sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Loose cannon

É normal que pessoas com poder utilizem outras para fazer passar uma determinada mensagem que não pode sair diretamente na sua boca. Na política é um estratagema extremamente frequente (que nos casos mais delicados é transformado numa fuga para a imprensa ou para o Correio da Manhã), e parece-me evidente que foi uma estratégia deste tipo que esteve na origem de toda esta novela protagonizada por José Eduardo.

No futebol português não é nada que não aconteça regularmente. É famosa a escuta em que Pinto da Costa encomenda a Tavares-Telles um artigo para pressionar a FPF a não castigar Deco durante muito tempo, e lembro-me também de Vieira ter usado Fernando Guerra, um dos subdiretores do jornal A Bola, para disseminar a indignação benfiquista após uma arbitragem de Olegário Benquerença em Guimarães, que terminaria num comunicado a apelar ao boicote dos adeptos benfiquistas nos jogos fora. Nestes casos é particularmente grave que existam jornalistas que se prestem a este tipo de serviços (quanto mais não seja por uma questão deontológica). E também é óbvio para todos que determinadas capas ou notícias dos jornais desportivos não são mais que encomendas dos clubes com quem têm relações privilegiadas.

Parece-me evidente que Bruno de Carvalho quis que a sua versão dos acontecimentos no conflito com Marco Silva viesse cá para fora. Não tendo nenhum jornal de confiança onde "plantar" a notícia, virou-se para uma figura com visibilidade que estivesse inequivocamente do seu lado. Mas mesmo aí não há muitas pessoas disponíveis: Eduardo Barroso (que tem um perfil pouco adequado para este tipo de encomendas), José Eduardo (comunica bem e de forma ponderada, tem acesso fácil à RTP e escreve semanalmente em A Bola) e eventualmente Paulo Andrade (que não tem a visibilidade necessária).

O que me parece é que tudo isto foi mal executado desde o princípio, e rapidamente os acontecimentos entraram numa espiral auto-destrutiva que expõem a direção (e particularmente Bruno de Carvalho) a um nível que nem nádegas, Doyens, Duques ou juízes Herculanos alguma vez conseguiram. 

José Eduardo falhou redondamente na forma como apareceu a fazer as críticas ao treinador: uma entrevista no aeroporto retira toda e qualquer espontaneidade ao acontecimento, tornando óbvio que havia urgência em fazer acusações a Marco Silva. Falhou também no conteúdo: foi demasiado colorido nas adjetivações a Marco Silva. Expressões como "cabeça do polvo" e "diabo com cara de anjo" são totalmente exageradas, e retiram força aos factos que estavam a ser divulgados. E poucos minutos depois, Bruno de Carvalho menciona José Eduardo e legitima tudo aquilo que foi dito. Resta saber se Bruno de Carvalho já conhecia a forma e conteúdo das palavras de José Eduardo à Sporting TV (que foi previamente gravada e transmitida cerca de 30 minutos depois de José Eduardo ter falado em direto).

A entrevista que José Eduardo deu ontem ao programa 4x4x3 é inqualificável. É ridícula a indignação que o comentador revelou por Marco Silva não ter aceite falar com ele, o episódio de se ter disponibilizado para uma reunião num parque de estacionamento é deprimente, a teoria de que Marco Silva quer derrubar o presidente é absurda, e o facto de ter aproveitado aquele tempo de antena para promover a sua coluna semanal em A Bola - um jornal claramente alinhado com o Benfica - dá-me vontade de me atirar de uma ponte.

José Eduardo parece ter demasiada ânsia de protagonismo, colocando-se sistematicamente no centro dos acontecimentos. E da entrevista que deu ontem ao programa 4x4x3 foi apenas isso que sobrou: alguém que se está a pôr de bicos de pés a tentar chamar para si os holofotes, sem se importar com os danos que está a causar ao clube. 

