quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Capas que não fizeram história, nº 40: Iván, el Temible

                                                                                                                                                         
Outubro de 2013
Há muito, muito tempo, numa época distante em que um iluminado estudioso chamado Jorge ainda não tinha apresentado um dos seus célebres ensinamentos que ficaram para a história da humanidade, na qual expunha cientificamente que os jovens escudeiros teriam que obrigar as suas mães a parirem-nos mais 9 vezes antes de poderem ambicionarem ser cavaleiros de top, havia um rapaz chamado Ivan que começou a dar nas vistas na liga dos escudeiros.

Num piscar de olhos, os arautos do reino mandaram tocar os sinos a rebate e ocuparam as praças das principais cidades e vilas proclamando aos sete ventos que Ivan Cavaleiro, qual novo Barristan Selmy ou Jaime Lannister com duas mãos, tinha lugar nos torneios reais ao lado dos heróis que preenchiam o imaginário das indefesas e sonhadoras donzelas trancadas no alto de uma torre guardada por um maléfico dragão. Ivan, o Temível era o novo campeão dos fracos e oprimidos.

________________________________________________________________________________________

Na realidade, tudo isto se passou há menos de 10 meses e todos estamos bem lembrados do vendaval mediático que os jornais fizeram ao reclamar uma oportunidade para Ivan Cavaleiro integrar o plantel principal do Benfica. Foi, na prática, o primeiro capítulo de uma obra que se poderia chamar Tudo o que Não se Deve Fazer ao Lançar um Jovem da Formação.

Perante um destaque desta dimensão (que não me lembro que tenha sido dado a algum jogador com 0 minutos na I Liga), era inevitável que as expetativas dos adeptos disparassem. Primeiro erro. Jesus acabou por ceder às pressões (mais internas do que externas, como é evidente, mas resta saber até que ponto é que o parceiro Cofina não fez um favor a Vieira para colocar pressão sobre o seu treinador) e lá promoveu o jovem ao plantel principal do Benfica.

Passados 13 dias desta capa de jornal, Ivan teve a sua primeira oportunidade contra o Cinfães, para a Taça de Portugal, num jogo em que foram utilizados 0 jogadores habitualmente titulares. Na prática foi outro jogo ao nível de um Benfica B, mas em que pode alinhar ao lado de vários suplentes da equipa principal. Alguns dias depois, o primeiro jogo a doer: o Benfica recebia o Olympiakos para a Liga dos Campeões, numa noite de tempestade, com um relvado completamente alagado. Os gregos venciam ao intervalo por 1-0. Ivan Cavaleiro estava no banco. Certamente que Jesus não cometeria a crueldade de lhe proporcionar uma estreia num jogo que estava a correr mal e com um terreno onde era impossível dar dois toques seguidos na bola. Certo? Errado. Jesus lançou mesmo Cavaleiro ao intervalo. Seguiram-se dois jogos para o campeonato a titular, mas foi sol de pouca dura. A partir daí Ivan Cavaleiro foi desaparecendo gradualmente dos jogos e das convocatórias.

Este ano, com a saída de um grande número de jogadores influentes, poder-se-ia espera que Cavaleiro pudesse ter mais espaço para se tentar impor. Nada disso. Ontem foi noticiado que vai ser emprestado ao Dep. Coruña, supostamente para ganhar minutos, mas já todos percebemos que dificilmente voltará ao Benfica. A partir de agora só haverá direito a Iván, el Temible.

No fundo, será uma espécie de Nélson Oliveira - parte II. Nélson, que para já vai se mantendo no Benfica à espera que outro clube o aceite por empréstimo. Será uma grande surpresa se Jesus efetivamente estiver a contar com ele para fazer parte do plantel.

Como representantes das camadas jovens do Benfica sobram Bernardo Silva, que parece ser uma imposição da direção do Benfica e a quem Jesus raramente dá oportunidades, e Cancelo e Teixeira, que ocuparam o lugar dos mundialistas no grupo de trabalho no início da pré-época e que continuam a fazer pela vida. Quantos deles ainda permanecerão no plantel principal quando a janela de transferências encerrar?

