sexta-feira, 26 de setembro de 2014

A gargalhada do dia: mito abalado

Hoje é dia de Sporting - Porto e, curiosamente ou talvez não, O Jogo coloca na capa uma revelação bombástica sobre qual das formações dos dois clubes domina o panorama nacional.


Pela 32983445ª vez, a comunicação social tenta convencer-nos que a formação do Sporting, famosa em todo mundo, afinal já foi ultrapassada. A única diferença é que, ao contrário dos últimos tempos, em que tem sido a malta do Benfica made in Benfica a pôr-se em bicos de pés, agora é a vez dos nossos adversários de logo.

Vamos então ver o que argumentam os senhores, mais em concreto o jornalista André Viana, autor desta peça jornalística de primeira água:



OK, então os senhores de O Jogo dizem que a ideia de que o Sporting é o grande formador do futebol nacional não tem total correspondência com os factos, rematando com: "Na I Liga, por exemplo, a escola do FC Porto faz-se notar". Uma frase escrita num tom quase casual, como se O Jogo tivesse encontrado duas mãos cheias de exemplos de ligas por esse mundo fora mas que, por falta de espaço, optaram por analisar apenas o nosso campeonato.

Muito bem. Continuemos a analisar a argumentação do jornal. Digam-nos lá então porque é que dizem que a escola do FC Porto se faz notar mais que a do Sporting na I Liga.



OK, vamos então fazer de conta que William Carvalho (que não está incluído na lista) é da formação do Cercle Brugges, que Ricardo Pereira (esse mesmo, o do Porto, que já foi titular esta época na 2ª jornada) não esteve vários anos em Alcochete, tal como Victor Golas (Braga), Fernando Ferreira (Marítimo), Marco Matias (Nacional - será o Marco Martins que aparece na lista acima?) e Carlos Martins (Belenenses), e que Quiñones, que apenas chegou a Portugal com 20 anos, é *mesmo* da formação do Porto. Se Quiñones conta como formação, Carrillo, que chegou com 18 anos ao Sporting, não deveria entrar na lista?

E já agora, se colocam Zequinha na lista da formação do Porto (apesar de ter estado apenas 2 anos no clube), poderíamos colocar muitos outros que passaram pelo Sporting, como André Almeida (Benfica) ou Hélder Cabral (Setúbal). Mas não faz sentido considerar jogadores com tão poucos anos de casa como um produto de formação.

Mas, fora estas observações, é este o vosso argumento? Quantidade?

Se estamos numa onda de exercícios meio enviesados, proponho agora eu o meu: 'bora lá fazer duas equipas a representar cada uma das formações:


Note-se que respeitei a credível lista de O Jogo ao não incluir William Carvalho, e tentei colocar os melhores do Porto (dentro daqueles que conheço). Estive particularmente indeciso em quem colocar na baliza da formação do Porto: Rui Sacramento (um guarda-redes suplente do Arouca) ou Igor Rocha (outro guarda-redes suplente do Arouca). Escolhi Rui Sacramento, que esta época já foi utilizado num jogo da Taça da Liga.

Olhando para os onzes, seria sem dúvida uma partida muito interessante.

Nem tudo é mau para o Sporting, no entanto. Diz O Jogo que o Sporting aproveita melhor os produtos da sua formação, mas contrapondo logo de seguida em como os do Porto "interessam sobremaneira à concorrência interna dos dragões". Pudera: com a quantidade de presidentes amigalhaços e treinadores da casa que pululam nos clubes da I Liga, é normal que essas relações privilegiadas facilitem a colocação de jogadores portistas. 

Para além do domínio evidente da formação portista na I Liga, O Jogo destaca ainda um outro sinal de inversão: o Porto colocado 5 jogadores no campeonato europeu sub-19, contra apenas 4 do Sporting:


Eh lá! Mais um jogador que o Sporting? Que coisa impressionante. Mas... não seria de darem um destaque equivalente à última convocatória da seleção sub-21 em que foram convocados da formação do Sporting Ié, Esgaio, João Mário, Mané, Iuri e Ricardo Pereira (6 jogadores) contra Tozé, Rúben Neves, Sérgio Oliveira e Gonçalo Paciência (4 jogadores) e, porque não?, uma análise semelhante à seleção principal?