Atendendo aos pormenores que José Eduardo revelou (estou a assumir que são verdadeiros), estou convencido de que foi mandatado por Bruno de Carvalho para passar uma determinada mensagem, mas também me parece óbvio que o comentador tomou a liberdade de ultrapassar todos os limites que lhe estariam tacitamente impostos e que neste momento é um perigo ambulante à solta.

Se por acaso tudo isto ainda fizer parte da estratégia presidencial - desejo e acredito que não -, então que os deuses nos ajudem a todos.

25 comentários :

  1. confesso que apenas apanhei a parte final da entrevista de ontem, mas o que ouvi foi bastante surreal.

    quem é o José Eduardo e o que é que ele manda na sad para ser ele a tratar do que é que seja nesta questão?

    as únicas pessoas que podem ( e devem) tratar disto são o treinador e o presidente( e quanto
    muito o Inácio como DD).

    Este senhor que se saiba é o responsável pelo catering não é administrador da Sad ou do clube, alias ele no clube está bem abaixo do treinador na hierarquia.

    E ontem vem com aquela de ter sido ele o responsável pelo programa de Bruno de Carvalho.

    bem o José Nunes bem o intalou no fim com aquela pergunta de se ele estava a procura de algum lugar na sad com tanto protagonismo.

    Se ele é assim tao próximo do presidente,eu se fosse o presidente mandava-o fechar a matraca, que quanto mais fala pior é( e o ficar todo lixado com umas sondagens de programas, é no mínimo estupido)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Surreal é a palavra certa para descrever a entrevista de ontem, Riga...

      Eliminar
  2. Não vi, mas com tamanha adjectivação não posso perder...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para adeptos de outros clubes é para ver acompanhado de um balde de pipocas...

      Eliminar
  3. mas a parte estupido é que querem fazer os sócios e adeptos de parvos, com a historia do no pasa nada.

    mas entretanto vamos vendo o elefante a partir tudo na loja, mas oficialmente não se passa nada, tudo oq eu se vê não está a acontecer e é apenas fruta da imaginação.

    continuo a dizer, quanto mais tempo o presidente disser alguma coisa sobre isto pior e não precisava de dizer muita coisa apenas uma de 2 coisas.

    1- o que diz jose Eduardo não é corroborado pela direcçao do Sporting e apoiamos totalmente Marco Silva

    2 - marco silva já não é treinador do Sporting

    agora andarmos numa guerra surda e e a fazer-nos de parvos é que não.

    PS: é que não são apenas os adeptos e sócios de outros clubes que assistem de pipocas na mao, os do sporting também, porque ninguém se dá ao trabalho de explicar o que se passa e colocar um ponto final nisto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, aquilo que BdC disse na Sporting TV não faz qualquer sentido. Quanto às pipocas para sportinguistas, não concordo. Não há qualquer prazer ou entretenimento que se retira disto. Cada episódio destes só me dá vontade de vomitar...

      Eliminar
  4. Mestre,

    Primeiro começo por dar os parabéns, este blog já faz parte do meu 'roteiro' há uns meses e aproveito para mostrar apreço pela qualidade do conteúdo.

    Em relação a este tema, creio que a minha confiança em BdC (que foi ganha com mérito) sofreu um rombo muito dificil de reparar:

    - alguém que se apoia em JE para ser seu mensageiro não pode ser uma atitude de uma pessoa inteligente, JE é conhecido por ser alguém que dá muito importância à sua opinião e essa opinião funciona em função dos seus interesses;

    - um treinador é contratado para escolher os jogadores que lhe dão mais garantias de resultados e não para valorizar contratações da direcção, uma direcção que não respeita este principio não defende os interesses do clube;

    - se o conteúdo do que disse JE corresponde ao que pensa BdC, transmitir esta informação em público é dos maiores actos de 'tiros nos pés' que assisti no Sporting (e já assistimos muitos).

