terça-feira, 9 de setembro de 2014

A defesa de Adrien

                                                                                                                                   
Esteve bem Bruno de Carvalho ao sair em defesa de Adrien. Pode haver quem ache que se trate de uma intromissão num assunto que não lhe diz respeito, mas na minha opinião é importante que haja um apoio público e oficial a um jogador que, mais uma vez, foi discutivelmente preterido nas opções do selecionador.


Ao longo do último ano e meio, Adrien tem tido uma prestação desportiva de altíssimo rendimento. Tem sido o pulmão da equipa, batalhador incansável na recuperação de bolas e a levar a equipa para a frente, e tem-no feito de uma forma extremamente consistente. Fez muito mais para justificar a utilização na seleção do que muitos outros jogadores que têm sido preferidos por Paulo Bento.

É óbvio para toda a gente que o selecionador escolheu Adrien para qualquer espécie de ajuste de contas pessoal (com o Sporting ou com o jogador, só Paulo Bento saberá), cujo auge foi atingido na pré-convocatória para o mundial - ao excluir o nº 23 do Sporting do lote de 30 em que João Mário, que faz a mesma posição e que tinha sido emprestado pelo Sporting ao V. Setúbal, teve lugar. Como tal, deverá ser bom para o jogador sentir este tipo de demonstração de confiança pública em relação ao seu valor.
"Sou suspeito, mas, acima de ser presidente do Sporting, gosto de bom futebol, e parece-me mais do que evidente de que o Adrien tem lugar nesta Seleção. E não é por causa dos maus resultados. É porque tem lugar! É um grande jogador, provou-o o ano passado, fez uma época maravilhosa, e este ano começou muito bem. É lógico que a sua inclusão na Seleção é quase natural, mas não tem tido essa oportunidade. Tenho pena, enquanto português e presidente do Sporting, de não ver o Adrien jogar, pois acrescentava muita qualidade."

Bruno de Carvalho não fez mais do que dar voz ao que a esmagadora maioria dos sportinguistas pensa em relação aos méritos de Adrien. Fê-lo de uma forma correta e sem colocar em causa a legitimidade de quem opta por não o utilizar. Esteve muito bem.

27 comentários :

  1. Eu diria mais. Tanto Adrien como André Martins tinham lugar na seleção, de caras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mike, o André Martins da pré-temporada teria lugar de caras, mas o que tem aparecido no campeonato não oferece mais do que Moutinho (mesmo que este esteja muito em baixo de forma)... Não contesto a opção em deixar André Martins de fora da convocatória. Um abraço.

      Eliminar
  2. A defesa do fim dos interesses sectários através da promoção dos interesses sectários.

    E a oportunidade. Sempre a oportunidade.

    O brunismo é isto: a inconsciência aliada à ausência de formação cívica ou ética.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pfffffff .... "O brunismo é isto: a inconsciência aliada à ausência de formação cívica ou ética." que parvoíce sem tino.

      a cegueira é uma coisa terrível. Mas você concorda ou não com BdC? Adrien devia ou ter sido utilizado?

      Eliminar
    2. Fabrício, quando o presidente do Sporting deixar de poder dar a sua opinião enquanto presidente do Sporting, estaremos mal.

      Não vejo aqui qualquer inconsciência, ou falta de formação cívica ou ética.

      Eliminar
    3. Ahahah, parece o Guilherme "condições psicológicas" Aguiar ontem a defender que o BdC por ser novo no futebol, não ter ganho títulos e não tendo o passado desportivo (!) do bufas não pode falar do excelso corrupto da Costa.

      Também foi bem metido no sítio pelo Rogério Alves. E quando esse adepto dos corruptos mentiu (mentiras que há uns tempos passavam por verdades...) ao dizer que estava provado que PPC depositou dinheiro na conta de um auxiliar? Levou tamanho correctivo do RA que o homenzinho se tivesse um buraco para se enfiar tinha desaparecido!

