terça-feira, 28 de outubro de 2014

Trampiões d' Ouro 2014

                                                                                                                                               
O dia de ontem foi, a todos os títulos, histórico para o futebol português em geral, e para os trampiões em particular. 

Como não poderia deixar de ser, a eleição do novo presidente da Liga arrebatou a maior parte das atenções mediáticas. Tal é o espírito de missão com que Luís Duque entra em funções, que a primeira medida que anunciou foi abdicar do vencimento a que teria direito. Tal generosidade só encontra comparação com o magro salário que auferiu enquanto administrador do Sporting (apenas €20.000 por mês), e com a simbólica indemnização de €300.000 que aceitou receber do Sporting ao ser afastado pela incompetência que demonstrou enquanto responsável máximo do futebol leonino.

Resta saber se Duque espera ser recompensado por outras vias, apesar de neste momento essas vias serem totalmente obscuras pois o novo presidente ainda não se dignou a divulgar as suas ideias para o organismo que lhe foi posto nas mãos - o jeito que um programa eleitoral poderia dar para esclarecer o público...

Outro momento significativo do dia foi a magnífica performance de Pinto da Costa a fazer de porta-voz dos seus camaradas benfiquistas, revelando que afinal o nome de Luís Duque não surgiu por iniciativa trampiónica, ao contrário do que havia sido dito por Tiago Ribeiro há uma semana.

Para finalizar, ficou reservada uma enorme surpresa que deverá ter causado arrepios de excitação em qualquer trampião que viva o quotidiano azul-grená com intensidade. Aproveitando a boleia dos Dragões d' Ouro, foi também realizada na noite passada uma outra cerimónia onde se viveu e respirou trampionismo, premiando e reconhecendo o esforço de muitas personalidades que tanto se esforçaram por carregar o estandarte deste digno e impoluto movimento:


Um esclarecimento sobre o funcionamento desta peculiar gala: apesar de tanto benfiquistas como portistas poderem propôr nomes de forma independente, os vencedores têm que ter a aprovação de ambos.

Foi um evento carregado de discursos de amor e dedicação ao trampionismo, intercalados por momentos de variedades que apresentaram duetos inesperados como António Manuel Ribeiro e Miguel Guedes, o Adepto Possuído e o Emplastro, ou Pedro Proença e Fernando Madureira. 

Para terminar a noite, foram finalmente anunciados os nomeados e os grandes vencedores da noite.


--- Dirigente do ano ---

Nomeados
António Salvador: pela obediência exibida ao não utilizar jogadores emprestados pelos clubes trampiões
Godinho Lopes: pela triunfante entrevista em vésperas de um Porto - Sporting
Herculano Lima: por ter visto intenção sem dolo no atraso de 3 minutos do Porto na Taça da Liga
Luís Filipe Vieira: pelos constantes ataques ao Sporting ("maior" passivo, "perdão" de dívida, BdC mentiroso)
Tiago Ribeiro: por ter dado uma cara nova aos velhos interesses da luta de poder na Liga
Vítor Pereira: por ter conseguido afastar com mestria a nomeação dos melhores árbitros dos jogos do Benfica
Vencedor: Luís Filipe Vieira

--- Árbitro do ano ---

Nomeados
João Capela
Manuel Mota
Vasco Santos
Jorge Sousa
Vencedor: João Capela


--- Jornalista do ano ---

Nomeados
André Viana
António Tadeia
António Varela
Bernardino Barros
Bruno Prata
Carlos Daniel
Carlos Machado
Diogo Matos
Fernando Guerra
Hugo Gilberto
João Querido Manha
Joaquim Rita
José Calado
José Manuel Delgado
José Manuel Ribeiro
Luís Freitas Lobo
Luís Pedro Sousa
Luís Sobral
Manuel Queiroz
Octávio Ribeiro
Paulo Garcia
Paulo Sérgio
Ribeiro Cristóvão
Ricardo Tavares
Rui Pedro Braz
Vítor Serpa
Vencedor: Ribeiro Cristóvão


--- Parceiro do ano ---

Nomeados
Jorge Mendes: pela incrível capacidade de enfiar barretes milionários a excêntricos árabes e asiáticos, ao mesmo tempo que não consegue vender nenhum dos muitos jogadores do Sporting que representa
Nélio Lucas: pelo altruísmo que revelou ao ceder €8M ao Porto do que a Doyen teria direito por Mangala, e pelo papel desempenhado no caso Rojo
Novo Banco: apesar de falido, continua a renegociar empréstimos sem exigir redução de custos a Benfica e Porto
Rui Pedro Soares: Dragão d'Ouro que empenhou os direitos económicos de meio plantel ao Benfica
Vencedor: Jorge Mendes e Novo Banco, ex-aequo

30 comentários :

  1. Muito bom mestre.

    Ontem ficou evidente que há, na realidade, uma união, no mínimo tácita, entre porto e benfica para dominarem o futebol português no sentido de arredarem o Sporting da luta pelos títulos e os milhões da champions.

