segunda-feira, 7 de julho de 2014

Que sentido faz isto?

Ontem, no evento que a Liga organizou para efetuar o sorteio das competições, foram revelados os vencedores dos prémios referentes à época que terminou.

in abola.pt

Que sentido faz isto se a mesma Liga de Clubes atribuiu os seguintes prémios mensais?


Relembro que o melhor jogador do mês é determinado da seguinte forma:

  • votação do público no site da Liga (30%)
  • treinadores da I Liga (50%)
  • sindicato de jogadores (20%)


No caso do melhor guarda-redes, até aceito que tenha sido Oblak. Mesmo atendendo que só jogou em 16 jogos da liga, a verdade é que sofreu pouquíssimos golos, pelo que acabo por entender a escolha.

Quanto ao jogador revelação, seguindo o critério que aparentemente prevaleceu, não deveria ter sido André Gomes? Aquele golo contra o Porto para a Taça de Portugal arruma qualquer exibição de William Carvalho a um canto. Sim, eu sei, o tal golo não foi na Liga, mas que importância é que isso tem?

23 comentários :

  1. Está giro tudo para aumentar o ego benfiquista.

    Nem percebo como o prémio revelação não foi para o Markovic ou para o André Gomes.

    Já agora não esquecer os pessimos negocios que são as compras a meias com fundos.

    Se o Markovic sair pelos propalados 25 milhões o benfica só recebe metade 12,5, fora o que já investiu no jogador.

    Mais a mais a equipa benfiquista está a ser demantelada e não pelos valores que se apregoava. O Matic metade da cláusula, o Garay nem metade e o Markovic pouco mais de metade da cláusula de 45 milhões.

    Alguém precisa de dinheiro e rápido.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ego benfiquista em 2013/2014 alimentou-se com 3 troféus.
      Deixe-se disso.

      Eliminar
    2. Green Lantern, eu aceito que digam que Enzo foi o melhor jogador do ano a atuar em Portugal, devido à sua excelente prestação nas várias competições em que esteve envolvido - daquelas atribuídas por jornais ou rádios. Agora, jogador da Liga não faz sentido.

      Houve aqui uma grande confusão de quem votou, que não soube isolar o que estava em causa - aliás, seria interessante saber como foi feita a eleição.

      Um abraço.

      Eliminar
  2. O sentido que faz é que a nossa CS andou a chorar o Enzo como melhor jogador do campeonato. Quando há uma campanha, não há muito que se possa fazer. O William recebeu o de revelação e já é uma sorte, porque corria riscos de o perder para o Ivan Cavaleiro ou assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge, realmente devemos estar gratos por nos terem deixado ficar com um dos quatro prémios individuais atribuídos. Uma enorme magnanimidade da Liga... :)

      Eliminar
  3. o lima deve estar pior que estragado. tal como o rodrigo tambem teve 2 aparicoes no top 3, mas ele teve 1 primeiro lugar ao contrario dos outros 2.
    jogadores do sporting estao num patamar mais elevado e portanto nao devem tirar brilho aos comuns mortais

    ResponderEliminar
  4. Por incrivel que possa parecer eu até estou de acordo com este prémio. William como revelação e Enzo como o mais preponderante (não esquecer que a equipa em que ele joga foi campeã e isso tem o seu peso).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de conseguir achar que Enzo é o melhor jogador da equipa campeã, isso é um critério fraco para o consagrar como melhor jogador da Liga, pelos motivos que o post apresenta.
      Os prémios mensais foram dominados pelo William, portanto o prémio do melhor do ano só pode ser entendido como o melhor de maio sob pena de não fazer sentido.

      Eliminar
    2. Mike, estaria de acordo se o prémio não fosse o de melhor jogador da LIGA. Enzo, pelo que fez nas competições europeias, pode ser considerado como o jogador do ano. Um abraço.

      Eliminar
  5. Este prémio ao Enzo Perez faz lembrar uma Volta em Bicicleta.
    Não é preciso ganhar nenhuma Etapa para se ganhar a Volta.

