quarta-feira, 8 de outubro de 2014

A nova cartilha

                                                                                                                                 
Foi com alguma surpresa que ouvi, no programa Grandes Adeptos da Antena 1 - que na minha opinião é o melhor espaço do género no audiovisual português -, a forma como Telmo Correia, o representante benfiquista, abordou a semana do seu clube após os embates com o Bayer Leverkusen e o Arouca:


Toda esta história começou quando Jorge Jesus disse, na antevisão do jogo com o Estoril (portanto, ainda antes da derrota na Alemanha), que qualquer rotatividade que possa fazer na equipa terá sempre o campeonato como prioridade. A partir daí, a narrativa foi-se desenvolvendo a ponto se considerar que a Champions é uma competição secundária para o Benfica, e que o que realmente interessa é o campeonato.

Aparentemente, esta opinião é bem aceite por alguns dos representantes do Benfica neste tipo de programas. Não só Telmo Correia pareceu abraçar sem problemas a secundarização da competição de clubes mais importante do mundo, mas também António Simões fez o mesmo no programa Play-off. E até adivinho que outros, como Pedro Guerra, já andem de megafone em punho a pregar os malefícios de uma aposta a 100% na Liga dos Campeões - escrevo "adivinho" porque não tenho paciência para ouvir esta personagem em concreto.

É uma atitude estranhamente conformista difícil de entender, já que ainda há quatro jogos para disputar num grupo onde qualquer equipa pode perder pontos em qualquer partida. Ainda para mais, a questão da rotatividade não encontra qualquer correspondência na realidade: Jesus não poupou nenhum dos principais jogadores contra o Zenit e Leverkusen.

Honestamente, não acredito que haja um benfiquista que se preze que se reveja neste discurso massificado que não honra o passado do clube. Participar na Champions, ter a possibilidade de desafiar os grandes emblemas europeus, perceber qual é realmente o valor da equipa nos confrontos além-fronteiras, é uma questão de orgulho que qualquer adepto que vibre com o seu clube nunca está disposto a abdicar. 

Eu, enquanto adepto sportinguista que está a desfrutar do regresso à Liga dos Campeões após uma ausência demasiado longa, não exijo ao meu clube que passe à fase seguinte, mas exijo que o meu treinador e os meus jogadores esgotem todas as possibilidades para alcançarem os melhores resultados possíveis - tal como no campeonato. Há formas de conciliar as duas competições.

Não me parece normal que o Benfica, clube que no ano passado assumiu que queria chegar à final da Liga dos Campeões, e cujos dirigentes e adeptos andaram a cantar loas ao facto de estarem colocados no pote 1 do sorteio, apareça agora a secundarizar a sua participação nesta competição.

Sim, é verdade que saíram muitos jogadores influentes, mas ficou ainda muita gente com valor ambicionada por meia Europa e, para além disso, não podemos dizer que o Benfica tenha sido propriamente poupado no reforço da equipa:

Fonte: www.futebol365.pt

Um clube que gasta €38,5M em jogadores num único defeso não pode dizer que não tem condições para apostar as fichas todas em 6 jogos da Champions que se desenrolam entre setembro e dezembro. Não há forma de justificar um investimento desta grandeza em jogadores para consumo interno apenas.

Na verdade, tudo isto aponta para o início de um processo antecipado de desculpabilização de quem adivinha que o clube será, pela 4ª vez nas últimas 5 participações, eliminado na fase de grupos. Uma equipa que tem tanta experiência europeia e internacional acumulada, que apesar de ter calhado num grupo complicado mas que não tem nenhum tubarão europeu, e que para todos os efeitos gastou muito dinheiro no reforço do plantel, deveria demonstrar um pouco mais de ambição - nomeadamente Jorge Jesus, que foi o mentor de todo este discurso.

Não me parece saudável que seja um treinador a definir quais são ou não as competições prioritárias para o clube. Não só porque se trata de uma decisão estratégica que deveria competir à estrutura da SAD, mas também porque o próprio treinador acaba por criar uma cortina de fumo muito conveniente que encobre a sua própria incapacidade de armar equipas que consigam jogar de olhos nos olhos com adversários da elite europeia. Para quem se acha o melhor do mundo, não se pode dizer que esteja a sair-se muito bem.

