terça-feira, 18 de novembro de 2014

O número de sócios do Benfica

O presidente do Bayern colocou recentemente em causa a veracidade do número de sócios que o Benfica alega ter:

in ojogo.pt

Não é nenhuma novidade para qualquer clube que estes números dependem muito da periodicidade com que fazem renovações da lista de sócios, retirando aqueles que deixaram de pagar as quotas. Por exemplo, no caso do Sporting, Bruno de Carvalho disse recentemente que o clube tem cerca de 110.000 sócios, dos quais apenas 59.000 têm as quotas em dia. A esses 59.000 sócios correspondem médias de assistência no estádio na casa dos 35.000 espectadores.

No caso do Benfica, os 235.000 são um número que não encontram qualquer tipo de correspondência na realidade em que o clube está inserido - um país de 10 milhões de pessoas (OK, há-de haver emigrantes que se mantém sócios, não duvido, mas serão assim tantos?) em que as dificuldades económicas fazem parte do quotidiano diário de muitas famílias há demasiados anos, e em que o número de espectadores no estádio raramente ultrapassa as 40.000 pessoas em jogos que não envolvem grandes ou títulos praticamente assegurados.

Quando falou na quantidade de sócios do Sporting, Bruno de Carvalho referiu-se a uma média de 8 euros por sócio pagante, já que existem categorias diferentes que pagam valores distintos. O Benfica tem uma diversidade de categorias parecida à do Sporting. Se fizéssemos o mesmo exercício para os 235.000 sócios do Benfica (assumindo o pagamento de 13 quotas mensais), as receitas anuais de quotizações andariam à volta de €24,5M.

O R&C de 2013/14 do Benfica não é totalmente elucidativo em relação às receitas de quotizações, pois esse período foi de transição na repartição desses valores entre SAD e clube. A 1 de julho de 2013 a SAD reduziu os direitos sobre as quotizações de 75% para 25%, mas todas as quotas referentes a períodos posteriores a 1 de julho que já tivessem sido cobradas ficaram na SAD. Ou seja, alguém que tenha pago em junho as quotas dos 13 meses seguintes, 75% do valor total ficou na SAD, mesmo que 11 meses correspondessem a 2013/14. Como tal, não é por aí que se poderão retirar conclusões definitivas.

De qualquer forma, em 2012/13 a SAD do Benfica teve receitas de €7,163M, que correspondem a 75% das quotas totais pagas pelos sócios.


A uma média de €8 mensais por sócio, com 13 quotas mensais, isto significaria que o Benfica teria à volta de 92.000 sócios pagantes.

Dando o devido desconto às contas de merceeiro que acabei de fazer, e mesmo que durante 2013/14 tenham havido novas adesões, parece-me um número bem mais ajustado à realidade nacional e à militância que o Benfica demonstra em períodos normais (que não de festa), mas definitivamente muito distante dos 235.000 que correspondem a um máximo à escala planetária e dão direito a um recorde no livro do Guiness.

Curiosamente, Vieira nunca divulgou publicamente os resultados da campanha Sócio Zero Euros. Seria interessante saber a quantidade de sócios angariados numa altura em que os resultados desportivos eram arrebatadores. Conhecendo a forma habitual de comportamento dos responsáveis benfiquistas, arrisco a dizer que se a iniciativa tivesse sido um êxito retumbante os números teriam sido divulgados de imediato.

10 comentários :

  1. Se tivesse sido um exito, ate a CS falaria disso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim que a CS nunca perde uma oportunidade de fazer favores ao Benfas....nem de dar umas alfinetada no nosso clube. Ontem por exemplo, numa introdução ao " regresso" a Old Trafford de Ronaldo e Nani, e pssando uma muito breve resenha dos feitos do CR7 e Nani aquando da sua passagem pelo ManUnited...lá tinha de aparecer...QUE COINCIDENCIA...APENAS ISSO...o golo do CR 7 ao SCP na liga dos Campeões...COINCIDENCIA......concerteza. Mais uma que já não nos arranha. Entre muitas parvoices da nossa CS.

      Eliminar
  2. É mais um Mito Urbano, como os 6 milhões de adeptos, os 15 milhões pelo Mundo inteiro inclusive na Papua nova guine, os 300 mil assinantes da BTv, os milhões de que vendem os jogadores, a data da sua fundação, o numero de adeptos que assistem aos jogos, é tudo em grande e muito transparente.

    ResponderEliminar
  3. Guto, lamento discordar mas isto é tudo menos um mito urbano. Um mito é algo que nasce com uma ponta de verdade (geralmente algo que não conseguimos explicar) e, pelo folclore popular, vai ganhando contornos de "fábula". O que isto é, é uma mentira e uma mentira plantada propositadamente nunca deixará de ser uma mentira reles.

    Mas, atitudes sérias e credíveis vindas daquelas bandas não são propriamente como as bruxas. Eu não acredito nelas e que não as há, de certo que não as há.

    ResponderEliminar
  4. Muito bom estudo. Pena é que a nossa covarde comunicação social não tenha feito já isso.
    Eles sim deveriam ter o trabalho e obrigação de fazer esse estudo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele obrigação, pela cartilha profissional que os rege, até têm. Vontade, indicações para isso ou até mesmo autorização superior é que já são contas de outro rosário...

      SL

      Eliminar
  5. Mais uma daquelas pseudo-verdades que a cs nunca se deu ao trabalho de investigat

    ResponderEliminar
  6. Compreendo que seja um assunto delicado, e custa sempre admitir o tamanho do vizinho, mas por a dada altura o Benfica ter atingido os 235 000 sócios, não significa que actualmente não tenha caído para valores abaixo de metade.

    Quanto às teorias de o Benfica meter médias 40 000 no estádio, o que não coaduna com o número de sócios, acho que não tem nada a ver. O País não é só Lisboa, e a grande representatividade do Benfica, e que o torna maior que os outros em Portugal, é o resto do país. Eu sou sócio pagante, e vivo nos Açores, queres que vá ao estádio ao fim de semana?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Germano, o Benfica nunca a dada altura atingiu os 235.000 sócios. Basta ver o dinheiro que têm recebido das quotizações. Não é uma questão de opinião, ou de wishful thinking de um rival. O R&C do Benfica confirma que estão muito, muito longe desses números.

      Em relação à representatividade do país, creio que 92.000 sócios pagantes é um número bastante significativo e que se enquadra perfeitamente no indiscutível peso nacional que o Benfica tem.

      Um abraço.

      Eliminar