segunda-feira, 2 de junho de 2014

O passivo do Sporting

Aparentemente, está encontrada a fonte dos rumores dos €300M de passivo não declarado. Ao contrário do que pensava, não se trata de nenhuma informação privilegiada. A base do rumor parece ser o próprio R&C do Sporting (clube, não SAD) de Junho de 2013:

Fonte: R&C Sporting Clube de Portugal, 2012/13, relatório de auditoria pwc, pág. 103-104

Sobre isto, confesso que não tenho conhecimentos que me permitam avaliar o que significa esta observação do auditor no final do R&C. Sobre este tema das reservas, Paulo de Andrade, que certamente terá melhores conhecimentos nestes assuntos do que eu, fez o seguinte comentário:


Outro quadro que tem aparecido na blogosfera relativamente ao passivo do Sporting tem sido este:

Fonte: R&C Sporting Clube de Portugal, 2012/13, pág. 76

Somando tudo isto, os valores do passivo parecem ainda mais aterradores, pois somando os números das várias empresas do grupo ficamos na casa dos €580M. Mas na realidade isto não são contas consolidadas. Ao fazer-se a consolidação das contas, as dívidas entre as empresas que fazem parte do grupo não são consideradas.

Olhemos, por exemplo, para os valores que o Sporting Clube de Portugal tem a dever ou a haver das empresas do grupo:

Fonte: R&C Sporting Clube de Portugal, 2012/13, pág. 93

Só aqui, €170M seriam abatidos aos passivos totais (o ativo de uns é o passivo de outros). Vamos ver o mesmo nas contas da SAD:

Fonte: R&C Sporting, SAD 3º trimestre 2013/14, pág. 38

Aqui vemos que se teria que abater mais €22M em contas consolidadas (entre SAD e SPM, e SAD e SGPS). E ainda teríamos que fazer o mesmo exercício entre todas as empresas que não a SAD e o clube (ex.: entre a SPM e a SGPS), mas cujos resultados não fazem parte dos relatórios que são públicos.

De qualquer forma, o mais importante a retirar de tudo isto é que os números são públicos. A reestruturação acordada entre o Sporting e a banca foi realizada com o conhecimento destes números, pelo que me parece que temos que considerar a possibilidade de que esta campanha de atribuição de agarrar ao o maior passivo dos clubes portugueses não passar de uma tentativa de desviar as atenções das contas do Benfica -- coincidência ou não, têm sido jornalistas da Cofina a lançar estas informações para o ar, a par de pedidos de investigação da CMVM ao Sporting. Primeiro foi Pedro Santos Guerreiro com a informação de que existem €300M de passivo não declarado, depois João Querido Manha e António Varela, do Record, a pedirem uma investigação da CMVM às contas do Sporting.

Finalmente, aqui fica um quadro apresentado por Bruno de Carvalho em março de 2014, numa entrevista à TVI.


Sendo todos os números conhecidos de todas as partes envolvidas, creio que não há motivo nenhum para não considerarmos estes números que Bruno de Carvalho apresentou como bons. A dívida não é a mesma coisa que passivo, mas é de longe a fatia principal. Resta-nos aguardar por esclarecimentos vindos da direção sobre o ponto de situação da reestruturação.

Os meus agradecimentos ao Sar e ao Koba (que também fala deste tema no Futebol a 3) pelas informações que trouxeram para a discussão.

EDIT 19h15: em conversas tidas na caixa de comentários, penso que passei a perceber o que significam as reservas de €300M. O Sporting (clube) tem participações nas empresas do grupo (SAD, SPM, SGPS, cujas %s detidas pelo clube estão apresentadas no primeiro quadro deste post). 

Essas empresas do grupo têm vindo a registar prejuízos ao longo dos últimos anos (que se traduzem num desequilíbrio dos valores do passivo em relação aos ativos). Prejuízo num ano significa que o passivo cresceu mais que os ativos ao longo desse ano (ou que o passivo desceu menos que os ativos).

As reservas de €300M foram colocadas no relatório do Sporting (clube) por causa do método de contabilização escolhido. Havia duas hipóteses: 

1. A que foi escolhida, do método de equivalência patrimonial, em que o clube não coloca nas suas contas os prejuízos das empresas do grupo; 
2. O Sporting (clube) assumia as dívidas das empresas do grupo como suas (como se os prejuízos das empresas do grupo passassem a ser responsabilidade do clube) -- e aí o passivo do Sporting (clube) aumentaria em €300M, só que desapareceria virtualmente das tais empresas do grupo (SAD, SPM, SGPS, etc.). Ou seja, seria uma espécie de transferência virtual do passivo de €300M dessas empresas para o clube. 

É portanto incorreto somar-se estes €300M aos passivos da SAD, SPM e SGPS, da mesma forma que na consolidação de contas se excluem as dívidas entre as empresas que fazem parte do grupo.

74 comentários :

  1. Nada como esperar pelas contas consolidadas para se saber os valores reais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Gandaia, mas dúvido que saia um R&C consolidado antes da reestruturação estar concluída... Um abraço.

      Eliminar
  2. Mestre,

    Um post muito esclarecedor.

    O mais importante disto tudo é desmistificar a ideia, que o Vieira insinuou e logo alguns OCS aproveitaram, de que o valor do passivo está "oculto" ou "escondido".

    Recordo as palavras do suposto expert Guerreiro "Este relatório de auditoria não é ainda público mas os valores circulam junto de várias fontes do sistema financeiro".

