terça-feira, 11 de novembro de 2014

M*rdas que só mesmo connosco, nº 0

Na sequência da pouca vergonha que foram as arbitragens deste fim-de-semana, não tardaram a aparecer as reações do costume que procuram desvalorizar o sucedido. Os argumentos utilizados são já bem conhecidos:
  • O árbitro faz parte do jogo e o erro é algo natural que pouca influência tem no desfecho das partidas
  • No final dos campeonatos a contabilização de erros acaba sempre por se equilibrar entre benefícios e prejuízos
  • Os grandes (Sporting, Benfica e Porto) são sempre os mais beneficiados, nomeadamente em relação aos clubes mais pequenos, pelo que é uma hipocrisia queixarem-se quando são beneficiados
  • As reclamações que os adeptos, jogadores, treinadores e dirigentes dos clubes fazem é apenas uma forma de encapotar a falta de competência que os queixosos apresentam dentro das quatro linhas

O engraçado é que quem costuma usar esta argumentação são os mesmos que dizem que é idiota fazer-se a contabilização dos erros. Esses puristas do futebol (que se recusam a acreditar que existem interesses fora das quatro linhas que de alguma forma tentam influenciar o desfecho de jogos e competições) acabam por não se aperceberem do paradoxo em que se metem: dizem que as contas no final ficam equilibradas, mas por outro lado recusam-se a fazer uma contabilização séria dos erros cometidos. 

Ao mesmo tempo, essas mesmas pessoas preferem assobiar para o lado enquanto assistem às persistentes lutas de poder que sempre existiram (e continuam a existir) para ocupar os cargos mais influentes na Federação e na Liga (com o Conselho de Arbitragem à cabeça de todos, mesmo à frente do cargo de presidente da FPF). Certamente acreditam que essa luta de poder é disputada apenas por figuras impolutas cujas únicas motivações são puramente benignas, em que o bem do futebol português é colocado acima de qualquer interesse clubista ou associativo.

Também é interessante assistir ao crescimento galopante do número de benfiquistas que alinham com este discurso. É o que se chama falar de barriga cheia - e não me estou a referir a títulos.

Sou obviamente suspeito, mas tenho dúvidas que exista alguma equipa em Portugal (grande ou pequena) que tenha um historial de prejuízos de erros de arbitragem tão profundo e diversificado como o Sporting.

Para o provar, vou fazer esta série de posts, intitulada M*rdas que só mesmo connosco, que vão demonstrar a inacreditável quantidade de decisões insólitas que têm acontecido em jogos do Sporting nos últimos anos. Algumas muito graves, com influência no resultado ou mesmo em competições, outras que só dão para dar uma gargalhada perante um jogo que já tem um resultado decidido - mas todas elas com uma coisa em comum: o evidente desrespeito que o setor da arbitragem tem para com o Sporting

Não vou sequer entrar nos típicos de lance de penáltis por assinalar ou foras-de-jogo mal tirados (a não ser em casos muito especiais) - isso seria fácil demais, e não tenciono que esta série de posts chegue à casa das centenas de capítulos. Quero que seja curta, mas original.

Por isso, caros leitores de outros clubes, amigos puristas para quem não existem arbitragens mal intencionadas, prezados jornalistas que eventualmente venham a ouvir falar desta iniciativa, aqui fica o desafio: no final indiquem-me que equipa, grande ou pequena, sofreu na pele tantos e tão diversificados tipo de decisões absurdas como os que aconteceram ao Sporting e que vou apresentar daqui em diante. Uma. Só uma. Não peço mais.

Aos sportinguistas fica outro desafio: se se lembrarem de situações insólitas ocorridas com o Sporting, indiquem-nas na caixa de comentários - se possível com a informação do jogo em que sucedeu, para facilitar a pesquisa. Se vier acompanhado de um link para um vídeo, perfeito!

Já tenho um bom punhado de situações identificadas com a ajuda inestimável do @baavin (que apanhou o caso que me levou a pensar nesta série de posts), @captomente, @zecarlos_sa, @vmatos76, @dioogo91, @sportingloewe, @TiagoMartinsPT e @skhimji1 (se por acaso me esqueci de alguém peço desculpa).

O primeiro número da série vai ser um dos casos mais ligeirinhos - seria incorreto da minha parte começar com um de nível de dificuldade elevada. Será publicado no final desta manhã.

40 comentários :

  1. Bom dia a todos!!!
    Ontem foi um dia fantástico, nem parecia uma Segunda-Feira! E hoje parece que não vai ser pior...
    O meu smarthphone tem um ecran muito pequeno, o curioso é que na aplicação que uso para acompanhar o campeonato nacional só mostram os primeiros 7 lugares e hoje o Sporting não aparece!! Os meus amigos sportinguistas sabem dizer-me o que se passa? É mais uma classificação adulterada com critérios à moda do Record?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, estúpido! Fico contente que algo em ti seja "smart"! Nem que seja só o phone!

