sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Pôr uma raposa a guardar o galinheiro

                                                                                                                                                             
Ontem, no programa 4x4x3, Alexandre Santos faz a certa altura a seguinte pergunta ao convidado José Eduardo:

AS - "De que forma pode e deve ser rentabilizada a Liga, que neste momento está com a corda na garganta?"

JE - "Como é que deve ser? Com gente competente."

AS - "Mas de que maneira?"

JE - "Para já, com um líder que não seja despesista."


Confesso que apenas tinha visto a escolha do ponto de vista político, mas realmente se refletirmos sobre as competências e qualidades do futuro presidente da Liga, a poupança e contenção financeira não serão certamente aquelas que aparecerão em primeiro lugar.

Numa altura em que a Liga não tem dinheiro para mandar cantar um cego, se calhar talvez fosse interessante encontrar alguém com um perfil ligeiramente diferente.

Desta vez se Duque quiser cheques, vai ter que suar as estopinhas para os arranjar.

Sem comentários :

Enviar um comentário