Estou a ser injusto. O Jogo até fala na seleção A en passant, dizendo que a convocatória para o jogo com a Albânia tem uma tendência pró-Sporting, mas em que começam por nos lembrar a auto-exclusão de Ricardo Carvalho e as pouco habituais ausências de Hélder Postiga e Hugo Almeida. 

Excelente trabalho jornalístico, sim senhor!

46 comentários :

  1. Fantástico, ah ah ah

    Basta dizer queres uma carreira de suplente no Arouca ou no Panfiel? Junta-te ao FC Porto.

    Queres ser titular do Real Madrid, Man United ou Barça? Junta-te ao Sporting a escolha é tua.

    É que no computo geral quantos bolas de ouro ou até prata sairam das escolas azuis?

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És ridículo pá, o FCPORTO SAD, além de formar, também formata jogadores e são transferidos por muitos milhões para outros grandes da Europa.

      Formados e Formatados

      Ricardo Carvalho, Falcao, James, Bruno Alves, Raul Meireles, Fernando, Lisandro, Cissohko, Guarin, Hulk, Anderson, Iturbe, Castro, Josué, Atsu, Kelvin, Paulo Machado, Vieirinha, Bruno Gama, etc.

      Bolas de Ouro? com votos dos selecionadores e dos capitães das selecções e de mais alguns jornalistas, até parece que Figo e CR7 foram premiados quando estiveram no Sporting.

      Eliminar
    2. O tema aqui é formação. Não vamos baralhar as coisas...

      Eliminar
    3. Luis,

      Ninguém disse que o FCP não tem formação. O que se discute aqui é jogadores da formação que jogam no campeonato nacional.

      Eliminar
    4. Green Lantern nunca falaste tão bem gente como o Ricardo Carvalho, Fernando Couto, V. Baía, Sérgio Conceição, Deco, Anderson, Pepe, Mangala, Fernando juntaram-se a FCP e foram parar a clubes mixurucas como o Barça, Real Madrid, Inter, Manchester United, Manchester City, Chelsea , Lázio. E nada ganharam nem ligas, nem competições europeias, nem taças nacionais nada mesmo.
      Isto para não falar naquele que ia ser emprestado à Académica e acabou por ser bicampeão, campeão europeu e é, hoje, um ícone do Atlético de Madrid. Parece que se chamava Futre!!
      Já agora do SCP lembro-me assim de repente do Figo, do Ronaldo e do Nani e, talvez, do Rojo. Se me puderes lembrar de mais algum agradeço-te.

      Eliminar
    5. Green Lantern

      Bibota de ouro saiu um e daí?

      Eliminar
  2. No Sporting faltam também o Victor Golas e o Carlos Martins.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem lembrado, Vítor! Já acrescentei ao texto. Obrigado e um abraço.

      Eliminar
    2. Bem lembrados também os restantes Mestre!

      E já agora, o Fábio Martins que aparece listado no Porto, está no Braga B, e tem 0 jogos na 1ª liga.
      Se partirmos para critério semelhantes, de jogadores de equipas B que podem vir a jogar esta época na A, temos de incluir os plantéis completos de Sporting B e Porto B, e ainda o Rui Fonte(e certamente mais um ou outro), e aí passamos claramente à liderança :)

      Eliminar
  3. Mestre,
    Gabo-lhe a paciência de seguir essas pérolas jornalísticas. Mais uma da mais fina qualidade:)
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Carissimo Mestre,

    Em dia de jogo importante contra uma 'equipa visitante', a sua análise mais uma vez dissipa as dúvidas lançadas por essa 'cáfila' que debita verborreia a um ritmo alucinante e que compõe mais um logro da imprensa desportiva nacional. Esse jornal que afinal mais não é que um jornalixo de propaganda de corruptos, onde a mentira é propalada a cada página e onde a verdade desportiva é escamoteada a cada parágrafo.