36 comentários :

  1. De acordo com o Record, o Cancelo vai rumar a Valencia. Menos um portanto. E a capa de hoje do CM| sobre o Jesus e a formacao parece mesmo encomendada pelo Vieira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sabia disso, Hugo. Mas essa é outra daquelas que só acredito quando tudo se concretizar. Não vejo que utilidade Cancelo possa ter para o Valência - se no Benfica anda a disputar o lugar de suplente com o Luís Felipe... Um abraço.

      Eliminar
  2. Há que compreender o Corunha. Precisavam de uma alternativa para quando o Salomão estiver indisponível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E agora também se fala no Josué. O Corunha quer ocupar o lugar do Braga? :) Um abraço.

      Eliminar
    2. Não sei se quer ser o Braga mas, retomando temas da actualidade, que parece querer ser um depósito de activos tóxicos, lá isso parece! :)

      Eliminar
    3. Não vamos exagerar, Pedro. Estamos a falar do Ivan Cavaleiro, não estamos a falar do Luís Felipe... :)

      Eliminar
  3. o Horror emprestar jogadores de 19 e 20 anos na primeira divisão espanhola para evoluírem, o horror absoluto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O horror? Nenhum, caro anónimo. Mas a não ser que marque mais de 10 golos na liga espanhola, tenho muitas dúvidas que venha a ter oportunidade de fazer parte do plantel em anos futuros.

      Uma coisa é certa: no Benfica continuam a não fazer ideia de como se devem lançar jovens da formação na equipa principal.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Realmente não se entendem as críticas. Até porque funcionou com o Nelson Oliveira. E com o Roderick. E com o Urreta!

      Eliminar
    3. ... e o Miguel Rosa, e o Luís Martins, e o Danilo Pereira, e o David Simão, e o Nolito, e o Hugo Vieira, e o Kardec, e...

      Eliminar
    4. Referi apenas os empréstimos recentes ao Corunha. Todos de sucesso indiscutível. Tanto, que faz sentido emprestar mais um. Para evoluir.

      Eliminar
    5. Bem visto, Férenc. Não me lembrava que o Roderick e o Urreta tinham estado por empréstimo no Coruña.

      Eliminar
  4. Mestre,

    Estava à espera de uma referência ao papel, importante na minha opinião, do bentolas neste processo de 'eusebiozação' de qualquer coisinha que brilhe um pouco da cantera carnideana.

    O que tem piada, e que eu gostava de saber, é onde andam os lampiões, que à data da convocatória deste prodígio à selecção, o colocavam milhas acima de um Carlos Mané, e anos luz de um Wilson Eduardo (na minha opinião francamente superior).

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno, por acaso não me ocorreu, mas de facto podia ter falado nisso... Paulo Bento apostou mais em Ivan Cavaleiro do que o próprio Jesus.

      Fico também com curiosidade em saber quantas convocatórias teremos que esperar para ver Bebé na seleção. Eu aposto que é já na próxima.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Também acho que o Bebé estará já na qualificação em Setembro....mesmo que não jogue pelo carnide. Que fique claro que acho que o Bebé deveria ser convocado, já o achava para o mundial.

      Aguardo também para ver o que vai acontecer com Cédric, Adrien, André Martins e Mané neste assunto.

      Apenas um aparte quanto à selecção: sou só eu que acho que o José Fonte também deveria ser convocado, e que já não era de agora?

      Eliminar
    3. Isso confirma as teses nebulosas...." se queres ir à selecção , no Benfas tem de fazer jogão ...ou não!!!"

      Eliminar
    4. Eu também acho que o Bebé já devia ter sido chamado, o que é triste é a evidência que é preciso chegar-se ao Benfica para poder ter uma oportunidade, mesmo que não tenha provado absolutamente nada a mais em relação ao que já tinha feito no Paços.

      Quanto a Cédric, Adrien e André Martins (o Mané para já ainda está fora de forma), nem quero falar porque começam logo a agitar-se os ácidos no estômago.

      Não sigo os jogos do José Fonte, mas duvido que venha a ter lugar... já tem 30 anos. Regressos à seleção acima dos 30 anos só se for o Eliseu... :)

      Eliminar
    5. Com Paulo Bento basta aparecer na foto do plantel, caro anónimo... :)

      Eliminar
    6. "Paulo Bento apostou mais em Ivan Cavaleiro do que o próprio Jesus"

      MdC

      É perfeitamente normal esta desvalorização de Ivan Cavaleiro, afinal brincava muito nas selecções.

