quinta-feira, 11 de setembro de 2014

FPF e Paulo Bento acordam rescisão

                                                                                                                           
Candidatos na sucessão ao cargo?

Fernando Santos: tem um castigo de 8 jogos pela expulsão no Mundial, o que significa que não poderá ir para o banco durante a fase de qualificação caso seja o escolhido. Como tal, acho que não faz sentido - até porque acho que a boa imprensa que tem supera largamente a sua competência como treinador.

Vítor Pereira:  tem competências técnicas indiscutíveis, mas falta-lhe carisma. De qualquer forma, parece-me uma boa hipótese. Cá para mim vai ser o escolhido pela FPF.

Manuel José: não vamos brincar com coisas sérias.

Rui Jorge: está a fazer um bom trabalho, mas penso que ainda não tem experiência suficiente para assumir um papel destes.

José Peseiro: tem experiência e competência suficiente. Não é um treinador perfeito, longe disso, mas sabe pôr as equipas a jogar bom futebol. Não me parece que seja uma figura que agrade aos poderes instalados.

Jesualdo Ferreira: tem muita experiência de seleção, seria um bom nome para liderar a renovação, mas no banco não tem a alma necessária. Há uns anos atrás teria sido uma boa solução, mas agora não me parece.

Mais alguém?



EDIT 18h15

Paulo Sousa: Errrrr... don't think so.

(obrigado, Hélio)

34 comentários :

  1. OFF-TOPIC

    http://abola.pt/nnh/ver.aspx?id=500000

    http://abola.pt/nnh/ver.aspx?id=500091

    O treinador do Liverpool, Brendan Rodgers, não poupou críticas à federação inglesa, na sequência da lesão na coxa sofrida por Daniel Sturridge, a qual obrigará o avançado a parar durante cerca de três semanas.

    Sturridge lesionou-se durante um treinado da seleção do seu país, realizado apenas 36 horas depois de o jogador ter disputado 89 minutos no particular contra a Noruega, e Rodgers acredita que a lesão podia ter sido evitada.

    «Estamos dececionados porque acreditamos que a lesão podia ter sido evitada. Os clubes trabalham de forma diferente das seleções. Tem a ver com o plano de recuperação. Nós olhamos para os jogadores de forma individual, em termos das suas necessidades específicas. Jogadores mais rápidos podem precisar de um segundo dia de descanso, enquanto os restantes podem treinar-se. Quando tens jogadores como Sturridge, Sterling ou Welbeck, tens de deixá-los descansar», afirmou o treinador dos Reds.

    ----------------------------------
    ----------------------------------

    Este é mais um argumento que se enquadra na minha teoria.

    ResponderEliminar
  2. Carvalhal poderia ser um nome a equacionar.
    Fora isso o porque de ter de ser um treinador Nacional? Uma vez que os melhores treinadores portugueses encontram-se todos colocados num clube, seria uma hipótese a considerar um treinador estrangeiro.

    Saudações Leoninas
    Luís Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luís, sim Carvalhal enquadra-se a meu ver ao nível de Peseiro. Um treinador estrangeiro não me chocaria, desde que não seja alguém à procura da pré-reforma. Um abraço.

      Eliminar
  3. Nenhum nome nacional me desperta interesse, tendo em conta que Mourinho não chega sequer a ser hipótese. Gostava que fosse um estrangeiro com pulso forte, tipo Scolari.

    Infelizmente, acredito que será um desses nomes que o Mestre aí pôs. E também acredito que, caso se confirme um desses, não durará muito no poleiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. King Lion, neste momento, mais do que alguém com pulso forte, acho que precisamos de alguém que não tenha medo de arriscar em gente nova e que seja tecnicamente competente - ou seja, um corte radical com Paulo Bento. :) Um abraço.

      Eliminar
    2. Essa do pulso forte... teremos de chamar o Salazar também para isto? :)
      Não, é preciso competência, critério, isenção.
      Cá não vejo alguém para estruturar. Para a qualificação serve qualquer um, Jesualdo e FS estão livres e são capazes. O problema é as clubites. Para alguém de fora que seja manobrado e queira ter boa Imprensa mas pouco trabalho, já me chegou o grunho do brasileiro. Foi dele que se começou a atrasar o processo. Houve quem preferisse vitórias de Pirro, ou nem vitórias e só choro com espirros...

