sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Prata v. Daniel, The Rumble in the Jungle

vídeo de @captomente, no blogue Com quem joga o Sporting

Para quem se questiona como é que Bruno Prata consegue arranjar tantos tachos na comunicação social (RTP, TSF, Record), talvez consiga encontrar algumas respostas num texto do provedor do leitor do jornal Público, escrito em 2008: LINK.

12 comentários :

  1. Deu para perceber que este carlos daniel está atento ao que se diz dele na web, particularmente aos videos do captomente. Aquela tirada do "confundes o nome dos jogadores"...

    bruno prata, nem sequer merece comentários, apenas lá está para o carlos daniel o humilhar e tentar fazer parecer que o seu discurso(carlos daniel) é a coisa mais bela do mundo.

    Outra coisa, se este carlos daniel algum dia tem o azar de convidar ou argumentar com alguém alinhado com esta direcção do Sporting, é muito provável que fique alguns dias sem se poder sentar numa cadeira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Bruno Prata é uma nódoa a todos os níveis. O Carlos Daniel seria um excelente paineleiro, na minha opinião. Comentador isento é que não...

      Eliminar
  2. a falta de tacto jornalístico de qualquer elemento dos programas desportivos é uma vergonha. não falo dos painéis em que é suposto haver um de cada cor. mas destes em que é suposto haver isenção. não gosto do carlos daniel. nota-se que a sua opinião não é sincera e isenta. mas não defende o ridículo. já bruno prata o faz bastas vezes..defendendo aquilo que todos conseguem perceber que está errado. enfim.. jornalixo no seu melhor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiago, resta saber se o Carlos Daniel mandou estas bocas ao Bruno Prata por estar ainda chateado com o resultado do dia anterior... :)

      Eliminar
    2. Ora aí está caro MdC! Fim de semana aziago para as nádegas e o nervosinho dos comentadores "imparciais" a vir ao de cima.

      Esse link do público esclarece muita coisa nos comportamentos e exposição mediática do BP. O CD que se ponha a pau e jogue a bolinha baixa...

      Já agora, outro grande amigo do ddt, o Figo, diz que vai combater a corrupção na FIFA...
      Desde que não se lembre de tomar pequenos almoços de 750.000€ ou de pôr a assinatura em duas candidaturas...

      SL

      Eliminar
  3. O Bruno Prata é um asno mas não gosto do estilo do Carlos Daniel pois comporta-se como fosse o "dono" do programa.Aliás vê-se nitidamente que o Carlos Daniel gosta de mostrar a sua superioridade sobre uma personagem tão vulgar.

    Ele que se meta com pessoas da sua idade...tem demasiado protagonismo na RTP.É tempinho de alguém lhe impôr limites.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, comporta-se como se fosse o dono e até ao Vítor Pereira dava lições... :)

      Eliminar
  4. A questão é mesmo essa: Carlos Daniel é uma pessoa com bastante poder dentro da RTP. Mas não deixa de estar consciente de que, como dizer... outros valores mais altos se levantam. Jogo de cintura, portanto.

    ResponderEliminar
  5. Em março de 2012, um mês depois de Sá Pinto se tornar treinador do Sporting, o Bruno Prata escreveu um longo texto no Público, todo baseado em fontes anónimas, em que relacionava a tranquilidade de Sá Pinto no banco com o uso de fármacos.

    Aqui: http://www.publico.pt/desporto/jornal/o-lobo-parece-ter-aprendido-a-controlarse-24211056

    Algumas pérolas do artigo:

    - "Sá Pinto sempre teve um comportamento conflituoso com os colegas e com os treinadores"

    - "O mau humor e a instabilidade emocional de Sá Pinto eram principalmente evidentes de manhã, logo após acordar"

    - "Aquele antigo dirigente tem muitas dúvidas de que Sá Pinto não acabe também por se exceder enquanto treinador"

    - "Um psiquiatra que acompanha uma das equipas portuguesas do escalão principal e que também pediu para não ser identificado admite que alguns treinadores acabam por resolver algumas das disfuncionalidades à custa da medicação"

    ResponderEliminar
  6. O encornado de Paredes só tem um adjectivo: PORCO !

    ResponderEliminar
  7. Eu se fosse a ele começava a ver o historial médico da família à procura de alzheimer. É que é todas as semanas!

    ResponderEliminar