59 comentários :

  1. Não há nenhuma secundarização, mais um pseudo caso da treta. Faltam 4 jogos e é jogo a jogo, tendo este ano um plantel mais curto. De resto, se o discurso tem sido contrário, perdíamos à mesma um jogo na Alemanha , o horror, e teríamos aqui a cartilha da bazófia e afins. Está difícil, mas as contas fazem-se no fim. Além disso, uma vezes cai-se bem da fase de grupos outras com manifesto azar como das ultimas 2 vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, existe uma grande amplitude entre um discurso de bazófia e um de secundarização. É possível revelar ambição sem terem que dizer que são os maiores e que vão conquistar o mundo. Um abraço.

      Eliminar
    2. Mas o JJ conhece outros discursos que não o da bazófia ou da secundarização?
      Ali não há meio-termo. Ou são "muita fortes" ou são vítimas de roubos, inveja e de que o Mundo lhes rouba os jogadores todos.

      O problema da "Champiens" é que jogam sempre contra 11. E isso é pouco contrário ao trabalho feito durante a semana, na Etar do Seixal. Quer dizer, depois de um jogo como aqueles no Estoril (golos que nascem de falta, penalty perdoado, expulsão perdoada, expulsão oferecida), 3 dias depois têm de jogar contra 11 e ainda levam amarelos que condicionam sempre um jogador, o chip não muda assim tão rapidamente, até com o JJ!

      Mas quando em Abril estiverem no seu habitat natural (L. Europa) e a jogarem as meias ou a final, veremos o que é que esse retrogado e fascista do Telmo Correia diz sobre o fifica. Serão novamente os "maiores", até porque na Liga a "almofada" será bem gorda.

      Porquê que não abdicam de ser do Pote 1? Não há qualquer responsabilidade dessa posição?

      Tomara o Monaco e o Bayer terem conseguido gastar, esta época, 40M em reforços.

      Eliminar
    3. Octavio, é de facto uma limitação gritante de Jesus. Não há forma de conseguir ter um discurso equilibrado. Triste é que opinion makers com o dom da oratória não consigam fazer essa distinção. :) Um abraço.

      Eliminar
    4. Por acaso o Bayer esta época gastou 30 milhões em contratações. O Monaco gastou 24 milhões. O Benfica gastou 36 milhões. Mas a maior diferença nem é nas contratações mas sim nos salários.

      Eliminar
    5. Anónimo,

      Não é por acaso. É a verdade e demonstra a grandeza e grau de exigência/ambição que os clubes em questão têm. O Benfica gastou mais (porque faz sempre isso) porque ambiciona a mais. Se até 31 de Agosto foi assim, o que mudou em 1 mês?
      Como diz o Mestre, o Benfica gastou 38,5M. Mais 8,5M que o Bayer e mais 14,5M que o Monaco. O Monaco cativa pelos ordenados, é certo, mas quantos jogadores do Bayer ganharão mais que Gaitan, Salvio, Julio Cesar, Luisão, Enzo, Samaris, Jonas? Pergunto porque não sei.

      E os da Juventus não ganharão mais que os do Benfica? Onde é que isso impediu o Benfica de lutar (e bem) pela vitória?

      Benfica investe para ser grande na Europa. Assuma essa responsabilidade sempre, não só quando as coisas estão a correr muito bem. E a CS é mansinha pois deveria exigir responsabilidades a quem é, ano após ano, Pote 1 da Champions mas que deseja, seriamente, a Liga Europa.

      Mestre,

      o discurso de JJ é o discurso do Benfica. Onde é que entra equilibrio, ponderação, humildade na massa adepta e directiva do Benfica?

      abraço

      Eliminar
    6. "o discurso de JJ é o discurso do Benfica. Onde é que entra equilibrio, ponderação, humildade na massa adepta e directiva do Benfica?"