      Já o Bebé, quando brincava nas selecções desvalorizou-se e nunca se conseguiu impôr no Manchester United, sendo que agora que deixou de brincar nas selecções tendo revalorizado e conseguido um bom contrato com a Benfica.

      Estes são mais argumentos que se enquadram na minha teoria.

      Eliminar
    7. Caro Superpateta,

      Já te vi a defender essa dita 'teoria' noutros blogs, de onde foste desaparecendo lentamente após seres constantemente enxovalhado. Como o bulling não é meu estilo vou desmontar essa tua ideia de uma vez por todas.

      Ponto 1: acabas todas as tuas intervenções com afirmações do género 'argumento que enquadra a minha teoria' ou 'continuam sem poder argumentativo para contestar a minha teoria'
      Se queres desenvolver uma teoria sobre, aconselho-te a fazer uma tese sobre o assunto, e depois vai falar com a malta da CMTV que são capazes de te aturar. O facto de ninguém sequer perder tempo a escrever sobre esse tema é capaz de ser indicador que o que dizes não faz sentido.

      Ponto 2. Na tua 'teoria' falas constantemente em valorização, mas as vezes o que interessa é valorização para o clube e outras para o jogador. Olha 2 exemplos: no mundial dizias que era uma vergonha e os clubes é que viam os seus activos desvalorizados com a presença. Agora a falar do Bebé dizes que se viu valorizado no seu contrato por não brincar às selecções (o que duvido uma vez que desconfio que veio receber menos do que aquilo que recebia em Inglaterra), mas ignoras que quando 'brincava' na selecção foi vendido por muitos milhões para o Man Utd, que agora o vendeu por muito muito menos, logo desvalorizou.
      Como é que ficamos, a tua teoria vale para os clubes ou para os jogadores? Falamos de valorização de passes ou de contractos?

      Ponto 3. Vai ver os jogadores de selecções pouco expressivas que brilharam no mundial. Muitos transferiram-se para clubes maiores, que pagaram bom dinheiro pelas suas transferências e também viram os seus ordenados aumentados. Onde é que a tua teoria se encaixa?

      Podia dar mais exemplos, mas não tenho paciência, se não fosses tão contra as selecções diria que és o bentolas, tal o tamanho das palas que trazes nos olhos!

      Um bem haja, vai pela sombra, e se queres ser feliz cria o teu próprio blog, que assim podes discutir o que quiseres as vezes que quiseres (nem que seja contigo próprio).

      Eliminar
    8. Caro Nuno Pateta Rodrigues

      Ponto 1

      " O facto de ninguém sequer perder tempo a escrever sobre esse tema é capaz de ser indicador que o que dizes não faz sentido."

      Obviamente, tu como pateta que és, contradizes-te com naturalidade sem sequer perceberes isso: tu escreves, criticas e questionas sobre a minha teoria.

      A minha teoria é inovadora, sólida e consistente e para a divulgar e defender tenho vindo a apresentar argumentos que se enquadram na minha teoria.

      Obviamente poderia ter lançado a minha teoria e deixá-la como está, ficando esquecida, pelas notícias que aparecem todos os dias, assim sendo, prefiro manter o assunto em discussão sempre que possa, enquadrando argumentos e factos que as notícias diárias nos trazem.

      Ponto 2

      O Bebé foi transferido por uns míseros 9 M€ para o Manchester United quando tranquilamente poderia valer entre 12 a 15 M€ se não brincasse nas selecções.

      Bebé não conseguiu impôr-se no Manchester United (as selecções contribuíram para isso), lesionou-se na Turquia e só depois de regressar a Portugal no Rio Ave e Paços de Ferreira (e já bastante longe das selecções) revalorizou-se conseguindo uma boa transferência (embora obviamente longe dos 9M€) para o Galinheiro.

      Se estivesses atento saberias que a minha teoria é global, vale tanto para as transferências como para os salários e outras verbas contratuais e vale tanto para clubes, jogadores,fundos de investimentos, investidores e intermediários.


      Ponto 3

      A minha teoria encaixa-se nos valores relativamente baixos tanto de transferência como de a nível salarial, pois se não brincassem nas selecções, seriam transferidos por valores maiores e com salários melhores.

