segunda-feira, 14 de julho de 2014

José Manuel Ribeiro, o destruidor de fantasias


Via twitter Super Sporting

No passado dia 5, o diretor do jornal O Jogo, José Manuel Ribeiro, escreveu este artigo sobre o fim da aposta na formação por parte do Sporting desde que Bruno de Carvalho chegou à presidência do clube. Trata-se de ideia uma partilhada por outros opinion makers da nossa praça, que parte do raciocínio de que as contratações feitas pelo Sporting de jogadores entre os 18 e os 21 anos provenientes de outros campeonatos significam indubitavelmente o fim da aposta nos produtos da academia de Alcochete.

Centrando-me no fim das fantasias sportinguistas decretadas por José Manuel Ribeiro, penso que este artigo tem uma série de omissões e conclusões enviesadas que deviam envergonhar o seu autor.

O Sporting sempre foi e continua a ser um clube com uma forte cultura formadora. A aposta em jovens da formação conheceu o seu ponto mais significativo no 2º semestre de 2012/13, provocada por uma política desportiva e financeira que colocou o clube à beira do colapso. Jesualdo Ferreira acabou por apostar a meio da época num número anormalmente alto de jovens da equipa B como Dier, Ilori, Bruma, Pedro Mendes ou Fokobo, entre outros. Foi acima de tudo uma situação ditada pelo desespero.

Como é evidente, seria realisticamente impossível manter este nível de lançamento de jogadores da formação (em quantidade e qualidade) nos anos subsequentes, em que a urgência para elevar os níveis competitivos do plantel e a obrigatoriedade de reduzir drasticamente o orçamento para o futebol limitam enormemente as opções de quem tem que fazer o planeamento de toda uma época.

Mesmo assim, José Manuel Ribeiro parece esquecer-se que na época passada (a primeira do "projeto de Bruno de Carvalho"), o Sporting integrou no seu plantel Wilson Eduardo, William Carvalho, Carlos Mané e Rúben Semedo. Quatro jogadores da academia, dos quais três tiveram uma utilização considerável ao longo da época. Rúben Semedo só não foi utilizado porque Leonardo Jardim nunca teve necessidade de recorrer ao 4º central do plantel, numa época curta em que não ocorreram casos de indisponibilidade simultânea de Rojo, Maurício ou Dier. Estes quatro jogadores da academia juntaram-se a Rui Patrício, Cédric Soares, Eric Dier, Adrien Silva e André Martins, que transitaram do plantel da época anterior.

Este ano é certa a integração de João Mário, com outros jogadores à espreita de oportunidades. No sábado vimos em campo Mica Pinto e Tobias Figueiredo, e não é descabido imaginar que Marco Silva possa dar oportunidades a Esgaio, Wallyson, Iuri ou Chaby, para não falar noutros jogadores. E se não for este ano, é bem possível que venham a ser apostas no próxima época caso tenham oportunidade de rodar com sucesso noutros clubes de primeira divisão.

O facto de o Sporting realizar sete contratações com uma reduzida média de idades está longe de significar o fim da aposta na formação. O Sporting não tem condições para disputar jogadores feitos de qualidade totalmente comprovada, pelo que tem que apostar em figuras de campeonatos secundários. Se forem novos, com elevada margem de progressão, e capazes de acrescentar valor no imediato, tanto melhor.

É normal que o clube reforce o seu plantel atendendo ao aumento de exigência da época que aí vem, tal como TODOS os comentadores desportivos têm vindo repetidamente a anunciar desde que o Sporting garantiu o apuramento direto para a Liga dos Campeões. Virem agora apontar o dedo à falta de aposta na formação é uma hipocrisia, principalmente quando é evidente que isso nem sequer corresponde à realidade.

O Sporting compete no campeonato português e não pode ignorar o que os seus rivais fazem. Tenho a certeza que o Sporting apostará ainda mais na formação quando Benfica e Porto começarem a fazer o mesmo. O Porto, ao contratar 60% do passe de Adrián por €11M, não estará a retirar espaço a Gonçalo Paciência? O Sporting não pode competir contra isto com jovens saídos da equipa B - precisa de procurar jogadores feitos ou com potencial, mas com mais experiência, sendo obrigado a procurá-los em mercados menos inflacionados devido às conhecidas restrições orçamentais.

