser pouca) que lhe corresponde nos passes dos jogadores em causa.
    Assim o resultado catastrófico que se esperava para o final do exercício é maquilhado à má-fila.
    Depois como o dinheiro não é para estar parado, compra-se uns alemães, sérvios e o que mais se verá, pagando (claro!) as respectivas comissões ao intermediário (quem é?). Depois de se acabar a massa, vai-se ao Benfica-Star vender partes dos passes dos jogadores adquiridos por um valor muito superior ao que custaram etc etc. por forma a fechar a quadratura do círculo.
    Há, no entanto, uma coisa a reter: 30 milhões. Parece número fetiche.
    Onde pára a judite?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou estaaalando para ver a bolha rebentar. Mas que não seja já. Deixa encher mais, para o estrondo ser maior.

      Eliminar
    2. Enquanto o dinheiro entra e não entra, os ativos são de facto afetados. Sai o valor contabilístico dos jogadores (que é residual), entram €30M em caixa (se pagos de imediato) ou conta corrente de clientes (se forem para pagar mais tarde).

      Isto tem um impacto brutal nos resultados do clube, como se viu pelas vendas de Rodrigo e André Gomes.

      Eliminar
    3. Pois é Mestre,

      Por isso é que os galináceos vieram "cacarejar" sobre as contas dos outros, para não se falar das deles, senão vejamos... Só com as vendas do Matic (25 M €), do Rodrigo (30 M €) e do A. Gomes (15 M €) realizaram 70 M€... Mas os proveitos do benfica foram só de 15 M €. Quer isto dizer que o 'deficit' é muito superior ao que apregoam e querem esconder...

      A confirmar-se esta notícia é apenas a confirmação que algo muito esquisito se passa ali pros lados de Carnide. E que as entidades oficiais têm que ir investgar o que se está a passar para aqueles lados...

      SL

      Eliminar
    4. YaZalde, o desequilíbrio de contas é evidente. Em termos de contas operacionais o prejuízo é pequeno (€3M), mas temos que considerar que a época do Benfica correu muito bem. Numa época menos conseguida, com menos enchentes do estádio, com menos assinantes da Benfica TV, o desequilíbrio faria sentir-se ainda mais.

      Depois os custos financeiros são monstruosos. O peso da dívida bancária é asfixiante, pois anda à volta dos €300M.

      Não admira portanto que tantas montantes impressionantes de vendas acabem por não se traduzir em lucros não tão impressionantes.

      Não digo que as entidades oficiais tenham que investigar, porque não é crime ter-se contas desequilibradas (felizmente para nós, também), mas o mundo benfiquista não é definitivamente tão cor-de-rosa como Vieira o pinta.

      Um abraço.

      Eliminar
  10. continuamos a assumir que os teatrinhos de Verão do Jogo são a realidade , enfim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Normalmente estão bem informados !!!! Pagam bem pelas informações eheh

      Eliminar
    2. Caro anónimo, há 6 meses diria de caras que isto é uma mentira para tentar vender jornais. Depois do que se passou em janeiro, já não tenho tantas certezas... :)

      Eliminar
  11. Caro Mestre

    Já temos a resposta do SPORTING sobre as notícias do passivo dos 300M euros.
    Esperemos então pelas contas consolidadas prometidas.

    Jorge C.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge, o facto de a direção se comprometer a apresentá-las é um bom sinal. Resta-nos aguardar. Obrigado pela ajuda que foi dando! Um abraço.

      Eliminar
  12. Espanta um pouco que no meio de tantos zandingas e pseudo-CFO's ninguém se tenha dado conta que, enquanto anunciavam o rebentar da bomba ou da bolha algures a 2km do Campo Grande...tinham um problema em casa.

    Sinceramente o tema é demasiado sério para discussões baseadas no "deixa andar que estoira" sem grande substância.

    O Mestre salienta aquilo que me parece ser de reter: resultados operacionais negativos (ou positivos mas reduzidos) mesmo em época desportiva de sonho conjugado com dívida brutal.

    Situação de risco que obriga a arrepiar caminho para ontem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É triste no entanto que os jornalistas que se apressaram a investigar o que Vieira disse, não se venham agora retratar das "investigações" que fizeram, e que não façam o mesmo juízo crítico em relação às contas dos restantes clubes...

      Não há mesmo interesse em ver se as contas do Benfica são assim tão saudáveis como se diz.

      Um abraço.

      Eliminar
  13. o rebentar da bolha no SCP não foi anunciado, rebentou há uns tempos publica e notoriamente , de resto no Benfica , lamento desiludi-lo mas toda a gente tem noção das contas.

    Resultados Operacionais ligeiramente negativos ainda assim superiores aos Operacionais sem vendas do Sporting pós Perdão , depois há as Vendas que nos clubes portugueses até que rebente a bolha no futebol global são na prática operacionais POR ACASO , nessa gestão de activos nos melhores do mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O rebentar da bolha no Sporting não foi anunciado?? LOL Deves ter estado a viver debaixo da terra.

      Quando o Godinho Lopes vendeu a maioria dos direitos económicos dos jogadores para pagar ordenados, anunciava o quê? O teu clube maquilha melhor a coisa, porque "trinta milhões" de euros por uns putos que ainda mal jogaram na equipa principal reluzem mais do que a aflição descarada do Godinho. Só que não bate a bota com a perdigota, por isso conta-nos estórias. Problema vosso.

      Eliminar
    2. Caro anónimo das 17h30, tem acesso às contas do Benfica (clube)? Qual é o panorama em termos de ativos, passivo, e dívida bancária? Um abraço.

      Eliminar
  14. não foi anunciado esta semana , nem provocado pelo SLB se me permite. De resto, viu-se logo ao que ia quando se via a conversa da excelência de gestão e do rigor, do projecto roquette, mas enfim, , nestas coisas do margin call o importante é ser o menos mau

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A conversa da excelência de gestão e do rigor agora é noutro lado... :)

      Eliminar
  15. na qual não me revejo, diga-se . Gostava que o Benfica fosse diferente de um rocketismo bem sucedido , daí a receber lições do BC vai alguma distância

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso foi Vieira que abriu o debate. É normal que existam respostas dos visados (da mesma forma que BdC também ouve o que não quer ouvir quando ataca outros).

      Eliminar
  16. Sobre as contas galináceas só poderemos saber a verdade depois de passar algum tempo, pois já anteriormente houve a pseudo-venda do Roberto, sendo que desconhecemos eventuais cláusulas dos contratos de venda dos passes de Rodrigo e André Gomes.

    Quanto a estas movimentações, teremos que aguardar as cenas dos próximos capítulos.

    Entretanto dá para ir contabilizando os proveitos e tentar enquadrar-se mais facilmente nas normas de fair-play financeiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luís Miguel, é uma grande verdade. É o suficiente para a UEFA deixar de olhar na direção deles.

      Eliminar