      Tanto trampião a querer calar o presidente do SCP!

      Gosto!

      Eliminar
    4. Também vi isso, Sar. Mais uma vez Rogério Alves esteve muito bem. Um abraço.

      Eliminar
    5. Enganhou-se certamente no clube e presidente.

      BdC mais não faz que defender os interesses da selecção portuguesa enquanto adepto.
      Tal como a maioria dos sportinguistas, também o seu presidente entende que Adrien tem lugar no 11 na vez dos meninos do Mendes.
      BdC não tem necessidade de defender interesses sectários pois isso só seria de fazer se houvesse interesse do clube em promover os seus jogadores na selecção com o intuito de os vender.
      Como isso não acontece em Alvalade há muito tempo tal como se viu nos casos de William e Slimani, o meu caro só poderá estar a pensar no Porto ou Benfica...

      Eliminar
    6. Sar,
      E depois da resposta de RA desmontando a estúpida argumentação do tripeiro Aguiar, este ainda se fez de parvo dizendo que não sabia que PPC era representado por RA.
      Manhoso e fdp como sempre este Guilherme Aguiar.

      Eliminar
    7. Ena! O fabrício leu a frase num sítio qualquer, achou-lhe piada e postou-a aí.
      Não a compreende, não sabe o que significam algumas das palavras mas, pronto, achou-lhe piada.

      Eliminar
  3. O comentário do Mike Portugal antecipou o que eu ia escrever, em traços gerais, embora ele tenha (legitimamente) fulanizado com mais outro nome (no caso o André Martins).

    Imaginemos que o Fernando Gomes da FPF vem dizer que o Mané merece ser titular face ao Carrillo? Ou o Tanaka face ao Montero?
    Teria legitimidade para isso?

    Tenho sérias dúvidas.
    No comentário anterior fala-se no André Martins. Conheço quem ache quase inaceitável não haver uma chamada do Cédric à titularidade e do Mané (aos convocados)
    Há 1 ano era o Wilson Eduardo.

    A questão central aqui é: Onde se estabelecem os limites?
    Naturalmente que a questão do Adrien me parece evidente, não são os "sportinguistas" até porque o tema da selecção não merece ser reduzido apenas a isso.

    Saliento que também acho que o presidente do SCP foi correcto na forma, isso não está em causa.
    A questão que deixo é mais uma consideração em termos latos. Não é o 1º presidente a fazer isto e não será certamente o último.
    E pelo menos teve a virtude de o fazer em público. Aplausos por isso.

    Saudações desportivas,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, não estou a ver Fernando Gomes a dizer que Mané merece ser titular no lugar de Carrillo, de facto. Mas, um pouco ao lado desse exemplo que deu, será que Fernando Gomes não terá legitimidade para fazer comentários um pouco mais críticos sobre a falta de aposta dos clubes em jogadores portugueses?

      É que Fernando Gomes já o fez - e bem. Já deu a sua opinião sobre as escolhas que os clubes fazem preferencialmente em jogadores estrangeiros, porque tem interesse que apareçam mais jogadores portugueses de qualidade que possam ser aproveitados (no melhor sentido da palavra) pelas seleções.

      Na minha opinião não é ingerência. No futebol, os clubes, os jogadores e as seleções não são organismos fechados. Têm que se relacionar e têm direito de comentar as opções que os outros vão fazendo e cujas consequências acabam por ter reflexos na vida dos restantes.

      Como é evidente, sem colocar em causa a legitimidade que cada um tem em tomar as decisões que mais lhe interessa. Foi o que Fernando Gomes já fez no passado, e o que Bruno de Carvalho fez hoje em relação ao caso de Adrien em particular.

      Um abraço.

