segunda-feira, 15 de setembro de 2014

As Obras Completas de Miguel Guedes em 5 Minutos

                                                                                                                                        
Descansem os mais sensíveis de ouvido: este post não é uma compilação do legado que os Blind Zero deixaram para a história da humanidade. É apenas um pequeno apanhado daquilo que Miguel Guedes, um homem que não gosta de falar de arbitragens, disse ontem durante os primeiros 20 minutos do programa Trio d' Ataque.


O Porto foi prejudicado pela arbitragem no jogo de ontem? Parece-me evidente que sim. Os erros de arbitragem custaram-lhes dois pontos na luta pelo título? É quase certo que custaram.

Mas é muito curioso olhar para alguns adeptos portistas, como Miguel Guedes, a queixarem-se ruidosamente da arbitragem de ontem, quando a hegemonia que têm gozado nas competições nacionais dos últimos 30 anos se confunde com episódios como o dos quinhentinhos, das viagens Cosmos ao Brasil, da importação de café com leite e fruta diretamente da América do Sul, dos conselhos matrimoniais do presidente a árbitros de coração partido, dos bilhetes para a bola que se fornecem às deusas que servem de acompanhantes a fiéis servidores, da infinidade de telefonemas a escolher árbitros, a encomendar notícias a jornalistas, a fazer pressão para castigar jogadores adversários, e tantos, tantos outros episódios que mancharam da forma que sabemos o futebol português.

Enquanto continuarem a eleger a mesma dinastia que os governa há 30 anos, seria bom que se deixassem destas dramatizações. Podem e devem queixar-se quando têm direito a isso - e ontem foi de facto um dia em que têm muitas razões de queixa -, mas poupem-nos a estas teorias de todos-contra-nós.

E depois nós é que somos os calimeros? Livra...

17 comentários :

  1. Alguma azia aparente grande de MG. No seu estilo também calimero continua a gozar de uma notoriedade neste programa apenas barrado a espaços pelo Gobern. Quanto ao ROC, mais do mesmo. Era preciso outro "Rogério Alves" pelo Monte da Virgem...

    Nota meramente pessoal: Não faço ideia se os comentadores do Trio d'Ataque recebem (dinheiro ou géneros) ou não, mas se sim, e sob que forma seja, acho lamentável que esse individuo Miguel Guedes esteja "ao mesmo tempo" com tempo de antena em 2 canais. A RTP como canal "idóneo" e pago por todos os contribuintes deve pugnar para que a opinião pública não fique com a ideia errada. Caso o MG, e os outros, estejam lá "pro-bono", esta nota pessoal fica sem efeito! À mulher de César...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Liga dos Mancos, acho que devia estar mais preocupado com um senhor dessa estação que por acaso até é Sub director(Carlos Daniel), que fez da RTP a filial da Benfica TV,
      O Carlos Daniel, Benfiquista de Parede como é conhecido, também foi fundador da casa de Benfica de Parede, como jornalista ele percebe muito de futebol, mas não consegue disfarçar o seu fanatismo, ele é que manda no programa, não admira que o ROC não faça muito barulho, porque pode perder o tacho,
      quem manda no desporto da RTP não quer comentadores desalinhados.
      Não sei se lembra do Dr. Julho Machado Vaz, como era muito educado e pensava pela sua cabeça foi de mota e foram buscar o extremista Gobern.
      O Miguel só fez o papel dele se o mesmo acontecer com o Sporting é natural que as pessoas fiquem indignado.


      José Pereira

      Eliminar
    2. Júlio Machado Vaz era um senhor, demasiado bom para este tipo de programas. Mas a verdade é que conseguia defender o Benfica com uma classe incrível - mas demonstrando sempre uma honestidade intelectual inatacável.

      Trocarem-no por Gobern, que na qualidade de raciocínio e argumentação está nos antípodas de Júlio Machado Vaz, foi uma decisão incompreensível. Não sei se é Carlos Daniel quem define os nomes que participam nos vários programas da RTP Informação, mas se foi ele não abona nada a favor - concordo que percebe de futebol mas acho-o também tendencioso nas suas análises.

      De referir uma coisa: apesar de ter escrito este post sobre Miguel Guedes, acho-o extremamente competente a fazer o seu papel. Vai sempre bem preparado para os programas, sabe a mensagem que quer passar e com uma oposição destas (Gobern e ROC) acaba por ser rei em terra de cegos. Tem oposição bem mais capaz no Grandes Adeptos da Antena 1, e faz com Jaime Mourão-Ferreira e Telmo Correia um programa bem mais interessante.

      Pessoalmente não vejo grandes conflitos de interesse em Miguel Guedes fazer um programa destes na RTP e outro completamente diferente na SIC.

      Um abraço.