    Por isto, meu caro, não espero o melhor. BdC só lhe resta descartar as palavras de JE das suas, manifestar apoio ao treinador que tem...mas não vai acontecer. Com este acto BdC conseguiu danificar a confiança ganha a custo e afastar todo e qualquer treinador competente do projecto 'Sporting'.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mordomo, obrigado pelas palavras.

      Não quero acreditar que BdC planeou este nível de polémica quando falou com José Eduardo. Convenhamos, nem um nem outro têm grande experiência nesta matéria. Se por acaso planeou, então que os deuses nos ajudem a todos - conforme escrevi no fim do post. :)

      Em relação ao papel do treinador, concordo. É legítimo que os nomes dos jogadores não tenham o carimbo do treinador, mas tem que ser sempre o treinador a escolher aqueles que lhe dão as melhores garantias. Eventualmente pode haver um compromisso de, em caso de dois jogadores que dão garantias semelhantes, se apostar num que tem uma margem de progressão superior.

      E também concordo com a última frase: vai ser difícil trazer treinadores realmente competentes no futuro se este episódio não se resolve a bem.

      Obrigado pelo comentário e um abraço.

      Eliminar
  5. Grande descoberta fiz neste blog. Parabéns pela magnífica descrição de toda a história.
    Temo que amanhã na sua página na bola, Zé Eduardo dispare mais uns tiros da canhão. E aqui talvêz esteja a causa do silêncio do bdc. Imaginam o que é que Zé Eduardo seria capaz de escrever se bdc o deixa cair??
    Valia a pena pensar nisto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. já me tinha esquecido desse pormenor: amanha é dia do artigo na bola, vamos então ter o round 5 dos ataques

      Eliminar
    2. Obrigado Rukka.

      Também me tinha esquecido disso... será que amanhã teremos meia página dedicada ao episódio do parque de estacionamento e outra metade sobre as vezes que não-sei-quem olhou para o relógio na reunião... vai ser mais um dia difícil.

      BdC está numa posição muito complicada. Ainda na semana passada legitimou JE. Se o deixa cair agora, o que diz dele? Por outro lado, toda esta situação é insustentável. José Eduardo devia calar-se, a bem dele, de BdC e, acima de tudo, do Sporting.

      Um abraço.

      Eliminar
  6. JE acusa MS de estar a tentar derrubar o presidente do SCP ... vendo bem eu diria é que é o próprio JE que está a tentar derrubar BdC!

    Já chega de tiros nos pés ... agora que já não estávamos habituados a esta merda, voltamos a ter uma recaida.

    Venham as vitórias para esquecer (se possível) estas novelas.

    SL,

    ResponderEliminar
  7. Mestre,

    Grande Texto!!!!!!!!

    Parabéns.

    ResponderEliminar
  8. "... mas também me parece óbvio que o comentador tomou a liberdade de ultrapassar todos os limites que lhe estariam tacitamente impostos e que neste momento é um perigo ambulante à solta."

    Parece? Olhe que não... Ou o BdC é lá homem de deixar que passem todos os limites que impõe? Para além de que, que se saiba, até hj BdC não só não desmentiu JE, como, inclusivamente, o elogiou!

    Mas "nice try"...

    Olhe caro Mestre, concordo com isto: "Se por acaso tudo isto ainda fizer parte da estratégia presidencial - desejo e acredito que não -, então que os deuses nos ajudem a todos." Lamento só não partilhar da sua crendice... Está mais que visto que sim, não só partilham a mesma estratégia, como esta foi idealizada por BdC...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Virgílio, tenho dúvidas que BdC delineou uma estratégia de terra queimada deste nível. Acredito que tenha mandado que JE colocasse a sua versão cá fora, mas tenho muitas dúvidas que previsse esta escalada mediática.

      Vamos ver como toda a esta novela se desenvolve. O que eu gostava era que terminasse depressa. Um abraço.