    Não é público? Fontes? Sistema financeiro?

    Chorrilho de disparates evitáveis com a mera consulta de um site: o do próprio clube.

    Continuamos sem ter OCS. Sem sistema, sem OCS e com orçamento reduzido, isto é um combate muito desigual. Convençamo-nos disto...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Koba, fiquei muito desiludido com o PSG. Não esperava que fosse capaz de escrever algo de forma tão ligeira. Quanto a Manha e Varela, mostra que o Record tem um papel a cumprir e que não é o da isenção.

      Obrigado pela troca de impressões, um abraço!

      Eliminar
  3. Mestre, umas simples contas de merceeiro.

    258.873+165.883+152.673=577.429

    577.429-(105.126+65.326)=406.977

    406.977-(18.938+3.137)=384.902

    Estes 384.9M€ batem quase certinho com o passivo total do grupo apresentado por BdC nessa entrevista de Março de 2014 (não consigo ver as casas decimais).

    Se todas estas suposições e contas de merceeiro forem de encontro à verdade, estamos perante um ataque insidioso ao SCP promovido pelo presidente do benfica, um seu vice presidente e a trupe de acólitos amestrados da imprensa. Vergonhoso e do meu ponto de vista a exigir uma resposta à altura do SCP. O PSG é outro que devia meter a mão na consciência, espero para ver se esse senhor se retrata ou se ouviu algum rumor novo nos meios financeiros...

    O vice presidente do benfica, rui gomes da silva, continua no seu facebook a alimentar este caso com comentários simplesmente vergonhosos e lesivos para o SCP. Estou para ver o que esse senhor vai inventar logo à noite, só espero que o ROC tenha pedido umas dicas ao Paulo de Andrade.

    Abraço e SL.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sar, não sou expert em contabilidade mas como diz, e bem, o Mestre, dívida e passivo podem ser coisas distintas, nomeadamente quando consideramos as contas ao nível da sociedade de topo (que não é uma sociedade propriamente dita, é o Sporting Clube de Portugal, mas para o efeito percebe-se a ideia) uma vez que as regras contabilísticas podem propiciar o reconhecimento de valores negativos que não constituam necessariamente valores a pagar a terceiros

      e segundo parece, sendo aplicado o tal método a que se referem os ROCS, o número do passivo seriam os tais 510, por reconhecimento dos resultados líquidos negativos das participadas, isto ainda que se considerasse que o valor total a pagar a terceiros seria inferior

      pode ser este o motivo da confusão, mas não tenho certezas

      de qualquer forma, pode ser (pode ser...) que o fenómeno seja semelhante no benfica.

      mas o ponto principal não é esse - o ponto principal é o que se insinuou que estaria oculto ou escondido

      e isso, honra lhe seja feita, não foi o presidente do benfica que causou (pelo menos publicamente!), esse limitou-se a dizer aos jornalistas para andarem atentos às contas dos clubes

      SL

      Eliminar
    2. Independentemente do método de consolidação utilizado, as operações intra-grupo nunca são contabilizadas.

      Logo, para mim, o exercício do sar parece-me correcto.

      Eliminar
    3. Sar, a ideia com que fiquei sobre os números e igual à tua. Evidentemente que as coisas são muito mais complexas do que estas contas que andamos a fazer, mas em traços gerais não deverá fugir muito a isso.

      ROC tem hoje oportunidade de prestar um grande serviço aos sportinguistas. Espero que não a desperdice, e que vá bem preparado.

      Obrigado pelos dados que foste acrescentando à discussão, um abraço!

      Eliminar
    4. É isso, Koba. O ponto principal é que afinal os €300M não foram descobertos agora nem são informação privilegiada de ninguém. São números com quase um ano, e públicos.

      Fica a dúvida se existiu alguma concertação entre Vieira e alguns órgãos de comunicação social. Da mesma forma que o João Gabriel encomenda capas de jornal, não me parece impossível que possa também fazer pedidos aos jornalistas dos seus parceiros da Cofina para incluírem alguns comentários que suportem a sua narrativa.

      Eliminar
  4. Caro Mestre,

    sem dúvida um post bastante esclarecedor.

    eu trabalho na área da contabilidade, e analisando os elementos disponibilizados no post, não há qualquer dívida escondida. isto não é a Madeira e o famoso buraco, em que tinham faturas de fornecedores na gaveta, que não apareciam nas contas.

    os tais 300M euros: trata-se da uma mera aplicação de técnica contabilística (o método de equivalência patrimonial) referente às participações que o SCP (clube) tem nas outras empresas do grupo. No fundo o tal método de equivalência patrimonial, é a fazer a consolidação das contas numa linha.

    mas lá por o auditor não ter concordado com a aplicação dessa técnica contabilística nas contas do SCP clube (e por isso a reserva), isso não faz crescer a dívida do SCP como um todo (como por magia). isso são falácias de energúmenos.

    não há dúvida que o SCP deveria apresentar contas consolidadas, para evitar tais equívocos, e dúvidas nos sócios, no público e na comunicação social.

    Saudações Leoninas

    Jorge C.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O auditor deve ser do Benfica !!!!

      Eliminar
    2. Jorge, obrigado pelo input. É bom ter comentários de pessoas que percebem mais do assunto do que eu. Um abraço.