      Eliminar
    3. Mestre de Cerimonias, Quanto ao desporto na RTP no Norte posso garantir que é o Carlos Daniel que manda naquilo,varias pessoas já o afirmaram publicamente, caso de Rui Moreira, o Julho Machado Vaz, e o próprio Gobern a agradecer o Carlos Daniel, quando foi apanhado a comemorar o golo do Benfica durante a emissão.
      Nessa altura foi afastado mas o amigo não demorou a repesca-lo.
      Mas não é só, esta la muita gente, por exemplo não sei se lembra do Hélder Conduto
      deslocar-se a Moçambique só para entrevistar o Mário Coluna? quando ainda estava na RTP, o que achei estranho na altura, passado pouco tempo estava na BTV.
      Por exemplo há uma fotografia, que anda por ai com os dois e o Jesus no restaurante do Barbas.
      podia fazer a lista desde o Paulo Sérgio,João Nunes, Manuel José ....
      Quando o programa tinha aquele realizador falhado,consta,que ele reunia com o Carlos Daniel sempre meia hora antes do programa, e não sei se já reparou como aquele miúdo conduz o programa? Parece o programa da SIC onde o RGS combina as coisa com o Paulo Garcia.
      isto é o jornalismo que temos


      José Pereira

      Eliminar
    4. José, lembro-me bem do episódio de Gobern. Não acho que devesse ser afastado do Zona Mista pelo cerrar de punho a festejar um golo do seu clube perto do fim (quem de nós não o faria?), mas a pressa com que afastaram JMV para o colocarem pareceu um ato de compensação completamente injustificado.

      Não conhecia esses episódios que refere, mas não me custa a acreditar neles pelos sinais que vão sendo dados. Até porque não tenho quaisquer dúvidas do benfiquismo de alguns dos nomes que referiu... :)

      Um abraço.

      Eliminar
  2. Miguel Guedes é o musico/diva português do momento. O homem que não quer fechar cartazes de festivais para não acabe concertos muito tarde porque segundo o próprio "a nossa vida não é esta", o homem que só bebe Vodka da boa, e é bom que as organizações se desenrasquem e a vão buscar nem que seja a 200Km de distância se n o menino não canta.

    Este tipo de coisas diz muito sobre o tipo de pessoa e adepto que pode ser. Mais um hipócrita da nossa sociedade, um verdadeiro Alpinista Social!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida além de que a principal actividade deste menino é sacar dinheiro aos comerciantes através da Passemusica.

      SL

      Eliminar
  3. "E depois nós é que somos os calimeros? Livra..."


    Mas desde quando é que o Miguel Guedes pertence à direcção do FCPORTO SAD?


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é que uma coisa tem a ver com a outra, Luís Miguel. Eu também não tenho nada a ver com a direção da SAD do Sporting e não é por isso que me deixam de chamar calimero quando me queixo das arbitragens. :)

      Aliás, é ver os comentários ao post que escrevi sobre o Sporting - Belenenses. Penso que foi muito claro que acho que perdemos pontos por culpa própria, mas como fiz uma referência ao anti-jogo do Belenenses e à permissividade do árbitro, vieram logo com a conversa do Calimero e das desculpas com os árbitros...

      Um abraço.

      Eliminar
    2. Pois não fui eu.

      Mas isso agora é para verificar o que qualquer comentador anda a dizer? Qual é a influência disso na melhoria do FUTEBOL PROFISSIONAL? Para mim são irrelevâncias?

      Desmascarar comentadores como o Jorge Baptista ainda vá que não vá, a falta de coerência é simplesmente notória e gritante.

      Dos dirigentes, o Bruninho é que anda sempre a queixar-se, por isso, é que o associam ao Calimero, mas isso até já vinha do passado, pois vários dirigentes sportinguistas faziam isso por norma. Direi mesmo mais, já é uma tradição instituída no Sporting.

      Eliminar
    3. "" ...a falta de coerência é simplesmente notória e gritante.""

      Já a minha teoria é simples e consistente, pois tenho vindo a apresentar exemplos e argumentos que se enquadram na minha teoria.

      Eliminar
  4. aquela arbitragem foi uma vergonha, nao há cá meias palavras. parecia só habilidosa no início mas nao há como esconder o que se passou.

    ResponderEliminar
  5. O Ceguinho Zero é tão bom a comentar futebol como a tocar. Uma valente merda. A sorte dele é que o Vedder nunca o ouviu, senão era acusado de plágio rasca.

    ResponderEliminar
  6. Mestre de Cerimónias, parabéns pelo excelente blog e... parabéns por acolheres de forma tão terna e harmoniosa, o nosso Superleão....que atenção!!...não gosta de pinguços e de esquerdalhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui, se entrássemos pela política... :) Obrigado e um abraço.

      Eliminar
  7. Desculpe-me o Off-topic, mas queria apenas pedir desculpa pelo off-topic.

    É que não consigo dormir e a Internet é uma grande seca a esta hora.

    Deixo um poema feito por mim agora mesmo:

    Oh sleep! it is a gentle thing,
    Beloved from pole to pole!
    To Mary Queen the praise be given!
    She sent the gentle sleep from Heaven,
    That slid into my soul.

    And now this spell was snapt: once more
    I viewed the ocean green,
    And looked far forth, yet little saw
    Of what had else been seen.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueci-me de assinar.

      Anónimo

      Eliminar