      Vai gozando enquanto podes. Quando perderes o controlo do Conselho de Arbitragem perdes o pio. E ao que parece está para breve...

      Eliminar
    2. Ontem também para mim foi um dia fantástico,vi a tua Mãe a levar no pacote.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. O meu tem um ecran ainda mais pequenino que quando vejo as classificações dos grupos da Champions só aparece até ao 3º......
      Curioso!!! Não é ó Estupido de Merda!!!

      Eliminar
    5. AHAHAHAHA Que grande LOL!!!

      "acabam invariavelmente em trocas de insultos que são degradantes não só para quem os faz, mas também para o próprio espaço onde são proferidos". (em http://oartistadodia.blogspot.pt/2014/11/consideracoes-sobre-derrota-em-guimaraes.html)

      Mas o Mestre a um comentário que termina com "Estupido de Merda" diz "Boa resposta"! AHAHAHA

      Força aí, Mestre! Vamos lá degradar ainda mais isto! Vamos lá dar cobertura a mais comportamentos "degradantes"! AHAHAH

      Pensava eu que os sportinguistas eram todos sangue-azul, com educação esmerada de berço, que frequentaram os melhores colégios e que têm uma "forma diferente de estar no futebol"... só bazófia!

      A "coisa" está a bater-lhes forte! A máscara começa a cair e começam a mostrar o verdadeiro carácter!

      Eliminar
    6. Ó João Moutinho, a credibilidade que tem um comentário que começa por "AHAHAHAHA Que grande LOL!!!" é igual à probabilidade de ser lido até ao fim. Ou seja, zero.

      Eliminar
  2. Leram a entrevista do Pedro Proença sábado no jornal record?
    É possível transcreverem-na ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diz o Pedro Proença que está instalado o caos na arbitragem nacional.Diz ele que não se importava de ser vice-presidente da arbitragem nacional e até deu o nome para o cargo de presidente Fontelas Gomes.

      Fui ver quem era o Fontelas Gomes e aparece-me o presidente da APAF.Se havia dúvidas acerca das qualidades deste artista para dirigir a arbitragem nacional depois das declarações irresponsáveis de ontem não haja dúvidas que o homem encaixa perfeitamente no sistema de ladroagem vigente.

      Eliminar
  3. Em relação a exemplos, queria lembrar o ultimo jogo do famoso campeonato ganho pelo Benfica depois do golo do Luisão na Luz.
    Depois dessa derrota na Luz, o Sporting estava em segundo do campeonato e uma vitória em casa "chegaria" para garantir presença na Liga dos Campeões (o mal menor).
    Certo é que perdemos com o Nacional, sendo que os 3 golos do Nacional são ilegais, um deles então é um fora-de-jogo escandaloso mesmo à minha frente.
    Perder com 3 golos ilegais acho que é uma "M*rda que só mesmo connosco"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueci-me de acrescentar que essa derrota permitiu ao Porto ficar em segundo no campeonato...

      Eliminar
    2. Ryder, estive à procura de vídeos e encontrei os golos do Nacional, mas nem todos são conclusivos. O 1º golo é um fora-de-jogo escandaloso, o 2º vê-se que o jogador do Nacional vai isolado mas não dá para perceber se está fora-de-jogo. No 3º e no 4º não me apercebi de nenhuma falta (pode ter sido antes de os vídeos começarem). Mas há uma crónica do Record que refere que a arbitragem foi péssima. Obrigado e um abraço.

      Eliminar
    3. O golo do Luisão, por si só, já é uma coisa que só a nós acontece.
      Caro Mestre, recomendo que faça download de todos os videos que encontrar e que foram aqui publicados. A censura no youtube anda forte, e carregada de tons vermelhos.

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Uma das minhas preferidas é o Labiad ter sido expulso por ter sido empurrado duas vezes pelas costas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostei da diferença de cartigos por cuspir no adversário entre o Insua, o Josué e o Enzo, tudo na mesma época.

      Eliminar
    2. Dois bons exemplos, Feadin. E quem foi o árbitro que expulsou Labyad, quem era? Vasco Santos, o do Setúbal - Sporting e do Estoril - Benfica. Coincidências, certamente. Um abraço.

      Eliminar
    3. MdC, os casos são tantos que tens muito material por onde escolher. Tentei dois dos menos evidentes, porque à cara podre, e sem pensar muito, temos o já falado golo do luisão com falta sobre o Ricardo, temos o penalti do Lucílio Baptista na taça com o mesmo nome, temos o limpinho limpinho, temos a eliminação da taça no ano passado (curiosamente todos a beneficiar o carnide), temos o caso do gazprom deste ano... enfim... uma parada gloriosa de "m*rdas que có mesmo connosco".