      Eliminar
  5. Este post é sem dúvida muito útil e se de facto o presidente do slb mentiu então porque não processá-lo por difamação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. chirola, o presidente do benfica referiu-se a uma reserva, que efetivamente está lá

      quem insinuou valores ocultos e escondidos foram os OCS

      obviamente que o que ele pretendia era precisamente provocar esta confusão toda, mas não afirmou que os valores estavam escondidos, afirmou que de acordo com reservas nas contas de certos clubes, o passivo do benfica não era o maior em Portugal

      e isso é factual

      já a atitude dos OCS é uma pura e simples vergonha

      Eliminar
    2. Eu fazia um comunicado sobre isso...

      Eliminar
    3. Chirola, o Vieira mandou a boca, e teve logo quem pegasse nas suas palavras para construir a história toda. Pena que o tenham feito pondo o enfoque no facto de serem informações descobertas recentemente e que ainda não eram do conhecimento público.

      Foi precisamente o "recente" e o "secreto" que me deixaram aterrorizado. Foi-se a ver e afinal....... nem recente, nem secreto.

      Concordo com o Koba, a OCS portou-se vergonhosamente. E fico à espera da próxima crónica de Pedro Santos Guerreiro para mais esclarecimentos.

      Um abraço.

      Eliminar
  6. Ainda bem que deslindamos este caso, por forma a informarmos imediatamente aqueles jornaleiros do Record....Manhas e Varelas ...é que custa me muito ver tantas rugas de preocupação naqueles focinhos de porco.... assim eles já podem ir a correr informar o patrão... o Orelhas de Carnide.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, ficou-lhes muito mal pedirem a intervenção da CMVM... Um abraço.

      Eliminar
  7. e preciso ver a imagem completa, ate porque e muito facil induzir em erro utilizando meias verdades.
    o anonimo contabilista, por exemplo, devia ir estudar o metodo de equivalencia patrimonial para nao dizer barbaridades.
    como e dito no post, nao se pode confundir passivo com divida.
    se os 300 milhoes sao verdadeiramente o que esta em causa podem ate nao ser a totalidade do problema. o MEP faz reflectir nas contas da socia a parte dos capitais proprios que detem na participada. Se o clube detiver 100% das sociedades em causa (que deve ser o caso directa e indirectamente) sao mesmo 300 milhoes , mas se, por exemplo, detiver 50% e os restantes 50% pertencerem a SAD o problema sao 600 milhoes de passivo.
    este passivo so se torna em divida se o clube quiser honrar os compromissos detidos nessas sociedades, o que, imagino, vai depender em muito das garantias prestadas aos respectivos credores. se nao pretender e essas sociedades falirem a participacao financeira do clube vale zero, que foi o que o clube preferiu reconhecer (sendo sociedades de responsabilidade limitada o socio nao tem que meter um centimo alem do capital social subscrito).
    sou sportinguista, socio apesar de viver a 2000 km do estadio, ja contribui para a operacao pavilhao em meu nome e dos meus filhos, mas se se trata da reserva dos auditores, faltam efectivamente 300 milhoes no passivo, retirando obviamente os saldos intra-grupo (cujas contas nao podem ser feitas como foram no post ou no comentario do sar)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. caro consocio a viver a 2000 km,

      obrigado pela dica do estudo do metodo de equivalencia patrimonial, pois tal nunca é demais.

      Não quis aqui contribuir para a desinformação, pelo contrario.

      eu estava a referir-me ao SCP como um todo (clube e sociedades participadas).
      e não apenas ao SCP clube.
      os procedimentos que referem estão absolutamente certos, mas isso é para o balanço do SCP clube.
      mas eu não me estava a referir ao clube, mas ao SCP como um todo. pois isso é que interessa, para percebermos as dívidas que existem para com terceiros (fora do grupo sporting).
      a intenção das noticias saídas a público foram tentar vender a ideia que o sporting tinha dívida escondida.
      mas com a informação publicada no post do mestre, fica-se com ideia que os 300M euros trata-se de uma mera aplicação da técnica contabilística do MEP nas contas do clube.
      é claro que só por isso as dívidas do SCP (como um TODO) a terceiros não crescem. penso que concorda com este aspeto.

      por isso referi em ultimo, que as apresentação e publicação de contas consolidadas do grupo SCP (clube e participadas) seria benéfico para disponibilizar melhor informação.

      é que assim para identificar as dívidas a terceiros do SCP como um todo, é bastante difícil, tendo que analisar os vários relatórios e contas das várias empresas do grupo SCP.

      Saudações Leoninas

      Jorge C.

      Eliminar
    2. Caro anónimo, acho que percebo o que o Jorge C. quis dizer. O Sporting (clube) até poderia assumir esses 300 milhões de prejuízos acumulados, mas do ponto de vista de consolidação não faz sentido -- porque esses 300 milhões já estão refletidos nas contas das outras sociedades do grupo como passivo (seja em dívida a bancos, a fornecedores, etc.). Somar esse 300 milhões ao passivo do grupo seria estarmos a considerar os valores duas vezes, o que obviamente não faz sentido.

      Jorge, se me enganei, esteja à vontade para o dizer. Um abraço.

      Eliminar
    3. Mestre é isso mesmo o quero dizer.
      mas falta aqui ter a certeza das dívidas de todas as empresas do grupo Sporting.
      dando bom o quadro do BdC, são 200/300 M e não 500

      mas faltam as contas consolidadas para confirmar.
      espero que o SCP venha confirmar brevemente

      SL

      Jorge c.