      Eliminar
  4. O Adrien só joga quando o Sporting Clube Portugal comer à mesa (na masseira!) do Jorge Mendes.
    Até lá, temos de aguentar. E o caso do William de Carvalho, a meu ver é sintomático. A continuar as idas á selecção e com a qualidade demonstrada nas convocatórias, só queima e deprime o jogador . Ainda me pergunto qual o problema de juntar no mesmo jogo da selecção Adrien Silva e William Carvalho .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, neste caso específico de Adrien, duvido que Jorge Mendes tenha alguma coisa a ver com o assunto. É que Jorge Mendes é o empresário de Adrien... :)

      Mas não há dúvidas que juntar William e Adrien faz todo o sentido - a seleção só teria a ganhar com isso.

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Mestre, olha que faz sentido o que ele diz. Para o Mendes, o Adrien são piners a não ser que o Sporting esteja disposto a vendê-lo a um clube satélite qualquer por 15 milhões de Euros do Monopólio a troco de sabe Deus o quê. Acredito que se o Sporting estivesse disposto a servir de detergente da máquina de lavar, o titular seria o Adrien e não o Gomes.

      Eliminar
    3. Tiago, acho que se ele arranjasse um clube que desse €15M pelo Adrien, o Sporting aceitaria de imediato... :)

      Acredito que o Jorge Mendes esteja num processo de querer fortalecer o Porto por contrapartida de Sporting e Benfica, mas não o estou a ver a vetar a utilização de Adrien na seleção.

      Um abraço.

      Eliminar
    4. Desculpe lá Mestre mas o que disse no ultimo comentário está a meu ver errado. mendes não quer fortalecer o porto, todos os jogadores que vieram são da responsabilidade do treinador foi uma mudança brusca de politica, acredito que o mendes intervenha em futuras vendas nunca agora. Ele continua a ajudar lampioes, braga e rio ave (o seu animalzinho de estimação) repare nos ridiculos negócios dos lamps com lim, atleti e monaco novo pobre, tudo com o dedo desde autentico abutre (não abstante ser o melhor empresario do mundo, em relação ao Sporting só posso dizer que abomino este personagem). A questão entre Adrien e agomes é que provavelmente +rapido o valencia o vende e entram mais umas comissões dai ele ter que jogar em detrimento de Adrien em que o seu patrão não dá um rebuçado quanto mais comissões gigantes a abutres destes.

      SL

      Eliminar
    5. RRAleixo, falo apenas em função do que ouvi, em como Lopetegui foi para o Porto patrocinado por Jorge Mendes. A verdade é que nunca entraram tantos jogadores ao mesmo tempo no clube, e alguns desses negócios só podem ter sido patrocinados por alguém com a influência de Jorge Mendes (nomeadamente Casemiro, Adrian, Oliver e Tello). Mais: muitos dos jogadores foram cedidos a fundos, o que significa que é possível que o próprio JM seja agora proprietário do plantel do Porto.

      JM conseguiu tirar Leonardo Jardim do Sporting e fez por tudo para retirar Jesus do Benfica.

      Um abraço.

      Eliminar
    6. Meus caros MdC e RRAleixo,

      O problema relativamente ao Adrien é outro. Simplesmente o jogador revelou-se um Homem de principios e valores e que ama o Sporting Clube de Portugal... Desse modo, quando há dois anos atrás os corruptos, e sim, o mendes da fruta de braço dado com joaquins oliveiras e corrupto da costa planearam a venda do Moutinho trataram logo de arranjar um substituto que entrasse que nem uma 'luva' para o substituir na equipa dos andrades... Advinhem lá que era esse substituto... Ora pois claro que seria o NOSSO Adrien Silva... O que aconteceu é que o jogador preferiu o SCP e desse modo a 'intifahda' destes mafiosos, vulgo o Sistema, tratou de ostracizar o NOSSO jogador... Seja através da menorização das suas exibições pela comunicação social, os árbitros sempre prontos a castigar, a não convocatória à selecção, etc, etc...