      Eliminar
    3. Zé Luís, na minha opinião há que separar o cargo de selecionador da equipa A do cargo de organização e estruturação das seleções. Um bom líder de balneário não tem que ser necessariamente uma pessoa com competências ao nível da definição de processos organizativos na Federação.

      Competência, critério e isenção parecem-me três excelentes parâmetros de escolha.

      Um abraço.

      Eliminar
  4. pelo que se fala vai ser português e dos disponíveis para mim ou sera o vitor pereira ou o Jesualdo

    mas para o trabalho de renovação e ter de trabalhar com as selecçoes mais novas, acho que o Jesualdo seria a melhor opçao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Riga, de facto numa ótica de não ter medo em apostar em gente nova, o Jesualdo não pede meças a ninguém. Um abraço.

      Eliminar
  5. Respostas
    1. A que propósito?

      Bem, não interessa. Quando Boronha se armou a cagar postas de pescada sobre Queiroz, a FPF, selecção e responsáveis directos dela, atirei-lhe eu com essa às trombas, portanto estamos a falar de 2010 ou até antes, 2009.

      A mim dão-me asco pessoas - ouvindo ex-governantes a desancar nas políticas deste ou daquele quando nos seus governos não fizeram melhor - que fazem das outras parvas e falam como se não tivessem telhados de vidro. Incomodei o Boronha à brava.

      E não foi só essa. O Capucho, ainda na qualificação, ia entrar e o Humberto disse-lhe, creio que no Azerbaijão, que era para fechar o corredor. Capucho disse-lhe: ó mister, estamos a perder, vou é para atacar.

      Sobre o Boronha, a quem lembrei a sua presença inútil no destrambelhamento colectivo de Bruxelas após a eliminação com a França (e o penálti justo), não deixo de dizer que acharia capaz de se demitir de novo, como em 2002, após um desastre como o do Brasil e como foi o da Coreia, quase tal e qual, com a estrutura federativa na base da barraca, o Godinho, o Amândio e por aí fora.

      Mas não sei a razão de ter isso aparecido hoje.

      Já sei dessas histórias desde o Milénio.

      Eliminar
    2. A propósito da possibilidade de Paulo Sousa ser o sucessor de Paulo Bento. Eu não tinha conhecimento dela, achei interessante e coloquei-a. Para mim, de toda a malta que se tem arrastado pela Federação, serão poucos aqueles de quem acabo por ter uma boa opinião. Anda é tudo a governar-se e tentar manter o tacho o mais tempo possível.

      Justiça seja feita a Paulo Bento, que quando sabe que não é desejado sai pelo próprio pé.

      Eliminar
  6. Leonardo Jardim.

    Scolari.

    Sá Pinto.

    Abel Xavier.

    Novamente Paulo Bento mas desta vez com o losango.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o Leonardo Jardim é a sério :)

      Numa lógica de "Quick Win" era talvez a melhor opção!

      O Jardim não quer reformar-se aos 40? Que melhor final de carreira? A decepção com o que lhe fizeram no Mónaco a ajudar...
      A fpf que avance com 3M€.

      SL

      Eliminar
    2. Sar, Jardim era uma boa solução, mas muito cara... daqui a um ano já deve estar livre, e poderá vir por um preço bem mais simpático. :) Um abraço.

      Eliminar
  7. Sinceramente, não entendo e acho totalmente exagerada a frase escrita para o Manuel José.
    Não seria a minha opção, mas não estamos a falar propriamente de alguém incapacitado para o cargo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, foi um pouco exagerado, admito, mas acho que está completamente desatualizado em relação ao futebol moderno. Um abraço.

      Eliminar
  8. Agora, sem qualquer duvida, para seleccionador Paulo Sousa

    ResponderEliminar
  9. Vitor Pereira ???? É bom rapaz, mais nada.... isto é, mais do mesmo. O P. Bento acabou de sair querem lá meter outro ???
    O que que ele mostrou até hoje ?? Nada !!! Só equacionar o nome, já é um favor

    Carvalhal = V. Pereira

    Jesualdo Ferreira ?? É muito defensivo, nao gosto nada e nao tem alma de vencedor .Só venceu no FCP (viva o Pinto da Costa)

    Manuel José, é contra tudo e todos mas pelo menos sabe por uma equipa a jogar, tem alma de vencedor e pensa pela sua própria cabeca

    José Peseiro, se for bem apoiado(comunicar !!!!) até pode ser a solucao.