Vergonha deviam ter Benfica e Porto, que têm tido nos últimos anos plantéis ultra-competitivos e carregados de jogadores com enorme experiência, por não reservarem espaço para que 2 ou 3 jogadores da sua formação possam desenvolver-se no convívio diário com os Jacksons, os Enzos, os Fernandos, os Aimares, os Luchos e os Luisões, e terem hipóteses de serem lançados de forma gradual na equipa principal.

Já é um acontecimento rotineiro o jornal O Jogo, e em particular o seu diretor, José Manuel Ribeiro, escrever peças de opinião sobre o Sporting carregadas de sarcasmo, que visam ridicularizar, provocar e diminuir dirigentes, treinadores, jogadores e adeptos, ao mesmo tempo que faz tudo para afagar o ego dos adeptos portistas.

Independentemente disso, há uma coisa em que os crédulos adeptos sportinguistas levam de vantagem em relação a José Manuel Ribeiro: é mais provável que surja um novo Ronaldo debaixo de um tufo de relva da academia de Alcochete do que algum dia O Jogo vir um dia ser uma publicação séria. Quem fabrica dois jogadores que chegam a Bola de Ouro, pode perfeitamente um dia vir a fabricar um terceiro. Gente que aceita estar durante anos a fio ao serviço do Porto como um canal oficioso de propaganda, dificilmente conseguirá fazer do jornal aquilo que qualquer órgão de comunicação social deveria ser.

27 comentários :

  1. "O Jogo" é um jornal? Não sabia.

    ResponderEliminar
  2. "Vergonha deviam ter Benfica e Porto, que têm tido nos últimos anos plantéis ultra-competitivos e carregados de jogadores com enorme experiência, por não reservarem espaço para que 2 ou 3 jogadores da sua formação possam desenvolver-se no convívio diário com os Jacksons, os Enzos, os Fernandos, os Aimares, os Luchos e os Luisões, e terem hipóteses de serem lançados de forma gradual na equipa principal."

    No FCPORTO não se dão oportunidades aos jovens, porque são os jovens que as têm que as merecer e conquistar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Principalmente porque não dão comissões.

      Eliminar
    2. Luís Miguel, quer dizer que nos últimos 5 anos a vossa formação não deu ninguém com um mínimo de potencial? O que é que andam lá a fazer?

      Eliminar
    3. NAC, Candeias, Steven Vitória, Bura, Paulo Machado, Vieirinha, Josué, Bruno Gama, Hélder barbosa, André Pinto, Rui Pedro, Ivanildo, Pedro Moreira, Castro, Ivo Pinto, Ricardo Dias, João Ribeiro, Bruno Vale, David Bruno, Sérgio Oliveira, Rabiola, Ukra, Atsu, Yero, Ventura, Abdoulaye (isto só assim de memória).

      Tozé, Gonçalo, André Silva, Ivo Rodrigues, Rafa, Mikel, Podstawski, Tiago Ferreira (ainda agora rendeu 300 mil euros por 50% do passe, mais opção de recompra)

      Trabalha-se muito e bem no FCPORTO.

      Já o Sporting anda a deixar fugir muitos Cassamás e ainda agora deixou fugir o filho do Quinzinho pró Guimarães B (têm que pagar mais).

      Eliminar
    4. So' assim de memoria vejo apenas 3 jogadores que chegaram 'a seleccao nacional (e sim, estou a contar com o Josue'..) Ja' jogadores que chegaram a equioas de topo no estrangeiro... zero. E o Puyol portugues so' rendeu 300 mil euros? Assim de memoria, o ultimo central da formacao que vendemos rendeu 7,5 Milhoes e ainda ficamos com 25% de uma furtura transferencia

      Eliminar
    5. Presumo que o FCPORTO não forme jogadores para a selecção mas sim para servir os seus próprios interesses.