      Eliminar
    4. Jorge, é isso, o que está escrito neste post e comentários baseia-se nas informações conhecidas e não dispensa a consulta do prospecto (neste caso as contas consolidadas e oficiais). E, no meu caso, é a visão de um leigo. Obrigado pela ajuda e um abraço.

      Eliminar
    5. Caro Jorge, as minhas desculpas pela agressividade na minha resposta. nao era minha intencao mas escrever "ao correr da pena" redundou numa parvoice minha que aqui me penitencio.
      Caro Mestre, acho que nao me expliquei bem do ponto de vista tecnico o que torna mais dificil a compreensao do quadro total. Como a resposta seria muito longa vou preparar um email e enviar-lhe se puder ser. tem uma conta de e-mail para estas coisas, suponho.
      joao m.

      Eliminar
    6. João, pode escrever-me para donodocirco@gmail.com . Um abraço.

      Eliminar
  8. Numa simples verificação das contas do Sporting sad em períodos homólogos constata-se que o passivo total em 31-03-2013 é de 249 230 m€ enquanto que em 31-03-2014 o passivo total ascendia a 264 145 m€, o que representa uma subida de 14 915 m€ correspondente a um aumento de 5,98%.

    BdC, tal como os anteriores presidentes continua a enterrar o Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já no reino do ladrão há regularidade, é o mesmo que enterra à 30 anos.

      Tu que és adepto do Futebol Clube da Fruta, não tens umas bananas para ir apanhar? Vai lá ajudar o o Macaco Líder a estacionar o Porsche ou a Fernandinha a fazer as mudanças para a nova mansão na Foz.

      É importante os adeptos cuidarem do património do seu clube a ao fim ao cabo, quer um quer outro foram pagos pelo fcp.

      Eliminar
    2. A solução é fazer um depósito no Banif, de preferência na sucursal do Funchal.

      Eliminar
    3. Caro fruteiro,

      Como deve saber esse senhor foi posto a andar do SCP ainda antes da Justiça (não) funcionar. A maioria dos Sportinguistas envergonha-se desse senhor e dos actos que presumivelmente praticou enquanto funcionário do SCP.

      No seu clube, pelo contrário, tem uma casta de dirigentes comprovadamente corruptos, para além de reconhecidos proxenetas, que os seus consócios elegem ininterruptamente há 30 anos. Elevaram a dinastia um conjunto de criminosos, que glorificados por sócios e adeptos, se confundem com o clube e que constituem uma mancha de vergonha que nunca poderão apagar.

      Tenha vergonha na cara.

      Eliminar
    4. O post é sobre o passivo do Sporting, da sad, pois o clube não tem divulgado publicamente as suas contas.

      No Sporting sad depois duma época estrondosa (embora sem qualquer título) e com vendas fantásticas de Bruma e Ilori, além de outras menores e com custos financeiros relativamente baixos, pois o seu resultado financeiro em 31-03-2013 foi de (5 031 m€) enquanto que em 31-03-2014 foi de (2 810 m€), o passivo total do Sporting sad continua a aumentar e ainda, BdC tem a distinta "lata" de pedir dinheiro aos sócios para a "Operação Pavilhão" sem qualquer outro esclarecimento sobre isso.

      Eliminar
    5. Em relação ao caro anónimo das 16:28, subscrevo o que escreveu o Sar. PPC saiu do Sporting passado um mês após esses atos vergonhosos, que envergonham quase todos os sportinguistas. A direção do Porto, depois de tudo o que se descobriu, foi reeleita várias vezes.

      Eliminar
    6. Luís Miguel, a missão pavilhão não tem nada a ver com a SAD. Isso foi explicado e percebe-se perfeitamente. Já contribuí com a minha parte.

      Em relação ao resto, é notável a inversão do rumo do clube num espaço de tempo tão curto sem perda de competitividade desportiva. O clube ainda não tem lucros operacionais sem transferências de jogadores? Claro que não. E então e o Porto. Já viste os resultados operacionais do Porto sem transferências de jogadores? Eu digo: prejuízo de €18M.

      Eliminar
    7. Mestre de Cerimónias, sei perfeitamente que o Pavilhão não tem nada a ver com a sad mas voltando às questões que anteriormente referi aqui:

      http://oartistadodia.blogspot.pt/2014/05/videos-que-nao-fizeram-historia-pedidos.html#comment-form

      "Onde vai ser construído o novo pavilhão? Quando vai ser construído o novo pavilhão? Qual a sua capacidade? Já existe projecto aprovado? Qual o seu custo de construção orçamentado? Qual é o custo de manutenção? Qual o plano de financiamento? Quais são as contas do Sporting - clube?

      Acho que nada disto foi referido pela direcção do Sporting e é lamentável que venham pedir dinheiro num período difícil para as famílias sem nada disto aprovado."


      Vejamos:

      Se fosse alguém ou uma instituição a pedir dinheiro com determinados objectivos que depois o dinheiro não fosse utilizado para esse fim, seria considerado uma burla.

      Se no Sporting nem sequer há um projecto definido, nem se sabe o local nem quando se irá começar essa construção, nem sequer se sabe nada sobre o dito Pavilhão, será que não existe uma verdadeira burla efectuada pelos dirigentes do Sporting?

      Deixo a questão, que julgo pertinente, para alguém, de preferência "expert" em Direito dar a sua opinião.