    E por ultimo, mais um nome. Também controverso mas, pensa também por a sua própria cabeca, ambicioso, vencedor, dinámico....Jaime Pacheco

    Eu também apoiaria o J.Jesus


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. V. Pereira igual a P. Bento e Carvalhal?
      Diga lá quantos campeonatos ganhou cada um deles (e quais desses sem uma única derrota).

      Só agr é que li o Jaime Pacheco. Hahaha, vou manter aqui a resposta mas já percebi que foi tempo perdido.
      Enfim, ignorância não paga imposto, portanto só precisa de ter cuidado a atravessar a rua...

      Eliminar
    2. Se precisas de palavras como "ignorancia" para te afirmares, nao vale a pena discutir contigo nehum tema....

      No FCP até a minha avó ganha !!!! Serve para o F.Santos, J.Ferreira e claro V.Pereira

      Se te achas tao inteligente, nao insultes ninguém. Se te sentes dono da verdade absoluta, nao deves vir aos blogs pois aqui, as opinioes sao muito diversas como na sociedade em geral........Porta-te bem :)

      Eliminar
    3. Não vejo Jesus com perfil para ser selecionador. Jaime Pacheco faria uma boa parelha com Bruno Alves e Pepe, mas acho que está completamente ultrapassado no tempo.

      Eliminar
    4. Como assim ?? Ultrapassado !!!! Mestre, seleccionar nao é treinar... e mais agressividade e vivacidade (Nao é cacetada. Em Portugal confundem uma com a outra, eu sei) precisa-se. :)

      Eliminar
  10. Fernando Santos ? Mais um que só pensa em defender e táticas muito estáticas...Para a Grécia chega. Também só ganhou no FCP. Tem problemas com a FIFA.

    No ADN do jogador portugues está escrito, ter bola e atacar
    Todas as vezes que a selecao nos deu alegrias e impressionou o mundo,foi precisamente quando os nossos treinadores foram obrigados a jogar ao ataque, nao a defender.. Nao somos Italia ou Grécia.
    Lembram-se quando o Humberto Coelho foi obrigado a jogar prá frente, o mesmo com o Scolari e também o P.Bento..... pois é !!!

    Sem medo, pra frentex !!!! Em Trás-os-Montes dizem; para trás mija a burra :)

    ResponderEliminar
  11. Eu gostava de ver o manuel josé a treinar a seleçâo. Devem lhe isso! É de longe o melhor.
    Se ele recusasse, ia buscar o carlos daniel. E o bruno prata para adjunto.
    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não esquecer o Manuel Fernandes. Já é paineleiro, ptt agr reúne todas as condições para o cargo de treinador.

      Eliminar
    2. E o Freitas Lobo. Seria garantia de poesia em campo.

      Eliminar
  12. Agora os jogadores do Jorge Mendes já não vão mais à selecção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro. O Patrício, William, Ronaldo,Coentrão, Pepe, etc, vão deixar de ser convocados

      Eliminar
    2. adepto sportinguista - interessa é acabar com os interesses do Mendes.
      pessoa sem interesse no futebol : pq?
      A s - porque ele só põe lá os jogadores dele.
      P s i f - ai é? Isso é mal feito. Quem é que vai lá por ser do mendes?
      A s- o andré Gomes.
      P s i f - não sei mas acredito em si. E já agora quem é que devia ir?
      A s - obviamente o Adrien!
      P s i f- acredito que sim. E já agora quem é o agente desse coitado tão prejudicado?
      A s - ah e tal... Ui ai...

      Eliminar
  13. Desta vez e ao contrário do Mestre de Cerimónias, tenho que manifestar a minha preferência por uma dupla com muita experiência e tradição de aposta em jovens jogadores...

    Deste modo a minha escolha seria Manuel José como seleccionador e Jesualdo Ferreira como Director técnico nacional...

    A não ser isto só vejo a hipótese de vir um treinador estrangeiro, Marcelo Bielsa, que parece estar insatisfeito em Marselha...

    ResponderEliminar