      Tiago Ferreira ainda poderá render muito ao FCPORTO, tanto a nível desportivo como a nível financeiro, pois tem % do passe mais a opção de recompra, já o outro é praticamente certo não depende mais do Sporting e esses eventuais 25% só haverá em caso de transferência futura, pois o jogador pode não ser transferido (renovando ou saindo por zero).

      De qualquer maneira, muitos jogadores por mim citados, já contribuíram para títulos do FCPORTO.

      Eliminar
    6. Pois...quando se começa uma lista pelo Nuno André Coelho está tudo dito.
      A não ser que estejamos a falar de flops.

      Em relação à contribuição de jogadores para titulos, queria só lembrar que feras do calibre de um Gisvi, Paito, Santamaria, Diogo, Lourenço, Vasco Faisca, Fumo e Viveros também contribuiram para titulos do Sporting. :-D

      Eliminar
    7. Essa gente não precisa de formação, pá. A formação do Porto é comprar árbitros. Eles são corruptos, não são mais nada. Como é que o Pinto conseguiu ganhar o que ganhou? Com corrupção, e nada mais!
      Representam tudo o que há de mau. Ainda percebo os portuenses que apoiam o Porto, mas o resto não dá para perceber. São do clube que ganha com corrupção! Sentem-se representados por essa miséria de clube.
      Felizmente Porto há-de voltar a meio da tabela, porque o Pinto está quase a morrer e com ele as manhas que o tornaram venerável para esses pacóvios adeptos.

      Eliminar
    8. Luís Miguel, de todos esses jogadores só chegaram a ser utilizados na equipa principal do Porto com alguma regularidade o Abdoulaye (numa integração desastrosa) e o Josué (que foi recomprado ao Paços). Se é para isto que têm formação, mais vale não gastarem recursos que podiam ser utilizados para comprar mais um espanhol ou colombiano...

      Eliminar
    9. O FCPORTO não faz da formação nenhuma prioridade, a prioridade é a conquista de vitórias e títulos. A formação existe por motivos legais e serve de complemento à prospecção de jogadores.

      Já o Sporting sempre disse que a formação seria uma forte aposta e isso está a falhar nesta segunda época de BdC. Apregoam uma coisa e actuam de forma diferente.

      Eliminar
    10. Ora cá está o membro honorário deste blog a debitar mais uma qtd de parvoíces. Mt gosto em vê-lo sp atento ao universo Sporting. :)

      Tal como até um relógio errado está errado 2 vezes por dia, eis que finalmete este tripeiro diz alguma coisa certa!
      "A formação existe por motivos legais e serve de complemento à prospecção de jogadores."

      A primeira parte acredito, a segunda deveria ser "serve como munição nos negócios corruptos e tráfico de influência feito deliberadamente pelo fcporco com clubes do sistema."
      Se não fosse a formação, que moeda ofereceriam de troca aos Boavistas e académicas deste campeonato?

      Aquele abraço LM e volte sempre que uma gargalhada faz sp bem e você oferece muitas...

      P.S. - Especial apreço por aquela lista, que rivaliza com os lampiões (hélio roque, joao coimbra, toy, miguel vitor, etc.). Todos juntos não devem ter jogado mais de 15 jogos na equipa A. Parabéns!

      Eliminar
  3. Jovens Portugueses.... já os argentinos, mexicanos, brasileiro................... etc

    ResponderEliminar
  4. Tudo ser para atacar a direcção do SCP, portanto nada de novo.

    Este Jogo ao invés de perguntar porquê que Adrien, Cedric e Mané não têm lugar na selecção, pergunta por Quaresma, tristeza.

    Estes jogadores do SCP já naceram mais de dez vezes para jogar na equipa principal.

    Equipa essa que tem 8 a 9 elementos da formação tentos como o Barça e Bayern e mais do que o Borussia.

    Como se vê o SCP aposta realmente na formação e é o único a faze-lo como deve ser em Portugal.

    Esta equipa constiuida por 60% de portugueses até deveria ser mais protegida pela arbitragem nacional, no entanto os camiões de estageiros é que são protejidos, deve ser para não ficaram mal vistos no estrangeiro.