    Mas do exposto no 'post' realço não só a falta de verdade relativamente aos jogadores formados em Alvalade que jogam em Portugal, com omissões inacreditáveis, como o caso do William, mas também a não referência dos jogadores formados na NOSSA Academia e que jogam no estrangeiro... Só para referir alguns, Cristiano Ronaldo, Carriço, Djaló (sim, o próprio), Varela (sim), Mário Felgueiras, etc, etc, etc

    Vamos SCP! Contra tudo e contra todos os que nos querem mal!

    Hoje é dia de "clássico", jogamos em Alvalade, perante o NOSSO público! Entrem em campo como no último jogo e teremos meio caminho andado!!!

    Força Sporting Clube de Portugal!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, YaZalde, quererem "abalar um mito" olhando apenas para parte da imagem é pouco sério. E os erros factuais que se encontram no artigo e nas listas são uma tristeza. Enfim... Um abraço.

      Eliminar
    2. Bolas mais uma conspiracao contra o Sporting

      Eliminar
  5. Já acompanho o Blog à bastante tempo e devo dizer que é um dos melhores do universo Sportinguista. Parabens.
    SL

    ResponderEliminar
  6. Esse jornal é uma vergonha há muitos, mas nos últimos tempos tem sido gritante. Nem para limpar o c... serve. Não sei se o porto tem um jornal próprio, mas este poderia perfeitamente servir, mudava apenas o nome, porque o conteúdo não seria muito diferente, talvez o painel de ex- árbitros mudasse um pouco, tinham o calheiros, o Augusto Duarte e o Martins dos Santos. E já agora contratavam o guarda Abel para comentador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. RP, só precisam de colocar dois, o Leirós já faz bem esse papel. :) Um abraço.

      Eliminar
    2. A forma como Leirós argumenta que Maicon é mal expulso contra o Boavista é hilariante, vale a pena ver. :)

      Eliminar
  7. Mestre, mais uma vez, fantástico.

    Concilias o poder de análise com uma escrita simples e sublime. Às tantas, começo a ter pena dos "jornalistas" que merecem o alvo da tua atenção.

    Mas voltando ao assunto, acrescento outro que o André Viana se "esqueceu" de acrescentar à lista dos jogadores formados no Sporting: Fernando Ferreira, ex-Belenenses e actualmente no Marítimo.

    http://www.maisfutebol.iol.pt/liga-maritimo-fernando-ferreira-transferencias-mercado-belenenses/53de424d0cf2ed25f22cc32a.html

    http://www.zerozero.pt/jogador.php?id=113937

    E aposto que nesta lista estarão mais um ou outro que o "jornalista" do O JOGO se esqueceu:

    http://www.forumscp.com/index.php?topic=48766.0

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Captomente, acrescentei o Fernando Ferreira à lista. Estive a ver o link do fórum e ainda há uma série de jogadores que não estão na lista de O Jogo, que só estiveram 1 ou 2 anos em Alcochete. Se contássemos com esses, então... Um abraço.

      Eliminar
  8. Mestre,

    Tenho um post no fúria separado por 11 minutos deste. Ainda aparece por aqui alguém a dizer que estamos combinados!

    Eu peguei no estudo do CIES para ver a coisa pelo prisma dos jogadores colocados nas principais ligas europeias.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom post, Dash. É outra excelente forma de demonstrar a falta de rigor deste artigo. Um abraço.

      Eliminar
  9. Inacreditável!

    Parabéns mestre, mais uma vez a desmascarar estes pseudo-jornalistas. Até acredito que eles nem acreditem naquilo que escrevem mas alguém tem de levar o pão para casa...

    Este é mais um facto indesmentível do receio que os tripas e os lamps voltaram a ter da nossa força. Vale tudo! Entretanto a capa será "Simão, formado em Alvalade, está desempregado. Será um sinal da decadência da formação?" ahaahhahah

    Lembro ainda uma chamada do Record há umas semanas em que, diziam eles, que o benfica dominava a convocatória dos sub-17. Afinal o benfica tinha 7 jogadores e o Sporting... 6 eheheheh grande domínio.

