quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Demonstração de orgulho e tenacidade

O jogo de ontem foi a meu ver uma grande demonstração coletiva de orgulho e tenacidade. Começou nas bancadas, que soube expressar de forma clara o nojo que nos causou a roubalheira de Gelsenkirchen...

A video posted by Joel Silva (@joelysandra) on


... e continuou dentro de campo, com uma equipa que soube mais uma vez reagir da melhor forma à adversidade. Apesar de a partida ter começado mal, com mais um autogolo, o Sporting conseguiu dar a volta e voltou a demonstrar que é superior ao Schalke, proporcionando-nos vários momentos mágicos que deixarão esta noite na nossa memória durante muito tempo. Uma vitória justíssima na Liga dos Campeões, que peca apenas por tardia, foi a melhor resposta possível à exibição menos conseguida de domingo e abre novas perspetivas para o nosso futuro na competição.



Positivo

Nani, what else? - sofreu a falta que deu origem ao primeiro; assistiu Jefferson para o segundo golo, ao parar a bola por uns segundos e prendendo dois adversários que só se preocuparam em tapar-lhe o caminho da baliza; marcou o terceiro após jogada extraordinária de Carrillo; serviu João Mário num passe a rasgar e Mané num cruzamento nas melhores oportunidades da primeira parte; e 90 minutos com a qualidade a que nos tem habituado; foi substituído perto do fim e ouviu uma mais que merecida ovação.

A luva magnética de Rui Patrício - sem culpas nos golos sofridos, fez uma defesa que foi festejada no estádio como se de um golo se tratasse - quando o resultado era de 2-1, fez um mergulho incrível para tirar a bola dos pés de Obasi com uma palmada. Foi um momento chave do jogo, absolutamente fantástico.

As alterações no onze de Marco Silva - quatro mudanças em relação a Guimarães. Uma forçada, duas previsíveis e uma inesperada, mas todas elas foram apostas ganhas: Sarr, com exceção de um momento de atrapalhação com a bola nos pés, teve uma boa atuação, coroada com um golo importantíssimo; Mané entrou muito bem e fez estragos no flanco direito, arrancando algumas boas iniciativas que semearam o caos na defesa do Schalke; Jefferson cumpriu defensivamente, não esteve particularmente ativo no ataque, mas é inevitavelmente uma das figuras do jogo pelo golo que marcou e pela assistência que fez para Sarr; e Slimani que, na minha opinião, foi um dos melhores em campo (ultrapassado apenas por Nani), foi um trabalhador incansável que correu, pressionou, construiu e, ao cair do pano, marcou o golo da tranquilidade que tanto mereceu.

Golaços para todos os gostos - o de Naby Sarr, não podendo ser considerado um golaço, foi provavelmente o mais importante dos quatro pelo ânimo que devolveu à equipa; o remate tirado a régua e esquadro de Jefferson, numa trajetória tensa e improvavelmente reta que apanhou de surpresa o estádio e os adversários; o incrível drible e sprint da lebre Carrillo, que sem parar para comer umas cenouras deixou inapelavelmente para trás a tartaruga branca que o tentava acompanhar, oferecendo o golo a Nani em bandeja de prata; as reservas de energia que Slimani encontrou para aquela correria louca de 40 metros com um adversário a pressionar, em resposta a um passe de Rosell.

8 (oito) portugueses na equipa titular - Rui Patrício, Cédric, Paulo Oliveira, William, Adrien, João Mário, Nani e Mané. Sete desses jogadores são da academia. E isto vindo de uma equipa que não aposta na formação, como muitos comentadores para aí dizem. Imaginem se apostasse.

Grande ambiente nas bancadas - e não sou só eu que o digo.


Negativo

A insistência nas faltas desnecessárias - Sarr foi a meio do meio-campo do Sporting dar um encosto duro por trás a um adversário. Falta completamente desnecessária que lhe valeu um amarelo e um livre para o Schalke. Ocorreram-me de imediato dois pensamentos: acabávamos de dar ao adversário uma oportunidade de explorar um dos seus pontos fortes (bolas paradas ofensivas) que é também um dos nossos maiores problemas; e que Naby Sarr não acabaria o jogo sem ver um segundo amarelo. Numa delas os meus receios concretizaram-se de imediato: foi desse livre que surgiu o 1º golo dos alemães. Em relação à outra, felizmente enganei-me.



Do ponto de vista das contas do apuramento, foi uma noite perfeita. O empate do Chelsea na Eslovénia contra a pior equipa da Champions (que já leva três empates, um dos quais na Alemanha) faz com que os ingleses tenham que levar o próximo jogo em Gelsenkirchen muito a sério, se quiserem garantir o primeiro lugar já na próxima jornada. E ganhando na Alemanha poderão receber-nos de forma mais relaxada. Para além disso, a vitória por 4-2 deixa-nos com vantagem no confronto direto com o Schalke, o que pode ser decisivo nas contas finais.

Segue-se uma receção ao Maribor. Vencendo, ficamos com o 3º lugar garantido e com boas hipóteses de conseguir o apuramento. Eu acredito.

16 comentários :

  1. A proteção civil emitiu ontem algum alerta para Lisboa?
    Uppppssss....parece que basta uma brisa para varrer o Alvalixo:
    http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=913416

    O Karma é uma coisa tramada! É o que dá cuspir para o ar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás enganado amigo. Aquilo foram destroços da etar de carnide que se soltaram e voaram até Alvalade. O costume.