      Clássico. Mais um doutorado pode falar em nome de toda a gente. EM nome dos que anonimamente não têm a opinião veiculada pela comunicação social ou pelo treinador ou pelo presidente do SLB.
      Fazer isso é como dizer que o SCP é um clube de adeptos que pensa como os 2 ou 3 users (que nem vale a pena identificar) que por aqui comentam a ofender tudo e todos e sempre com teorias da conspiração contra sorteios, contra árbitros, contra adversários que facilitam, com a obssessão de ver "lampiões" até na própria sombra.
      Acha isso sequer normal, tomar o todo pela (ínfima, embora mais visível) parte e dizer que os sportinguistas são isso e apenas isso?

      Eliminar
    7. Mostre-me um dirigente, um paineleiro, um blog ou um normal user que seja, SEMPRE (não só quando perdem), contra o conteúdo (não a forma) do discurso de JJ e deste Benfica. Repito, que seja SEMPRE contra.

      Eu talvez esteja a confundir benfiquistas com lampiões. Mas a verdade é que ultimamente é-me difícil fazer a distinção.

      Eliminar
    8. Octavio, sugiro o seguinte.
      Dou-lhe o nome de 2/3 users regulares aqui e vá ler o tipo de comentários deles nos últimos 20/30 posts.
      Quer depois fazer disso uma tese sobre TODOS os sportinguistas? Acha isso razoável?

      Outra nota. Porque raio um benfiquista deveria ser SEMPRE contra o conteúdo do discurso do JJ?!
      O homem não pode dizer algo com que uma pessoas se reveja? seja ela de que clube for?

      Ser benfiquista e não lampião é passar o tempo a criticar o Jorge Jesus (SEMPRE)?
      Não se entende bem o que diz.

      Eliminar
    9. Entende, entende.

      O que você quer fazer passar é que 2/3 users não representam um Universo. Está certo, concordo.

      O que eu quero passar, é que Técnicos, dirigentes, paineleiros (olhe que são muitos - TVI24, RTPN, SIC N, CMTV, ABOLA TV, BTV; ANTENA 1), jornalistas manhosos, blogs e mt users têm o mesmo discurso desta direcção e técnico. E este nº de pessoas (embora não a totalidade do Universo benfiquista) já é um nº bem maior que os 2/3 users que tanto fala. Daí eu dizer que o discurso do JJ é do discurso do Benfica (ou, se quiser, de grande maioria - e olhe que eu conheço muitos benfiquistas e sei o que pensam ou dizem).

      Eliminar
    10. @ Octavio

      Além dos salários o Bayer joga na Bundesliga, onde a intensidade é praticamente igual à da Champions pelo que não notam diferença.

      Os da Juventus devem ganhar mais mas esses jogos foram já no fim da época. Se fosse no início o Benfica teria perdido os 2 jogos.

      O Benfica é pote 1 pelo que fez na Liga Europa!!!!! e não pelo que fez na Champions!!!!

      Eliminar
  2. A conversa da prioridade é muito fácil de entender. Para os jogos da champions os jogadores não precisam de motivação ou de sefocarem. Já para os jogos da Liga tal não acontece.

    Quanto à definição da estratégia o Presidente do Benfica no início da época disse em entrevista que a prioridade era a o Bi-Campeonato pelo que o Treinador apenas segue a estratégia do clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, não acredito que o presidente do Benfica tenha dito ao treinador que poderia encarar os jogos da Champions de forma mais ligeira do que com um jogo contra o Arouca. Não acredito que o presidente do Benfica - que no ano passado se excedeu ao dizer que sonhava com a final - não ambicione a qualificação para a fase a eliminar - por uma questão de prestígio, acima de tudo. O caro anónimo acredita nisso? Um abraço.