      Eliminar
    8. Luís Miguel, sobre o pavilhão já há respostas para algumas dessas (pertinentes) perguntas. Para mim, enquanto sportinguista, é suficiente.

      https://missaopavilhao.pt/index.php/faqs

      Eliminar
    9. O passivo entretanto teve um aumento previsto nos esclarecimentos acerca da reestruturação financeira e plano financeiro a curto prazo, tudo isso foi devidamente explicado aos sócios em AG. Além de operações resultantes da reestruturação, isso também acontece porque o Sporting não pôde deixar de honrar compromissos estabelecidos por direcções anteriores, sem manter as suas equipas com um mínimo de competitividade, não podendo por isso baixar ainda mais drasticamente os vários orçamentos.

      Querer pegar nisso para tentar dizer que a actual direcção enterrou alguma coisa, apenas por estar a cumprir aquilo que foi dito em Assembleias Gerais e oportunamente esclarecido aos sócios (sendo que uma importante parte tem como base operações iniciais da reestruturação), é de uma desonestidade intelectual sem limites.

      Duvido muito que o Luís seja Sportinguista, ou então não está minimamente informado acerca do estado financeiro do Sporting e do plano definido pela actual direcção e devidamente explicado aos sócios em AG.

      Se efectivamente for adepto de outro clube, então já percebo a sua intenção, porque andar a tentar levantar problemas nas casas dos outros, até pode ser encarado como "passatempo".

      Eliminar
    10. O Luís Miguel é um portista muito "preocupado" com o Sporting, particularmente com a recuperação do Sporting. Até se preocupa com o dinheiro dos sportinguistas, não vá o clube conseguir construir um pavilhão sem se endividar muito. Faço votos de que ele continue cada vez mais preocupado, porque é muito bom sinal.

      Eliminar
    11. Como é evidente, o crescimento do passivo do Sporting no último ano, por si só, não significa absolutamente nada. Não se cortam custos de um dia para o outro. Durante meses o Sporting também continuou a ter que pagar salários a Jeffrens, Elias, Labyads. Os (infelizmente) despedimentos foram graduais. O aumento de assistências do estádio só se concretizou a partir de agosto. Não houve competições europeias.

      O que foi feito pela direção do Sporting, atendendo a estas condicionantes, foi absolutamente extraordinário. Basta olhar para a diferença de resultados na ordem dos €30M para perceber isso.

      Eliminar
    12. Só para esclarecer um ponto, a minha "preocupação" não é exactamente o Sporting, mas sim o "autismo" de muitos sportinguistas em relação às demonstrações financeiras do Sporting sad evidenciam.

      Mestre de Cerimónias, como evidenciam as contas do FCPORTO SAD, normalmente só conseguem diminuir o passivo com as transferências de jogadores, mas o FCPORTO SAD tem vindo a trabalhar no sentido de reduzir essa dependência, já o Sporting, nem com as vendas de Bruma, Ilori e outras se conseguiu reduzir o passivo.

      Eliminar
    13. O Luís Miguel continua a não entender. O Sporting tem uma direcção empossada há um ano, não ganha o campeonato há doze anos e não ia à Liga dos Campeões há seis anos. Qual é a desculpa do Porto, com mais de 30 anos de Pinto da Costa, não sei quantos campeonatos e participações seguidas na Champions? As nossas "demonstrações financeiras" são más por causa da incompetência e do insucesso desportivo. A haver autismo é da parte dos portistas, porque quando o "padrinho" se finar, nem guito, nem títulos.

      Eliminar
    14. Luís Miguel, com as vendas de Bruma e Ilori o Sporting está a dar lucro. O Porto, com as vendas de Otamendi e Atsu (que atiram para os mesmos valores totais) está a ter um prejuízo monumental.

      Os capitais próprios do Porto estão a diminuir a olhos vistos, a ponto de já estarem bastante negativos. O passivo até pode descer, mas se os ativos descerem mais (que foi que aconteceu este trimestre) o balanço é mau.

      E assino por baixo as palavras do anónimo das 16h18. Sem vendas fabulosas o Porto tem prejuízos, porque as receitas operacionais estão longe de cobrir os custos operacionais e financeiros. Como é possível que encaixando centenas de milhões de euros nos últimos anos o Porto não esteja numa situação melhor?

      Eliminar
    15. Mas lá está, é evidente, mas muito evidente que as demonstrações financeiras do FCPORTO SAD são muito melhores que as dos seus dois principais adversários internos.

      Só não reconhece isto quem não o quer reconhecer, é aquilo que se chama de "autismo clubístico".

      Que as contas do FCPORTO SAD, poderiam ser melhores, isso também é óbvio, mas estão a caminhar na direcção correcta.

      Eliminar
  9. Só pergunto é porque enfiaram a carapuça se o LFV não disse quem era o clube... apenas disse que havia um com maior passivo, e para os jornalistas irem investigar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eles como cães amestrados foram. Foi é uma investigação, como dizer, à vontade do dono...
      É pena é não tirem ido investigar as mentiras que esse senhor LFV disse em directo e ao vivo.

      Recordo-lhe:
      -O passivo tem vindo a descer (LOL).
      -O slb tem capitais próprios positivos (LOL).
      -A benficaTV tem 30M€ de receita quando lhe perguntaram pelos lucros.
      -Desmentiu um comunicado da SAD à cmvm onde referia a oferta de 22M€/ano da Olivedesportos (ou a SAD mentiu à cmvm ou o aldrabão aldrabou novamente).

