terça-feira, 12 de agosto de 2014

O cúmulo do descaramento

Ivan Cavaleiro, agora no Corunha, fez no passado fim-de-semana algumas declarações bastante pertinentes sobre a falta de oportunidades que os jovens da formação do Benfica têm na equipa principal. Nada que para a nossa comunicação social mereça um destaque ao nível do que foi dado a Eric Dier, no entanto. Os nossos jornais optaram por empurrar essas declarações para um canto pouco visível, não fossem as palavras de Cavaleiro incomodar alguém.

Perante a insolência demonstrada por Ivan, José Ribeiro, jornalista e subchefe de redação do Record, não hesitou em defender a sua dama: vestiu a sua reluzente armadura, armou-se escudo e lança, montou o seu fiel corcel e arrancou a galope na direção de Cavaleiro com o seguinte texto publicado na edição de hoje do jornal:

"Mas pelos vistos bastaram-lhe os elogios públicos de gente que muitas vezes trabalha com uma agenda... particular. (...) acreditando em tais opiniões, enredado na teia de interesses que se esconde por detrás desse tipo de comentários." - quando José Ribeiro escreveu estas palavras, estaria a referir-se a isto?

Capa do Record, 7 de outubro de 2013

Capa do Record, 8 de outubro de 2013

Capa do Record, 10 de outubro de 2013

Capa do Record, 14 de outubro de 2013

Capa do Record, 17 de outubro de 2013

Capa do Record, 19 de outubro de 2013

Capa do Record, 20 de outubro de 2013

Capa do Record, 21 de outubro de 2013

Capa do Record, 22 de outubro de 2013

Capa do Record, 23 de outubro de 2013

Capa do Record, 27 de outubro de 2013

Capa do Record, 28 de outubro de 2013

Capa do Record, 30 de outubro de 2013

Treze (13!!!!!) chamadas de capa no espaço de 23 dias... não está mal, para quem nunca acreditou no valor de Ivan Cavaleiro.

Esta inacreditável e mal disfarçada campanha do Record para promover um dos ativos do seu parceiro de eleição (em outubro foi Ivan Cavaleiro, mas podíamos encontrar muitos outros exemplos ao longo do último ano) pode ser arrumada na mesma prateleira que o artigo de "opinião" de José Ribeiro - ambos dão imenso jeito para defender as mesmas teias de interesses e agendas particulares que o jornalista referiu. Que falta de vergonha...

22 comentários :

  1. muito muito muito bem apanhado

    mário

    ResponderEliminar
  2. Não há vergonha. Só faltou a critica ao Paulo Bento por ter usado um jogador tão fraco.
    É usar, mastigar e deitar fora.
    Serviu para a agenda do momento e agora serve nova agenda.

    (a entrevista do Vieira à BTV deve andar a ser gravada há semanas)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente de acordo Cantinho!

      Muito bem apanhado Mestre! Incrível as baboseiras que se vão lendo nos desportivos hoje em dia. Que falta de vergonha na cara deste "jornalista".

      Eliminar
  3. Óptimo trabalho a desmontar a sistemática campanha de protecção ao Benfica e de ataque aos seus competidores.
    Ninguém é imune e no fim lá acabamos Sportinguistas a discutir com Sportinguistas, como foi o caso da entrevista do Dier.


    E o esquema é tão bom que até subliminarmente nos atacam, como ontem no Record on-line em que era noticía de primeira página a prisão dum qualquer jogador que eles tinham inventado como sendo alvo do Sporting - título "jogador pretendido pelo Sporting preso".

    SL

    ResponderEliminar
  4. Mais um excelente post.
    Louvo a capacidade e paciẽncia para andar a procurar no meio de tanta trampa.

    ResponderEliminar
  5. Ahahahahahahahahahah Karma is a bitch !

    ResponderEliminar
  6. Quando o presidente do SCP usa o mesmo argumento agora acolhido por este bandalho (os jovens da formação não têm via verde para a equipa principal pelo simples facto de o serem), o rascord diz que a aposta do SCP na formação acabou...

    É pegar neste post e mandar para a redacção do rascord. Parabéns.

    ResponderEliminar
  7. Bom trabalho Mestre! Muito bom trabalho! Incrivel... Raizospartamatodos!

    ResponderEliminar
  8. NO FCPORTO não há "dar oportunidades" aos jogadores, são os próprios jogadores que devem conquistar essas oportunidades.

    Ainda agora tivemos o exemplo de Ruben Neves que ultrapassou Tomás Podstawski (que tinha ido à selecção sub19).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "... Ruben Neves que ultrapassou Tomás Podstawski (que tinha ido à selecção sub19)"

      Este é mais um argumento que se enquadra na minha teoria.

      Eliminar
  9. José Ribeiro
    Não me posso esquecer do nome deste filho de uma cabra.

    ResponderEliminar
  10. E ainda dizem que o Record é um jornal Sportinguista. É o cúmulo do descaramento este jornalista fazer esta crónica da forma que o fez, sem fundamento algum, apenas com o intuito de defender alguém ou "alguéns", que constam aqui sim, na sua agenda particular. Um péssimo jornalista, porque não é capaz de exercer o jornalismo com insenção e rigor, o que nesta profissão são requisitos básicos e ainda por cima faz parte da Direcção do Record. De certeza que foi esse alguém ou "alguéns" quem o colocou no lugar que está, porque por mérito já vimos que não foi de todo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Vítor, desde que a Cofina fez a parceria com o Benfica e nomeou Manha para diretor, não há confusão possível. A linha editorial do Record é declaradamente benfiquista. Um abraço.

      Eliminar
  11. Não se esqueçam que os jovens da formação «têm de nascer 10 vezes» para chegarem ao nível que Jesus quer. E o Ivan ainda agora nasceu a 5.ª (1.º nos escalões jovens, a 2.ª no Benfica B, a 3.ª no Benfica principal, a 4.ª com ida à Selecção e 5.ª agora no Depor). Faltam-lhe mais 5.

    ResponderEliminar
  12. genial. parabéns pelo trabalho e pela pachorra.

    Jorge
    Porta19

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, e fica o meu sincero desejo de muitos Baronis para amanhã! ;)

      Eliminar
  13. Só espuma a destilar. Nunca pensaram que os jornais se aproveitam da ansia dos benfiquistas por um puto da formação para vender? Pensar nunca fez mal a ninguém. E achar que os jornalistas são sérios e ficar contente quando se descobre que não, é de uma imaturidade enorme.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, esse argumento das vendas serve para justificar 2 ou 3 capas. Nunca para justificar 13. Um abraço.

      Eliminar
  14. Já se sabe que os lampiões são chicos espertos mas são mais burros que os burros..basta ver a historia do orelhas a dizer que o oblak foi oferecido ao Benfica! Sinceramente tenho pena do clube pois tenho grandes amigos no Benfica...mas enfim são a minoria culta e que não trafica....



    ResponderEliminar