    A quem passou despercebido o pinto da costa falar em "nós" referindo-se a porto e benfica? Parece querer estar a antecipar-se ao vieira na luta pela presidência do sport clube trampião.

    Quem ouviu ontem o guilherme aguiar dizer que só há espaço para 2 clubes grandes em Portugal, um a norte e outro a sul?
    Esquece-se é que o Sporting não é do norte nem do sul, é de Portugal.

    O Sporting e os sportinguistas devem estar muito atentos. É provável que esteja em curso uma tentativa por parte dos nossos rivais para enterrar definitivamente o nosso clube.

    Esquecem-se é que cada sportinguista vale por 10 trampiões.
    Estamos em vantagem.

    SPOOOOOOOOOOOORTING

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Migas, ver Pinto da Costa falar em "nós" referindo-se a Porto e Benfica é uma coisa que deveria provocar vómitos nos benfiquistas. Mas pronto, eles lá saberão com quem se querem deitar. É um tema a que regressarei amanhã - nomeadamente sobre a afirmação de Guilherme Aguiar. Um abraço.

      Eliminar
    2. Essa alegada associação, a mim, mete-me nojo. De facto. Mas como estas coisas não perdoo ao presidente do FC Porto, estou à vontade para o dizer.
      Já quanto ao presidente da Liga, alguma merda lá teria de calhar, depois de todos os antecessores desde que ditaram o fim dos Loureiro e a despromoção do Boavista.
      Bem queriam atingir outro alvo, mas não puderam. Quiseram, mas não chegaram.
      Era bom que todos optassem pela Verdade Desportiva mesmo.
      E saber porque é que o Sporting, afinal, não votou contra Luís Duque, foi lá votar talvez em branco ou nulo. É o espelho da demagogia e populismo.
      Entretanto, um ex-dirigente leonino que pôs dinheiro, comprovadamente, na conta de um árbitro é castigado, mas o clube ao serviço do qual fez isso, entre pintar postes ou lampiões lá na tasca de verde e branco, é que não há raio de sair castigo.
      Os proclamadores da Verdade Desportiva que queriam a despromoção do FC Porto através do castigo do seu presidente não querem ver o Sporting despromovido por castigo do seu vice-presidente.
      Acho que nem um elefante chega para atafulhar essas gargantas de tão puro desportivismo e verdade desportiva, chamo-lhe Herdade Desportiva com a manada ruminante e ululante.
      Parabéns pelo contorcionismo.
      De resto, sobre os dois clubes dominadores em Portugal, não percebo a dificuldade em verem que é o Benfica que pretende afastar o Sporting do seu mercado. Mas isso o grunho do carvalho não diz, tal como mete Duque em tribunal mas não joga um terno de paus para votar contra ele na eleição da Liga.
      Vergonha é coisa que falta a muita gente, realmente. E sentido da realidade também, a pensarem que é o FC Porto, clube regional, que faz sombra ao Sporting.

      Eliminar
    3. Zé Luís, há-de me explicar como é que o Sporting poderia votar CONTRA Luís Duque. Quando o Zé Luís vai votar nas legislativas consegue votar contra um determinado partido? Tem que escolher um dos partidos, ou não escolhe nenhum, ou faz um voto considerado nulo.

      Existiram votos brancos e nulos. Se o Sporting foi um dos clubes que o fez, nada a dizer.

      Eliminar
  2. Ribeiro Cristovão? Então o homem não é do Sporting? (certo, o Duque e o Godinho também consta que são) Como não vejo programas de paineleiros e comentadeiros, peço ao Mestre o favor de explicar. É que bater o Manha, nesta categoria, parecia impossível. SL! JPT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JPT, o Manha é um lampião da pior espécie, mas não trampião. Só vê vermelho à frente. Ribeiro Cristóvão é sportinguista mas é o primeiro a desvalorizar tudo o que faz o Sporting. Na sequência do jogo com o Maribor disse que o banco do Sporting é um deserto - e nesse jogo por acaso estavam no banco Esgaio, Paulo Oliveira, João Mário, Capel, Mané e Montero. Um abraço.

      Eliminar
  3. João Miguel Nogueira28 de outubro de 2014 às 10:37

    Acho engraçado este site. Leio, não nego que por vezes é bem escrito mas uma opinião sobre a punição de 15 meses a Paulo Pereira Cristovão?

    E o fechar de olhos de BdC neste caso? O vice-dirigente Sportinguista deposita 2.000 euros na conta de um árbitro assistente para este não ir a jogo. Isto é é coacção? Não é fruta verde?