      Eliminar
    2. Caro anónimo, o Porto pode ter muitos problemas estruturais, mas a verdade é que tem de longe as contas mais saudáveis dos três grandes. É claro que a continuar assim, daqui a 3 ou 4 anos (se os resultados desportivos não melhorarem) estarão metidos num buraco idêntico.

      Por isso parece evidente a todos que Vieira se referia ao Sporting. Aliás, os posts de hoje de Rui Gomes da Silva no facebook confirmam isso mesmo.

      Um abraço.

      Eliminar
    3. Tem as contas mais equilibradas? Compare despesas e proveitos operacionais sem transferências, e com transferências (ou também vai na conversa do falta entrar a venda deste e daquele? porque nas contas do FCP falta sempre entrar algo, sair é que nunca falta, dá a impressão que o porto paga a pronto e é pago a prestações durante 5 anos. Além de que contabilisticamente as verbas já entram nas contas)... Compare os capitais próprios (diferença passivo vs ativo)... Compare tudo o que é incluído nos relatórios (tal como no Sporting há empresas do grupo que não aparecem).

      Eliminar
  10. Qualquer entrevista de Bruno ou PC apanho pelo menos 5 mentiras descaradas , posto isto

    - O Passivo nas contas de sexta , as ultimas , baixou, logo verdade
    - Já só faltam 7 milhões , pelas contas da ultima sexta , com ultimo trimestre , talvez
    - continuem a malhar na Benfica TV que agradecemos
    - Desmentiu a afirmação do jornalista sobre 23/ano quando o comunicado foi 22 - verdade

    mas podemos continuar na cuspidela para o ar , ou á procura no mapa da Verdade , mas enfim o clubismo é assim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, o passivo do Benfica baixou pela primeira vez neste trimestre. Não vem baixando como disse Vieira. Mas também era só o que faltava se não baixasse, depois de venderem €70M em jogadores (pelo menos em teoria). :)

      Mas a verdade é que o passivo baixou mesmo, e não o podemos negar. Vamos ver se esse continuará a ser o caminho, ou se foi apenas circunstancial em função do encaixe conseguido.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Podia não ter baixado e ter optado por apresentar um lucro maior e re-investir esse lucro...

      Eliminar
    3. Caro anónimo, quer guardasse o dinheiro recebido nos bancos, quer o usasse para abater passivo, o resultado (lucro ou prejuízo) seria o mesmo. Se o reinvestisse (gastando na aquisição de jogadores ou na construção de infra-estruturas) o lucro seria menor. Se não me fiz entender diga. Um abraço.

      Eliminar
  11. Meus caros sportinguistas, o que é verdadeiramente interessante é porque é que a lampionagem anda a levantar esta "lebre".O Sporting tem em curso uma auditoria de gestão, cujos resultados devem ser conhecidos em breve. A reestruturação também está por semanas. Logo, quem está com dúvidas brevemente poderá ser esclarecido.

    Já o enfique é outra estória e o que é cómico é o facto que criaram sobre o passivo do Sporting, numa altura em que o Sporting nem está nas notícias, o que significa que eles precisam disso para desviar as atenções de alguma coisa, ou justificar alguma coisa. Estejam atentos às NOTÍCIAS. Notícias sobre o sistema financeiro português, nomeadamente sobre o BES e quem vai substituir Ricardo Salgado. Se calhar por se estar a acabar a mama é que o enfique está a escabrear tanto, pois vai certamente levar um aperto, e bem forte, se o maior acionista do BES, que é estrangeiro e está-se cagando para o futebol português, vier a reforçar o peso na gestão por via do reforço de capital. Brevemente vamos ouvir falar noutra reestruturação financeira, ainda mais mediática. Depois venham cá falar em andar de cara lavada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdão, o maior acionista do BES ainda é a família Espírito Santo, por pouco. Mas vai deixar de o ser. Este é que é o busílis da questão. Ainda bem que nós fechámos este dossier o ano passado.

      Eliminar
    2. Caro anónimo, Rui Gomes da Silva já diz no facebook que quer o mesmo tratamento que o Sporting teve. Parece cada vez mais óbvio para todos que o Benfica quer o tal perdão de dívida que supostamente o Sporting terá direito. Um abraço.

      Eliminar
    3. Ele que diga porque é que precisa de um perdão de dívida. É preciso insistir nisto, Mestre e não largar os gajos. O que é que eles estão a esconder? Não se pode andar a fazer figura de rico e pedir perdão de dívida ao mesmo tempo!

      Eliminar
    4. Ora bem, a questão é mesmo essa. Se as contas são assim tão saudáveis, se o passivo é assim tão fácil de gerir, qual é a necessidade?

      Eliminar
    5. Não é difícil de explicar... você na sua empresa até pode ter lucro todos os meses no entanto tem uns investimentos (divida) para pagar... e vê um concorrente no negócio que tem menos lucro que você e mais divida que você ter facilidades de pagamento que você não tem. o que faz? diz.. eu vou pagar como tenho acordado e sujeito-me a concorrência desleal do meu adversário, ou não, se ele tem condições especiais porque isto está difícil eu também tenho de ter? escolha!
      Não se trata de ter boas contas ou não, trata-se de se os outros podem pagar dividas de forma mais vantajosa para eles, nós também devemos poder pagar a nossa divida dessa mesma forma.