      James foi transferido por 80 M€ quando tranquilamente poderia valer entre os 120 M€ e os 125 M€, quiçá atingisse o patamar dos 130 M€.

      A brutal desvalorização de Garay foi por demais evidente.

      Eliminar
    9. 'O Bebé foi transferido por uns míseros 9 M€ para o Manchester United quando tranquilamente poderia valer entre 12 a 15 M€ se não brincasse nas selecções.'
      - Portanto, um tipo que nunca tinha jogado sequer na segunda divisão, valia entre 12 a 14 ME? Muito bem

      'Se estivesses atento saberias que a minha teoria é global, vale tanto para as transferências como para os salários e outras verbas contratuais e vale tanto para clubes, jogadores,fundos de investimentos, investidores e intermediários.'
      - No primeiro comentário: 'Já o Bebé, quando brincava nas selecções desvalorizou-se e nunca se conseguiu impôr no Manchester United, sendo que agora que deixou de brincar nas selecções tendo revalorizado e conseguido um bom contrato com a Benfica.'
      - Ói?!? Explica lá outra vez a coerência, não percebi.

      'James foi transferido por 80 M€ quando tranquilamente poderia valer entre os 120 M€ e os 125 M€, quiçá atingisse o patamar dos 130 M€.'
      - O jogador mais caro de sempre custou 98ME, e há talvez uma dezena de transferências na história de valor superior a 60ME, portanto tu dizes que o James que no ultimo ano foi bastante criticado em França por eventualmente ter sido caro demais vale mais de 120ME. Muito bem. Explica-me só em que é que te baseias para essa avaliação? Já ouviste falar da lei da oferta e da procura? Eu posso dizer que o meu Fiat 127 vale 100.000 € as vezes que eu quiser, mas se me oferecem só 50€ por ele, esse é que é o valor real do bem!

      As minhas desculpas desde já ao Mestre e aos restantes leitores do blog, não volto a repetir uma troca de impressões a este nível.

      Obrigado

      Eliminar
    10. Antes ainda tinha alguma paciência quando lia este super-idiota (no cacifo), mas entretanto uma pessoa farta-se. Portanto, qd tds o começaram a ignorar no cacifo mudou-se, e neste momento ainda vai largando umas palhaçadas por aqui.
      Quanto menos o entreterem, mais rapidamente desaparece.

      Compreendo completamente a vontade de tentar incutir algum senso num imbecil deste tamanho, mas neste caso uma regra chega: Do not feed the troll.

      Abraço

      Eliminar
    11. "O jogador mais caro de sempre custou 98ME"

      Nuno Pateta Rodrigues

      Mesmo para ti, deveria ser óbvio que essa transferência foi realizada a um valor inferior ao que o jogador realmente vale, e exactamente porque esse jogador brinca muito nas selecções, só nos seniores brinca nas selecções desde 2004 e deverá continuar a brincar.

      Apesar de todas as parolices dos dirigentes dos clubes eles vão aprendendo e uma das formas de diminuir o risco é obviamente o de pagar menos em transferências e salários por jogadores que brincam muito nas selecções.

      De qualquer maneira, essa transferência já foi efectuada há alguns anos e é natural que os valores evoluam. Já ouviste falar em inflação?

      De facto, o jogador vale o que estiverem dispostos a pagar, mas um jogador pode recusar uma proposta financeira melhor em detrimento de outra inferior financeiramente, mas que seja de um clube para onde ele queira ir.

      Independentemente disso, um jogador que esteja "bosmanizado" não significa que valha zero. Outro exemplo, o Fernando que foi transferido por uns "míseros" 15 M€, vale tranquilamente uns 40 M€. É sempre possível fazer bons negócios para todas as partes envolvidas.

      As minhas avaliações são efectuadas na qualidade futebolística do jogador, inteligência, no seu rendimento, nas suas capacidades físicas e técnicas, na sua idade, duração do contrato, salário e outros valores contratuais, clube onde joga, posição, outros jogadores concorrentes, nos pormenores legais (nacionalidade, comunitário ou extra-comunitário, etc.), opção de utilização do dinheiro e obviamente do seu profissionalismo no qual incluo se o jogador brinca ou não na selecção e um ou outro pormenor que ache relevante.


