segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Uma questão de inexperiência?

                                                                                                                                
Enquanto conduzia de regresso a casa após o frustrante empate contra o Belenenses, fui ouvindo via rádio a conferência de imprensa de Marco Silva. Muitas das perguntas colocadas pelos jornalistas giraram à volta de média de idades da equipa, procurando ligar este mau arranque de campeonato à falta de experiência da maior parte dos jogadores do Sporting.

Estive a pensar sobre a questão da (in)experiência do plantel, e não me parece que seja por aí que se explique a perda de pontos neste início de temporada. Olhemos para os jogadores mais utilizados nos quatro jogos do campeonato: Rui Patrício, Maurício, Jefferson, William, Adrien, André Martins, Slimani, Nani, Carrillo, Montero e Capel transitaram do plantel da época passada, em que alguns deles são internacionais e têm experiência de fases finais de seleções, e quase todos eles com três ou mais épocas de primeira divisão.

Fora deste grupo ficam apenas Esgaio (que tem jogado devido à ausência por lesão de Cédric) e Sarr, o que deita por terra a teoria da inexperiência - e no sábado não foi certamente por eles que não ganhámos, tantas foram as oportunidades de golo que desperdiçámos ao longo do jogo. O problema não esteve no golo que sofremos, esteve principalmente naqueles que não conseguimos marcar.

Terá algum peso a candidatura declarada ao título nesta época, em oposição ao pensamento jogo-a-jogo da época passada? Sinceramente não me parece - o Sporting, no ano passado, a partir de outubro / novembro sentiu constantemente a pressão de ter que vencer. O discurso do jogo-a-jogo manteve-se mas não acredito que existissem jogadores que não ambicionassem o título. E não tenho sentido por parte dos adeptos neste início de temporada menos tolerância ao fracasso do que houve no ano passado.

Há também quem comece a apontar o dedo no sentido da falta de experiência de Marco Silva para estar à frente de um clube com a dimensão do Sporting. Efetivamente pode-se argumentar que treinar o Sporting é completamente diferente de treinar o Estoril - o que é indesmentível -, mas ainda é muito prematuro para podermos afirmar que a inexperiência do treinador nos está a custar pontos. 

Admito, quanto muito, que essa inexperiência se note um pouco no contacto com os jornalistas. Por algumas vezes ouvi respostas de Marco Silva que, logo no momento, não me pareceram as mais adequadas - essencialmente por deixarem transparecer alguma insegurança sobre os temas em discussão. Nessas situações, Marco Silva não disse nenhuma mentira (por exemplo, quando afirmou que os episódios disciplinares de Rojo e Slimani poderiam ter impacto na equipa no jogo com a Académica), mas um treinador mais habituado à vida de um clube mediático provavelmente teria respondido de uma forma mais segura e afirmativa, desvalorizando o sucedido.

De qualquer forma, a qualidade de algumas respostas aos jornalistas não é de todo suficiente para duvidarmos da competência de Marco Silva para o cargo. Podemos falar, por exemplo, de Vítor Pereira, um treinador sofrível na comunicação (e com dificuldades em impôr-se como líder), mas que não deixou de realizar duas épocas muito acima da média. Ou então Jorge Jesus, um desastre a comunicar, cujas respostas a perguntas mais complicadas são normalmente exibições de egocentrismo prepotente em como ele, o mestre da tática, conseguirá sempre encontrar uma solução que salvará o clube dos contratempos que vão surgindo no seu caminho.

Muito mais importante do que as declarações aos jornalistas é competência técnica do treinador e a sua capacidade enquanto líder do plantel. E aí tenho confiança de que Marco Silva é efetivamente o homem certo para o lugar que ocupa. A competência técnica de Marco Silva é indiscutível - o trabalho feito em duas épocas consecutivas no Estoril não pode ter sido obra do acaso - e a liderança é algo que se constrói ao longo do tempo (a maior parte dos treinadores não é um Churchill ou um Kennedy que cative os seus homens com um par de frases inspiradoras).

Na minha opinião, os pontos que perdemos devem-se sobretudo à ineficácia na concretização. O entrosamento entre os centrais também é um problema a resolver (e em que Marco Silva tem poucas responsabilidades, pois viu Dier e Rojo saírem a poucos dias do início da época), e ainda há o subrendimento de William. No entanto, também há melhorias evidentes: Carrillo está transfigurado, Nani promete ser o fenómeno que todos nós desejávamos, e o Sporting tem conseguido chegar à baliza adversária com bastante mais facilidade do que na época passada.

Apesar disso, concordo com aqueles que dizem que talvez seja altura de se ousar cortar com um dos maiores dogmas jardinistas - a substituição do atual "10" (que não é 10 coisa nenhuma) por troca de um 2º homem com mais presença na área. A grande questão não é se Marco Silva o irá fazer - isso parece-me inevitável em função das muitas opções que ainda não mereceram a confiança do treinador e que poderão ajudar a fazer esse corte -, mas se, quando achar que é a melhor altura de o fazer, ainda estaremos na corrida pelo 1º lugar. Como é evidente, isso não depende apenas do treinador, mas também da capacidade de adaptação dos jogadores à nova realidade em que estão inseridos.