      SL

      Eliminar
    2. Em Alvalade podemos cuspir para o ar porque não corremos risco que o vento provocado pela secreção faça soltar mais zinco e lã de vidro da cobertura. Isto foi uma (1) placa de acrílico - provavelmente de uma zona da bancada B que se pode ter soltado durante a saída do público. De qualquer forma, nada como aguardar para perceber o que efetivamente se passou.

      Eliminar
    3. Se não sabe não comente,joão montinho de m...a! A placa era publicidade da Champions League e da responsabilidade organizativa da UEFA,que foi suspensa na bancada B e derrubada pelos alemães que lá ficaram. Pelo contrário o quartel de bombeiros,vulgo Etar do Colombo, desfaz-se sem intervenção humana e com uma simples brisa!!!

      Eliminar
    4. Não tinha a certeza que se tratasse disso, mas calculava, Francisco. Obrigado pela informação. Um abraço.

      Eliminar
    5. Oh Maça Podre ... vai buscar!

      "O Sporting esclareceu esta quinta-feira que o incidente a envolver a queda de uma placa de acrílico, que deixou feridos três adeptos do Schalke 04, foi provocada pelo comportamento de um fã dos alemães que se encontrava na bancada B, que, após o segundo golo da sua equipa, decidiu pontapear a referida placa.

      Ora, com o impacto do pontapé, a peça acabou por cair para a bancada inferior, onde também estavam alemães, acabando por atingir alguns compatriotas. Do incidente ficaram feridos os referidos três adeptos, mas todos eles fora de perigo.

      A UEFA tomou conhecimento do sucedido no local e o assunto ficou esclarecido na hora."

      Eliminar
  2. As apostas de Marco Silva foram ganhas.Jefferson é mais seguro a defender do que Jonathan e ainda por cima deu uma assistência e marcou um golaço.Sarr esteve mais certinho a defender, foi mais um defesa a marcar um golo.Mané é um jogador que eu aprecio pela sua qualidade técnica,rapidez e sentido de oportunidade na área.Faltou-lhe o golinho.

    Acho que nos dois jogos o Sporting foi a melhor equipa e continua tudo em aberto no nosso grupo.Neste momento nem o Chelsea assegurou o apuramento.Esperamos que o sele em Gelsenkirchen.

    Quero destacar a defesa que evitou o 2º golo do Shalke,a exibição do Jefersson o sentido de baliza do Slimani(dois golos num jogo da champions não é para qualquer jogador !...) e o golo de Sarr.A importância dos jogadores altos como ele podem fazer a diferença tanto nas bolas paradas a defender como nos ataque.

    Pela negativa continuo a achar que a equipa do Sporting por vezes dá pouca cobertura a defender.De um momento para o outro dão espaços a qualquer equipa que se tem traduzido em golos sofridos.A equipa do Sporting precisa de defender melhor.É também preciso acabar com os gestos irreflectidos,estou a falar do Jefferson...e do Paulo Oliveira que ia isolar um jogador do Shalke.Não se pode falhar contra estas equipas pois normalmente não perdoam.

    Agora jogar com a mesma atitude contra um Paços que é umas das surpresas do nosso campeonato.É que domingo é mesmo preciso vencer pois o Sporting em 9 jornadas já perdeu 11 pontos o que é muito para um campeonato que ainda não chegou ao seu primeiro terço.




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Jefferson é mais seguro a defender do que Jonathan..."

      Por acaso não é e foi por sorte que não levamos golo em 2 cantos em que a bola entrou no 2º poste onde ele deveria estar. O Jefferson é, é bastante melhor que o J.Silva a atacar. Mas acredito que com o tempo, o jovem Argentino irá tornar-se melhor que o Brasileiro.

      Eliminar
    2. King Lion, de facto o sentido de baliza do Slimani foi demasiado apurado... :) Aquela do Paulo Oliveira foi de facto um susto, mas não me estou a lembrar que lance foi esse do Jefferson.

      Mike, aqui concordo com o King Lion: também acho que o Jonathan é melhor a defender que o Jefferson, porque coloca muito mais intensidade nas tarefas defensivas. Ainda tem muito a aprender e não tenho dúvidas que tem potencial para muito mais. A atacar, não há dúvida que o Jefferson é muito mais perigoso - com o extra das bolas paradas. O Jonathan é muito ineficiente a cruzar, mas por outro lado gosto da forma como pisa terrenos mais interiores que ajudam a encontrar desequilíbrios. Um abraço.

      Eliminar
    3. A minha opinião é que o Jefferson é melhor a defender do que o Jonathan.Basta ver o que se passou contra o Marítimo e o Vitória de Guimarães e de que lado veio o perigo e os golos sofridos.

      Eliminar
    4. A minha opinião também, a que acrescento aquilo que já escrevi de que o Jonathan tem falta de velocidade e é facilmente ultrapassado nos contra ataques por avançados rápidos.

      Eliminar
    5. Li mal a frase do King Lion. Bem, estou em minoria, pelos vistos. :)

      Eliminar
    6. Nestas opiniões há uma coisa em comum...é que gostamos tanto de um como de outro mais a atacar do que a defender !...lol

      Eliminar
  3. Pois não cuspas para o ar que andas todo sujinho...nem dormiste para escreveres isso no blog.Já podes ir para a cama que o teu mal é sono.E incha mas é lá 4 bombas nessa cabeça inchada.

    ResponderEliminar
  4. https://www.facebook.com/video.php?v=10152863409925909

    Isto é futebol. 30 passes, golo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me tinha apercebido, Jorge. Excelente, vale bem um post. Obrigado e um abraço.

      Eliminar