      Eliminar
  5. Nolito e Kardec foram vendas bastante razoaveis , o horror mais uma vez sendo que o Nolito ainda deve dar mais uma , os outros andam aí a fazer carreira na primeira divisão , embora goste deles com os planteis que tinhamos não iam dar naquela altura , há 4 anos nem isso existia, miudos do Benfica por ai

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu objetivo ao referir esses jogadores era demonstrar que o facto de serem colocados a rodar apenas os afasta de poderem vir a jogar no Benfica, e não o contrário.

      E não sabemos o que seriam esses jovens da formação se tivessem tido a oportunidade de crescer ao lado de craques como Aimar...

      Eliminar
  6. Repare , nisto da formação só temos a aprender com o SPorting , não me custa a dizê-lo , mas face ao que era o que está a existir é evolução, ao contrário do que dizem, outra coisa é milagres , negociatas que é normal , demora tempo,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, para já parece que a direção parece querer mais oportunidades para os jovens, e que Jesus é o entrave. Não sei se isso corresponde à verdade, mas pelo despeito com que o treinador falou sobre os jovens naquela infeliz frase de terem que nascer 10 vezes, parece que Jesus prefere um produto mais acabado...

      Para o ano provavelmente o treinador será outro e a direção poderá contratar um novo técnico com a indicação de aproveitar melhor os jovens jogadores que estão a chegar agora a séniores (e que tão bem estiveram na Youth League no ano passado).

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Youth league não é um bom "medidor" da qualidade dos miúdos, pq qs todas as equipas (á excepção dos lamps) pouparam os titulares, usando jogadores mais jovens.
      Na final o Barça não usou 8/9 dos melhores jogadores, por exemplo.

      Jesus já mostrou ter capacidade para moldar/criar bons jogadores, e portanto acredito que tb saiba avaliar potencial. Sinceramente, tirando Bernardo Silva, não vejo nenhum puto lamp com capacidade para jogar ao nível de uma equipa que lute pelo título...

      Eliminar
  7. Ainda agora noutro site comentei este marreco ou melhor a décima quinta versão do Mantorras ,coitado este craquão já foi empurrado pela "estrada" fora !....não vai faltar muito tempo e está a jogar no States ao lado do Djalólololol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. King Lion, o Ivan poderá ter uma carreira interessante se souberem o que pedir dele. Não é um Gaitan nem um Sálvio, mas tem outras qualidades que o podem tornar útil. E ainda só tem 20 anos, se tiver cabeça e sorte na carreira pode ser que venha a ser um jogador interessante. Vamos ver o acompanhamento que vai ter em Corunha...

      Um abraço.

      Eliminar
    2. O problema é não ter cabeça (em termos de inteligência, não de profissionalismo).
      Não é capaz de ler o jogo e tomar a melhor decisão. Muito semelhante ao Bebé, por exemplo, mas com menos capacidade física e experiência.

      Eliminar
  8. Afinal é marreco, o horror , emprestar marrecos

    ResponderEliminar
  9. Isto do Benfica andar de boas relações do o Depor não tem nada a ver com eles irem construir um estádio certo?

    O LFV nunca se rala com essas coisas salvo erro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sporting Com Filtro, o blog Rivais à mesa tem feito bons posts sobre essa coincidências --> LINK

      Onde há um estádio em construção, lá aparece o Benfica a aproximar-se... :)

      Um abraço.

      Eliminar
  10. MdC

    Muita publicidade se fez sobre este jogador,seria o Cavaleiro para os taberneiros da Bola e do Record um novo Eusébio ,um novo Mantorras ?.

    Depois de encher as capas dos jornais durante 2 meses vem o clímax depois de fazer uma passe para um golo do Benfica senão me engano para a taça contra o "colosso" Arouca e depois disso ?,vai fazer um passe para um jogador do Benfica,enganou-se e enganou o jogador da Juventus e fizeram o 2-1 por Lima.

    E que mais o Cavaleiro fez senão entrar para a propaganda do Fifica .Nessa merda os filhos da puta através dos lacaios são exímios.

    E que mais Cavaleiro ?,vais para o Corunha e assim não entras mais nos 30 jogadores seleccionáveis para as próximas aventuras do Paulo Bento.

    Vais tu entra o Tiago !...hahahahahaha

    ResponderEliminar