terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Sócio num minuto

Trinta anos depois, o meu pai decidiu voltar a ser sócio do Sporting na sequência de uma conversa casual que tivemos sobre a iniciativa Sócio num Minuto. Creio que o motivo principal que levou o meu pai a tomar esta decisão foi ter tido conhecimento da existência da quota intermédia de €6 mensais. Sendo ele um adepto de sofá e pouco dado a comparecer em Assembleias Gerais, pode usufruir dos mesmos direitos que acabaria por utilizar caso escolhesse a opção premium.

Eu ofereci-me para tratar do assunto, e aproveitei para tirar printscreens dos ecrãs que tive que seguir - para servirem de referência a quem esteja a pensar tornar-se sócio mas tenha dúvidas de como as coisas se processam:

Os dados a preencher são mínimos. Primeiro, o nome completo, o mail (para receber o cartão provisório em formato eletrónico), o telemóvel, sexo e data de nascimento.


Depois tem que se preencher a morada para onde o cartão de sócio definitivo será enviado.


É necessário então fazer a opção pelo tipo de quotas.


Finalmente tem que se selecionar a forma de pagamento da primeira quota. Escolhendo Multibanco recebe-se uma referência que deverá ser utilizada no espaço de algumas horas. Eu acabei por fazer o pagamento por Paypal.


O número provisório de sócio foi dado de imediato, e pouco depois recebi um mail com a confirmação de que tudo se processou corretamente.


Carregando no link Download cartão provisório, temos acesso a um documento que poderemos imprimir para fazer uso do cartão provisório nas bilheteiras e na loja do clube enquanto o definitivo não é enviado. 


À medida que o processo for avançando hei-de ir fazendo referências em posts futuros.

4 comentários :

  1. Faz agora um ano que passei pelo mesmo processo com o meu pai. Também ele voltou a ser sócio, mais de 30 anos depois! E foi a melhor prenda que lhe ofereci em toda a minha vida.
    Ainda hoje exibe orgulhosamente o seu cartão de sócio aos amigos no café. E da neta também :)
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso Miguel, trazer a família até ao Sporting é algo que todos nós devemos tentar fazer. É uma daquelas situações em que todos saem a ganhar. Um abraço.

      Eliminar
  2. Isto não é ajudar o clube, nem ajudar direcção, é ajudar sportinguistas a tomar decisões. Um grande clube não vive do ar. Enorme post

    ResponderEliminar