      Eliminar
    6. Ai sim? E ao mesmo tempo que quer pagar a dívida como o SCP está disposto a reduzir o orçamento do futebol em 1/3 num ano? Está disposto a reduzir os orçamentos das modalidades 40% de um ano para o outro? Está disposto a proceder a despedimentos? Ou só quer as benesses?

      Falando em concorrência desleal, o SCP alguma vez teve a possibilidade de pagar dívidas ao estado com acções não cotadas em bolsa? A RTP alguma vez adiantou dinheiro para se ir comprar um jogador (Futre)? A CGD, banco público, alguma vez patrocinou infraestruturas do SCP como o dragão caixa e o centro do seixal?

      Eliminar
    7. Caro anónimo, eu compreendo o argumento da "concorrência desleal". No entanto, há dois fatores que ajudam a moralizar esta situação:

      1. É um acordo efetuado apenas entre entidades privadas, cada qual a defender os seus interesses (da mesma forma que não posso criticar que a Sagres decida pagar mais de patrocínio ao Benfica e não ter feito o mesmo ao Sporting)

      2. O Sporting teve que fazer um ajuste brutal à sua forma de viver, com decisões extremamente difíceis que diminuíram enormemente a sua capacidade de poder competir de igual para igual com os seus rivais; o facto de por acaso o Sporting ter aumentado a sua competitividade em relação ao ano anterior foi fruto do péssimo trabalho desportivo que se fazia antes, e do ótimo trabalho que se passou a fazer depois

      Claro que fica aquela sensação de premiar quem geriu pior. É parcialmente verdade. Foi uma solução espoletada pela péssima gestão dos anos anteriores, mas não pode ser encarado como prémio -- quanto muito é uma oportunidade que os bancos nos deram de voltar a ter contas mais saudáveis, a troco do compromisso de mudança de vida.

      Um abraço.

      Eliminar
  12. O Sporting não teve nenhum perdão de divida.
    Os bancos não têm capacidade para financiar a longo prazo os gastos astronómicos do futebol. Sabendo disto e querendo continuar a gastar (ou investir, como quiserem) à grande, o esselbê já está a preparar terreno ou para continuar a politica gastadora ou em alternativa um perdão de divida utilizando o Sporting. Os bancos são empresas privadas. Dão crédito a quem quiserem e perdoam a quem quiserem (Já a CGD é diferente pois é estatal). Se não fosse assim, como a Adidas firmou contrato com o slb por cerca de 10 milhões de euros, agora o Sporting e o fcp também queriam tratamento igual e "exigiriam" à Adidas 10 milhões!...Dá vontade de rir esta forma dos lampiões pensarem. Se uma empresa privada lhes dá milhões tudo bem. E não dizem agora têm que dar o mesmo aos outros...Mas se outra empresa privada renegoceia uma divida com outro clube eles querem logo tratamento igual. Nós sportinguistas não sabemos das negociações do slb com os bancos (empréstimos, obrigações, prazos, taxas de juro,etc.) nem temos de saber, nem nos interessa (pelo menos a mim não). É um problema do slb e das empresas privadas bancárias. E assim deverá ser com o Sporting Clube de Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, tanto quanto sei os bancos não estão a cobrar juros ao Sporting. Essa é uma vantagem importante, mas que, como muito bem diz, é um acordo entre empresas privadas. (outro exemplo: o Sporting mudou para a Super Bock porque a Sagres não quis dar as mesmas condições que deu ao Benfica)

      Na reestruturação, há um grande valor de dívida bancária que será convertida em VMOC's. Isso também não é perdão de nada, pois se o Sporting não pagar pode ficar sem posição maioritária da SAD.

      E acima de tudo, foi necessário uma redução brutal de custos.

      O Sporting está de facto a ter um tratamento diferente, mas a troco de medidas brutais que o Benfica não parece disposto a fazer.

      Um abraço.

      Eliminar
  13. Caro Mestre
    Os bancos como se costuma dizer "não dão ponto sem nó", eles quase nunca ficam a perder. O Sporting não está a ter um tratamento diferente, basta ver o baixíssimo orçamento, os despedimentos, a redução de salários, a redução de custos em geral que levam quase ao estrangulamento do clube. Tratamento diferente têm tido outros e querem continuar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente, caro anónimo. Podemos ver as coisas sob outro ponto de vista: a torneira do crédito incondicional fechou-se para o Sporting e manteve-se mais aberta para os outros. Um abraço.

      Eliminar
  14. Caro Mestre, convido-o a ver o programa da Tvi24 "Prolongamento", iniciado ontem às 22h 42 m, se tiver Box, ou hoje (em repetição) às 02h 32m. Aí aconselho-o a ouvir a opinião de Manuel Serrão sobre parte da entrevista de lfv e verá com certeza uma opinião sui generis e que eu partilho. Grosso modo o que ele diz é que há uma conjugação de esforços ente lampiões e andrades (as cúpulas, não os adeptos!!!) para afastarem o Sporting dos lugares da frente, logo da Champions, logo do dinheiro...Admirado? Convém ouvir e ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Serrão disse o que toda a gente já sabe. Ou não esteve atento ao que se passou na última época? Não viu a conjugação de esforços dos media afectos a porcos e lampiões?

      Eliminar
    2. Caro anónimo, ainda não tive oportunidade de ver o Prolongamento, mas hei-de ver. Parece-me interessante que essas palavras saiam da boca de um portista. Pode-se dizer o que se queira de Manuel Serrão, mas na minha opinião é o mais independente dos comentadores portistas em relação à direção do seu clube. Obrigado pela chamada de atenção. Um abraço.

