quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Realidades alternativas

O jornal A Bola dá hoje grande destaque à visita guiada de apresentação do centro de estágio do Seixal que Luís Filipe Vieira lhes proporcionou.

Como não poderia deixar de ser, o jornal dedica uma boa parte do espaço às habituais tiradas vieiristas: o presidente do Benfica tanto fala em André Gomes como o grande exemplo da formação do clube (um jogador que apenas esteve um ano nas camadas jovens do Benfica), como refere que "Na próxima época teremos quatro ou cinco jogadores da formação no plantel profissional, é irreversível.". Esta última provavelmente juntar-se-á à enorme compilação de frases feitas que o presidente benfiquista já proporcionou ao anedotário desportivo nacional. 

(se Bruno de Carvalho mandasse recados públicos deste tipo a Marco Silva, imagino a chuva de críticas que se seguiriam de imediato na comunicação social)

Isto num dia em que também se fala em novo empréstimo de Nelson Oliveira (que até agora tem 12 minutos de utilização contra o Covilhã) a um clube estrangeiro, apesar de no plantel continuar a haver espaço para outros jogadores de qualidade duvidosa not made in Seixal. Adiante.

Nada disto é novidade. Se é normal que Vieira tente vender o seu peixe aos benfiquistas, já não é tão normal que os jornais (e em particular os seus responsáveis máximos) aceitem sem qualquer tipo de espírito crítico tudo aquilo que lhes é dito, sem considerar o histórico de promessas não cumpridas e aquilo que é efetivamente a realidade dos clubes e do país. Vem isto a propósito do inacreditável editorial que Vitor Serpa escreveu hoje:


Realmente dá a ideia que Serpa escreveu este editorial a partir do futuro, porque os elogios que faz a Vieira e ao Benfica não são minimamente compatíveis com a realidade atual. 

Diz Serpa que é com alegria que tem vindo a descobrir um novo paradigma desportivo e cultural em Portugal que se impunha em função dos tempos de crise financeira do país, com particular destaque para o Benfica. É absurdo. Não só o Benfica tem esbanjado sistematicamente o investimento que faz na formação, como continua a gastar principescamente em aquisições e salários de jogadores estrangeiros, alguns dos quais sem qualidade que o justifique. Oito anos depois do centro de estágios do Seixal ter sido inaugurado, o país desportivo continua à espera que o Benfica aposte de forma consistente nos seus jovens jogadores.

Eu olho para o futuro idealizado por Vieira que o jornal A Bola apresenta, e vejo apenas a renovação de promessas mais que gastas de aposta na formação e, como não poderia deixar de ser, garantias de mais betão para o Seixal:


Num clube que, apesar das enormes receitas nas vendas de jogadores nos últimos anos, tem sido incapaz de abater o endividamento bancário e obrigacionista, não vejo como é que Serpa acha que o Benfica está a "assumir, enfim, a realidade" quando continua a investir em infra-estruturas de utilidade discutível para o core business do Benfica.

Megalomanias que não espantam, vindas de quem vêm. Mas para quê mudar? Enquanto os bancos não fecharem a torneira não haverá qualquer problema, e nunca serão os jornais desportivos a questionar o quer que seja. Pelo contrário. Engolem a carne que Vieira já lhes fez o favor de mastigar com um enorme e genuíno sorriso nos lábios. E no fim lambem os beiços.

13 comentários :

  1. Gostei da parte do pólo de ensino secundário e UNIVERSITÁRIO! No mínimo é ridículo. Está-se mesmo a ver que tipo de engenheiros, arquitectos e professores de lá sairia...

    Mas entendo esta ideia! É simplesmente mais betão, mais obras... E quem tem uma empresa de construção civil...?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cafageste, a continuar assim ainda vão fazer no centro de estágio um parque empresarial tecnológico para rivalizar com o Tagus Park... :)

      Eliminar
  2. Acredito mais na parte do polo secundário onde acredito que o Orelhas vá acabar o 2º ano do Ciclo !...de resto acho piada ao Orelhas quando lhe dá para gozar com os lampiões pois de resto ninguém acredita nele.