      E para fechar, dois dos menos evidentes e divertidos: O Duarte Gomes aos empurrões ao treinador do guarda-redes no aquecimento para o jogo e a expulsão do Rui Jorge pelo Bruno Paixão com dois cortes magistrais que deram... dois amarelos.

      Eliminar
    4. Já tenho esse vídeo, Feadin. Essa arbitragem em que o Rui Jorge foi expulso foi escandalosa - inúmeros erros, entre os quais a expulsão de Barbosa por ter tentar marcar um livre com adversários à volta para perder tempo.

      Eliminar
    5. Essa do Barbosa faz lembrar o amarelo sacado ao Carlos Mané neste último jogo.

      Eliminar
  6. Pá um lance do Polga, n sei se foi contra o Gil Vicente ou outra equipa, em que faz falta a uns 2m ou 3 da grande área e marcam penalti!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tomás, lembro-me perfeitamente dessa (e já tencionava colocá-la). Foi na 1ª jornada contra o Trofense, acabámos por ganhar 3-1. Polga foi expulso (corretamente). Paulo Baptista vintage. Um abraço.

      Eliminar
  7. Para mim começava com o Porto-Sporting em 2007, primeira jornada do campeonato.

    O atraso marcado ao Polga pelo Pedro Proença que nem as regras sabe.

    Recordo ainda que nessa semana a Liga desrespeitando as regras da UEFA e Fifa inventou regra muito própria em que qualquer passe ao guarda redes era atraso, ignorando a questão da intencionalidade.

    SL

    ResponderEliminar
  8. MdC

    Cá vai uma...Martins dos Santos...das pessoas mais impolutas que existiram no futebol nacional !....http://www.youtube.com/watch?v=DtWe_aVWYL4

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um clássico de um árbitro impoluto.

      Boa iniciativa Mestre!

      Eliminar
    2. Martins dos Santos... não havia jogo que não acabassem 5 expulsos e outros 17 com amarelos... :)

      Eliminar
  9. Não consigo o vídeo de mais uma arbitragem manipulada pelo Paraty em Barcelos mas por "coincidência" encontrei esta prova da sua honestidade...foi um daqueles jogos que fomos empuradinhos,empurradinhos para trás !...

    Dos tais jogos que ficam na nossa retina http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=645642&page=-1

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou tentar encontrar mais informações sobre esse jogo. Obrigado e um abraço.

      Eliminar

  10. São tantas décadas a recalcar e a racionalizar a gritante manipulação das competições que muita coisa fica compreensivemente, esquecida.

    Quanto a mim falta aqui aquele que é o acontecimento singular que no passado recente serve de moldura à verdade desportiva que nos quiseram vender. Refiro-me ao caso, que creio único a nível mundial, onde reiteramente toda uma cooporação de protagonistas se recusou a arbitrar um jogo. A mensagem foi clara e inequívoca, só uma comunicação social feita à medida de canalhas e uns tantos mentecaptos que se dizem sportinguistas não a quiseram ouvir e daí retirar as devidas consequências: "aí não querem compactuar com o atentado de que são vítima semana após semana, ano após ano!? pois então arranjem outros..."

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Krinas, o boicote aos jogos do Sporting é dos momentos mais inadmissíveis da história da arbitragem em Portugal. Ainda por cima não se pode dizer que as críticas do Sporting tenham justificado isso - foi a partir de um artigo de jornal que atribuía declarações (não públicas) a dirigentes do Sporting.

      Obrigado e um abraço.

      Eliminar
  11. Então e os golos limpos anulados na época passada? (julgo que nas 3 competições nacionais foram 6 golos)

    Não deve haver no mundo equipa que, numa época, tenha 6 golos limpinhos anulados de forma tão limpinha.

    ResponderEliminar
  12. O Moreirense - Sporting de 2003 merece estar na lista, creio que até chegou a ser investigado no âmbito do processo Apito Dourado. Nos últimos minutos, penalty por marcar na área do Moreirense e, em contra-ataque, golo do Manoel em fora-de-jogo. O árbitro? Augusto Duarte, corrupto comprovado e que ia a casa do pinto da costa receber cheques com dinheiro.

    ResponderEliminar
  13. golo apontado por apanha-bolas ao Damas nas Antas; iluminação apagada a 5m do fim do jogo em Chaves e o SCP teve que jogar os minutos no dia seguinte; 3 jogadores expulsos nas Antas mais que uma vez e até o Oceano teve que ir para a baliza; livres perigosos com golos ao SCP por passes aos guarda-redes nas Antas e em P.Ferreira; derrota que custou um campeonato por golo com a mão de Ronny em Alvalade; falta do luisão ao Ricardo que nos roubou um campeonato;

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, estão aí alguns clássicos... :) A do apanha-bolas por acaso ainda não tinha na lista (que falha imperdoável, nem a dos 3 expulsos). Obrigado e um abraço.

      Eliminar