    E o mais grave são os ataques de BdC a Godinho Lopes e Luís Duque e recorrer lado a lado com Paulo Pereira Cristovão na sua punição.

    Se isto não é hipocrisia, o que será? Talvez o choro em Alvalade da época passa com golo de Slimani em fora de jogo.

    Bom dia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como disse? Fechar de olhos? Então e o PdC que foi suspenso por 2 anos, ainda é presidente do fruta clube?! É que o PPC já nem consta dos quadros do Sporting, e se calhar até foi expulso de sócio. Está a ver as diferenças ou tem os olhos cheios de café com leite?

      Eliminar
    2. Rennie meu caro é o que lhe posso indicar!

      1º PPC foi "corrido" do SCP
      2º Não é um caso de coação nem de fruta meu caro mas sim de "denuncia caluniosa" senão sabe informe-se para não fazer figura de ignorante ... embora até pareça ser o seu caso.
      3º Para além de ignorante já reparei que é hipócrita:

      "E o mais grave são os ataques de BdC a Godinho Lopes e Luís Duque e recorrer lado a lado com Paulo Pereira Cristovão na sua punição."

      Esquecerá você que foi GL e LD que levaram o PPC para o SCP, mas para si isso não é problema o problema está em BdC criticar quem mal fez ao clube, acrescento mais uma vez a sua ignorância, o SCP recorreu da multa aplicada ao clube não do castigo a PPC que diga-se devia ser irradiado.

      As melhoras,

      SL

      Eliminar
    3. Caro João Nogueira, como disse e muito bem o Sérgio trata-se de uma situação bem diferente de coação. Paulo Pereira Cristóvão não tentou coagir ninguém, e muito menos subornar. Tratou-se de uma tentativa de incriminação.

      O Sporting não tirou qualquer proveito da situação. Ninguém beneficiou o clube ou prejudicou terceiros. Houve um fiscal de linha que foi afastado de um jogo, e para o seu lugar foi nomeado outro - sem que o Sporting tenha tido qualquer influência no nome que foi designado. São diferenças importantes em relação a outros episódios negros do futebol português.

      Posto isto, não deixa de ser uma atitude totalmente condenável, que a direção do Sporting soube tratar devidamente ao forçar a saída de PPC do clube (que teria que ser sempre por iniciativa do próprio).

      Mas é engraçado que refira os nomes de Luís Duque e Godinho Lopes no mesmo comentário. Segundo o seu raciocínio, tratando-se de coação aquilo que PPC fez, Benfica e Porto deveriam confiar em homens que eram colegas de PPC na altura em que realizou o tal ato?

      Eliminar
    4. Essa da coacção e do suborno desmistificados é como o Crato e a semântica sobre o futuro garantido dos professores, dependendo do tempo verbal.
      Parabéns pelo contorcionismo.
      Depositar dinheiro na conta de um árbitro não é mau, mau é apanhar o árbitro já com o dinheiro na mão como foi com o Xico Silva algarvio.
      Vou buscar os óculos para ver melhor.

      Eliminar
    5. Zé Luís, depositou o dinheiro na conta do árbitro E denunciou à FPF. É diferente do que combinar com um árbitro que lhe depositará dinheiro na conta a troco de favores dentro das quatro linhas.

      Eliminar
  4. Muito bom Mestre.

    João Nogueira, para já não existem provas pelo menos para o comum dos mortais se você sabe alguma coisa diga por favor, vamos esperar para ver se foi mesmo assim. Não queira comparar o caso PPC com o apito dourado, se a personagem fez alguma coisa foi só para que este não prejudica-se o Sporting não foi para alterar nenhum resultado ou verdade desportiva bem diferente do apito dourado, não estou a dizer com isto que aprove este tipo de procedimento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso, Guto. É um ato que envergonha o Sporting e os sportinguistas, mas que de forma alguma pode ser comparada com ações bem mais graves em que dirigentes ainda no ativo de Porto e Benfica participaram num passado não muito distante. Um abraço.

      Eliminar
  5. João Miguel Nogueira28 de outubro de 2014 às 11:10

    Desculpe? Eu não disse que o FC Porto não é culpado (nem sou portista nem benfiquista). O clube imaculado, que combate as que maças podres das últimas direcções, que mancha o nome do Sporting, maltratando glórias (Manuel José), apoio o recurso de Paulo Pereira Cristovão?

    Se afasta um elemento de arbitragem, não é coacção? Não é corrupção por outra via?

    O silêncio que se estendeu após a punição, é deveras esclarecedor! :)

    Tudo bons rapazes.

    Puniram 15 meses, acha mesmo que não há provas? Não sei se rio ou choro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Miguel Nogueira,

      Não sei se falas por puro desconhecimento ou apenas porque queres mandar uma achas para o SCP, mas eu vou explicar.