    Não lhe perguntaram quantas vezes o Benfica vai vencer a Champions nos próximos 5 anos ?,falha grave do jornalismo !...

    Já agora MdC vem na primeira página do JN que o Benfica deve mais do que o Sporting e Porto juntos !...cheira-me a aposta na formação por falta do dito cujo !...os juros só desceram para o Sporting !...hahahaha

    Vitor Serpa.Tal como o Careca do Record são dois adeptos e sócios do Belenenses.Já reparei que os jornaleiros do Belenenses gostam de fazer o papel de lacaios do Orelhas.Lacaios por lacaios que escolham alguém com mais da 4ª classe e que saiba falar sem necessidade de ler pelo papel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. King Lion, não me tinha ocorrido essa hipótese... :)

      Não li a notícia do JN, mas é preciso dizer uma coisa: as contas da SAD do Sporting e Porto não incluem as contas do estádio (que estão na SPM e Euroantas, respetivamente). Isto significa que uma boa parte do endividamento bancário de Sporting e Porto não aparecem no R&C das SADs. No caso do Benfica o estádio está englobado.

      Um abraço.

      Eliminar
  3. Ensino Universitário??!!! LOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLL

    ResponderEliminar
  4. Mdc se me permite a rectificação o André Gomes, antes de chegar à equipa principal, passou dois anos na formação do Benfica, os mesmos que o Nani na formação do Sporting. Não me lembro de alguém contestar, o Nani, como produto da formação do Sporting, qual é a diferença?
    Quando o Vieira, diz que na próxima época vai ter quatro ou cinco jogadores, no plantel Principal, não acho que seja nada de transcendente ou anedótico. ( Bernardo Silva, João Cancelo, Ivan Cavaleiro, João Teixeira, Bruno Varela, Gonçalo Guedes) têm qualidade para estar no plantel, qualquer treinador, até o JJ percebe, que estes jogadores têm qualidade para isso. Sobre a linha editorial da Bola, ou de outro jornal, não comento, pois o que dizem e o que escrevem vale o que vale aos olhos de cada um. E Tendências clubistas, existem em todos os Jornais e Jornalistas.
    Sobre as obras megalómanas do Vieira, será o Centro de Estágio, Estádio e Pavilhões? parece-me que outros clubes foram pioneiros em algumas obras semelhantes e outros o seguem em algumas que faltam realizar. Sobre o Lar para os ex-jogadores, de facto concordo que o Vieira, valoriza o passado do Benfica e não me lembro de mal tratar em público nenhum ex-jogador do Benfica. Pode ser uma obra, que não serve o negócio Benfica, mas são opções ideológicas.
    Sobre o Polo Universitário/Secundário, se for possível a sua construção eu sou, inteiramente a favor da obra.
    Sobre a formação do Benfica e do Seixal, deixe que lhe diga, que melhorou e muito. O Benfica estava a anos Luz do Sporting. E se em oito anos, surgem jogadores com potencial que lhe referi, nas selecções jovens, o Benfica em algumas já domina as convocatórias. É sinal que existe trabalho no Seixal. Agora se todos vão chegar a equipa principal, depende muito da capacidade financeira do clube para contratações, quanto menor a capacidade financeira, mais possibilidades de ir à formação, se esta tiver qualidade, e os próximos tempos, os clubes vão ter de se virar para a realidade e apostar na formação.
    Sobre a formação, gostava de ouvir a sua opinião sobre o actual estado da formação do Sporting? Não falo dos jogadores que estão na equipa principal, esses foram o fruto, dos últimos anos.Nos últimos 2 anos como têm trabalhado o Sporting na sua formação? Que jogadores o Mdc, acha que vão surgir na equipa principal? Qual a percentagem de jogadores do Sporting existem nas selecções jovens? Seria interessante escrever sobre isto, o Sporting têm sido uma referência na formação, acho que era um bom tema para escrever e tratar algumas destas questões, que acha? Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ter um blog seu onde trate desses assuntos? Proponho um nome: "Assim falou Vieira". Dai-nos paciência...