Acima de tudo, acredito que Marco Silva é parte da solução e não parte do problema. É um treinador jovem com enormes qualidades e que crescerá ao longo dos quatro anos de contrato, pelo que não nos fará bem nenhum estarmos a contestar a sua competência apenas ao fim de um mês de competição. A estabilidade é um valor importantíssimo, e estaremos a prestar um péssimo serviço a nós próprios se começarmos a ver no treinador a raiz de todos os males.

17 comentários :

  1. Eu já digo isto desde ainda antes da 1ª jornada. Contra estas equipas em Alvalade, temos que jogar com Tanaka e Montero na frente desde o início. Isto é mais um argumento que se enquadra na minha teoria. lol

    ResponderEliminar
  2. Estou de acordo com o que escreveu .

    Apesar das críticas que fiz ao Marco Silva pelas opções tomadas nos últimos jogos, nem de longe nem de perto questiono a sua continuidade em Alvalade.

    As coisas vão melhorar, não tenho dúvidas.

    E a primeira vítima será já o Maribor, coitados dos eslovenos.

    FORÇA GRANDE SPORTING

    ResponderEliminar
  3. OFF-TOPIC

    V. Guimarães e FC Porto empatam (1-1)

    Vários jogadores do Porto foram brincar para as selecções, já os do Guimarães andaram a preparar-se para o confronto.

    Vários jogadores do Porto B também estiveram nos sub21 e depois levaram com mais uma derrota para o campeonato.

    Estes são mais 2 argumentos que se enquadram na minha teoria.



    Jonas é mais um jogador que pouco brincou na selecção e que já há muito que não brinca na selecção e veio para o Benfica conseguindo enterrar ainda mais Nélson Oliveira e Rui Fonte que brincaram sempre muito nas selecções.

    Este é mais outro argumento que se enquadra na minha teoria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. looooooool
      Agora também tenho uma teoria, superleão. Vê o meu 1º comentário a este post. he he he

      Eliminar
  4. Atacamos muito e dominamos, falta de facto o golo, o que pode ser explicado por alguma ansiedade.

    Penso que quando a equipa arrancar a primeira goleada vai carburar e muito.

    Tivemos sorte que os tripeiros empataram pelo que a 4 pontos ainda está tudo em aberto.

    Continuou a achar que o Marco Silva está a trabalhar bem, concordo com as substituições dele, simplesmente ao invés do Montero teria posto o Tanaka.

    De resto fez o máximo para ganhar e não o posso cruxificar, oxalá o Belenenses e o Arouca consiguam contretizar o anti-jogo no Dragão e na Luz como fizeram em Alvalade.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não concordei com tirar o André, porque ele estava a jogar melhor que o Adrien, no Sabado. Bem como tirar o Carrillo para meter o Capel, NUNCA irei concordar.

      Eliminar
    2. É verdade, Green Lantern, foi bom o Porto ter empatado. Reduz a carga psicológica que o empate com o Belenenses poderia ter.

      O Tanaka não estava no banco, suponho por estar mais desgastado pelas deslocações e jogos que fez com o Japão.

      Um abraço.

      Eliminar
    3. "O Tanaka não estava no banco, suponho por estar mais desgastado pelas deslocações e jogos que fez com o Japão."

      E o Sporting a pagar para o Tanaka ir brincar à selecção.

      Este é mais um argumento que se enquadra na minha teoria.

      Eliminar
    4. Nem reparei que o Tanaka não estava no banco, nesse caso retiro o que disse.

      SL

      Eliminar
    5. A única vitória foi conseguida aos 93', nitidamente com uma solução de recurso. Tanaka e Montero na área e Mané e Capel, o mal amado, bem abertos nas alas. E só com William e Adrien a segurar o meio-campo, muito curto contra qualquer adversário ainda fresco. Mais do que soluções de recursos com o adversário já nas cordas convém encontrar depressa um bom plano A

      Eliminar
  5. Eu não sei se é falta de experiência ou outra razão qualquer o que eu sei é que para se lutar pelo título é preciso jogar o dobro do que se joga e isso eu já disse depois do jogo com a Académica.Como ainda não aprenderam a lição os maus resultados continuam.

    Os meninos andam 80 minutos a passar tempo e depois quando o jogo está a acabar é que tem pressa de ganhar só que aquilo que aconteceu com o Arouca não se repete muitas vezes.

    Eu penso que os campos de futebol na academia não devem ter redes nem balizas pois o sistema de ataque do Sporting é de uma pobreza franciscana que só visto...isto de andar a treinar para os lados deve ser muito bom !....