      Eliminar
    2. Se olhares para isto de forma simples, como me parece que estás a fazer, então simé parvo dizer que se dá prioridade à Liga Nacional. Se olhares de uma forma mais complexa é fácil de perceber o porquê de Jesus e mesmo Vieira falarem em prioridade no Bi-Campeonato. É que não se trata de desvalorizar a Champions,como aliás se isso fosse possível. Mas basta pensar um bocadinho e olhar para os reforços do Porto para se perceber o porquê do assumir da prioridade no Campeonato.

      Eliminar
    3. Caro anónimo, percebo a importância do bicampeonato e o golpe que isso provocaria ao Porto, concerteza. Mas não vejo como é que a Liga dos Campeões é um empecilho numa fase tão prematura da época. E são só 6 jogos. Um abraço.

      Eliminar
  3. No fundo esta narrativa foi iniciada por Jesus que quer manter intacta a sua pseudo-reputação de mestre da táctica escondendo os seus sucessivos falhanços na Champions.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho que é mais por aí, Hugo. Não acredito que Vieira tenha passado esta mensagem a Jesus quando definiu os objetivos para a época. Um abraço.

      Eliminar
  4. É só rir com os palhaços quando levam baile de futebol ou não lhes interessa a competição ou a culpa da derrota foi dos árbitros.A champions não interessa ao Fifica e foi eliminado pelo Celtic e pelo Olympiakos por manifesto azar...azar foi não ter árbitros da APAF !,,.

    Coitados dos desgraçados só ganham neste quintal,lá fora são encavados por sevilhas e afins e no final viram-se contra a comunicação social porque afinal até os jornais espanhois os defenderam e os portugueses não,o árbitro da final de Sevilha não se chamava Luís Ferreira,nem Vasquinho e afins porque óbviamente o resultado seria outro.

    É claro com os corruptos da APAF é mais fácil o Fifica ser campeão,ganhar taças,não expulsar jogadores,não marcarem penálties,invalidarem golos !...

    ResponderEliminar
  5. Para Braga Paixão,Capela ou Duarte Gomes.A senda dos gatunos continua,vamos esperar pelos próximos episódios da ladroagem.

    ResponderEliminar
  6. O importante é a Taça Latina a Champions não vale nadinha !...não tem valor nenhum,não me interessa a champions !...hahahahaha o que eu quero são as estrelinhas da Taça Latina !...,foi antes da primeira guerra mundial que ganhei a Taça Latina,essa é que foi importante mas para a UEFA não vale um cagalhão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O king calimero cala a boca... Tens em toda a história do zbording menos de 10 vitórias em jogos na competição mais importante do mundo a nível de clubes.
      Nos últimos 30 e tal anos tens 2 campeonatos dos quais um foi ganho com mais de 20 penaltis.
      Enxerga te.

      Eliminar
    2. O Sporting tem o que tem mas também não é o clube do Estado,quero dizer o clube da carneiragem.Dois campeonatos do Sporting valem mais do que quinze vossos porque todos percebem que tendes muitos calabotes na vossa história.

      Eliminar
    3. Mais uma vez demonstras ser ignorante sobre a história de Portugal e do teu clube... O clube do regime foi o Sporting que após a queda da ditadura de transformou no zbording com 5 títulos após a queda da ditadura.
      Já agora sabes que o calabote foi irradiado por um jogo que nada teve a haver com o Benfica? Sabes que na época ninguém questionou a arbitragem e que foi o porto do pdc que inventou o escândalo 20 anos depois? Sabes que o campeão até foi o Porto? Explica me lá o que foi o calabote para o Benfica... Não a fantasia mas a realidade.

      Eliminar
    4. Seis anos sem derrotas! Embrulha!

      Eliminar
    5. Campeonatos conquistados antes do 25 de Abril:
      Benfica: 20
      Sporting: 13
      Porto: 5
      Belenenses: 1

      Pós 25 de Abril:
      Porto: 22
      Benfica: 13
      Sporting: 5
      Boavista: 1

      Conclusão:
      O Benfica foi o clube do regime fascista que vigorou até ao 25 de Abril e o Porto é o clube da ditadura do PS com ou sem D + CDS, que têm (des)governado o nosso país desde o 25 de Abril até aos dias de hoje...