      Eliminar
    2. Pedro, o André Gomes entrou no Porto aos 10 anos, onde esteve 5 anos. Depois esteve 1 ano no Pasteleira, depois 2 anos no Boavista. Só entrou no Benfica com 18 anos. Pode ver aqui: LINK

      Eu acredito que a vontade Vieira é mesmo ter jogadores da formação no plantel principal, mas não estou a ver o Jesus a comprar essa ideia. É ver o que aconteceu neste ano: não deu hipóteses ao Bernardo Silva para jogar. O João Teixeira fez uns jogos e foi recambiado. No ano passado teve uma aposta pouco consistente no Ivan Cavaleiro (lançando-o nas piores condições possíveis).

      Se Jesus não quiser, arranja forma de os queimar.

      Vieira não vai querer perder o Jesus por causa de uma questão destas. Pode mandar as bocas que quiser, mas duvido que tenha algum efeito prático.

      Em relação à formação do Sporting: esta fornada de juniores parece de facto abaixo daquilo a que nos habituámos. De qualquer forma mantém-se o princípio de ter os melhores jogadores a fazerem parte da equipa do escalão acima, de forma a aumentar-lhe o nível de exigência.

      A perceção que tenho é que a presença de jogadores do Sporting na generalidade das seleções nacionais jovens é bastante significativa, e não perde nem para Benfica nem para Porto. Nos sub-19 estamos de facto um pouco abaixo da média. De qualquer forma é um desafio interessante. Se conseguir recolher dados farei um post sobre isso.

      Um abraço.

      Eliminar
    3. Já agora, acho que a casa do jogador é uma ideia que honra a história do clube. Acho que o pólo secundário e universitário são de facto uma megalomania, honestamente.

      Eliminar
  5. Pedro Almeida. Penso que o Benfica tem vários jogadores com bastante potencial, prova disso, são os resultados na youth league da champions onde chegaram à final e nas camadas jovens também têm dado provas disso.
    No entanto para serem grandes jogadores têm que inevitavelmente passar pela equipa senior e ganharem estaleca. Algo está a evitar que isto aconteça e tenho algumas duvidas de que será o jesus o culpado.
    Este jogadores não dão os mesmos valores em comissões que dão as dezenas de transferências(seja vender ou comprar) de jogadores que voçês fazem todos os anos.
    A comunicação social ao ser vossa amiga(parece-me evidente o dedo de Vieira aqui) ainda vos ajuda mais a que as coisas num futuro próximo venham a correr bastante mal. Se os assuntos do Benfica fossem tão escrutinados como são os do Sporting talvez abrisse um pouco os olhos aos que são neste momento típicos "vieiristas".

    ResponderEliminar
  6. Mdc eu também consultei a mesma fonte, eu digo dois anos, pois considero a equipa B, como parte da formação, quanto ao polo universitário, acho uma ideia pouco realista, pois o clube sozinho, não têm capacidade para Isso, mas se for possível , concordo com a ideia.
    Sobre a formação concordo com o que disse Yazalde, e realmente Jesus têm travado o aparecimento de Jogadores, mas preocupava-me mais se os jogadores não tivessem qualidade, como acontecia no passado. Se a formação têm qualidade, a situação financeira do clube, vai fazer que seja inevitável , esses jogadores apareçam na equipa principal gradualmente. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, apesar do que escrevi (porque Vieira exemplificou André Gomes como uma referência da formação) concordo que o Benfica teve um papel importante no seu desenvolvimento. A formação de um jogador não termina aos 18 anos. Um abraço.

      Eliminar
  7. Yazalde Concordo consigo e a direcção privilegia o negócio , "mas" e não "e" como tenho no post anterior, o Jesus também têm responsabilidades.

    ResponderEliminar