    Continue com o excelente trabalho, não há dia que não chegue ao trabalho e não venha ver mais uma posta bem esgalhada do Mestre para começar o dia com um sorriso!

    Saudações Leoninas e que hoje provemos aos fruteiros que é possível com 6 jogadores da formação no onze arrebentar com eles!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. André, já acompanho o futebol nacional há décadas, e nunca os três grandes deixaram de ter grandes representações nas seleções jovens. Numa ou noutra fase pode haver um ou outro clube que está mais representado, mas é algo sempre temporário.

      A diferença começa a ver-se quando os jovens sobem a séniores, porque o Sporting trabalha melhor os jogadores numa ótica de longo prazo. Só não vê isso quem não quiser.

      E é isso, mais logo lá estaremos com orgulho em ver mais de meia-equipa proveniente da nossa formação.

      Um abraço.

      Eliminar
  10. Excelente, Mestre. Por acaso acho muita graça quando querem menosprezar a nossa formação e têm que andar com piruetas manhosas. Faz-me lembrar o tal post dos outros rapazes (http://geracaobenfica.blogspot.pt/2014/07/benfica-marca-posicao-agora-com-formacao.html) embora O Jogo tenha mais responsabilidade (mas o mesmo facciosismo).

    Para além dos 'lapsos' mencionados no post e aqui nos comentários, penso que a lista de 'formados' no Porto inclui também vários jogadores que não têm os 3 anos de formação no clube, que é o critério da FPF para um jogador ser considerado da formação. Sabemos que para o Porto as regras não são necessariamente as mesmas que para o resto das equipas e possivelmente por isso escapa ao senhor d'O Jogo. Por exemplo, não tenho a certeza absoluta mas acho que o Zequinha é da formação do Vitória e foi só para o Porto já sub-19. Há depois aqueles casos de jogadores que pululam entre FCP e o Padroense mas alguns deles não chegam a ter os 3 anos de Porto. Enfim, preciosismos...

    Um abraço






    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Férenc, esse post do Geração Benfica é mesmo uma pérola para a posteridade. Mas enfim, são adeptos como nós que não têm qualquer responsabilidade (que não seja para com a sua própria consciência) ao escrever esse tipo de coisas. No caso de um jornal, e de um jornalista, é bem menos compreensível.

      Boa observação a de Zequinha, acrescentei um parágrafo sobre esse critério.

      Obrigado e um abraço!

      Eliminar
  11. O porto é conhecedíssimo no mundo pela sua formação. De colombianos, claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ... e venezuelanos e argentinos e brasileiros e agora espanhóis. :)

      Eliminar
  12. O mais curioso aqui é que dessa fornada fantástica de 34 jogadores:
    - apenas um está no plantel do Porto, e
    - 19 deles estão distribuídos apenas por 4 (!) clubes (Boavista, Penafiel, Arouca e P. Ferreira).

    Isso explica o porquê de o Sporting ter os seus parcos 27 jogadores distribuídos por 15 clubes, enquanto que os corruptos chegam apenas a 14. :\
    Numa liga de 18 clubes, acho fantástico que continuem a privilegiar estes contactos próximos com os clubes satélite, perdão, amigos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem visto, FC. A distribuição é muito curiosa, e a isso soma-se a legião de emprestados que colocam a rodar todos os anos nos clubes de confiança.

      Um abraço.

      Eliminar
  13. Como benfiquista fico contente em ver o Sporting e o Porto a discutirem o título de campeão da formação. Que seja esse o único título desses 2 clubes nesta época.

    Desagrada-me ver fazer publicidade a um jornal sem qualidade. Esse jornal só é comprado por adeptos do FCP. Portanto podemos referi-lo como jornal do FCP. Então Mestre, queria que esse jornal fosse isento? Apesar dos seus óculos verdes, este seu Blog tem mais isenção do que aquele jornal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, é um "título" que os benfiquistas também tentam arrebatar para si, conforme pode ver no link que já foi deixado pelo Férenc --> LINK ... :)

      No fim de contas o resultado é sempre o mesmo. Um clube a apostar efetivamente na prata da casa, e os outros dois a construírem armadas servo-brasileiro-espanholas. ;)

      Um abraço.