      Eliminar
    6. Este comentário do Nogueira82 é dos tesouros mais fascinantes que se podem encontrar por aí. Genial conclusão...

      Faz-me lembrar aquela piada do pais que teve o mesmo presidente durante 12 anos e em que o PIB todos os anos aumentava. Conclusão: quanto mais velho for o presidente maior é o PIB de um país!
      Ele há com cada uma...

      Brincando com o tema (nem dá para encarar de outra forma) diga-se que o Belenenses é o clube mais beneficiado com o regime fascista :)
      É que, e isso é irrefutável, ganhou 100% dos seus títulos nessa fase...

      Eliminar
    7. Pois é... quem falou em beneficiado foste tu, eu apenas apresentei factos, e os factos mostram que foi o Benfica quem conquistou mais títulos durante a ditadura fascista.

      Eliminar
    8. Pá factos mostram que o Benfica ganhou mais títulos durante a ditadura e que continuou a ganhar após a ditadura... Que ganhava um em cada dois e passou a ganhar um em cada três.. Mas já um clube que ganhava cerca de um em cada três e passou a ganhar um em cada oito. Isso mostra qual o beneficiado pelo regime... Que é a discussão quando se tenta colar o Benfica ao antigo regime, não quem ganhou mais porque aí nunca houve discussão. Espero que tenha percebido.

      Eliminar
    9. Explica-me lá essa teoria de que um clube que dizes que foi beneficiado pelo regime ganha quase metade dos campeonatos de outro clube durante esse período????
      Então segundo a tua teoria qual foi o clube mais beneficiado no pós 25 de Abril?

      Eliminar
    10. Porque antes ganhou um pouco mais de metade (13 para 20, 65%) ... depois ganhou menos de um quarto do mais titulado (5 para 22).
      O Benfica ganha menos mas continua a ganhar ( passa de 20 em 39 para 13 em 41), já o Sporting (praticamente deixou de ganhar (5 em 41, 4 décadas 5 títulos). Percebeste esta parte?
      E não tem a haver apenas com os títulos... é reconhecido até pelos sportinguistas que viveram á época que o clube favorecido pelo regime era o Sporting.

      Eliminar
  7. enfim, de facto Kings Lions calados são poetas

    ResponderEliminar
  8. Engraçado, tenho notado que o(s) primeiro(s) a comentar os posts neste blog são anónimos benfiquistas. Só prova a superior qualidade face ao existente na blogoesfera vermelha.
    Parabéns, assim, ao autor.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, desde que os comentários sejam feitos com correção (mesmo que discordem completamente do que escrevo - o que é perfeitamente legítimo) os benfiquistas e portistas serão sempre bem-vindos. E de facto tomo esses comentários como um elogio.

      Obrigado e um abraço.

      Eliminar
    2. Antes anónimos benfiquistas que pretendem trocar pontos de vista e contribuir positiva e saudavelmente do que (e há vários) "não anónimos sportinguistas" que não conseguem sair do "inchem" e da ofensa.

      Mestre, será sempre um prazer escrever neste blog enquanto lhe vir qualidade nos textos para tal. E até posso discordar da maioria o que, não sendo eu sportinguista, até faz sentido.

      Saudações,

      Eliminar
  9. Este blog agora é vermelho ??? é que vejo com muita satisfação que os primeiros comentários aos temas mais recentes são sempre dos fificas !!! Deve haver malta de Carnide que nem dorme a aguardar impacientemente os novos posts . Sim sr por aqui se vê que os temas abordados são sempre importantes e reveladores. Obrigado Mestre. eheh
    AF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AF, por vezes fico surpreendido com a rapidez com que alguns comentários surgem (não é o caso de hoje), mas isso é uma coisa boa. :) Um abraço.

      Eliminar
    2. O blog não me parece ser vermelho mas se os posts são acerca do Benfica acho normal haver comentários de adeptos do Benfica.

      Eliminar
    3. Qual é exactamente o problema dos comentários serem de adeptos do clube A ou B?
      Se forem para trazer valor, que apareçam. Mais a mais se o tema é especificamente o SLB e o que pensam os seus adeptos.


      Nem o blog é do SCP (apesar de ser de um sportinguista), nem isso lhe confere exclusividade de serem só sportinguistas a comentar, era o que faltava.

      Relativamente ao tema em apreço. Não acho que haja cartilha nenhuma. O João Gobern, muitas vezes crítico do clube, salientou isso com clareza na RTPi. E julgo que a maioria dos benfiquistas anónimos se revê na ideia de o discurso do JJ não era adequado.

      Ainda assim, o grupo do SLB é bastante complicado (não tem nenhum tubarão mas não tem nenhuma equipa a correr por fora) e uma eliminação será perfeitamente aceitável. Isso não é cartilha nenhuma, é ser realista.
      Inaceitável é ser eliminado num grupo com Anderlecht e Olympiacos (ainda que o SLB tenha feito 10 pontos o que ajuda a explicar a anormalidade do caso).

      Saudações,

      Eliminar
  10. Sinceramente, estou-me a burrifar para o discurso do Jesus... nem sequer perco tempo a pensar nos lamps (só uma semana antes dos jogos contra o Sporting, quando o cheiro que emana desses gajos passa a ser impossível de passar despercebido... :)).

    Vamos ao que interessa:

    Dado o grupo que nos calhou, gostaria de ver o Sporting assumir, de viva voz, a ambição de passar a fase de grupos.

    Na nossa equipa temos 6 jogadores da selecção nacional, mais um do Peru e outro da Argélia. Temos equipa, temos treinador, temos qualidade de jogo.
    Não nos pode faltar a ambição, o querer, a garra.
    Não temos que ter medo de ninguém.
    Todo e qualquer adversário merece o nosso respeito. Respeitemo-lo encarando-o de frente, de cabeça erguida e peito feito. Seja o Penafiel ou o Chelsea, a nossa obrigação é encarar o jogo em posição de Leão Rampante.

    Em honra dos nossos fundadores e da nossa história e respeito pela grandiosidade dos adeptos leoninos, o Sporting tem sempre a obrigação tácita de lutar para ganhar, de ambicionar ganhar. Sempre.

    Quanto mais uns jogos contra um clube como o schalke04...

    Nós somos o SPORTING...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resumindo:

      um Sportinguista que não tenha um discurso de ambição, de querer passar a fase de grupos, é um sportinguista à imagem do Jesus e de todos os lamps que vieram em sua defesa.

      Mas os lamps são os lamps, ou seja, aquela merda que nós sabemos que eles são.

      Nós somos o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

      Eliminar
    2. Migas, na minha opinião não podemos exigir a passagem à fase de grupos. O Chelsea tem lugar reservado porque é de outra galáxia. O Schalke é uma equipa com muita experiência, que já passou várias vezes à fase a eliminar nos últimos anos, tem um plantel com campeões do mundo e outros jogadores de classe internacional e tem a pedalada e cultura da Bundesliga. Para um clube como o nosso, em que a maior parte dos jogadores não tem experiência a este nível - para não falar de um orçamento várias vezes inferior - não podemos falar em "obrigação" de passar esta fase.

      A única exigência que temos que ter é que a equipa deixe a pele em campo em cada um dos jogos, e depois logo veremos que frutos colheremos. Até agora, felizmente, isso tem acontecido.

      Um abraço.

      Eliminar
    3. Mestre,

      Para mim, ser do Sporting é ter a obrigação tácita de ambicionar ganhar todos os jogos.
      Eu não exijo que passem a fase de grupos. Exijo que a ambicionem passar.

      É isto que nos separa de clubes como os lamps.

      Eliminar
  11. Chelsea é clube candidato a vencer a champions ,o Shalke é sempre um clube candidato a passar a fase de grupos.Esperamos que a entrada de Di Matteo no comando da equipa não dê resultados positivos.

    O Sporting precisa de mais experiência e mais qualidade principalmente na defesa, o problema é que numa competição curta as margens de erro são menores,erros como aconteceram contra o Maribor pagam-se caro.

    Mas prontos se não passarmos a fase de grupos vamos dizer que afinal o nosso obejectivo nem era a champions...seria o berlinde ou a taça da liga !...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo uma questão de percepção, quando o benfica perdeu com o Zenit parecia uma vitória, o SCP empatou com o Maribor (fora) parecia uma derrota.

      A Champions já não tem interesse, se passarem para a Liga Europa esta será a competição mais prestigiante que existe, se forem eliminados o campeonato é o mais importante.

      SL

      Eliminar
    2. Concordo, King Lion. É precisamente essa a minha opinião. Um abraço.

      Eliminar
  12. Um das razões do Sporting, não ganhar nada no Futebol é também...estar sempre preocupado e só falar do Benfica, este blog está a tomar esta tendência, continuem assim, um clube que está mais preocupado com os outros, não têm grande futuro. Falam da comunicação social, mas seja na TV do clube, seja em blogues e nos adeptos, o ponto de foco, é só um...Benfica! Para os Benfiquistas é um gozo enorme, podem falar mal, mas o importante é falar, o Benfica agradece. Sr. Mestre continue assim, a fazer jus à mentalidade pequenina e Invejosa, na casa ao lado a Malta Agradece. O meu obrigado! Por despertar interesse e sentir orgulho por visitar este Blogue!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É genial (ou não) quando afirma que "o ponto de foco, é só um...Benfica!".
      Realmente há com cada um! Como se nos blogues e páginas afectas ao seu clube nas redes sociais não se fale vezes sem conta no Sporting.
      Muito gostam vocês de tentar fazer os outros de parvos e de venderem as vossas ideias repetindo-as até à exaustão.
      Se um Sportinguista fala do benfica é porque é anti, é mesquinho, é pequenino, tem inveja, etc e tal, mas se um benfiquista fala do Sporting está tudo bem e não se pode contestar, até porque se quiser gozar ou fazer piadas é normal pois tem direito divino a isso.
      E já que visou a SportingTV, recomendo-o também a procurar no youtube vídeos sobre a vossa tv em que até as eleições para a presidência do Sporting em 2011 serviram para conteúdo de um programa de marretas lampiões. Mas ok, nós é que somos os antis e vocês o nosso foco!
      Santa paciência

      Eliminar
    2. Não cometo a asneira de ignorar os nossos rivais, ainda para mais quando a comunicação social não se distancia a ponto de fazer as críticas e observações que têm que ser feitas... se acha que isso é pequenez, está no seu direito.

      Eliminar
  13. Fazendo já aqui a ressalva que estes valores podem não estar completamente correctos, pois se nós temos o caso do Rojo, que vamos ver quanto é que fica para nós, no Porto aquilo são umas negociatas que era preciso ver caso a caso...Já o Benfica também não me parece que sejam dos mais claros!!!

    Estes valores são os apresentados no site futebol365 (http://www.futebol365.pt/), em que, no caso do Sporting, falta pelo menos o dier

    Entradas: 16,20 M€
    Saídas: 24,45 M€
    Saldo: (-8,25 M€)

    Transferências do Sporting (http://www.futebol365.pt/equipa/818/transferencias/?edition=2014&step=principal&modality=football&gender=male)
    Nota: Não estão aqui contabilizados os 5M€ do Dier e estão contabilizados os 20,00M€ do Rojo.
    -------------------------------------------

    Entradas: 38,50 M€
    Saídas: 40,70 M€
    Saldo: (-2,20 M€)

    Transferências do Benfica (http://www.futebol365.pt/equipa/101/transferencias/?edition=2014&step=principal&modality=football&gender=male)
    ------------------------------------------------



    Entradas: 43,00 M€
    Saídas: 76,00 M€
    Saldo: (-33,00 M€)

    Transferências do Porto (http://www.futebol365.pt/equipa/818/transferencias/?edition=2014&step=principal&modality=football&gender=male)


    O engraçado destes dados é que nos levariam a pensar que o porto foi quem mais desinvestiu na equipa, o que sabemos que foi precisamente o contrário (pelo menos é a ideia que tenho). Está relacionado com as vendas de Mangala, Iturbe e Fernando e com a forma como foram feitas as aquisições...

    De qualquer forma os dados corroboram o que o MdC disse que o Benfica não desinvestiu assim tanto…

    Eventualmente poderá faltar os valores dos salários para ser uma análise mais séria…

    Para nós o que interessa é que apesar do ano passado termos estado bastante mal este ano apesar de tudo conseguimos investir na equipa, agora falta saber se foi bem feito ou mal feito. Não querendo correr no facilitismo de dizer que dos que comprámos poucos jogam e que o investimento foi mal feito, reservo-me a avaliar no final do ano ou até mais para a frente, pois acho que, o nosso investimento é de futuro. Este ano o maior investimento foi manter william e Patricio.

    E a verdade é que, apesar da distãncia pontual, penso que temos equipa para lutar até ao final pelo titulo e vamos ver se este não é o ano do SPORTING!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente, Pedro. No caso do Porto não podemos fazer as contas subtraindo as entradas às saídas. Muitas das entradas foram feitas via fundos, o que significa que o valor das compras não traduz verdadeiramente a aposta do clube. Brahimi, Aboubakar, Tello, Casemiro e Otávio, juntos custaram cerca de €8M ao Porto nas contratações. Se somarmos as comparticipações que tiveram e o valor de compra no caso dos emprestados, só estes 4 são capazes de ir parar aos €35M / €40M.

      Um abraço.

      Eliminar
  14. E o Mestre sabe bem do que fala quando fala em cortinas de fumo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai sim? Elabore um pouco esse raciocínio, se faz favor... :)

      Eliminar
  15. Em conclusão:
    O discurso do Benfica é de equipa pouco ambicioso e o discurso do Sporting é um discurso ambicioso. Numa análise subjectiva, o Sporting está a praticar muito melhor futebol que o Benfica. O Sporting tem jogadores de topo internacional. Este ano o Sporting vai fazer uma época fantástica.

    No final da época cá estaremos para fazer os balanços. Em relação ao Sporting, sempre achei que no final de Novembro já se começaria a vislumbrar a tendência da época. Ainda é cedo para grandes conclusões. Obviamente que não estou a pensar na Taça da Liga pois pelo menos até final do ano as perspectivas de o Sporting conseguir vencer essa Taça continuarão intactas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o filme do witsel vs schars, boularruz vs garay e jeffren vs nolito etc... versão 2014. Daqui a dois anos estão a adorar um novo presidente que vai processar o atual pela contratação do shikabala e do cisse. Depois ficam pelo natal, em maio festejam os títulos de carabina e em julho voltam a ser os melhores.

      Eliminar
  16. Mestre, está cá com uma saída. Até os benfiquistas, preferem opinar aqui, do que no «Ontem ´vi-te no Estádio da Luz». Ou não me digam, que o Ricardo, é um infiltrado.

    ResponderEliminar
  17. Resposta ao Anónimo 8 de Outubro de 2014 às 17:21

    Então segundo a tua teoria, se o Sporting no pós-25 de Abril tivesse tido um apito dourado ou encarnado a seu favor e com isso ter beneficiado na conquista de mais campeonatos, já não seria o clube do regime do antes 25 de Abril, porque tinha continuado a ganhar!?!?! AHAHAHAH!

    Poupa-nos com essa teoria (cartilha) para inebriar lâ-piões... Se tiveres interesse em saber como o teu clube se estreou na conquista de títulos dá uma leitura neste texto aqui:

    (Aviso já que o texto não foi retirado do jornal do clube, nem do Avante Lampião nem da Bíblia benfiquista)

    - O primeiro título nacional do Benfica foi extorquido ao Barreirense
    http://www.fcbarreirense.com/index.php?option=com_content&task=view&id=2274&Itemid=111

    Digam lá que não sentiram um "déjá vu" ao ler este texto?

    ResponderEliminar