    Tendo em conta os meses (etapas) disputados, o Enzo (com excepção das etapas Janeiro/Fevereiro e Abril, onde fez 3º e 2º respectivamente) deve ter feito excelentes 4º lugares, chegando sempre à meta envolvido no pelotão, com chegadas ao sprint e fazendo o mesmo tempo (pontuação) que o vencedor da etapa (bem como os 2ºs e 3ºs lugares).

    Nas etapas Janeiro/Fevereiro e Abril, embora não vencendo nenhuma, os 3 primeiros chegaram isolados, envolvidos numa grande fuga, deixando os concorrentes mais directos bem longe, garantindo uma "almofada" pontual (e como o Benfica 2013/2014 necessitou de almofadas pontuais...), que lhe permitiu gerir a corrida, vencendo a Volta. Digamos que estas etapas (Janeiro/Fevereiro e Abril) devem ter sido de Montanha, mais puxadas e dadas a fugas.

    O William, bem, coitado, que nem Candido Barbosa, venceu muitas etapas mas todas ao sprint, a sua especialidade, andando muito tempo com a camisola amarela, mas sem conseguir distanciar-se dos restantes adversários. Nas etapas de montanha, onde se decide a Volta, não teve pedalada e perdeu demasiado tempo para quem é realmente bom, Enzo, Lima e Markovic (especialmente os 2 últimos, a fazerem um excelente trabalho ao "carregar" o seu chefe de fila, o Enzo Perez, rumo à vitória na Volta).

    Há uns anos a Fórmula 1 também era assim. Agora mudou. Vencer Grandes Prémios é fundamental para ganhar o Campeonato. Pode ser que os prémios da Liga também mudem, um dia...

    ResponderEliminar
  6. Mas Mestre, seria importante revelar os 2ºs lugares desses prémios. E eu sei quais foram:

    O 2º melhor jogador da Liga foi o Ruben Amorim, visto que treinava todos os dias (excepto aqueles 150 dias que esteve lesionado) com o Enzo Pérez, competindo pela titularidade com este.

    O 2º melhor guarda-redes foi Paulo Lopes, porque colocou um 33 na testa e subiu aos postes da baliza e porque via todos os dias Oblak na Etar do Seixal, chegando mesmo a dividir uma baliza com ele numa sessão de livres "à Panenka" de Gaitan.

    O 2º melhor prémio revelação foi André Gomes. Esteve bem próximo de vencer, mas a venda por 15 milhões e as prévias e constantes visitas de Barcelona, City, Real, PSG, Liverpool e United à sua rua para o ver passar junto a uma bola de futebol, na altura que os miúdos do bairro jogavam aos cruzamentos (até Janeiro, estes eram os momentos mais próximos de Gomes com uma bola e jogo de futebol - também há boatos que tenha visto no Youtube o "Fuga para a Vitória" e "Tsubasa", mas são só boatos), fizeram com que perdesse um pouco o foco no seu jogo, deixando-se ultrapassar por William, bem próximo da meta (lá está, o William é um sprinter).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma injustiça para André Gomes não ter ganho o prémio revelação! :)

      Eliminar
  7. Cantinho, em grande forma. Que grandes post´s... :D

    ResponderEliminar
  8. Pois eu acho que a revelação foi o André Almeida, porra. Foi à selecção e tudo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francis, conforme alguém escreveu noutro local (que não me lembro), é urgente que a Liga crie o prémio polivalência... :)

      Eliminar
  9. Na Luz deu para ver bem os 2 jogadores em análise o que valem....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Islander, o tal jogo em que William estava castigado e não pôde jogar?

      Eliminar
  10. Deve querer dizer alguma coisa não ver a direcção nada incomodada, nem um comunicadozinho nem nada. A tradição já não é o que era e deve ser dos novas amizades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponho que tudo o que ajude a desvalorizar William seja bom para a direção, fica mais fácil mantê-lo para a próxima época...

      Eliminar
    2. Ah ah ah ah ah. Boa mestre!

      Eliminar
  11. Só gostava de ver alguém dizer que o Enzo não é realmente melhor jogador que o William. Lol

    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, são jogadores com características diferentes. Como será Enzo numa equipa sem tantos jogadores de qualidade? Como será William num coletivo com jogadores mais capazes.

      Tenho a certeza, no entanto, que se William fosse do Benfica poucos contestariam que fosse o melhor da liga.

      Um abraço.

      Eliminar