      Eliminar
    2. O Sporting "aposta" na prata da casa por lhe faltar dinheiro para comprar coisa melhor. Eu gostava de ver o Benfica com muitos jogadores portugueses, mas também não queria que isso fosse consequência de problemas financeiros. Queria que fosse uma opção suportada por desafogo financeiro.
      Em relação à formação do Sporting, também não se vê sair um jogador de nível internacional há vários anos. Temos os exemplos do Cristiano Ronaldo e do Nani e depois não há mais nomes.

      Eliminar
    3. Anónimo das 14:44...

      http://oartistadodia.blogspot.pt/2014/07/o-sporting-so-aposta-na-formacao-devido.html

      Eliminar
    4. Obrigado pelo link. Há lá uma comparação interessante dos minutos jogados por jogadores portugueses no Benfica Sporting e Porto nos últimos 12 anos. Do gráfico concluo que o Sporting esteve sempre às frente nesse aspecto com execepção de 2002/03. Nos últimos 5 anos, a utilização de jogadores portugueses no Porto e no Benfica tem sido muito baixa. Não é dada informação de orçamentos, mas acredito que quanto maior for o orçamento dos clubes menos jogadores portugueses utilizam, o que vem ao encontro da minha conclusão. Pode dizer-se que o Sporting teve uma boa classificação no campeonato da época passada utilizando muitos jogadores portugueses. No entanto, uma época não é só o campeonato. Se aos pontos conseguidos no campeonato somarmos os pontos conseguidos noutras competições, o Sporting estaria bem atrás do Porto e do Benfica. Nesta época que agora começa, já envolvido nas provas europeias, dificilmente o Sporting terá o mesmo sucesso no campeonato. E também é interessante que a participação nas provas europeias fez o Sporting investir mais na equipa e a percentagem de utilização de jogadores portugueses cairá de novo.
      Portanto, continuo com a ideia de que maiores dificuldades financeiras implicam mais utilização de jogadores portugueses.

      Eliminar
  14. Essa discussão sobre a formação não faz sentido nenhum. O Sporting é claramente o clube que mais e melhor tem apostado na formação; porque não tem outras possibilidades. E quantos títulos ou campanhas internacionais lê trouxeram essa aposta nos últimos 10 anos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O Sporting é claramente o clube que mais e melhor tem apostado na formação; porque não tem outras possibilidades"

      LOLOL

      http://oartistadodia.blogspot.pt/2014/07/o-sporting-so-aposta-na-formacao-devido.html

      SL

      Eliminar
    2. O seu link apenas mostra que o Sporting tem feito essa "aposta" nos últimos 10 anos. Agora mostre me um ano onde o Sporting tenha tido o mesmo orçamento que os outros dois tem e não tenha gasto o dinheiro em contratações, mas sim investido em grande forma na formação?

      Mas fim ao cabo isso nem interesse, o que interesse é qual aposta trouxe mais vitorias: formação vs. contratação.

      Para concluir: eu também gostaria que o meu Benfica aproveitas-se melhor a formação, infelizmente não o faz.

      Eliminar
    3. Cush, é verdade que a falta de dinheiro ajuda a apostar na formação, mas não é só por isso - é também uma questão inerente à cultura do clube.

      Os sportinguistas sempre acompanharam com muita atenção o percurso dos seus jovens jogadores, e não perdoariam se os melhores não tivessem oportunidades para jogar na equipa principal. Por vezes podemos sobreavaliá-los, mas isso é porque queremos mesmo vê-los a serem promovidos.

      Um abraço.

      Eliminar
  15. Mais um exemplo de jornalismo de muita...não ,,,enorme qualidade, Por isso é que o País anda sempre enganado,Os jornalistas tentam enganar manipulando os dados como lhes convém...ou como lhes encomendam. E a maioria dos portugueses engolem estas tangas . Enfim , é um jornal regionalista eheh

    ResponderEliminar
  16. Eu despedia um jornalista que desse tantas gaffes numa pesquisa publicada

    ResponderEliminar
  17. Tenho ideia que o Sporting tem nos estatutos a obrigatoriedade de 6 (posso estar enganado neste número) inscritos no plantel principal. Dos outros não sei... mas a aposta na formação vai muito para além de orçamentos. Está na nossa gênese.