      Eliminar
    3. Caro(s) anónimo das 00:36 e caro Mestre, a única vez em que comprovadamente alguém tentou fazer isso meteu o Roquette eo Pinto da Costa, levando à indignação pública do SENHOR João Rocha.

      Tentaram, nos corredores e salões, criar uma rede para afastar o SLB dos 2 primeiros lugares e consequentemente da LC. Isto é factual e relatado em público entre outros pelo próprio João Rocha que diz nem querer acreditar quando ouviu aquilo.

      O resto por agora parece-me totalmente conspirativo.

      Bem hajam,

      Eliminar
    4. Caro anónimo, é uma teoria da conspiração que se baseia em atitudes perfeitamente reais e comprovadas dos dirigentes e representantes de Benfica e Porto nos últimos anos. Eu acredito plenamente nela.

      Um abraço.

      Eliminar
  15. Um tripeiro preocupado com a construção do pavilhão do Sporting...
    Depois de um presidente preocupado com as contas do Sporting, temos mais uma novidade.
    Tanto incómodo que BdC provoca a esta gentinha...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José, acho genuinamente que é bom que os nossos rivais discutam as nossas contas. É sinal que o Sporting conta novamente para o totobola. Se não se preocupassem connosco é que seria mau sinal... Um abraço.

      Eliminar
  16. Primeiro: os jornalistas de grupo Cofina são do género de Étienne Lousteau e Andoche Finot.
    Cuidado, o melhor é nem ler, mas, a ler, que seja para vislumbrar as segundas intenções e ao serviço de quem estão.
    O PSG, apesar da transferência para o Expresso, tem a escola da Cofina. Logo, devemos duvidar sempre e não nos deixarmos iludir com o estilo de prosa poética que de vez em quando gosta de aplicar nos seus artigos.

    Segundo: reestruturações ou renegociações das condições financeiras é o pão nosso de cada dia no mundo dos negócios e só de concorrentes aflitos e com as calças na mão é que poderão vir insinuações tão virulentas como as que têm vindo do lado dos lã-piões.

    Não lhes devemos dar mais do que a importância que merecem - nenhuma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Migas, não sabia que o PSG tinha passado para o Expresso. Pensava que ainda estava no Negócios. Isso explica por que motivo foi o Expresso a fazer a tal notícia...

      Um abraço.

      Eliminar
  17. Pessoal,
    Então segundo o Expresso o sporting tem um passivo de 200 M€ e as empresas tem um passivo de 300M€ dai se chegar aos 500m€. Quando as contas tiverem consolidadas será mais ou menos este o valor real do grupo sporting...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, o que o Expresso diz é que se o Sporting (clube) assumisse os passivos acumulados das empresas do grupo, o passivo do Sporting (clube) subiria para €500M. Mas no âmbito de contas consolidadas, todas as transações entre clube e empresas do grupo são retiradas (pois estaríamos a duplicar passivo). Como tal, essa reserva de €300M acaba por não fazer diferença, pois não é para considerar.

      Eliminar
  18. O LFV disse que havia um clube que tinha um passivo maior, e que no dele apresentam contas consolidadas. Eu acho que o LVP não sabe o que são contas consolidadas, mas que acha que significa que são contas em que está tudo bem, tudo sólido, talvez? Dos 3 grandes, parece-me que o Sporting começou primeiro aquilo que os outros dois farão, sendo que o Benfica é o que está em pior situação. Bem podem dizer que têm não sei quantos milhões de adeptos e não sei quantos sócios e isto e aquilo, mas quando se olha para os números não há volta a dar. Já estão mais que falidos. A aldrabice das vendas do Rodrigo e do André Gomes a juntar-se à aldrabice da venda do Roberto é sinal que já estão a começar a sentir o aperto (já vendem e compram em slbcoins). Falta só saber quanto tempo falta para a imitação da conferência de imprensa do Sócrates em 2011 (vem ai o FMI). O Sporting estava com Soares Franco no caminho certo. Os benfiquistas diziam que o Sporting era amigo do Porto e que não ganhava nada, só ia à champions. Depressa os Sportinguistas escolheram outro caminho, o caminho do Bettencourt e do Godinho, "o caminho do crescimento". Acho que foi uma decisão errada dos sócios, e neste momento não acredito que seja possível reverter essa situação. O Porto é o que está na situação menos má. Ainda assim tenho muitas dúvidas que consiga evitar fazer aquilo que o Sporting está a fazer: reestruturação financeira e diminuição dos custos com a estrutura do futebol para metade ou 1/3.
    Adepto do FCPorto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge, acho que fez um excelente resumo da situação. Apenas não concordo totalmente com a afirmação de Soares Franco: o rumo era bom, sem dúvida, mas devia conseguir transparecer mais ambição -- sem subir custos de forma irresponsável, claro. Quatro 2ºs lugares neste momento pode parecer muito bom, agora que sabemos aquilo por que o Sporting passou depois, mas o clube não se pode acomodar a ser sempre o primeiro dos últimos.

      Também me parece que Benfica e Porto terão que mudar de vida. A questão é se se aperceberão a tempo e consigam reorganizar-se segundo os seus termos, ou se serão forçados como o Sporting a cortes arrasadores.

      Faz-me confusão, acima de tudo, não haver qualquer tipo de admissão de que a vida está difícil para todos.

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar