terça-feira, 7 de outubro de 2014

Aquele passe de João Mário...

                                                                                                                                             
... e a receção de Nani... uau. Mas toda a jogada foi um monumento ao bom futebol, que envolveu mais de meia equipa (Cédric, Slimani, Capel e Montero). Para ser perfeito só faltou ao colombiano partir uns centímetros mais atrás no momento do cruzamento.

via @baavin e @captomente

12 comentários :

  1. O passe de João Mario é fantastico. Mas permite me realçar Nani. Já nem falo no controlo de bola, falo sim na tomada de decisão. Aposto contigo que depois de receber a bola 80% (ou mais) dos extremos iam para a linha cruzar. É isto que torna Nani num jogador de classe Mundial. A tomada de decisão. Recebe, temporiza e solta na melhor opção...e faz isto o jogo todo. Um crime o Montero não estar sempre em campo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo! Completamente de acordo com o comentário!

      (o Del Piero tb foi dos meus jogadores favoritos!)

      Eliminar
    2. Sim, é de tanta classe mundial o Nani que veio recambiado para a liga tuga.....

      Eliminar
    3. Nani está a superar as expetativas que eu tinha no seu regresso. Está mesmo empenhado em demonstrar a sua grandeza, e a verdade é que está a contagiar toda a equipa. Marco Silva está a saber tirar proveito disso, e na minha opinião estamos a praticar o melhor futebol de que me lembro em muitos anos. Um abraço.

      Eliminar
    4. Só o Gaitan, o Enzo e o Sálvio é que são de classe mundial nesta liga. O resto é paisagem. Jogadores que valem todos de €30M para cima. É isso, não é, caro anónimo das 17:19?

      Eliminar
    5. Não esquecer o Tallisca, que para a imprensa e para os alucinados vermelhuscos já vale mais que o CR7 e o Messi juntos.

      Eliminar
    6. Eu sou benfiquista e sempre achei o Nani muito bom. E fico contente por ele estar no nosso campeonato.

      Eliminar
  2. É um privilégio ver jogar Adrien, João Mário, Nani, Carrillo e Montero na mesma equipa. Não precisamos daqueles caninas chungas que só procuram a linha de fundo com o intuito de cruzar só porque sim. Este quinteto tem uma gama de recursos que quando engatam não há muralha defensiva que possa impedir o sucesso, simplesmente porque é humanamente impossível prever o que cada um deles vai oferecer ao jogo. Sou da opinião que há poucas equipas por esta europa fora que contem com 5 jogadores ofensivos desta estirpe .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alexander, não sou assim tão otimista em relação ao facto de todos eles serem de classe internacional, mas por outro lado acredito que ainda só estamos a arranhar a superfície daquilo que poderemos render. João Mário entrou na equipa há 3 jogos, Montero tem estado no banco, Nani chegou apenas a tempo da 2ª jornada. Só Adrien e Carrillo são titulares desde o 1º dia. E ainda só vamos na 7ª jornada. Há ainda muito por onde poderemos evoluir, coisas que são ganhas com a rotina e com o conhecimento mútuo dos jogadores. O futuro é risonho! Um abraço.

      Eliminar
  3. É de destacar também a presença de Cedric ao primeiro poste e não se limitar a fazer o passe e ficar parado. Devia acontacer isto mais vezes, e não só com o Cedric. Uma das coisas que gostava no Eric Dier (independentemente da forma como abandonou o Sporting) era precisamente isso mesmo, quando subia no terreno, muitas vezes prosseguia a acompanhar a jogada depois de fazer o passe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, caro anónimo, integrou-se muito bem no ataque e colocou-se em posição de finalização, complementando a colocação em campo de Montero. Um abraço.

      Eliminar
    2. Isto.
      Laterais a fazer jogo interior? Já não via há mt, mt tempo... Só tem a ganhar com isso, principalmente o Cédric.

      Eliminar