    A Lampionagem está, e não é de agora, a investir forte nesta área (julgo que o orçamento deles é bem superior) e quer como é obvio justificar esse investimento lançando a ideia que é melhor que nós... Já o Porto, este ano é um ano atípico e vamos lá ver se também querem mudar a estratégia mas para já acho que é mais como arma de arremesso porque a estratégia deles até ver está a milhas da nossa.

    O único receio que tenho é que estes cortes, que fomos obrigados a fazer por má gestão, não limitem o investimento feito na formação.

    Em condições de investimento iguais é inegável que somos superiores nesta parte, agora quando as condições não são as mesmas...

    Como raramente comento, fica aqui os meus parabéns, mais uma vez pelo excelente blog MdC.

    ResponderEliminar
  18. o porco é uma nação de frutas, putas e corrupção26 de setembro de 2014 às 18:53

    Dos jogadores todos que aparecem na lista do fcp, uma dúzia (pelo menos) não devia lá estar:

    1 - Fábio Martins (Braga), por exemplo, este ano ainda só jogou no Braga B, portanto, não está na I Liga.
    2 - Rui Sacramento (Arouca) fez 4 anos de formação no Leixões.
    3 - Igor Rocha (Arouca) só fez duas épocas (e intercaladas) na formação do fcp (o que não é suficiente, como se sabe, para se considerar que é da formação de qualquer clube)..Alem disso, em 4 épocas como sénior, tem 4 jogos realizados... :deve ser óptimo)
    4 - Serginho (Arouca) fez 8 anos da formação no Trofense e 3 no porto...
    5 - Roberto (Arouca) fez 6 anos de formação no Bairro do Falcão e duas no porto...
    6 - Ricardo Ferreira (paços ferreira) já chegou ao porto com 15 anos e fez só 3 anos de formação no porto, terminando-a no Milan
    7 - Vasco Rocha (paços ferreira) fez 2 anos de formação no porto, 1 no Padroense, 2 no Penafiel e 1 no Paredes (LOL!)
    8 - Zequinha (Setubal) é da formação do Vit. Setubal e só fez o último ano de júnior no fcp (LOL maior ainda)
    9 - Fábio Ervões (Boavista) acabou a formação no fcp (3 anos), depois de passagens por Valpaços (1 ano), Chaves (2 anos) e Padroense (1 ano)
    10 - Tengarrinha (Boavista) passou mais anos de formação no benfica do que no fcp
    11 - Carlos Santos (boavista) fez por ordem: 3 anos de formação no Barroselas, depois esteve uma época no fcp, uma no Padroense, outra no fcp, uma no Candal e uma 3ª epoca no fcp,
    12 - Rabiola (penafiel) na formação do fcp? deve ser piada. na do Guimarães, talvez...na do porto, nem um ano passou :)
    13 - Quinones, da formação do fcp? chegou da Colômbia com 20 anos... ahahahah!!!

    Resumindo: os 34 da formação portista afinal não passam de 21 / 22 jogadores (e desses só um joga no fcp, este ano, porque o resto anda a encher chouriços em equipas de fim de tabela)).

    é uma comédia esta imprensa que passou a semana a tentar massajar o ego dos andruptos.

    ResponderEliminar
  19. Na segunda parte do jogo Sporting-Porto, o Porto não jogou com nenhum português. E o Sporting, acabou o jogo com portugueses e da formação, para o sr. André Viana, um dia recordar: Patrício, Cedric, William, J. Mário, Mané e Nani. Jornaleiros de MER.....

    ResponderEliminar
  20. Como Benfiquista digo-lhe "Bom trabalho!" pois no combate ao mau jornalismo - que não por acaso se confunde facilmente com o combate pela verdade - não há clubices, há o lado da seriedade e o da canalhice.

    ResponderEliminar