quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Distribuição de passes



Não sou o maior fã de Sarr, mas há uma coisa que não posso negar: o rapaz sabe passar a bola - e não é preciso uma tabela estatística para nos apercebermos disso. Mas neste caso a estatística impressiona: fez 33 passes, todos corretos, dos quais apenas 1 foi curto. Não que tenha feito nenhum passe de encher o olho, mas foram todos precisos, o que já não é nada mau.

11 comentários :

  1. E ainda p'ra quem diz que o William agora falha muitos passes... nada mau han!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, Jorge. Ainda por cima, atendendo que faz muitos passes pressionado por adversários, 88% acaba por ser bem razoável. Um abraço.

      Eliminar
  2. o slime é um coxo e o rossel tem a pior média .. mas em 3 passes fez uma assistencia... estatistica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se em cada 3 passes continuar a acertar 2 e a fazer 1 assistência, temos titular para o resto do campeonato... :) Um abraço.

      Eliminar
  3. Acho mal discriminarem assim o Capel... 5 minutos em campo e ninguém lhe passou uma bola!! :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Capel pode não ter tocado na bola mas pôde festejar um golo com os colegas, o que não foi mau! :) Um abraço.

      Eliminar
  4. Ainda e' mais impressionante do que aquilo que me apercebi durante o jogo. Penso que o Sarr e' para ficar no 11. Ira' ainda cometer erros durante a epoca, mas sendo a alternativa o Mauricio, penso que merece mais oportunidades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, eu sou um autêntico catavento no que toca a quem deve ser o nosso 2º central. Já achei que devia ser o Sarr, mas as asneiras sucessivas que fez levaram-me a querer que fosse o Maurício. Mas agora o Maurício tem estado mal, e ontem o Sarr fez um bom jogo, pelo que se calhar concordo que deve continuar a titular... o potencial está lá, sem dúvida, mas precisa de deixar cometer aquelas asneiras infantis. Não deve ser fácil para Marco Silva. Um abraço.

      Eliminar
  5. O Sarr está a aprender, jogando. Os passes que fez para o Jefferson foram quase todos como devem ser numa equipa que gosta de atacar: em arco, para a frente, facilitar a progressão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Daniel. Todos os passes do Sarr para o Jefferson foram um primor. Nesse capítulo o francês é bastante evoluído. Um abraço.

      Eliminar
  6. Se a nossa estratégia tem que passar obrigatoriamente por contratar jogadores e fazê-los crescer, então temos que esperar que falhem. Desde que vão evoluindo, é o preço a pagar. Vide Cédric, Adrien, Carrillo ou, o maio exemplo de todos, Patrício. Nós queremos ganhar mas também vamos ter que passar pelas dores de crescimento do Sarr ou do Jonathan. Temos é de confiar que têm potencial mas que vão aprender e render. Abraço

    ResponderEliminar