      Eliminar
  9. Olá Mestre,

    Quando votei em BdC ( e votei das duas vezes ) fi-lo mais movido pela necessidade de por fim à linha roquettista no clube do que propriamente por gostar da lista de BdC. A impulsividade que demonstrou já na altura, deixou-me sempre um pouco renitente e agora parece que BdC teima em confirmar os esses meus receios. Fazendo o balanço, não me arrependo de ter votado nele na altura e acho que fez coisas bastante elogiáveis desde que foi eleito, mas este recente episódio deixa-me muito triste e órfão de candidato. Não gosto especialmente do Marco Silva, no que toca ao seu nível de compromisso com o clube ( já por várias vezes tinha tido essa ideia ) apesar de gostar do futebol que a equipa pratica, mas não posso corroborar a actuação de BdC que roça o surreal. No limite, preferia que BdC despedisse o treinador do que embarcasse nesta viagem da qual ele próprio pode não voltar. A ver vamos.

    SL

    ResponderEliminar
  10. De tudo isto o que se pode concluir é que há um treinador no Sporting que sabe que o seu presidente o quer despedir;

    Uma das razões para todo este regabofe estão directamente ligadas a 15 milhões de euros da responsabilidade do Bruno de Carvalho que estão "parados" na academia;

    Também se sabe que há um mensageiro que possivelmente fugiu ao criador.Este triângulo mediático tem causado sérios danos à imagem do Sporting.

    O que eu desejo é que o MS continue como treinador do Sporting,que o Bruno de Carvalho não mude de nome para Burro do Caralho,e que o JE vá vender rissóis para a PQoP !...

    Por fim quero também dizer que o Bruno de Carvalho não caia no excesso de confiança de se considerar insubstituível pois se ele sair o Sporting não vai acabar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dass... Pela 1a x acertou em tudo.

      Eliminar
    2. No teu clube acerto sempre tu é que andas distraído.

      Eliminar
  11. Já vimos que o José Eduardo não consegue provar nada do que disse da primeira vez, de que tinha provas etc e tal, confirma as criticas mas sem provas, então mais valia ter ficado falado e não fazer figuras tristes e prejudicar o Sporting, em relação a este ponto estamos conversados.
    As acusações e as extrapolações que tira também são dignas de uma teoria da conspiração à Hollywood. Só para dar um exemplo, vejamos assim umas das acusações:
    Andou a rodar muito os centrais e não estabilizou a dupla e porque não foi buscar ninguém à equipa B?
    Se calhar JE porque nenhum deles lhe deu confiança para os manter deram barraca uns atras dos outros e porque não é com miúdos da B que ele vai dar experiencia e confiança à defesa, pergunto também o que diria o JE se o Marco Silva coloca-se o Tobias Figueiredo e isto corre-se mal? Se calhar iria dizer que o Marco estaria a queimar o rapaz e os jovens da academia, etc.
    Outra das questões era porque não utilizou jogadores da equipa b nos jogos da Taça?
    Se calhar JE foi porque quando esses encontros aconteceram vínhamos de maus resultados e era imprescindível ganhar, alem que não pode dar primazia dos jogadores da B em relação ao restantes jogadores dos plantel da A que não jogam, ficaria com esses jogadores completamente desmotivados pois sabiam que estavam atras dos jovens jogadores da B. Pergunto se o Marco coloca-se os jogadores da equipa B e fossemos eliminados que é que iria assumir as culpas da derrota?
    Isto é tudo surreal, esta novela só vai acabar quando o Bruno vier por um ponto final nisto, e já que foi ele que originou o problema deveria agora também vir acabar com esta novela.

    ResponderEliminar
  12. Faz sentido, hoje houve a beatificação do são domingos, portanto porque não haver a do são marco? Bruno de Carvalho acordou certa manha e decidiu por o treinador nos porcos, mas só porque sim, o ego e a teimosia e coiso e tal ...
    Viva o Marco futebol clube de Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yazalde,

      Passou ao lado. Isto não se trata de Marcos ou Brunos.

      Eliminar
  13. http://www.forumscp.com/index.php?topic=52280.msg3419614#msg3419614

    ResponderEliminar