      E é isto meus caros, não vale a pena andarmos a fazer mais filmes. Se dúvidas houvessem basta ver a entrevista que Mário Figueiredo deu ontem à RTPinformação, onde a entrevistadora, quiçá colocada na RTP desporto com que missão, trazia a lição bem estudada, quase que a modos que a pedir que o homem apresentasse a demissão na entrevista... Simplesmente, Mário Figueiredo chamou os 'bois pelos nomes' e não pode haver mais dúvidas sobre quem, na sombra tem manipulado, de há mais de 20 anos a esta parte, o futebol em Portugal...

      SL

      Eliminar
    7. YaZalde, alguma coisa Adrien terá feito a alguém, sem dúvida... não é normal o que se está a passar com ele.

      Em relação a Mário Figueiredo, há coisas que diz que me parecem evidências (nomeadamente as intenções do Benfica na luta de bastidores). Infelizmente é um homem que perdeu toda a credibilidade e que demonstrou total incompetência na liderança da Liga. Aliás, vejo mais estas palavras como uma tentativa desesperada de se manter no poder do que qualquer outra coisa.

      O Sporting votou nele (não sei se por convicção ou se por falta de alternativas - entre Figueiredo, Seara e Rui Alves, venha o diabo e escolha) mas preferia que o nosso clube tivesse optado pela abstenção. Figueiredo não fez nada por merecer o nosso voto.

      Um abraço.

      Eliminar
  5. Yazalde,

    Quando diz q Adrien era o substituto do porquinho nos corruptos, presumo que dai ter resultado toda a novela para o jogador renovar não?

    Mestre,

    Não consigo dissociar Lopetegui das contratações do porto especialmente nos que referiu, posso acreditar que o mendes é que tem tratado do negócio em si, mas desses jogadores quantos pertecem á carteira da gestifute? Se calhar podemos encontrar as nossas opiniões a meio e dizer que Mendes dará sempre cobertura preferencial aos corruptos e que todos estas negociatas, digamos obscenas, com os lamps é de certo modo a aproveitar-se da muito débil situação financeira destes....

    PS: Sempre tive a impressão que se o mendes quissesse arranjava quem desse 40M€ pelo William sem grandes dificuldades, mas que deve ter sido um grande dilema para este... Ajudar financeiramente o Sporting e prejudicá-lo desportivamente ou o inverso? Ou então é porque recusamos dar metade do negócio a este abutre em comissões

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. RRAleixo, quem consegue €15M por André Gomes e €40M por Mangala, certamente que não teria dificuldades em conseguir €40M por William.

      Jorge Mendes é empresário de variadíssimos jogadores do Sporting. Não transferiu nenhum porque não quis - tantos são os milagres que faz nos defesos.

      No entanto, não teve dificuldades nenhumas em colocar Leonardo Jardim no Mónaco...

      Um abraço.

      Eliminar
  6. 1º ponto - que não há que escamotear, por tradição quando não marcamos cedo temos quase sempre problemas contra autocarros.

    2º ponto - não se fazem renovações por decreto e muito menos para agradar a um país aos gritos por causa de 2 resultados numa fase final com uma selecção destroçada fisicamente. E em que nem o treinador acredita e foi nisso que o Paulo Bento caiu desta vez. Em Espanha também há hipermercados, é ver o cartão que o Del Bosque passou aos clientes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fossem só 2 resultados, caro anónimo... foi uma fase de qualificação sofrível, que apenas se salvou graças a um desempenho sobrehumano de Ronaldo na Suécia. No momento da verdade, o espírito de grupo em que Paulo Bento apostava as fichas todas acabou por sucumbir à falta de condições desportivas que a maior parte desses jogadores revelava.

      A abordagem de Paulo Bento falhou em toda a linha, e não merece continuar como selecionador.

      Um abraço.

      Eliminar
  7. Concordo !

    Uma equipa em que o William Carvalho é titular, não se pode dar ao luxo de ter um jogador como a Adrien no banco.

    O Scp é bem prova disso...

    ResponderEliminar