      1º PPC ainda não foi condenado em lado nenhum.
      2º Um orgão que não tem competência para castigar PPC, decidiu fazê-lo.
      3º Aposto o que quiseres que esse castigo vai ser anulado porque, obviamente, não faz sentido nenhum em direito.
      4º PPC foi demitido do SCP pelo que fez. Pode-se dizer o mesmo de outros dirigentes em outros clubes?
      5º O que PPC fez não é corrupção nem coação. Se não conheces as definições legais destas palavras tens que, primeiro, ir lê-las.
      6º o SCP não está implicado neste caso. Apenas PPC (juntamente com outros crimes que cometeu enquanto inspetor da PJ)

      Eliminar
    2. João Nogueira, por acaso sabe quem o condenou, foi o mesmo órgão que absolveu o Pinto da Costa e outros do caso apito dourado, assim estamos esclarecidos quanto a sua idoneidade para se pronunciar sobre este caso. Já percebi você é 1 anti direção, e portanto para ter alguma coisa para dizer mal mistura alhos com bugalhos. Se é Sportinguista devia dar valor a esta direção e o que já fez pelo Sporting, também faz algumas coisas mal pois faz, mas o mandato e claramente bom e muito superior aos que lá andaram anos e anos e que só faziam asneiras e que inclusivamente iam acabando com o clube.

      Eliminar
  6. O João Nogueira quer levantar areia e então desata a soprar com força.a ver se consegue!... O que o PPC tem a ver ACTUALMENTE como SCP ? E nunca neste blog alguem se levantou a aplaudir tais comportamentos...pelo contrario condenou se desde o principio a postura desse sr...algo que nunca vi fazer em relação a apitos dourados e vermelhos. Aí, pelos vistos ninguém quis mexer na trampa ....não fosse a Mafia TRAMPIÂ ( ou TRAMPIONA ?) começar a apertar, algo habitual através da pressão sobre a comunicação social ...as chamadas cobranças de favores e os comuns empréstimos a clubes. Ainda vou ver o PdC a almoçar com o Vieira ...tudo em família, como bons rapazes.
    AF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AF, de facto sempre condenei estes atos. E já escrevi um post sobre o assunto, inclusivamente. Se PPC cometeu aquelas ações, que seja condenado... Não há sportinguista que tenha uma opinião diferente.

      Em contrapartida, são poucos os benfiquistas e portistas que se envergonham com os atos cometidos pelos presidentes ainda em exercício...

      Um abraço.

      Eliminar
  7. Faltou apenas o paineleiro do ano:

    Rui Gosma da Silva porque consegue ter estupidez suficiente para achar que os penalties contra o Benfica são sempre mais penalties que os cometidos aos outros!

    De resto parece-me perfeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pensei nessa categoria, André. O vencedor seria Rui Oliveira e Costa, mas pareceu-me demasiado cruel. :) Um abraço.

      Eliminar
    2. Eehehehe e o prémio era uma Vat69. Ou um pente para se pentear :D

      Eliminar
  8. Então "NÓS" ,o Pinto e o Vieira estão a retomar a velha amizade e porquê ?,porque querem afastar o Sporting da Champions pois estamos cada vez mais temiveis,as contas dos dois meninos estão cada vez mais no vemelho,é preciso assegurar o futuro,é preciso manter os privilégios e os interesses de ambos.

    De resto MdC na lista acima apresentada está a realidade do futebol nacional...um monte de lixo.Diz o André que só falta o RGS mas esse está à espera de entrar no Júlio de Matos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Champions e publicidade, King Lion. Vou fazer um post sobre isso amanhã. Um abraço.

      Eliminar
    2. MdC

      Pois também publicidade,isto é,patrocínios claro.A PT vai deixar de patrocinar os 3 maiores clubes nacionais deixando de investir mais de 11 milhões de euros.

      Os patrocinadores querem o retorno do investimento feito por isso optam pelas melhores marcas pois são as que lhes dão mais visibilidade e lhes dão mais lucros,os que ganham ou os que líderam são portanto os mais vantajosos !...para a próxima época teremos a guerra dos patrocínios ou quem sabe já começou !...pois pois.

      Abraço MdC

      Eliminar
  9. Deixo uma sugestão: Paulo Pereira Cristovao, nomeado para dirigente do ano que afinal já não ou é, ou seja, é como se não fosse...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sugestão, afna. Prefiro aguardar que PPC tenha a concorrência de Pinto da Costa e Vieira, que já fizeram bem pior e continuam a ser reeleitos...

      Eliminar
  10. "Luís Filipe Vieira: pelos constantes ataques ao Sporting"

    Que visão mais honesta, coerente, justa e imparcial.
    O outro até com a cor da bandeira, dos microfones ou das botas dos jogadores se aflige...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, não misture declarações feitas em entrevistas com discursos em núcleos. São coisas completamente diferentes.

      Eliminar