    Já agora apostar na formação deve ser ter um camião de brasileiros e outro de espanhois para 2014/15?

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Green Lantern, nem peço tratamento privilegiado, bastava-me que fosse igual aos restantes... :)

      A verdade é que o futebol português e quem gravita à sua volta não merece o que o Sporting tem feito por si. Cambada de ingratos.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. É esta gente que me faz acreditar no mérito da teoria do Superleão. Felizmente as coisas vão mudar com o Bruno de Carvalho.

      Eliminar
  5. Se a inveja cheirasse a trampa, este gajo era uma ETAR ambulante !!!!
    E há quem compre jornais para ler estas diarreias ??? estou mesmo ultrapassado. Meu rico "crime " e "incrível!. Eram mais realistas que este pasquim !!!! Tenho pena da malta adepta do FCP por terem de levar com estes merdas no jornal mais identificado com o seu clube!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os portistas devem gostar, senão ninguém comprava... :)

      Eliminar
  6. Esse 'emissário' do corrupto mor (pinto da costa) revela toda uma patologia que se revela crónica...

    Ele padece de Epicondilite(*) ou epicondilite lateral é uma inflamação dos tendões do cotovelo, que atinge principalmente os músculos extensores do punho e dos dedos.
    Recomenda se repouso e tratamento com pomadas anti inflamatórias. Em iltimo caso correção cirúrgica.
    (*) Dor de cotovelo


    Aos "josés manuéis ribeiros" da nossa praça eu desejo, boa sorte, tudo de bom!

    Quanto ao SCP 2014/15, ainda persistem algumas dúvidas quanto à composição final do plantel... Mas será sempre, e de longe, o que integrará não só mais atletas da formação do clube, como também um dos mais jovens da 1ª Liga...

    Por isso o meu agradecimento à Direcção Leonina, em particular ao Presidente Bruno de Carvalho, Inácio e Virgilio... Keep up the good work!

    ResponderEliminar
  7. É inacreditável afirmarem que o Sporting não aposta na formação. É muita cara de pau. Quem aposta mais que o Sporting então?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lá para cima apostam muito em (de) formação e (desin) formação.....aquilo é uma nação de cultura de vitoria ...mesmo que a roubar. Não me identifico com essas patologias.

      Eliminar
  8. Tal como diz o YaZalde a dor de cotovelo(eu diria de corno) é enorme para aqueles lados! No entanto a minha teoria é diferente em relação a esse artigo do jornaleiro de serviço ao porco:para mim que tb li esse sacripanta no dia 5,hoje finalmente fez-se luz ao ler a nota de que o Tiago Ferreira fora vendido ao Zulle! Caspité :notícia encomendada para preparar os andrades a aceitarem a venda da joia da formação!Mais convencido estou quando vejo a reação do olheiro andrade de serviço aqui no blogue e mais os pormenores que dá ,que em pasquim nenhum existe,ou vislumbrei sequer,mais as suas alfinetadas do costume!!! Pois,pois eles é que apostam e eles que sabem...Trambiqueiros do carago!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje o "logro" trás finalmente a versão oficializada da venda(eu diria antes terem dado) a joia Tiago aos holandeses,aqui antes defendida por um tal Luis Miguel.

      Eliminar
  9. É facil lançar essas ideias de que não se aposta na formação (como parece que vai ser o tema deste início de época) mas será que os factos serão mesmo assim?
    Ora vamos lá ver: sai Welder , piris , magrao e rinaudo e entra Geraldes, defesa esquerdo a anunciar, slavchev e Rossel depois sai Cisse e entra Tanaka e apostamos em Gauld e João Mario ....... será que isto é alguma inversão?Se sair Rojo entra um central , sai Capel e entra outro extremo

    ResponderEliminar
  10. É esta mentira que estes "opinion makers" contratados e corruptos continuam a perpetuar.

    Olhar para o umbigo de vez em quando faz bem, mas tenho dúvidas que esta gente tenha espinha, quanto mais umbigo.
    SL

    ResponderEliminar