    Não me iludo se jogam assim contra o Maribor perdem o jogo,o estado de alma já não é o melhor e as coisas podem começar a complicar-se !...depois temos o Gil no Domingo e só a vitória interessa.

    ResponderEliminar
  6. À quarta jornada.......à quarta jornada..........à quarta jornada, entrar em histérias, nao é aconselhável, nem saudável.........

    O Sporting jogou bem, muito bem ...só faltou o que TODOS viram, falam e escrevem.. Golos !!!!
    Oportunidades, foram criadas, senao como se explica que hajam essas oportunidades...Ou cairam do céu ??? ....... ..O Belenenseses acabou na linha de golo, viram?? Nao chegou, tá claro
    Sim claro faltam ainda algumas coisas................Sim, talvez contra-ataques rápidos, transicoes rápidas. Tenho a certeza que com o tempo vao aparecer

    Eu percebo que queremos ser campeoes a todo custo, mas a vida, o futebol nao é um estalar de dedos e já está..

    EXEMPLO: 4 pontinhos do primeiro....Benfica vs. Porto (quando é ?) empatam !! Fica-se a 2 pontos.......Logo viram os eufóricos ....

    O Sporting ainda dar muitas alegrias. Há uma Taca de Portugal, da Liga, uma boa campanha na Europa (seja na CL ou EL) e um campeonato que ainda agora comecou...

    Própriamente sobre o Marco Silva....antes era o HOMEM, agora à quarta jornada nao é assim tao bom. Porrraa!!! Calma....
    Eu vi um Sporting à quarta jornada, diferente e bem interessante

    Ainda o ano passado os adversários vinham jogar, em muitíssimos casos, tu a tu com Sporting e consequentemente havia mais espacos, quer para o Montero, quer para o Slimani....Já se esqueceram ????

    Os grandes treinadores também nao ganham sempre, mas controem para ganhar
    EXEMPLO: Ferguson nos seus primeiros anos no Manchester. Arséne Wenger, até o Mourinho lhe mandou umas piadas por estar cinco anos sem ganhar nada e mais um exemplozinho mais.. J.Jesus, depois do "fracasso" à um ano atrás (no Sporting era corrido, tipo J.Peseiro) ganhou que se fartou (o malvado sportinguista, a ganhar para os outros) LOOLL !!

    ResponderEliminar
  7. MdC,

    não concordo com a análise feita ao jogo. A equipa treme com a bola nos pés na defesa, o meio campo não tem chegada à area e andamos tipo limpa para-brisas até ao cruzamento para a área, invariavelmente mal executado ( só no ultimo minuto chegou uma bola a cabeça do argelino). E a culpa não é do autocarro, parece-me mmo da lentidão de processos do nosso meio-campo. Quando o Andre Martins, sem fazer nada de extraordinario, é o nosso melhor homem do centro do terreno e ainda assim é o primeiro a sair, está tudo dito.
    Outra preocupação e que me deixou quase à beira dum ataque de nervos foi a forma como na 2ª parte todos os pontapes de baliza do belenenses eram executados para a zona de jefferson e apareciam sempre o azuis em superioridade a dominar a bola no pé ou no peito sem oposição. Foram pelo menos 5 vezes assim, fora aquelas em que ia um jogador do sporting à 1ª bola e sobrava sempre para um jogador do belem. Isto é preocupante e não devo ter sido so eu a ver esta situação Não haver alguem na equipa tecnica a verificar uma coisa destas é de lamentar.
    Quanto às nossas jogadas ofensivas, tivemos algumas jogadas em tabelas completamente inconsequentes, em que me pareceu mais por espontaneidade dos jogadores do que propriamente treinadas, o que tbem me parece preocupante.
    A nossa defesa é o desposicionamento total.
    Sinceramente fiquei assustado com o que vi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual foi o jogo que viste?? Nao foi de certeza o Sporting vs. Belenenses!!!

      Qual é o clube que treinas?? Quero passar por lá e observar a tua equipa

      Eliminar
  8. Aconteceu-me o mesmo no final do jogo, quando estava no carro a ouvir a conferencia de imprensa, ouvi falar em falta de experiencia da equipa para justificar este mau inicio de campeonato. WTF!!!. Espero sinceramente que os responsáveis técnicos e não só do Sporting, comecem a perceber exactamente o que é que está a contribuir para estes resultados menos bons e não se venham justificar com experiência ou falta dela ou com questões de arbitragem. Os problemas se forem percebidos ( e esse tem sido o problema do Marco), podem ser resolvidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema foi o Nani chegar, jogar e já é o maior. E agora joga quase sozinho, não é isso que dizem todos?

      Eliminar
    2. Ahahahaha!!!!! Nao havendo melhor desculpa, serve até falar mal do Nani...

      Nani, porra !! Vai embora. Ah!! É o tecnico o problema!!!
      Ok, volta Paulo Bento.. tu que dás o peito a todas as balas.. hahaha!!!

      Eliminar