quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Jornalismo desportivo em Portugal: o copo vazio e o copo cheio

São poucas as coisas na vida que não podem ser encaradas de formas distintas. É perfeitamente possível que o mesmo facto possa ser abordado por uma via mais positiva ou por uma via mais negativa. Quando esses temas dizem respeito a um clube de futebol, é normal que os adeptos tentem encará-lo de uma forma mais construtiva e que os rivais o explorem de uma forma mais destrutiva. Quanto à comunicação social, espera-se que aborde preferencialmente os dois lados da questão, independentemente do nome do clube que se discute.

Vem isto a propósito da forma como o Record decidiu destacar a estreia de Daniel Podence pela equipa principal contra o Espinho:


O Record dedicou uma página inteira a este assunto. Concordo que o facto de alguns reforços do Sporting ainda não terem jogado tem interesse jornalístico, mas será que não seria também pertinente abordar a estreia de Podence pela vertente de mais um jogador da formação ter sido utilizado?

Será que referir que Podence é o 10º jogador da formação a ser utilizado esta época em jogos oficiais (depois de Rui Patrício, Cédric, Esgaio, William, Adrien, André Martins, João Mário, Carlos Mané e Nani) não tem também algum interesse jornalístico? 10 até é um número redondo... será que duas mãos cheias de jogadores não justificariam um espacinho na capa?.

A hipocrisia é tanto maior quando vemos que duas capas mais recentes do Record que destacam o Benfica, e que referem a temática formação e gestão do plantel, são abordadas de uma forma altamente elogiosa (no caso da formação) ou simplesmente neutra (no caso da gestão do plantel).

Para serem coerentes, não poderiam abordar pela ótica de o Benfica procurar contratar o 4º lateral esquerdo da época - depois de Djavan, Benito e Eliseu, que juntos custaram 5 ou 6 milhões?


Poderíamos também falar na quantidade de jogadores do Benfica que ainda não justificaram a sua contratação. Aos €5/6M gastos em laterais esquerdos que não convencem, ainda podemos juntar Samaris (€10M), Cristante (€6M), Bebé (€3M), Derley (€2,5M), César (€3M), Luís Felipe (€1M), Dawidowicz (€2M e só jogou pela equipa B) ou Victor Andrade (€3,5M e também só jogou pela equipa B). Quase €40M em reforços que não convencem Jesus, que nos jogos a doer prefere não apostar no banco que tem. Das contratações feitas sobram Júlio César, Talisca e Jonas.

Infelizmente a única coerência que se encontra é a necessidade cíclica de tecerem loas à gestão de Vieira. Pergunto: que mérito existe numa política de betão feita à base de sucessivos empréstimos bancários que nunca são amortizados? Qualquer pessoa com acesso a crédito ilimitado conseguiria fazê-lo. 


Já fizeram uma análise à evolução dos empréstimos bancários e obrigacionistas do Benfica ao longo dos últimos anos? A tendência tem sido apenas uma: dívida crescente, mesmo com as vendas milionárias que têm sido realizadas pelo clube.

Em alternativa, não poderiam referir a persistente falta de aposta nos jogadores da formação? O único jogador que o centro de estágios do Seixal produziu a ser utilizado esta época foi Gonçalo Guedes que, à imagem de Podence, também entrou como suplente num jogo da Taça de Portugal contra uma equipa de um escalão inferior. Mas aqui já se consegue vislumbrar um rosto da nova política.


Nada disto é novo. Esta fonte inesgotável de elogios a Vieira não são mais que reportagens requentadas que devem ser publicadas ao abrigo do protocolo que existe entre a Cofina e o Benfica. É que no ano passado tivemos que gramar com isto:



Uma mão cheia de nada, é o que é. As desculpas para a falta de aposta na formação já se esgotaram há muito. O centro de estágios do Seixal já existe há mais de 8 anos e desde então o investimento sucessivo em novas infraestruturas nunca abrandou.

Por muito que Vieira diga que a aposta da formação será uma realidade (há quanto tempo ouvimos isto?), enquanto Jesus lá estiver (e vai estar ainda durante mais alguns anos) o presidente não terá "nozes" para impôr a sua "visão". Dá muito jeito a Vieira ter alguém como Jesus à frente do futebol do clube (não só porque é competente, mas também porque não se importa de servir de saco de pancada quando as coisas correm mal), e nada deve aterrorizá-lo mais que se ver na necessidade de procurar outro treinador para a equipa.

Não estou a dizer que tudo é mau - para todos os efeitos o Benfica lidera o campeonato e os resultados das camadas jovens do Benfica são inquestionavelmente bons -, simplesmente quero dizer que também havia material suficiente para justificar uma abordagem de copo meio-vazio para os temas que mencionei, se o Record optasse por seguir uma linha coerente com a notícia de Podence. Resta saber por que motivo não o fez.

P.S.: o mesmo exercício das contratações que tardam em render poderia ser feito também para o Porto: Opare, Campaña, Otávio, Ricardo ainda não jogaram, enquanto que outros como Marcano, Jose Angel, Evandro, Aboubakar ou Andrés Fernandez tardam em impôr-se. Aqui a diferença é que ninguém sabe muito bem quanto é que eles custaram...

27 comentários :

  1. Está tudo aí.

    Nova frente de batalha: provar que o Benfica era a equipa mais fraca do seu Grupo (apesar de vir do Pote 1), daí o resultado final (apesar de ainda faltar uma jornada) ser perfeitamente normal.
    E porque não questionar a disparidade de cartões (e expulsões) que o Benfica tem em 5 jogos de Champions, em contraste com o que (não) tem na Liga portuguesa?

    Há coisas que o Benfica Lab ainda não consegue controlar. Venha de lá o Cubo Mágico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantinho, já ficámos a saber que o Mónaco (8º classificado do campeonato francês) é uma potência europeia, apesar de ter perdido os seus 2 únicos jogadores de topo (James e Falcao)... E o Leverkusen deve estar a um passo de desalojar o Bayern da hegemonia do futebol alemão. Um abraço.

      Eliminar
  2. Pois como eu já disse tenho a impressão que o "Cubo Mágico" ,a nova revolução tecnológica do Seixal como apelidou o Record,está mal formatada !...dá erro sistemáticamente.De que interessa ter material tecnológico de qualidade se a matéria prima é fraca ?.

    O que tem de extraordinário o Benfica se com os milhões investidos época atrás de época não vencesse um campeonato de vez em quando, o que tem de extraordinário o Benfica se com os milhões investidos no Seixal não melhorasse a sua formação.

    A mim o que me parece extraordinário é o Domingos Soares Oliveira dizer ,como o disse ao Record, que agora as assistências e as receitas na champions baixaram porque como estão no pote 1 não recebem os grandes tubarões da Europa tipo Real,Barcelona,etc,isso para mim é que é caricato,este também deve ser um artista de primeira.

    O que também a mim me parece extraordinário é que um clube que quanto mais factura mais deve.Está-se mesmo a ver o desastre que está política demagógica um dia vai ter.O primeiro rombo já aconteceu quero ver a quantos rombos vai resistir o Titanic.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. King Lion, realmente essa desculpa de DSO é uma coisa extraordinária. A ausência de tubarões na fase de grupos deveria ser largamente compensado pela maior facilidade para se apurarem para a decisiva fase a eliminar... mas sabemos como isso correu...

      Um abraço.

      Eliminar
  3. Grande trabalho Mestre. Excelente a desmistificar estes gajos da CS. São uma vergonha. Qualquer Sportinguista de verdade não gastar um tostão a comprar esse lixo. Um abraço e SL

    ResponderEliminar
  4. Mestre,
    Gabo-te a paciência, notável.
    E a estratégia de combate também, é bem importante não deixar passar este "jornalecozismo" em claro.
    A minha estratégia de combate é mais curtinha, mas tb dou o meu contributo: 0 clicks, 0 page views p/ esses srs.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  5. Interessante também é ver os comentários que existem na maior parte das noticias desse esterco jornalístico(rascord e esterco da manha), só passam comentários anti sporting, o resto é tudo censurado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje no Record não dava para fazer comentários às noticias do Carnide....estavam portanto em profunda reflexão depois de mais um sucesso !....

      Eliminar
  6. fantástica desmontagem da forma execrável como a CS em geral trata uns clubes e trata outros.
    o encobrimento "ilusionista" como é tratada a politica de contratações do slb e do fcp é simplesmente asquerosa...mas como diz o ditado,"a verdade vem sempre á tona"..fico feliz pelo "rumo fabuloso" que tanto o slb como o fcp estão a seguir,pois não tenho a minima duvida que estes 2 "portentos" em gestão em breve...muito em breve estarão como o Titanic...aliás,já me parece visivel o fumo a sair destes dois clubes,que bem recentemente "celebraram"um épico "casamento"...porque será????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aníbal, e cá para mim as contas de Benfica e Porto não refletem aquilo que se passará na realidade. Não tenho nada que o comprove, mas é um feeling bastante forte. No dia em que forem escrutinadas por outros olhos que não os das atuais direções, muita coisa se vai descobrir. Um abraço.

      Eliminar
  7. Mestre, tem de ter calma ou então corremos o risco de, com tudo tão bem explicado, os lampiões perceberem que estão a ser enganados há mais de uma década.

    ResponderEliminar
  8. E o titulo fantástico "Mané em queda livre" ?

    Mais do mesmo, só merda. Cabe-nos a nós matermo-nos " firmes e hirtos". O ataque vai ser duro, estamos mexer com o sistema.

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francis, lembro-me vagamente desse título, mas não me lembro onde foi. Foi no Record? Um abraço.

      Eliminar
  9. «Senhor doutor Godinho Lopes O senhor é sério e merece a informação Estou farta de privar com um homem que vive na podridão e na corrupção. Veja um exemplo da impoluta equipa de arbitragem que vai ter no jogo do Marítimo Acho que o resto tem a mesma tabela Não interessa quem sou e só me interessa que o senhor ajude a limpar este lixo da sociedade Faça o que quiser com esta prova que me chegou às mãos»
    in http://www.maisfutebol.iol.pt/sporting-liga-maritimo-pereira-cristovao-paulo-pereira-cristovao-topnews/547639c30cf25d9ff908e565.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não tinha lido, Costa. Envergonha-me que um indivíduo destes tenha sido dirigente do meu clube. Um abraço.

      Eliminar
  10. só hoje vi isto. o copo transborda para os lados da luz
    http://2.bp.blogspot.com/-sA7jBvaTMaU/VHekNSaDevI/AAAAAAAABAE/KOVIp8Iwhvw/s1600/Untitled.png

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tinha lido, não me parece que o Bernardo Ribeiro acredite mesmo no que escreveu. Cheira a encomenda dos patrões da Cofina por todos os lados... Um abraço.

      Eliminar
  11. Caro Mestre,
    Excelente trabalho!

    De referir que o director adjunto do Record, Bernardo Ribeiro, de quem se diz ser sportinguista, fez também esta semana um exercício de lambe botas ao Vieira e à sua "aposta" na formação.
    Analisei de forma menos apurada o tema (osangueleonino.blogspot.pt) mas entra no mesmo espírito do teu post.
    Abraço e SL
    José

    ResponderEliminar